Connect with us

Geral

Viaduto na John Boyd será parcialmente liberado ao tráfego de veículos

Published

on

A dinâmica de tráfego na Avenida John Boyd Dunlop ganha nova configuração, na região do Jardim Aurélia, a partir desta terça-feira, 10 de dezembro. Um dos viadutos erguidos sobre a avenida, próximo ao hipermercado Enxuto, será parcialmente liberado para a circulação de veículos. A área reservada para travessia de pedestres, nas laterais, já está ativada.

 

A obra de arte, composta por dois viadutos, compõe as obras de implantação do Corredor BRT (Bus Rapid Transit – Ônibus de Trânsito Rápido) Campo Grande. Neste primeiro momento, será liberada ao tráfego de veículos a alça de um dos viadutos, no sentido Centro. A alça a ser liberada fica na altura do posto de combustíveis e da empresa Claro.

 

“A implantação do BRT campineiro está promovendo a requalificação do espaço urbano e solucionando pontos críticos de tráfego. O viaduto construído no Jardim Aurélia eliminará um dos pontos de cruzamento em nível, resultando em ganho de tempo nos percursos e privilegiando o transporte público”, destaca o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro.

 

Na prática, fica reaberta a transposição da Avenida JBD pela Avenida José Pancetti. O cruzamento foi bloqueado em fevereiro de 2019 para execução da obra de arte. O conjunto semafórico que disciplina a transposição será reativado.

 

Os motoristas que vêm da Avenida José Pancetti com destino ao Centro ou que trafegam pela Avenida JBD e desejam retornar ao sentido Centro cumprirão o percurso pela nova alça de acesso. A abertura do dispositivo também proporciona a transposição entre os bairros Jardim Aurélia e Jardim Miranda, pela Avenida Antônio Carvalho de Miranda.

 

A liberação completa dos viadutos, incluindo as passagens inferiores, ocorrerá gradativamente. Ao final da implantação do Corredor BRT na região, prevista para meados de 2020, o tráfego de veículos na pista expressa será feito sob a Avenida JBD, pelas passagens inferiores. A região terá 10 faixas de rolamento: duas por sentido nas pistas expressas, duas por sentido nas marginais e uma por sentido para os veículos do BRT.

 

Obra de arte

 

Os viadutos construídos na Avenida JBD são formados por vias superiores, com 28 metros de vão total; e vias inferiores, com duas pistas de sete metros de extensão e cerca de seis metros de altura.

 

Atualmente, os trabalhos de execução da estrutura totalizam cerca de 95% de conclusão. Já foram executados o tabuleiro (pavimento da ponte) e o muro de contenção; assim como a escavação das passagens inferiores. A etapa final é a de acabamento.

 

A execução do viaduto foi iniciada em fevereiro de 2019, juntamente com a construção do pavimento de concreto do corredor BRT, no trecho desde a altura do Atacadão até o cruzamento com o viaduto da Rodovia Anhanguera. As obras incluíram escavações para rebaixamento do eixo da pista expressa.

 

BRT Campo Grande

 

A obra de arte integra o trecho 2 do Corredor BRT Campo Grande, que contempla 5 km de extensão e vai da Vila Aurocan até o viaduto sobre a Rodovia dos Bandeirantes. A responsável pela execução das obras é a empresa Construcap – CCPS Engenharia e Comércio.

 

Cerca de 40% do total de 5 km de corredores já foram pavimentados e outros 40% estão em execução. Das cinco estações previstas para o trecho mencionado, quatro já estão em plena execução. São elas: Jardim Aurélia, Jardim Garcia, Jardim Londres e PUC/Roseiras.

 

A região conta ainda com outras duas obras de arte. Na altura da Rua Lucas Pereira de Castro, está sendo erguida a ponte que fará a ligação com o trecho 1 do Corredor BRT Campo Grande. E na região do Jardim Garcia, na altura da Avenida Transamazônica, é construído outro viaduto sobre a Avenida JBD.

 

Ao todo, o BRT Campo Grande terá 17,9 km de extensão, saindo da região central, ao lado do Terminal Mercado, seguindo pelo leito desativado do antigo VLT, Avenida JBD, passando pelo Terminal Campo Grande e chegando ao Terminal Itajaí. Cerca de 55% das obras do Corredor BRT Campo Grande estão concluídas. Dos 17,9 km de corredores, 70% já foram executados e outros 20% estão em execução.

 

Transposição Amoreiras

 

No Corredor BRT Ouro Verde, a Emdec reabriu a transposição da Avenida das Amoreiras pelas avenidas Dante Alighieri e Mirandópolis, na região do Jardim do Lago. O fechamento foi motivado para execução do pavimento de concreto do Corredor BRT e a liberação ocorreu na última semana.

 

A implantação dos corredores BRT é a maior obra de mobilidade da história de Campinas e uma das maiores obras de mobilidade do país. Os três corredores BRT do município – Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral – têm 36,6 km de extensão, com previsão de conclusão total em meados de 2020.

 

Geral

Associações do Terceiro Setor de Campinas recebem R$ 1,450 milhão do Fiec

Published

on

By

Associações do Terceiro Setor do município foram contempladas nesta sexta feira, dia 11  de junho, pela Secretaria de Esportes e Lazer de Campinas,  com verba de aproximadamente R$ 1,450 milhão do Fundo de Investimentos Esportivo de Campinas (Fiec) .

 

 

 

O repasse do Fiec é destinado à todas as associações  que trabalham com  fomentos de projetos esportivos e paradesportivo. Esses recursos irão auxiliar o Terceiro Setor em várias ações destinadas a formação, massificação e alto rendimento nas mais variadas modalidades.

 

 

 

O Fundo Fiec é fruto da Lei Municipal 12.352/2005 criada para incrementar as agremiações e ao mesmo tempo aproximar a população de projetos esportivos que contribuem na formação e na qualidade de vida das pessoas. A cada ano amplia sua abrangência e proporciona um crescimento significativo no número de participantes.

 

 

 

Para o secretário de Esportes e Lazer, Fernando Vanin, o projeto ganha robustez a cada ano. “É motivo de enorme satisfação esta pareceria que temos com as associações esportivas. O  nosso grande objetivo é o trabalho sério realizado pelas partes, que beneficia a população”, afirmou o secretário.

 

 

 

A verba repassada é fundamental para a continuidade e criação de novos projetos. O presidente e professor da associação campineira de judô, Claúdio Tateama, ressalta o significativo apoio que recebe do Fiec: “É um recurso importante porque nos permite trabalhar com planejamento. A ideia é crescer, ter espaço e cuidar do desenvolvimento de todos. O esporte é um agente transformador”, concluiu Tateama.

Continue Reading

Geral

Prefeito doa sangue em hemocentro e incentiva população

Published

on

By

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, doou sangue na manhã desta segunda-feira, dia 14 de junho, no posto Mário Gatti do Hemocentro da Unicamp e incentivou a população a contribuir também. No “Junho Vermelho”, mês que marca a importância da doação de sangue para salvar vidas, o Hemocentro tem sofrido com estoques próximos de situação crítica. A quantidade atual é suficiente para dois ou três dias.

 

De acordo com o Hemocentro, por conta da pandemia e da vacinação, o mês de maio foi um dos piores dos últimos anos, levando à suspensão de procedimentos importantes como transplantes. As doações também são extremamente importantes para os procedimentos de urgência ou emergência, como por exemplo, para pessoas que sofreram acidentes.

 

 

O prefeito ressaltou o quanto a doação é fundamental para salvar vidas: “Precisamos sempre da conscientização de todos para colaborar com o Hemocentro e melhorar o estoque de sangue, principalmente nesse momento difícil que estamos atravessando”, disse.

 

 

No posto do Mário Gatti, o prefeito foi recebido pelo coordenador do Hemocentro Unicamp, Erich de Paula e também foi acompanhado pelo presidente da Rede Mário Gatti, Sérgio Bisogni, que também aproveitou para fazer sua doação de sangue.

 

 

O que é preciso para ser um doador de sangue?

 

– Ter entre 16 e 69 anos;

 

– Pesar no mínimo 50 quilos;

 

– Não estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos e, após o almoço, aguardar 3 horas;

 

– Estar descansado;

 

– Não fumar até 2 horas antes e 2 horas depois da doação.

 

Confira os locais de doação e mais informações no portal do Hemocentro da Unicamp.

 

 

Intervalo vacina contra Covid-19 e doação de sangue

 

 

Dependendo da vacina recebida, há necessidade de ficar sem doar sangue por períodos distintos – a CoronaVac impede a doação por 48 horas (após cada dose) e as vacinas AstraZeneca, Pfizer e Jannsen impedem por 7 dias (também após cada dose). Dessa forma, o Hemocentro da Unicamp solicita a apresentação do comprovante para os candidatos que forem vacinados a fim de garantir segurança aos pacientes que recebem o sangue.

Continue Reading

Geral

Covid: Saúde abre agendamento da vacina para quem tem mais de 50 anos

Published

on

By

A Secretaria Municipal de Saúde inicia, às 14h, desta segunda-feira, 14 de junho, o agendamento da vacina contra a Covid para pessoas com mais de 50 anos, moradoras de Campinas e sem doenças preexistentes (comorbidades). O agendamento deve ser feito preferencialmente pelo site http://vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160. Pessoas que tiverem dificuldade em marcar o horário podem procurar seu Centro de Saúde de referência para ajuda.

 

 

As vacinas serão aplicadas em Centros de Saúde do município apenas com o horário marcado. São 63 unidades de saúde disponíveis para a vacinação. Cada unidade abre em um dia da semana exclusivamente para a vacinação, sendo terça-feira ou quinta-feira ou sexta-feira. Ficam de fora apenas os CSs Boa Esperança, Carlos Gomes, Campina Grande e Bassoli.

 

 

É necessário levar CPF e documento de identidade com foto, comprovante de endereço e comprovante emitido no final do agendamento (pode ser no celular). Para comprovar o endereço é possível levar, por exemplo: contas de água, energia elétrica, telefone, gás, serviços de internet, conta de banco, conta de cartão de crédito, carnê de IPTU, etc.

 

 

 

Intervalo entre a vacina da gripe e a da Covid

 

 

Quem tomou a vacina contra a gripe precisa esperar 14 dias para tomar a vacina contra a Covid. O mesmo vale se for o contrário: só depois de 14 dias de ter tomado a vacina contra Covid é que a pessoa pode tomar a da gripe.

Continue Reading

Populares