Connect with us

Indaiatuba

Fiec reúne professores para o planejamento pedagógico de 2019

Publicado

on

Foto: Juliana Wolf – Fiec

A prefeitura de Indaiatuba através da Fiec promoveu nesta quarta-feira (06) um encontro entre o corpo docente da instituição com o objetivo de planejar o primeiro semestre do ano letivo. Estiveram presentes cerca de 150 professores, coordenadores, o superintendente, Prof° Mário Cesar Cobianchi; a diretora, Elaine Geiss; a vice-diretora, Nilza Chavier; e a gestora do Pronatec, Regina Pigatto.

A diretora Eliane Geiss, iniciou a noite explicando aos presentes a importância do planejamento “nosso foco para 2019 é integrar ainda mais os cursos, diminuir a evasão de alunos e continuar oferecendo a esses jovens uma oportunidade de ingressarem no mercado de trabalho, para isso conto com o apoio de todos vocês professores”, concluiu.

O superintendente Prof° Mário Cesar Cobianchi, se apresentou à equipe docente e apresentou os novos projetos para a Fiec continuar avançando sendo referência nacional em ensino técnico.

“A Fiec é reconhecida nacionalmente graças ao trabalho importante que vocês realizam em sala de aula, continuaremos expandindo o trabalho com novos projetos e vocês são fundamentais nesse processo”. Falou ainda da sua percepção com os alunos recém-formados que fazem estágio na fundação “Me emociona muito ver que vocês além de formar profissionais, formam cidadãos, vocês o valorizam e isso é impactante. Isso prova que o trabalho está sendo bem feito e juntos iremos avançar”. Finalizou.

Na sequência, o Doutor em História Social na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Vagner Marques; fez a explanação da palestra: “Desafios na Educação no tempo presente: A questão didática e a didática em questão”, que retratou assuntos do cotidiano dos professores através de uma micro história da educação no Brasil e o papel ocupado pela figura docente, as transformações sociais nas últimas décadas e os impactos na educação.

Os coordenadores se reuniram com os professores após a palestra para discutirem o tema e apresentar o plano de aulas, o calendário das atividades e o planejamento didático do 1° semestre de 2019.

Sobre Vagner Marques

Doutor em História Social na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Mestre em Ciência da Religião na área de concentração Religião e Sociedade pela mesma Universidade, onde também se tornou historiador. Coordenador Técnico Pedagógico na Secretaria Municipal de Educação de Ferraz de Vasconcelos. Ministra formações e palestras contemplando as áreas de educação, história e sociologia. Atua na formação de professores e coordenadores um grupo de estudos sobre os desafios da educação no tempo presente. Idealizador e Coordenador do Cursinho Popular Martin Luther King. Membro da Associação Brasileira de História das Religiões (ABHR).

Indaiatuba

Novo caso de sarampo é confirmado para Indaiatuba em mulher de 28 anos

Publicado

on

Foto: Lais Fernandes RIC/PMI

O Secretaria Municipal de Saúde de Indaiatuba confirma nesta sexta-feira (23) mais um caso positivo de sarampo na cidade. O Departamento de Vigilância Epidemiológica recebeu o resultado positivo do Instituto Adolfo Lutz, sendo classificado como autóctone. Este caso, trata-se de uma mulher de 28 anos com duas doses da vacina, sendo uma aplicada em 1991 e outra em 1992, a paciente mora no bairro, Jardim Primavera e apresentou os sintomas no final de julho. O bloqueio familiar, de pessoas próximas e no trabalho da paciente já foi realizado. A mulher foi curada e passa bem. Até o momento foram registradas 38 notificações para sarampo, sendo: 4 positivos (3 autóctones e 1 importado residente); 32 em análise e 2 casos descartados.

Com o resultado positivo os Departamentos de Atenção Básica junto com a Vigilância Epidemiológica irão traçar a estratégia de bloqueio vacinal para todo o bairro Jardim Primavera. Da mesma forma como foram os outros bloqueios a equipe de saúde percorre o bairro aplicando a vacina tríplice viral de forma seletiva, para aqueles que estão com a carteira de vacinação incompleta. De 6 meses a 29 anos são duas doses e de 30 a 59 anos apenas uma dose da vacina comprovada em carteira de vacinação.

HISTÓRICO

O primeiro caso é de um menino de 10 anos, residente no bairro Jardim Paulista II com duas doses da vacina tríplice viral, histórico de viagem recente para São Paulo capital e estudante da E.E Annunziatta Leonilda Virginelli Prado.

O segundo caso é uma menina de 1 ano que não frequenta creche e não tem histórico de viagem, é residente no bairro Nova Veneza. A criança apresentou os sintomas em maio e foi atendida em unidade de saúde privada em Salto, a notificação chegou na segunda quinzena de junho por meio de laboratório particular.

O terceiro caso trata-se de uma criança do sexo masculino de 3 anos de idade com duas doses da vacina Tríplice Viral, estuda em escola particular e é residente no Jardim Eldorado, não possuía histórico de viagem.

INTENSIFICAÇÃO PARA CRIANÇAS DE 6 A 11 MESES

Indaiatuba seguindo a orientação do Ministério da Saúde iniciou a vacinação contra o sarampo para crianças com 6 meses a menores de 1 ano que é chamada “dose zero”. Para tomar a vacina, basta procurar a unidade de saúde mais próxima da residência com a carteira de vacinação. A recomendação é que todas essas crianças, nesta faixa etária, sejam vacinadas. Além de proteger, a medida de segurança pretende interromper a cadeia de transmissão do vírus do sarampo no país. A Tríplice Viral, previne também contra rubéola e caxumba, deve ser evitada na vigência de febre.

A “dose zero” não substitui e não será considerada válida para fins do calendário nacional de vacinação da criança. Assim, além dessa dose que está sendo aplicada, os pais e responsáveis devem levar os filhos para tomar a vacina tríplice viral (D1) aos 12 meses de idade (1ª dose); e aos 15 meses (2ª dose) para tomar a vacina tetra viral ou a tríplice viral + varicela. A vacinação de rotina das crianças deve ser mantida independentemente do planejamento de viagens para os locais com surto ativo do sarampo ou não.

COBERTURA VACINAL

A Secretaria de Saúde enfatiza a importância de manter a caderneta de vacina atualizada, o Ministério da Saúde estabelece a meta de 95% da cobertura vacinal da Tríplice viral. Em 2019 até a data atual, Indaiatuba atingiu 98,70% da vacinação em crianças de 1 ano. A falta de vacinação é a principal causa do retorno dos casos de sarampo, por isso a vacina é imprescindível para manter a saúde pública em dia.

Com as intensificações da vacinação contra o sarampo e mais ações de busca ativa para cumprir o Calendário Vacinal, Indaiatuba já vacinou mais de 10 mil pessoas desde janeiro.

Continue Reading

Indaiatuba

Secretaria de Cultura abre período de inscrições para 5º Salão de Artes Visuais

Publicado

on

Foto: Arquivo RIC/PMI

A Imprensa Oficial do Município divulgou na edição de quinta-feira (22) o regulamento do 5º Salão de Artes Visuais de Indaiatuba – 2019, realizado pela Prefeitura de Indaiatuba e que consiste em um espaço anual para exposição e premiação dos artistas plásticos locais, nas diferentes modalidades das artes visuais. Poderão se inscrever, no período de 23 de agosto a 20 de setembro de 2019, artistas plásticos residentes em Indaiatuba, nas seguintes categorias: pintura (tintas à óleo, acrílica, aquarela e outras), escultura, instalação, fotografia e desenho (histórias em quadrinho, caricatura e charge).

A exposição do Salão de Artes Visuais será realizada de 25 de setembro a 11 de outubro em local a ser definido pela Secretaria Municipal de Cultura. Uma comissão julgadora formada por artistas e críticos da área definirá as três obras mais relevantes de cada uma das categorias, cujos artistas receberão certificados e premiação em dinheiro nos valores de R$ 3 mil para o primeiro colocado, R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro lugar.

O regulamento completo e a ficha de inscrição estão disponíveis no link https://www.indaiatuba.sp.gov.br/cultura/concursos/salao-artes-visuais/. As inscrições devem ser feitas presencialmente na Secretaria Municipal de Cultura, situada à Rua das Primaveras, 210, Jardim Pompéia, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. A data da premiação será divulgada posteriormente.

Continue Reading

Indaiatuba

Prefeito adere a programa paulista que visa a melhoria de indicadores sociais

Publicado

on

Foto: Geórgia Couto PMI

O Prefeito Nilson Gaspar (MDB) aderiu ao Programa Parcerias Municipais, do Governo do Estado de São Paulo, que vai oferecer benefícios financeiros aos municípios que melhorarem os indicadores sociais por meio de políticas públicas eficazes, especialmente nas áreas da saúde, educação e segurança. O projeto foi apresentado nesta quinta-feira (22) pelo Governador João Dória, no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, em cerimônia que contou com a presença de gestores municipais e outras autoridades, dentre eles o deputado estadual Rogério Nogueira (DEM) e o vice-governador e secretário de Governo do Estado, Rodrigo Garcia.

“Nós levamos muito a sério o compromisso assumido com a população de prezar por uma gestão eficiente e frequentemente temos visto o resultado do nosso trabalho. Somos a segunda cidade menos violenta do país, o nosso Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) supera a média nacional e também estamos trabalhando constantemente para melhorar os nossos serviços de saúde pública. Como essa iniciativa do governo estadual vai beneficiar as prefeituras por meritocracia, acredito que estamos no caminho certo para receber esses novos investimentos”, argumentou Gaspar.

Por meio da colaboração entre Estado e prefeituras a intenção do projeto é otimizar as políticas públicas de cada cidade, respeitando as características de cada uma e reduzindo as desigualdades regionais. Para isso serão pactuados índices que, quando alcançados, resultarão em investimentos financeiros oferecido pelo Governo do Estado para a aplicação em projetos nas mesmas áreas que obtiverem as metas alcançadas.

Os indicadores municipais apresentados pelo programa revelam que Indaiatuba melhorou em todos os índices que compreendem a última década (2008 a 2018), entre eles, matrículas na creche e na pré-escola, Ideb, cobertura das equipes de atenção básica e taxa de homicídios.

Foto: Geórgia Couto PMI

Continue Reading