Connect with us

Geral

Shopping Dom Pedro ganha uma loja CASA&VÍDEO

Published

on

CASA&VÍDEO, uma das maiores redes varejistas do Rio de Janeiro, dando continuidade ao seu plano de expansão na região Sudeste do País, anuncia a abertura de mais uma loja em São Paulo. Localizada no Parque D. Pedro Shopping, em Campinas, a unidade será a maior da marca no Estado, com 900 m² de área, e a segunda a ter um balcão de Ponto de Vendas, unindo o varejo físico ao on-line. A inauguração está marcada para o próximo dia 19, a partir das 10h. 

Atualmente, a rede de varejo está presente em várias cidades do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo, totalizando mais de 100 unidades. Somente no Estado de São Paulo são quatro, sendo duas em Campinas (Parque D. Pedro e Shopping Parque das Bandeiras), uma em São José dos Campos (CenterVale Shopping) e outra em Guaratinguetá (Buriti Shopping).


Na nova loja, a CASA&VÍDEO oferecerá mais de 3 mil produtos para a comercialização, entre smartphones, eletroportáteis, utilidades domésticas, ferramentas, organizadores e brinquedos. Para oferecer a melhor experiência de compra aos moradores de Campinas e região, a unidade, além de apresentar um conceito organizado de exposição de itens e sistema de autoatendimento, o que facilita a escolha dos produtos pelos clientes, disponibilizará o Ponto de Vendas On-line, com mais de 6 mil produtos. O consumidor pode pesquisar, comprar on-line, receber em casa ou retirar na loja gratuitamente.

“Nosso objetivo é oferecer ao consumidor o produto que ele deseja e precisa, dando comodidade para que receba em casa ou retire na loja física, sem perder a otimização do estoque da unidade”, enfatiza Carlos Ricardo de Carvalho, diretor de Lojas da CASA&VÍDEO.

Com o final do ano e o pagamento da segunda parcela do 13º salário, a loja, localizada entre o cinema e a Praça de Alimentação do shopping, torna-se uma grande opção para a compra de presentes de Natal ou mesmo para dar aquela sonhada atualizada nos eletrodomésticos, tornando o dia a dia mais prático. E para a inauguração, a CASA&VÍDEO preparou ofertas exclusivas, degustação e brindes para os 50 primeiros clientes.

“Oferecer excelentes produtos e variedade de marcas a preços competitivos é a principal característica da CASA&VÍDEO”, completa Carvalho. O diretor lembra que o potencial econômico da Região Metropolitana de Campinas, que representa 1,8% do PIB (Produto Interno Bruto nacional) e 7,81% do PIB paulista, e a população de 3,2 milhões de habitantes, foram alguns dos fatores que levaram a empresa a decidir pela abertura da segunda loja em Campinas.

“Além da região possuir uma forte economia, levamos em conta também a proximidade com o Rio de Janeiro, onde está o nosso centro de distribuição, que é um grande facilitador para o processo de logística”, destaca Carlos Ricardo de Carvalho.

Ainda de acordo com Carvalho, para 2020, o plano de expansão prevê a abertura de mais 20 lojas, aumentado sua participação no mercado de varejo do Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo, que ganhará a primeira loja da rede na capital. 

Sobre a CASA&VÍDEO

CASA&VÍDEO é uma rede de loja de departamentos, fundada no Rio de Janeiro em 2009. Em julho de 2019, atingiu o marco de 100 lojas, reforçando o seu plano de expansão. Atualmente, a empresa está presente nos municípios do Estado do Rio de Janeiro, incluindo NiteróiDuque de CaxiasSão João de MeritiNova Iguaçu e a capital. Além de estar presente no Estado do Espírito Santo, São Paulo e Minas Gerais.

Geral

Campinas dispersa 2.261 pessoas na 2ª noite da Operação Aglomeração Zero

Published

on

By

No segundo dia da Operação Aglomeração Zero em Campinas, entre a noite de sábado, 19/06, e a madrugada de domingo, 20/06, equipes de fiscalização da Prefeitura dispersaram 2.261 pessoas que se encontravam em situação de desobediência às medidas de distanciamento social e sem uso de máscaras, em festas e bares da cidade. Três estabelecimentos foram fechados e os proprietários de outros 136 foram orientados pelos fiscais.

 

Festa clandestina

 

A Guarda Municipal também autuou e multou o organizador de uma festa clandestina numa chácara no Jardim Novo Sol, no Distrito do Ouro Verde. A Guarda Municipal foi acionada por meio de uma denúncia anônima para verificar a ocorrência de aglomeração e desobediência às normas de distanciamento e de descumprimento das medidas sanitárias. Os agentes chegaram às 23h ao local, onde acontecia a festa com 150 pessoas sem máscaras e consumindo bebidas alcoólicas. O organizador foi multado em R4 18.943,00.

 

A Operação Aglomeração Zero teve início na sexta-feira, 18/06, em Campinas e visa evitar e dispersar qualquer agrupamento com 10 ou mais pessoas na cidade. É coordenada pela Secretaria de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública. O foco das ações são os locais com maior número de chamados de aglomerações, bairros com mais casos de Covid-19 e onde há mais denúncias pelo 156 e 153.

 

A medida amplia as iniciativas da Administração no combate à pandemia de Covid-19. Também para conter o avanço do coronavírus, a partir desta segunda-feira, 21/06, Campinas terá novo horário do Toque de Recolher, das 19h01 às 4h59. O consumo de bebidas alcoólicas em vias e espaços públicos e também em dependências de postos de combustíveis está proibido desde sábado.

 

Foragido e traficante preso

 

 

Também na noite de sábado, em ronda pela cidade, os agentes da Guarda Municipal desconfiaram das atitudes de um homem com uma bolsa a tiracolo. Ao sentir a aproximação dos agentes, o suspeito dispensou a bolsa e saiu correndo, mas foi alcançado e detido. Na bolsa foram encontrados vários pinos de crack. Conduzido ao Primeiro Distrito Policial apurou-se que o homem era foragido da Justiça.

Continue Reading

Geral

Campinas vacina 27.870 e alcança marca de 100 mil doses feitas em Dias D

Published

on

By

Campinas aplicou 27.870 doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado, 19/06, no quarto Dia D contra a doença na cidade. Com o resultado de hoje, o município alcançou 100.104 doses aplicadas em quatro edições da estratégia. Também neste sábado foi a maior quantidade de doses aplicadas  em um único dia na cidade desde o início da campanha.

 

No primeiro Dia D, em 22 de maio, foram vacinadas 23.612 pessoas. Na segunda edição, 4 de junho, foram 23.104. Na terceira estratégia, em 12 de junho, foram aplicadas 25.518 doses de vacinas, até então o maior número de imunizados em um único dia.

 

Com os dados vacinais deste sábado, 457.778 pessoas já receberam a primeira dose contra a Covid em Campinas e 169.311 a segunda dose. No total, já foram aplicadas 627.089 doses desde o início da campanha, em janeiro, em residentes no município. Com isso, a cidade segue na liderança entre os municípios com mais de 500 mil habitantes que mais vacinaram no Estado de São Paulo.

 

A diretora da Secretaria de Saúde de Campinas, Deise Hadich, avaliou o Dia D como um sucesso. “Atingimos um recorde de vacinados, sem aglomeração, sem filas, sem espera, tudo com tranquilidade, as equipes de saúde com muita dedicação e excelente adesão da comunidade”, disse Deise.

 

A diretora de saúde alerta que cuidados básicos como uso de máscara, distanciamento social e higiene das mãos devem ser mantidos mesmo após a aplicação das duas doses do imunizante, uma vez que nenhuma vacina garante 100% de proteção contra a doença.

 

O agendamento da vacina contra a Covid para pessoas com mais de 50 anos e para aquelas incluídas em outros grupos prioritários segue aberto para a próxima semana em Campinas no site vacina.campinas.sp.gov.br

 

O Dia D é organizado pela Secretaria de Saúde em conjunto pelo Departamento de Vigilância em Saúde e Departamento de Saúde.  A Guarda Municipal dá apoio no transporte seguro das doses.

Continue Reading

Geral

Operação Aglomeração Zero verifica 139 comércios, fecha 20 e lacra dois

Published

on

By

Na primeira noite da Operação Aglomeração Zero em Campinas, entre as 21 horas da sexta-feira e as 5 horas da madrugada do sábado, a Prefeitura fiscalizou 139 estabelecimentos comerciais na cidade, fechou vinte e lacrou dois por não estarem cumprindo as medidas sanitárias e de isolamento social.

 

Durante as ações, 1.268 pessoas foram dispersadas e orientadas sobre as medidas sanitárias para a prevenção da Covid-19, como evitar aglomerações, usar máscaras e fazer constante higienização das mãos.

 

A Operação é coordenada pela Secretaria de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública e endurece ainda mais as medidas da Administração para dispersar agrupamentos de pessoas na cidade. O objetivo é conter a propagação do novo coronavírus.

 

Também durante a ação, as barreiras do Toque de Recolher abordaram 297 veículos e orientaram 403 pessoas a retornarem para suas casas. As equipes de fiscalização partiram de frente ao Estádio Moises Lucarelli, na Ponte Preta, e visaram prioritariamente os locais e estabelecimentos mapeados com histórico de desobediência às medidas prevenção e, como consequência, classificadas como atividades de maior contaminação pelo vírus.

 

A Operação Aglomeração Zero estenderá por todas as noites e madrugadas até pelo menos o final do mês de junho, como medida de combate a pandemia. A partir da próxima segunda feira (21/06) o Toque de Recolher passa a vigorar a partir das 19 horas, horário que os estabelecimentos comerciais não essenciais também devem encerrar as atividades. As denúncias pelo não cumprimento das medidas podem ser feitas pelo 156 e 153.

Continue Reading

Populares