Connect with us

Geral

Nasce em SP, dois filhotes de Arara-azul em perigo de extinção

Publicado

em

Dois filhotes de Arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari), espécie atualmente que corre perigo de extinção, nasceram no início do ano no Centro de Conservação de Fauna Silvestre do Estado de São Paulo, do Zoológico de São Paulo.

Os pais dos filhotes, “Lindsay e Francês”, puseram os ovos no fim de 2019, quando os biólogos realizaram a retirada para incubação e criação artificial. A técnica é bastante utilizada em programas de conservação ex-situ (fora do lugar de origem) com espécies que apresentam alto risco de extinção e tem como finalidade aumentar o número de nascimentos na mesma estação reprodutiva.

O nascimento das duas ararinhas ocorreu em 1º e 3 de janeiro. Elas receberam receber os cuidados dos técnicos, como alimentação balanceada, limpeza, pesagem e controle da temperatura ambiente, condições necessárias para um desenvolvimento saudável.

Um dos objetivos do Programa de Cativeiro da Arara-azul-de-lear é elevar o número de casais reprodutores já que, até o momento, somente a Fundação Parque Zoológico de São Paulo alcançou o sucesso reprodutivo com a espécie no Brasil, registrando nascimentos desde o ano de 2015. Ao todo, 17 araras já nasceram na Fundação Zoológico e destas, cinco são do casal “Lindsay e Francês”, que caminha para a sua quarta prole que permanecerá com os pais para incubação e criação natural, com o mínimo de interferência dos técnicos.

Monitoramento

Desde o início do ano, biólogos monitoram os casais reprodutores da instituição através de câmeras instaladas nos ninhos, tanto no Zoológico (casal Maria Clara e Francisco) quanto no CECFAU (casal Lindsay e Francês) como parte do projeto de pesquisa desenvolvido pela bióloga Thatiana Andrade no Programa de Aprimoramento Profissional. Um dos objetivos do trabalho é avaliar o comportamento dos casais de Arara-azul-de-lear durante a incubação e criação dos filhotes, a fim de gerar dados consistentes que possam auxiliar nas ações de conservação ex-situ.

O próximo passo será a realização de exames de sexagem por DNA no Núcleo de Biologia Molecular e Microbiologia do Departamento de Pesquisas Aplicadas da Fundação. Esta área fornece suporte para o desenvolvimento de diversas linhas de pesquisa, além de viabilizar exames de rotina dos animais, como hemograma, bioquímico e parasitológico. Além disso, este departamento possui um banco de material biológico, ou biobanco, com amostras armazenadas em freezer -20ºC e ultrafreezer a –80ºC com tecidos, sangue e soro de diversas espécies de animais que visa impulsionar as ações de conservação por meio da produção de conhecimento científico.

Somente da Arara-azul-de-lear, o espaço dispõe no banco de DNA, amostras de 27 indivíduos, e em soroteca, cerca de 143 amostras armazenadas.

Juntas, estas ações têm por objetivo estabelecer um plantel adequado em termos genéticos, demográficos, sanitário e comportamental para integrar o programa de revigoramento populacional com a reintrodução de exemplares nascidos em cativeiro na região do Parque Nacional do Boqueirão da Onça, na Bahia.

Geral

Saúde aplica mais de 2 mil doses de vacina contra a covid-19 no sábado, 27

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde aplicou durante este sábado, 27 de novembro, 2.168 doses de vacina contra a covid-19, por meio da ação Campinas Vacina Mais. Pessoas de todas as faixas de idade acima dos 12 anos puderam se vacinar, sem precisar fazer agendamento, em diversos pontos. 

 

As ações do Campinas Vacina Mais começaram na sexta-feira, 26 de novembro, e seguem durante este domingo, dia 28. O objetivo é aumentar a cobertura vacinal, principalmente nos adolescentes e nos adultos entre 18 e 24 anos. O balanço completo do fim de semana será divulgado na segunda-feira.

 

Estão sendo aplicadas primeiras e segundas doses, assim como as doses adicionais. No caso das duas últimas, serão cumpridos os intervalos estabelecidos pelo Programa Estadual de Imunização (confira abaixo). 

 

Todas as pessoas precisam levar CPF e comprovante de endereço. No caso de segunda dose ou dose adicional é necessário apresentar o cartão de vacinação.

 

Intervalo

 

Vacina da Pfizer – para receber a segunda dose da Pfizer é preciso um intervalo de pelo menos 21 dias (três semanas) para pessoas a partir de 18 anos. No caso de adolescentes, o intervalo é a partir de oito semanas.

 

Vacina Astrazeneca – o intervalo entre as doses da vacina da Astrazeneca é de, no mínimo, oito semanas.

 

Vacina CoronaVac – o intervalo entre as doses da vacina CoronaVac é de quatro semanas.

 

Dose adicional – Pessoas a partir de 18 anos precisam ter completado o esquema vacinal há pelo menos cinco meses. Pessoas com alto grau de imunossupressão podem receber a dose adicional a partir de 28 dias da segunda dose.

 

Agendamento

 

Independentemente do “Campinas Vacina Mais”, o agendamento para receber as vacinas contra a covid-19 continua aberto.

 

A escolha do dia, horário e local pode ser feita no site https://vacina.campinas.sp.gov.br

Continue Lendo

Geral

Centros de Saúde começam a vacinar alunos em escolas da rede estadual

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Saúde iniciou a vacinação contra covid-19 nas escolas estaduais de Campinas para ampliar a cobertura vacinal de adolescentes e jovens adultos. Cada centro de saúde está responsável pela imunização das comunidades escolares das suas áreas de abrangência. O calendário é organizado de acordo com a disponibilidade dos estabelecimentos de Educação e de Saúde. As ações fazem parte do “Campinas Vacina Mais”, com vacinação sem agendamento em pontos estratégicos da cidade, iniciada em 23 de outubro. 

 

A medida foi tomada depois que um levantamento do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) apontou que cerca de 23 mil alunos da rede estadual com idade a partir de 12 anos estão sem a primeira dose da vacina. Em relação à segunda dose, são cerca de 14 mil com a imunização incompleta.

 

Em Campinas, a cobertura vacinal de primeira dose dos adolescentes entre 12 e 14 anos é de 64,3%. Entre as pessoas de 15 a 17 anos, a cobertura é de 67,1%.

 

Documentos

 

Os menores de idade devem levar RG e/ou CPF e autorização dos pais. Os adultos devem apenas levar o documento.

 

Campinas Vacina Mais

 

Neste final de semana, de 27 e 28 de novembro, serão realizadas outras ações do Campinas Vacina Mais em vários pontos da cidade. 

 

Clique e confira os locais e endereços em https://vacina.campinas.sp.gov.br/vacinas/covid-19.

 

 

Agendamento

 

Independente das ações do “Campinas Vacina Mais”, o agendamento para receber as vacinas contra a covid-19 continua aberto. 

 

A escolha do dia, horário e local pode ser feita no site https://vacina.campinas.sp.gov.br.

Continue Lendo

Geral

Performance será ato pela valorização da arte e história afro-descendente

Publicado

em

Por

No mês da Consciência Negra e combate ao racismo, os artistas Andrea Mendes e Antônio Pulquerio realizarão uma performance no Parque Portugal (Lagoa do Taquaral). A atividade artística terá início às 10h no portão principal da área de lazer e continuará até o Lago do Café, onde percorrerá as alamedas até a Casa de Vidro. Para finalizar, será feita uma ação de ativação artística na Liteira, que integra o acervo do Museu da Cidade.
Segundo os organizadors, a performance/cortejo revisita ritos ancestrais, evoca presenças de antepassados afro-descendentes para reviver memórias de origens que transcendem o peso das desumanizações que marcaram os corpos de seu povo. Os artistas classificam a performance como “uma celebração de (re)existência que proclama: Arroba não! Somos o peso milenar da nossa força ancestral!”
A intervenção é parte das ações artísticas realizadas durante a exposição “Ocupação Escritas Ocultadas”, que tem como curadora Sônia Fardin.

Data – 27/11
Início – 10h, no portão 1 do Parque Portugal (Taquaral)
Término – 11h, no Museu Casa de Vidro

Continue Lendo

Populares