Connect with us

Geral

Centro de Arte Flamenca promove curso de férias Cante por Tangos

Published

on

Apresentado ao vivo, o cante é tão fundamental quanto o baile e a guitarra
O Centro de Arte Flamenca (CAF) promove o curso de férias “Oficina de Cante por Tangos”, de 24 a 27 de julho, das 19h às 20h, com a professora Helena de los Andes.
De acordo com Lu Garcia, diretora do CAF, o “cante” apresentado ao vivo é peça fundamental do flamenco, tão essencial quanto o “baile”. Junto com a guitarra, o trio forma essa arte que melhor identifica a cultura espanhola. O curso é recomendado a “bailaores” e “cantaores”.
“Vamos navegar por tangos na árvore genealógica do cante flamenco, montar juntos uma estrutura musical para o baile, e com isso, aprofundar nosso conhecimento dessa arte tão especial que é o flamenco” adianta Lu Garcia.
Sobre Helena de los Andes
Maria Helena Muller Serikawa, jornalista, cantora, compositora, roteirista e empresária. Atuou no chamado “Circuito Alternativo” em São Paulo nos anos 80 e 90. A convite da Tarantos Cia de Arte y Baile Flamenco, fundada por Angela Mari Menta e Marina M Herrero, iniciou-se como cantaora em 1991. A partir de 1996, passou a trabalhar com todas as companhias de São Paulo e Campinas. Atuando ao lado do cantaor gitano Mario Vargas e da diretora Marina Herrero, desenvolveu seus estudos de cante flamenco, de 1991 a 1995. Aprimorou técnica e divisão rítmica com o maestro Luciano de Paula, no período de 1997 a 2001. Dentre as diversas companhias de baile flamenco onde atuou, destacam-se: Luceros Arte Flamenco e D’Art Flamenco. Desde 1997, canta para o Centro de Arte Flamenca de Campinas.
Sobre o Centro de Arte Flamenca
O Centro de Arte Flamenca (CAF) é a primeira escola de dança de Campinas (SP) a ministrar exclusivamente o ritmo. A fundadora e diretora do CAF, Lu Garcia – moradora de Campinas desde criança e neta de espanhóis – iniciou a carreira na dança há mais de 30 anos com o balé e, na década de 1990, ao morar na Espanha, apaixonou-se pelo flamenco e trouxe o autêntico e original baile quando retornou à Campinas.
Depois de ministrar a arte em escolas de dança convencionais, decidiu, em 1997, criar o CAF, que comemora 20 anos em 2017. Além de ensinar os passos da dança, o objetivo do projeto é divulgar a arte por meio de música ao vivo, apresentações periódicas, palestras, exposições, tablaos, workshops com renomados artistas, promoção em Campinas de eventos similares aos tradicionais na Espanha, entre outras iniciativas.
O Centro de Arte Flamenca vem, deste então, enaltecendo e valorizando a tradição da Espanha na região, formando os melhores bailaores da redondeza neste rico período.
 
Serviço:
“Oficina de Cante por Tangos” – com a cantaora Helena de los Andes
Data: de 24 a 27 de julho, das 19h às 20h
Local: Centro de Arte Flamenca (CAF) – Rua Barão de Paranapanema, 401 – Bosque, Campinas
Inscrições e informações: (19) 99774-5900 (whatsapp)

Geral

Prefeito e FNP propõem discussões para agilizar procedimentos de saúde

Published

on

By

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, participou na manhã desta quarta-feira, 23 de junho, de uma reunião virtual da Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Vice-presidente de Saúde da FNP, Dário discutiu com os demais prefeitos, vice-presidentes de áreas temáticas de saúde, propostas para restabelecer a normalização de exames, consultas e cirurgias, represados durante a pandemia de Covid-19.

 

Segundo o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), o Brasil tem cerca de 1 bilhão desses procedimentos travados. “Queremos discutir com o Conasems e com o Ministério da Saúde um programa nacional para agilizar os procedimentos que foram represados na pandemia”, afirmou o prefeito, Dário Saadi. 

 

A ideia é que a questão seja apresentada, em breve, em reunião da FNP com o Conasems e o Ministério da Saúde. Em Campinas, está em estudo o destravamento desses procedimentos.

Continue Reading

Geral

Saúde reabre cadastro de doses sobrantes para pessoas de 35 a 42 anos

Published

on

By

O cadastro para recebimento de doses sobrantes da vacina contra a Covid-19 será reaberto nesta quarta-feira, dia 23 de junho, a partir de 10h30, para pessoas de 35 a 42 anos, moradoras de Campinas. A medida pretende evitar a perda de doses e ocorre perto do horário do fim dos atendimentos apenas quando há frasco (multidoses) de imunizante já aberto com sobra de vacina. O cadastro pode ser feito pelo link https://vacina.campinas.sp.gov.br/gestao-doses-sobrantes.

 

 

 

É necessário informar um telefone válido para a convocação.

 

 

 

Ao ser chamada, a pessoa precisa chegar ao local escolhido no ato do cadastro em, no máximo, 20 minutos após o contato. Para ser vacinado, é preciso apresentar documento com foto e comprovante de endereço em Campinas em nome do interessado. Se convocado, terá que assinar o Termo de Ciência e Aceite de que está recebendo dose que sobrou.

 

 

 

Os interessados que já fizeram cadastro e ainda não foram contemplados em grupos prioritários para vacinação permanecem na lista de espera por ordem de inscrição.

 

 

 

A Pasta esclarece que são poucos os dias em que há sobras. Quando isso ocorre, podem ser frascos com apenas uma dose ou um pouco mais.

 

 

 

Vale ressaltar que o cadastro não é um agendamento com garantia de que será convocado.

Continue Reading

Geral

Município VerdeAzul: Campinas está em 1º lugar no ranking ambiental

Published

on

By

Com 91,02 pontos, Campinas ocupa o primeiro lugar entres as cidades do estado de São Paulo com mais de um milhão de habitantes no ranking do Programa Município VerdeAzul 2020. A correção da classificação (a anterior era 85, 55 pontos) ocorreu após recurso da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS) e foi publicada nesta terça-feira (22) na plataforma do programa estadual. 

 

A pontuação também posiciona Campinas na liderança entre os municípios da RMC e em segundo lugar no ranking entre as cidades com mais de 500 mil habitantes, ficando atrás apenas de Ribeirão Preto, que obteve 93,01 pontos. 

 

Desde 2015, Campinas fica acima dos 90 pontos e, desde 2013, acima dos 80, exigidos para a certificação do Programa Município VerdeAzul. 

 

De acordo com o secretário do Verde, Rogério Menezes, a corrida da sustentabilidade tem por objetivo fazer com que todos se certifiquem e consigam evoluir ao longo do tempo, pois o programa instiga os governos a manterem-se atentos e a evoluir. 

 

“Agora, com o Programa de Metas do Governo Dário Saadi, que é pautado em três pilares – Qualidade de Vida, Desenvolvimento econômico e Sustentabilidade Ambiental – que fortalecem o comprometimento de todos com a pauta ambiental, vamos trabalhar ainda mais para que até 2024 possamos estar entre os primeiros colocados”, disse o secretário do Verde. 

 

As diretivas definidas pelo Município VerdeAzul são: Município Sustentável, Estrutura e Educação Ambiental, Conselho do Meio Ambiente, Biodiversidade, Gestão da Água, Qualidade do Ar, Uso do Solo, Arborização Urbana, Esgoto Tratado e Resíduos Sólidos. 

 

“A ação conjunta dos diversos órgãos municipais que conquistou esta vitória, pois todos trabalharam para a melhoria da sustentabilidade nas ações e programas desenvolvidos”, conclui Menezes.

Continue Reading

Portal Hortolandia


Sumare





Recentes




Populares