Indaiatuba

Projeto ReTornar já retirou 22 toneladas de resíduos da natureza e conta com a atuação de cerca de 50 mulheres de Indaiatuba e Sorocaba

Atualmente, cerca de 50 mulheres das cidades de Indaiatuba e Sorocaba atuam  no projeto ReTornar, que, desde 2011, já retirou cerca de 22 toneladas de resíduos da natureza. A iniciativa tem como objetivo reutilizar materiais automotivos na confecção de diversos produtos, além de gerar trabalho e renda para as costureiras que atuam nela. Como impacto indireto, ainda promove empoderamento feminino, uma vez que colabora para que as mulheres tenham um ofício e uma fonte de receita. O ReTornar é patrocinado pela Fundação Toyota do Brasil.

Ao todo, foram mais de 113 mil brindes produzidos e aproximadamente 1,5 mil pessoas impactadas. Resíduos como  airbags, tecidos automotivos, uniformes e cintos de segurança são destinados como matérias-primas para  instituições de costureiras de Indaiatuba (Cooperativa Uni Arte Costura) e de Sorocaba (Associação Social Comunidade de Amor – ASCA). Dos resíduos, são produzidos, dentre outros itens, roupinhas para pet, capas para notebook e mochilas.

A venda dos produtos gera trabalho e renda para as costureiras. O que seria descartado ganha vida e faz a economia circular, sem degradar a qualidade e composição desse material, tornando o produto ainda melhor. Por ano, o projeto forma ainda 70 novas profissionais, por meio de bolsas de estudos patrocinadas para alunas da ASCA.

O que é o Projeto ReTornar?

O projeto está conectado ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 12, ligado ao consumo e produção responsáveis, e vem se destacando com a  prática de upcycling , cujo princípio é dar um novo e melhor propósito para um material que seria descartado, a partir do gerenciamento de resíduos e destinação inteligente para reuso.

Os ODS são um apelo global à ação para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que as pessoas, em todos os lugares, possam desfrutar de paz e de prosperidade.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock