Connect with us

Geral

Projeto de xilogravura traz exposição e atividades gratuitas a Campinas

Publicado

em

O projeto “Largofolhas: xilogravuras para a cidade” chega repleto de atividades gratuitas em Campinas. Entre os dias 4 de agosto e 2 de setembro acontecerá a exposição de obras de xilogravura com a temática da relação da natureza com o espaço urbano (folhas, folhagens e árvores) na Estação Cultura. O projeto oferecerá também oficina de xilogravura, oficina de impressão de lambe-lambe, além de uma ação performática. Para participar das oficinas não é necessário fazer inscrição nem conhecimento prévio. 

 

A ideia do projeto é desenvolver a arte em xilogravura inserindo-a na paisagem urbana de Campinas. O ambiente da Estação Cultura para a exposição das obras dos artistas Simone Peixoto, Márcio Elias e Luciana Bertarelli foi a escolha perfeita. “A ideia é levar a arte para fora dos espaços tradicionais, como museus e galerias. Na exposição na Estação Cultura e também nas outras atividades vamos tentar integrar as instalações das obras com o ambiente de forma harmônica, utilizando como suporte aquilo que também faz parte da paisagem urbana”, explica Márcio Elias, artista e um dos idealizadores do projeto. 

 

 

A xilogravura é uma antiga técnica de impressão de figuras e textos com madeira entalhada, o que funcionava como matriz para a transferência da imagem para o papel. Desenvolvida na China, a técnica da xilogravura é encontrada no nordeste brasileiro, como parte da arte e da cultura daquela região, frequentemente utilizada para ilustração de textos de literatura de cordel, por exemplo. 

 

 

“Largofolhas: xilogravuras para a cidade” é realizado com recursos do ProAC Edital (Programa de Ação Cultural) e teve sua primeira edição realizada no ano de 2013 com o financiamento do FICC (Fundo de Investimentos Culturais de Campinas). A proposta era que cada artista realizasse obras para serem instaladas numa praça, utilizando a xilogravura como técnica/linguagem principal. A praça serviu também como fonte de inspiração e referência imagética, permitindo que as instalações se integrassem de forma harmoniosa, as obras com a paisagem do local.

 

Serviço

Projeto “Largofolhas: xilogravuras para a cidade”

 

 

Abertura: 04/08, às 15h

Visitação: 04/08 a 02/09

Local: Estação Cultura, Praça Marechal Floriano Peixoto, s/nº

Horário de visitação: De segunda a sábado, das 8h às 22h; e domingo, das 8h às 20h

 

 

Oficina de Xilogravura

Local: Praça Correia de Lemos (em frente ao Teatro Castro Mendes)

Data: 11/08

Horário: 10h às 14h

 

 

Oficina de Impressão de Lambe-Lambe

Local: Estação Cultura, Praça Marechal Floriano Peixoto, s/nº

Data: 19/08

Horário: 13h às 17h

 

 

Colagem dos Lambe-Lambe na Vila Industrial

Local de encontro: Estação Cultura, Praça Marechal Floriano Peixoto, s/nº

Data: 26/08

Horário: 10h às 14h

 

 

Cortejo Largofolhas (ação performática)

Local de concentração: Praça Correia de Lemos (em frente ao Teatro Castro Mendes)

Data: 01/09

Horário: 11h

Geral

Liberadas mais vagas para vacinar gestantes da área da saúde contra Covid

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde de Campinas vai reabrir, a partir das 19h desta quarta-feira, 5 de maio, o agendamento para a vacinação de trabalhadoras de saúde
No grupo de trabalhadoras de saúde estão incluídas as profissionais que têm graduação ou curso técnico na área e as mulheres que trabalham no setor, incluindo recepcionistas de serviços de saúde, trabalhadoras da limpeza e lavanderias de serviços de saúde, cozinheiras de serviços de saúde, balconistas de farmácias, drogarias, entre outras que trabalham em estabelecimentos como hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios, drogarias, farmácias entre outros, além de cuidadoras de idosas registradas por empresas da área.
Profissionais de saúde devem apresentar o registro no Conselho de Classe e/ou outro comprovante, além de comprovante de trabalho no setor, que pode ser contrato de trabalho, contrato de prestação de serviços, holerite, crachá (desde que contenha minimamente as informações: nome do estabelecimento, nome e sobrenome da pessoa, cargo ou função) ou declaração emitida pelo serviço de saúde que comprove o vínculo empregatício da pessoa.
Grávidas e puérperas terão que levar o cartão pré-natal (caderneta da gestante). As lactantes devem apresentar a certidão de nascimento do bebê.
Todas as agendadas terão que apresentar o comprovante de agendamento impresso ou salvo como imagem em seu celular, documento oficial com foto e comprovante de residência no município em seu nome.

Continue Lendo

Geral

Aberto agendamento para vacinação de pessoas a partir dos 60 anos

Publicado

em

Por

Continue Lendo

Geral

Campinas zera fila de espera por leitos de enfermaria e UTI-Covid

Publicado

em

Por

Continue Lendo







Populares