Connect with us

Geral

Rede de residenciais sênior inaugura unidade em Paulínia

Publicado

em

Especialista em cuidados de alto padrão para idosos, a rede de residenciais sênior Terça da Serra inaugura sua décima unidade, desta vez, em Paulínia. A inauguração está marcada para dia 11 de janeiro e tem a missão de levar à cidade hospedagem aos idosos de forma humanizada, respeitando a individualidade e, assim, proporcionar uma melhor qualidade de vida.

“Nosso trabalho é oferecer aos idosos e familiares um tratamento cinco estrelas, de atendimento completo, com profissionais extremamente qualificados, oferecendo o que há de melhor em cuidados e serviços para pessoas da terceira idade, independente do grau de dependência apresentado”, evidencia Joyce Duarte Caseiro, médica e sócia-proprietária da Terça da Serra.

Inspirada pelas necessidades do avô e ao perceber a ausência de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) que prestassem serviços de qualidade na região de Campinas, nasceu, em 2015, a empresa fundada por Joyce. Um ano depois, a neurologista Luiza Piovesana ingressou como sócia.

“A nossa ideia é promover um atendimento completo. Nos inspiramos no estatuto do idoso, mas trabalhamos com mais profissionais do que o exigido por lei, para possibilitar a realização de um trabalho de alto padrão e proporcionar uma melhor qualidade de vida aos hóspedes”, ressalta Luiza.

Contando com Paulínia, a rede possui até o momento dez unidades, divididas entre as cidades de Jaguariúna, Campinas, São José do Rio Preto e Mogi Mirim, e um Centro Terapêutico. A projeção da marca é ser instalada, em breve, em São Carlos, Indaiatuba, Jundiaí e Amparo. “O projeto da Terça da Serra superou todas as expectativas, devido à intensa procura e alto índice de satisfação dos clientes. Nosso processo de expansão por franquias está sendo uma realização e é com muito contentamento que inauguramos mais uma unidade”, finaliza Joyce.

A Terça da Serra, em Paulínia, está localizada no endereço: Avenida Armelinda Padula Pietrobon, 444. O telefone para contato é o 3884-1298.

Sobre a Terça da Serra
A Terça da Serra nasceu em 2015 em função da carência, notada pela médica Joyce Duarte Caseiro, de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) que prestassem serviços de qualidade na região de Campinas. Com a missão de oferecer hospedagem e cuidados de alto padrão para idosos, de forma humanizada, respeitando a individualidade dos hóspedes e dessa maneira melhorar a qualidade de vida, o residencial sênior é referência na relação e cuidado com os hóspedes. Atualmente, o residencial conta com dez unidades e está iniciando sua expansão através do modelo de franquias, tornando-se pioneira no segmento no país.

Geral

Saúde abre às 17h agendamento de vacina para pessoas entre 12 e 17 anos

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde abre nesta segunda-feira, 18 de outubro, às 17h, novas vagas para agendamento da primeira dose da vacina contra a covid-19 para pessoas de 12 a 17 anos, incluindo gestantes e puérperas desta faixa etária. Também serão abertas novas oportunidades de agendamento de dose adicional para idosos a partir de 60 anos, que receberam a segunda dose há pelo menos seis meses, profissionais de saúde que completaram a imunização em janeiro, fevereiro ou março e pessoas com alto grau de imunossupressão que receberam a segunda dose há 28 dias. 

 

No total, serão disponibilizadas 14 mil vagas em 64 centros de saúde de Campinas (apenas os CSs Boa Esperança, Carlos Gomes e Campina Grande não fazem a vacinação contra a covid-19).  

 

A escolha do local, dia e horário poderá ser feita no site https://vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160. Quem tiver dificuldades deve procurar o centro de saúde mais próximo. 

 

É importante que as pessoas cheguem, no máximo, com 10 minutos de antecedência para evitar aglomerações. 

 

O agendamento continua aberto para pessoas a partir de 18 anos, inclusive gestantes e puérperas, receberem a primeira dose. 

 

As orientações e documentos necessários para cada grupo podem ser consultadas no site https://vacina.campinas.sp.gov.br. 

 

Adolescentes

 

No dia da vacinação, os menores de idade deverão estar acompanhados do pai, mãe ou responsável legal. Se estiverem sozinhos, precisarão apresentar um termo de consentimento assinado por eles. O modelo será disponibilizado no site https://vacina.campinas.sp.gov.br.

 

Os adolescentes de até 17 anos serão imunizados com a vacina da Pfizer, única aprovada pela Anvisa para a faixa etária. 

 

No dia marcado, a pessoa que vai receber a dose deve levar RG, CPF (se tiver), comprovantes do agendamento (que pode ser mostrado no celular) e de endereço em Campinas (pode ser em nome dos pais ou responsável desde que o parentesco seja comprovado por meio de documentos).

 

Vacinação

 

Até a tarde desta segunda-feira, 18 de outubro, foram aplicadas 1.756.712 doses da vacina contra a covid-19 em Campinas, sendo 935.337 primeiras doses, 782.804 segundas doses ou doses únicas e 38.571 doses adicionais.

Continue Lendo

Geral

Ruas de Barão Geraldo terão bloqueios sábado para Caminhada Outubro Rosa

Publicado

em

Por

O distrito de Barão Geraldo receberá neste sábado, dia 23 de outubro, das 8h30 às 10h30, a 2ª Caminhada Outubro Rosa, organizada pelo Centro de Oncologia Campinas. Os participantes caminharão por ruas entre o Centro de Oncologia e a rotatória de acesso à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com impactos na circulação de veículos. 
 
Para garantir a segurança e fluidez do trânsito, agentes da mobilidade urbana da Secretaria Municipal de Transportes (Setransp)/Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) prestarão apoio operacional, fazendo interdições de trânsito temporárias, à medida em que os manifestantes passarem pelas vias. 
Em alguns trechos, os quatro agentes envolvidos no evento poderão fazer a canalização, ou seja, separar uma faixa de rolamento para os ciclistas e motoristas, enquanto os participantes da caminhada utilizam a outra faixa. 
A concentração da passeata será às 7h30, no estacionamento do Centro de Oncologia, na Rua Alberto de Salvo, 311. A partir das 8h30, os inscritos – no máximo 150 pessoas – seguirão pelas ruas Cecília Feres Zogbi, Salomão Mussi, Antônio Zaine e Dr. Eurico Wanderley Moraes Carvalho, retornando pela Rua Dr. Ruberlei Boaretto da Silva. Na sequência, passarão pelas ruas Dr. Tácito Monteiro de Carvalho e Silva, Catharina Signori Vicentin, Antônio Zaine, Edele Próspero Píccoli, Salomão Mussi e Leonina Marinelli Leonardi, retornando ao Centro de Oncologia. 
O transporte público coletivo municipal não será afetado. Não há pontos de ônibus nos 3 km do percurso. 
Fale Conosco 
Para acionar os agentes da mobilidade urbana da Setransp/Emdec, a população pode ligar no 118, na opção 1. Ligações de outra cidade ou DDD devem ser feitas no (19) 3731-2910.
Outubro Rosa 
O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama. A 2ª Caminhada Outubro Rosa tem o apoio da Prefeitura Municipal de Campinas por meio das Secretarias Municipais de Esportes e Lazer e de Saúde. Para mais informações, acesse bit.ly/2_Caminhada_Outubro_Rosa. 

Continue Lendo

Geral

Centro da cidade ganha mural em prédio para exaltar a figura feminina

Publicado

em

Por

O artista Fabiano Carriero Eiras, de Campinas, realiza sua primeira pintura em uma empena – a lateral livre de um prédio – no centro da cidade. A obra pode ser vista no edifício Dona Othilia, cruzamento das avenidas Dr. Moraes Sales com Júlio de Mesquita. Trata-se do projeto “Carne de Caju – Fabiano Carriero Eiras”, premiado pelo edital ProAc Expresso da Lei Aldir Blanc n° 51/2020. A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo apoia a iniciativa. O artista terminou a pintura neste sábado, 16 de outubro, e agora está na fase de retirar os andaimes. 
A pintura tem 30m x 6.5m e a concepção poética da obra, intitulada “Carne de Caju”, tem inspiração na música “Morena Tropicana”, composta por Alceu Valença e Vicente Barreto, presente no disco Cavalo de Pau (1982). “Assim como nesta composição, a obra tem a intenção de exaltar a força, a beleza e a importância da figura feminina, sem deixar de lado a necessidade de reiterar o respeito devido a todas as mulheres, em um sentido amplo, rompendo com padrões de beleza e uniformizações estéticas”, explica o artista.
Neste projeto, premiado pelo histórico de realização em artes visuais, Carriero deu um passo à frente em sua carreira de muralista, por meio da realização de seu primeiro trabalho em uma empena. O resultado foi uma obra original com grandes proporções, que terá destaque e impacto visual na paisagem urbana. Valendo-se de técnicas de pintura com pincel, com rolo de pintura e, eventualmente, com o stencil, o artista utillizou tintas próprias para pintura de paredes externas, conferindo maior durabilidade à obra.
De maneira geral, o projeto ‘Carne de Caju’ busca ampliar o acesso à cultura, construindo com a população o entendimento de que a pintura de empena e o muralismo ressignificam a urbanização, transformando a paisagem formada pelos prédios em uma exposição a céu aberto que reúne uma arte viva e genuinamente pública”, disse o artista.
Sobre o artista
Fabiano Carriero nasceu em Campinas em 1981 e passou parte da infância e adolescência em em Araruama-RJ, onde aprendeu muito com a vivência de moleque descalço. De volta à cidade em 2003, fez cursos de HQ e caricatura na Escola Pandora, com os cartunistas Bira Dantas e Paulo Branco.
A partir de 2007, Carriero manteve assiduamente o seu “cantinho” na Praça Imprensa Fluminense, o Centro de Convivência de Campinas, onde todo fim de semana é realizada a Feira Hippie. Até pouco antes da pandemia, o artista expunha seus trabalhos no local, divulgando a produção para um enorme número de pessoas interessadas em artes, artesanato, quitutes e antiguidades. Começou nesta feira como caricaturista, mas nos últimos tempos focou mais na venda de quadros e gravuras, conquistando, assim, não só um viver da arte, mas também a possibilidade de espalhar a reflexão de uma obra.
Em 2011, Carriero inaugurou seu primeiro ateliê, localizado na Av. Barão de Itapura, espaço em que realizou inúmeros debates artísticos, nove exposições, muitos encontros e feiras, e onde ficou até meados de 2014. Um ano antes, em 2013, havia ingressado na PUC-Campinas, graduando-se em Artes Visuais após alguns semestres aperfeiçoando sua técnica em gravuras, sob influência do artista e mestre Paulo Cheida Sans. Adquiriu, então, intimidade com as diferentes linguagens das artes plásticas.
Em 2016, após se formar, Carriero continuou dedicando seu tempo à pintura, à gravura e às diferentes vertentes das artes urbanas – ou públicas, como gosta de chamar – tais como “lambe-lambe”, stickers e o próprio muralismo. No mesmo ano, inaugurou um novo espaço criativo, o Ateliê Folha, localizado na Vila Industrial, local em que continuou realizando encontros, exposições e feiras até o início de 2020. 

Continue Lendo

Populares