Connect with us

Geral

Secretaria de Saúde divulga dados da pandemia de Covid-19 nesta quinta, 23

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde atualizou nesta quinta-feira, dia 23 de julho, os dados da pandemia do novo coronavírus em Campinas. O município registrou mais 25 óbitos pela Covid-19, somando 603 vítimas fatais da doença. 

 

 

 

Campinas tem 14.962 casos confirmados da doença – ontem, dia 22 de julho, eram 14.493, ou seja, são 469 casos a mais. Há 699 casos em investigação (eram 731, são 32 a menos) e 24.118 foram descartados (eram 23.404, são 714 a mais). Também estão sendo investigados 27 óbitos (quatro a menos). 

Publicidade

 

 

 

O boletim da Covid-19 em Campinas também informa o número de pessoas que já se recuperaram da doença. São 12.890 pessoas recuperadas, 358 a mais que ontem, quando eram 12.532. Há 470 pessoas internadas em razão da doença – eram 443, são 27 a mais, e 999 encontram-se em isolamento domiciliar (eram 940, são 59 a mais). 

 

Publicidade

 

 

No que se refere às 25 novas mortes registradas pela doença, 12 das vítimas eram homens e 13 eram mulheres. Três não tinham outras doenças e 22 apresentavam comorbidades. Com relação à faixa etária, 20 tinham mais de 60 anos e dentre eles: cinco tinham mais de 80 anos, sete de 70 e 79 e oito de 60 a 69. Cinco das vítimas tinham menos de 60 anos, sendo que duas tinham entre 40 e 59 anos e três entre 30 e 39 anos. 

 

 

Publicidade

 

Sobre as vítimas

 

 

– Homem, de 66 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 19 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

Publicidade

 

– Mulher, de 71 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 20 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

 

– Homem, de 38 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 15 de julho em hospital privado. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

Publicidade

– Mulher, de 70 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 21 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Mulher, de 90 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 12 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Homem, de 83 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 18 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

Publicidade

 

– Homem, de 41 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 21 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

 

– Mulher, de 69 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 19 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

 

Publicidade

– Homem, de 68 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 16 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Homem, de 73 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 22 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Mulher, de 86 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 13 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

Publicidade

 

– Mulher, de 79 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 12 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Homem, de 70 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 17 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

Publicidade

– Mulher, de 71 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 19 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Mulher, de 68 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 22 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Mulher, de 87 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 18 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

Publicidade

 

– Mulher, de 62 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 21 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Homem, de 80 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 14 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

Publicidade

– Homem, de 57 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 19 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Mulher, de 71 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 22 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

 

– Homem, de 64 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 15 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

Publicidade

 

– Mulher, de 38 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 30 de junho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

 

– Homem, de 67 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 22 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

 

Publicidade

– Homem, de 32 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 17 de julho em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

 

– Mulher, de 65 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 22 de julho em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

 

Informações

Publicidade

 

 

Todas as informações sobre o novo coronavírus ou Covid-19 podem ser acessadas no endereço covid-19.campinas.sp.gov.br/. Na ferramenta, as pessoas encontram todas as medidas do Comitê Municipal de Enfrentamento da Pandemia de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus e também podem tirar dúvidas e ter acesso à atualização dos dados da pandemia em Campinas.

Geral

Medalha da PM reconhece parceria com GM e Defesa Civil em prol da cidade

Publicado

em

Por

A comandante da Guarda Municipal de Campinas, Maria de Lourdes Soares, e o coordenador regional e diretor da Defesa Civil de Campinas, Sidnei Furtado, receberam a medalha do centenário do 8º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I) nesta segunda-feira, dia 8 de agosto, durante celebração do 121º aniversário do regimento.

Os servidores municipais estão entre as 40 personalidades laureadas pelos relevantes serviços ao Estado e à região de Campinas, além de terem contribuído para elevar o nome da corporação.

Para a comandante, Maria de Lourdes Soares, a homenagem se estende à Guarda. “É uma honra para mim pessoalmente, e também para a GM. Temos uma relação estreita com o batalhão e este é um reconhecimento pela parceria e pelos serviços prestados”.

O diretor da Defesa Civil, Sidnei Furtado, também agradeceu a honraria e destacou a colaboração do serviço com o regimento. “Nossa colaboração é muito antiga e se ampliou com as ações de enfrentamentos à pandemia e a outros desastres na região”.

O secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública de Campinas, Christiano Biggi Dias, também participou da cerimônia. Ele e o prefeito de Campinas, Dário Saadi, foram agraciados com a medalha no ano passado.

Publicidade

O aniversário do Batalhão contou com passagem de tropa, desfile de viaturas da polícia, GM, Emdec e Defesa Civil. Também foi descerrado o busto do patrono do 8º BPM/I, o coronel da PM Germano Denisale Ferreira.

Continue Lendo

Geral

Atendimentos da Policlínica 1 passam a ser feitos nas unidades 2 e 3

Publicado

em

Por

Com o objetivo de facilitar o acesso e qualificar a assistência, os atendimentos da Policlínica 1 do Jardim Guanabara passam a funcionar de modo permanente nas Policlínicas 2 e 3, a partir desta segunda-feira, dia 8 de agosto. Essas unidades localizam-se respectivamente no Centro e Parque Itália.
As policlínicas atendem pacientes encaminhados pela rede básica de saúde, por meio de agendamento. Há especialidades como cardiologia, mastologia, urologia, pré-natal de alto risco, nefrologia e ostomia, entre outras. Os serviços oferecem ainda exames de ultrassonografia, mamografia, raio-X odontológico e exames laboratoriais, além de realizarem procedimentos e pequenas cirurgias.
Segundo a diretora de Saúde da Prefeitura de Campinas, Sara Sgobin, a mudança é definitiva e foi realizada para “unificar o atendimento, otimizar a linha de cuidado e a chegada da população”. 

Continue Lendo

Geral

Emdec presta apoio operacional à disputa entre Ponte Preta e Vasco

Publicado

em

Por

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) realiza uma operação especial de trânsito para o duelo entre a Ponte Preta e o Vasco da Gama, pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2022. A disputa será nesta terça-feira, 9 de agosto, às 20h30, no estádio Moisés Lucarelli.

As ações operacionais da Emdec começam na madrugada, com a reserva de vagas em trechos das ruas Capitão Pedro de Alcântara, Fernando Costa e Cásper Líbero. A partir das 7h, não será permitido estacionar nestes pontos.

Os bloqueios viários no entorno do estádio começam às 18h30. Serão nove pontos de bloqueios totais, nos acessos para a Rua Casper Líbero pelas vias Afonso Pena, Frei José de Monte Carmelo, Salvador Caruso e Fernando Costa. Também haverá interdições nos cruzamentos da Rua Capitão Pedro de Alcântara com as vias Professor Luís Cerqueira Monteiro e Afonso Pena; e da Rua Fernando Costa com a Rua Thomaz Ortale.

Em outros seis pontos com bloqueios totais, o acesso local será permitido, nos cruzamentos da Avenida Monte Castelo com as vias Afonso Pena, Dom Lino Deodato Rodrigues de Carvalho, Frei José de Monte Carmelo e Fernando Costa; e, também, nos cruzamentos da Rua Proença com as vias Dr. Quirino e Luzitana.

No total, oito agentes da Mobilidade Urbana atuam na operação, além de operadores da Divisão de Controle Operacional e equipes semafóricas. A previsão é de que a operação seja encerrada até 23h30.

Publicidade

Para esclarecer dúvidas sobre trânsito e transporte, acesse os canais do Fale Conosco Emdec, pelo telefone 118, site (portal.emdec.com.br/faleconosco); ou pelo aplicativo “Emdec”, disponível para download no Google Play e App Store. Para chamadas realizadas a partir de outra cidade ou DDD, o telefone é (19) 3731-2910.

Continue Lendo

Populares