Connect with us

Eventos

O destino do lixo no Brasil: Evento em Campinas discute os desdobramentos da Política Nacional de Resíduos Sólidos nesta quinta

Publicado

em

Mais de sete anos após o Brasil sancionar a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), por meio da Lei nº 12.305/10, regulamentada pelo decreto 7.404/10, que entre outras medidas determinava o fim dos lixões a céu aberto, pouco mudou no cenário de gestão de resíduos.

A medida, que desde 2010 procura organizar a forma com que o país lida com o lixo, exige dos setores públicos e privados transparência no gerenciamento de seus resíduos. Mas infelizmente ainda muito há de ser feito. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), em 2016, o país gerou 78,3 milhões de toneladas de lixo urbano. Os municípios brasileiros coletaram 91% desse total, mas enviaram quase metade dos resíduos para aterros e lixões de baixa segurança, colocando em risco a saúde do meio ambiente e da população.

Para discutir o assunto, o coordenador de desenvolvimento dos Agronegócios da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento de São Paulo (SAA/SP), José Valverde Machado Filho, e o superintendente do Consócio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas (Consimares), Valdemir Aparecido Ravagnani, se encontram no dia 14 de setembro, das 18h às 21h, em mais uma edição do projeto “Ideias para o Desenvolvimento Sustentável” para avaliar como o Governo e organizações privadas vêm implementando medidas para ampliar a destinação correta do lixo nas grandes cidades. O evento será realizado no Hotel New Port Residence, em Campinas. Os interessados deverão se inscrever pelo site: https://www.sympla.com.br/ids-–atualidades-na-implementacao-da-politica-nacional-de-residuos-solidos__184629. As vagas são limitadas.

Destino do lixo no Brasil

O constante aumento populacional nas cidades proporciona grande geração de resíduos sólidos urbanos. Esse crescimento não é acompanhado pelo descarte adequado de embalagens e dos próprios itens, que se degradam e acabam sendo descartados de forma incorreta, o que pode contaminar o solo por exemplo. Muitos objetos poderiam ser reciclados ou reaproveitados, poupando recursos naturais, financeiros e emissões de CO2, que desequilibram o efeito estufa.

A PNRS foi um marco no setor por tratar de todos os resíduos sólidos, sejam eles domésticos, industriais, eletroeletrônicos, entre outros, e também por tratar a respeito de rejeitos (itens que não podem ser reaproveitados), incentivando o descarte correto de forma compartilhada ao integrar poder público, iniciativa privada e cidadão.

De acordo com Valverde, que coordenou a formulação da lei paulista e participou da implementação da PNRS, o texto propõe a redução dos resíduos gerados, de modo a incentivar reciclagem e reaproveitamento, e, no caso dos rejeitos, afirma que devem ser destinados a locais adequados para minimizar os danos ambientais e à saúde humana. “Isso se efetivaria com uma das metas, que é a “eliminação e recuperação de lixões, associadas à inclusão social e à emancipação econômica de catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis”, explica Valverde.

Antes da lei, quando um consumidor descartava um produto em um local inadequado, ninguém sabia de quem era a culpa. Com a PNRS, essa responsabilidade é dividida entre os diversos participantes da cadeia, já que é determinada a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. A análise do ciclo de vida de um item compreende todo o processo do produto, desde a extração da matéria-prima, produção, consumo e descarte final. Pela logística reversa, a responsabilidade sobre o produto cabe a comerciantes, fabricantes, importadores, distribuidores, cidadãos e titulares de serviços de manejo dos resíduos sólidos urbanos.

Sobre os debatedores

José Valverde Machado Filho é mestre em Direito Ambiental pela Universidade Católica de Santos. Docente no Curso de Especialização em Direito Ambiental e Gestão Estratégica da Sustentabilidade da PUC-SP e da disciplina Gestão Púbica e Meio Ambiente, no MBA da Universidade de São Caetano do Sul. É também docente convidado na Faculdade de Saúde Pública da USP desde 2006 para ministrar aulas sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Coeditor da obra “Política Nacional Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos” pela Editora Manole e autor do livro A sociedade civil e o Direito Ambiental. Como Secretário Parlamentar e assessor do Deputado Arnaldo Jardim, foi o responsável técnico pela elaboração da Política Paulista de Resíduos Sólidos e da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Atualmente Coordenador da Coordenadoria do Desenvolvimento dos Agronegócios (CODEAGRO) também dirige a área de segurança alimentar da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. Membro do Conselho de Meio Ambiente da FIESP e Diretor de Meio Ambiente e Turismo Sustentável da Confederação Nacional do Turismo – CNTUR.

Valdemir Aparecido Ravagnani é engenheiro agrônomo, com pós-graduado em Manejo de Resíduos Sólidos. É presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sumaré (AEAS) e superintendente do Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas – Consórcio CONSIMARES.

Serviço

“Ideias para o Desenvolvimento Sustentável”

Quando: 14 de setembro (quinta), das 19h às 22h

Onde: Hotel New Port Residence – Rua Santos Dumont, 291 – Cambuí – Campinas/SP

Inscrições pelo site: https://www.sympla.com.br/ids-–atualidades-na-implementacao-da-politica-nacional-de-residuos-solidos__184629

Contribuição R$ 20,00 (para os custos do evento).

Eventos

Grupo Doce Encontro comemora 18 anos de carreira e estreia festa “Alucinados” em Paulínia

Publicado

em

Por

Grupo paulistano está de volta à cidade com seu novo projeto, que traz sucessos do samba e do pagode que marcaram as últimas décadas. Com 9h de duração, o evento será no Premium Paulínia e contará com a participação de convidados especiais. Os ingressos estão à venda no site Clube do Ingresso

            O grupo de pagode Doce Encontro chegou à maioridade em 2021 e está celebrando em grande estilo com a nova tour “Alucinados”, projeto que estreou em São Paulo no final de outubro e irá rodar o Brasil nos próximos meses. E neste domingo, dia 21, os músicos estarão de volta a Paulínia para estrear a festa no Premium Paulínia, com 9h de duração e shows de convidados especiais: Samprazer, Ricardinho Souza, Fael Lima, Léo Brasil, Grupo Tô de Bobeira e Grupo Pamacê.

            A nova turnê do grupo formado por Eder Miguel, Tiago Alexandre, Cauê Neves e Thiagão celebra a história do samba e traz grandes clássicos do ritmo que marcaram a vida dos fãs do Doce Encontro e de outros grupos de sucesso ao longo dos anos 90, 2000 e 2010. “Na maioria dos nossos shows cantamos apenas músicas autorais. Mas nessa tour incluímos também outras canções que gostamos de tocar e cantar, até como uma forma de homenagear grandes artistas e compositores, como Arlindo Cruz, Fundo de Quintal e Reinaldo. E já avisamos: venham preparados porque a festa é longa e queremos que vocês aproveitem muito!”, diz Eder Miguel, vocalista do Doce Encontro.

            Entre as famosas músicas do repertório de mais de 18 anos de história que não podem ficar de fora dos shows, estão: “Alucinado” – grande sucesso que dá nome à turnê, com mais de 10,7 milhões de views no Youtube e 4,5 milhões de plays no Spotify -, “Lugares Proibidos”, “Homem Perfeito”, “Sem Razão”, “Um Sinal” e “Segue sua vida”. Além dos mais recentes lançamentos, como “Brisa na Varanda” – que já passou de 1 milhão de streams nas plataformas digitais – e “Combinamos”.

            A ideia de criar esse projeto surgiu nos últimos anos, quando “Alucinado” ganhou grande alcance nacional. E começou a ser estruturado logo após a gravação do Pagode do Doce Encontro ao Vivo em Paulínia, em novembro de 2020. Por isso a estreia do evento neste grande formato – totalmente produzido pelo Doce Encontro e a Tabor Eventos, seu escritório de vendas de shows – será na mesma cidade.

            “Essa música fez parte do nosso primeiro cd, em 2004, mas ela teve muita visibilidade nas plataformas digitais a partir de 2016, quando gravamos uma versão ao vivo em um show para o nosso canal no Youtube. Organicamente o público elegeu “Alucinado” como a grande música do Doce Encontro e, para a nossa felicidade, ela tomou o Brasil inteiro!”, conta Tiago Alexandre, um dos compositores da música.

            Além do repertório, outro diferencial da nova turnê é que as apresentações são feitas em sua maioria em palcos 360º, para aproximar ainda mais os artistas do público. “Especialmente neste momento de retomada dos grandes eventos, é muito importante para nós poder sentir de perto o carinho dos nossos fãs de diferentes regiões. Com esse formato especial, queremos prestigiar quem nos acompanha e apoia há tantos anos e nem sempre tem a oportunidade de ir presencialmente a um show nosso”, destaca Thiagão.

            Após a apresentação em Paulínia, em uma área ampla que oferece todo o conforto e estrutura para o público, o projeto “Alucinados” irá para mais cidades no interior de São Paulo em dezembro e percorrerá outros estados em 2022. “Para nós é uma alegria imensa poder levar nossa música para todo o país. Com as redes sociais, conseguimos nos aproximar de cada vez mais pessoas e divulgar nosso som para um público maior, mas não tem nada melhor do que poder tocar de perto para quem curte o nosso trabalho. Então convidamos vocês a ficar de olho nos nossos perfis nas redes sociais para acompanhar a agenda e todas as novidades do Doce Encontro! Esperamos estar na sua cidade em breve para curtirmos juntos”, finaliza Cauê Neves.  

            O evento “Alucinados” em Paulínia terá três espaços para o público, batizados com nomes de grandes sucessos do grupo: “Diga Sim Pra Mim” (pista premium ao redor do palco), “Lugares Proibidos” (camarote com bar exclusivo e bistrô) e “Sem Hora Marcada” (camarotes lounge para grupos de até 10 pessoas). Os ingressos estão disponíveis no Clube do Ingresso, em www.clubedoingresso.com/evento/alucinados-paulinia.

            Para acompanhar a agenda completa de shows e lançamentos do grupo Doce Encontro, acompanhe os perfis oficiais no Instagram (instagram.com/doceencontroo), Facebook (www.facebook.com/doceencontro) e Youtube (www.youtube.com/doceencontro).

Sobre o Doce Encontro

            Criado em 2003 na cidade de São Paulo, o grupo Doce Encontro é composto por Eder Miguel (cantor, compositor e produtor musical, formado em técnica Vocal pela ULM – Universidade Livre de Música Tom Jobim), Tiago Alexandre (compositor e produtor musical, toca cavaco e é formado em Violão e Teoria Musical pela Fundação das Artes. Suas composições já foram gravadas por grandes artistas como Sorriso Maroto, Ferrugem, Turma do Pagode, Péricles, Exaltasamba e Jeito Moleque), Cauê Neves (toca pandeiro, formado em Percussão Brasileira pelo Conservatório Souza Lima) e Thiagão (toca tantan no grupo e é também Diretor de bateria na Escola de Samba Mocidade Alegre).

            Ao longo dos 18 anos de carreira, o Doce Encontro gravou 2 CDs (“Além dos Limites”/2004 e “Ascendente”/2007), 1 EP (“Lua”/2016) e 2 DVDs (“Doce Encontro Ao Vivo”/2012 e “Não Se Mete”/2019). O mais recente DVD contou com as participações de Sorriso Maroto, Turma do Pagode, Mumuzinho, Clareou, Cleverson Luiz, Pagode da SSL, Salgadinho e Thiago Soares.

            Entre as famosas músicas autorais do repertório do grupo formado por amigos que começaram se reunindo informalmente para jogar conversa fora ao som de samba e logo passaram a tocar e fazer sucesso na noite paulistana, estão: “Alucinado”  (Tiago Alexandre/Willian Mendonça/Marcio Riso), “Sem Razão” (Tiago Alexandre/Eder Miguel), “Homem Perfeito” (Eder Miguel/Cleverson Luiz/Edu Hara), “Tô de Saco Cheio” (Tiago Alexandre), “Segue sua Vida” (Tiago Alexandre/Marcio Riso/Kikinha), “Volta pra casa” (Tiago Alexandre/Billy SP), “Além dos limites” (Tiago Alexandre/Kikinha), “Um sinal” (Tiago Alexandre/William Mendonça) e “Ascendente” (Tiago Alexandre/Marcelinho TDP).

Continue Lendo

Eventos

Chega em Campinas Alisbeer Steakhouse

Publicado

em

Por

A galera de Campinas e região que aprecia uma boa gastronomia e ótimos drinks agora tem uma ótima opção para curtir.

Foi inaugurada, neste mês de novembro, a Alisbeer Steakhouse que oferece uma variedade de bebidas, porções, lanches e pratos exclusivos preparados à base de churrasco. O empreendimento fica na Rua Jorge de Figueiredo Corrêa, 1.120, no Parque Taquaral – uma das regiões mais nobres da cidade campineira.

A partir do próximo ano, a Alisbeer Steakhouse vai abrir todos os dias, trazendo mais novidades, mas, por enquanto, está com as portas abertas de quarta-feira à domingo. Na quarta e quinta-feira o horário de funcionamento é das 17h às 23h. Na sexta e sábado das 17h às 00h. E, domingo, das 12h às 16h.

Para embalar os momentos de descontração, a Alisbeer Steakhouse irá contar com música ao vivo, além de Dj. A agenda de shows, bastante diversificada, promete agradar todo o tipo de público que curte um bom som. A Alisbeer Steakhouse é muito mais que churrasco! É o lugar garantido para muita diversão! Venha viver essa experiência!

ALISBEER STEAKHOUSE

Fundada pelo empresário Guilherme Aliscantes, a Alisbeer Steakhouse dispõe de um cardápio recheado de variedades. Além do chopp e da cerveja geladíssima, a casa também oferece drinks aromáticos exclusivos, sempre com a opção de deliciosos acompanhamentos, carnes de cortes nobres e diferenciados feitos na parrilla. Outras opções como porções e lanches também têm destaque na mesa do cliente que prometem ser um dos grandes diferenciais da casa.

Continue Lendo

Eventos

Shopping Dom Pedro recebe Festival de churrasco neste fim de semana

Publicado

em

Por

O Parque D. Pedro Shopping, administrado pela Aliansce Sonae, será palco, nos dias 20 e 21 de novembro, de mais uma edição do Festival Carnivoria, o maior evento churrasqueiro do Brasil. Além dos cortes premium preparados por assadores consagrados, o festival conta com atrações para toda a família e muito rock. Esta é a segunda vez que o festival desembarca no shopping.

Ao todo, são mais de 15 estações, com destaque para galeto no varal, prime rib suíno, costela de chão, cordeiro patagônico e ancho, além de doces. Entre os principais nomes no comando das churrasqueiras está Fernando Possenti, do reality show BBQ Brasil. O gastrônomo, que atualmente reside em Campinas, é especialista em fogo de chão e parrilla .

“Temos certeza que esse festival irá proporcionar uma experiência gastronômica inesquecível, com sabores que serão preparados por chefes renomados em um espaço pensado para toda a família”, conta Taís Tavares, gerente de marketing do shopping. O evento acontecerá no estacionamento VIP da Entrada das Águas e seguirá todos os protocolos sanitários exigidos, como a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Para acompanhar a degustação do menu especial, baseado no melhor do churrasco internacional, cervejas artesanais e shows ao vivo fazem parte da programação. Entre os destaques estão Vespas Mandarinas, a banda paulista de pop rock indicada ao Grammy Latino, e a veterana de punk rock, Plebe Rude.

Para as crianças, as brincadeiras e recreação estão garantidas. Já os pets podem acompanhar seus donos e curtirem o espaço dedicado a eles. “O Carnivoria é o local para reunir todas as idades e público em torno do que temos de melhor: a mesa. Com a nossa proposta do melhor do churrasco mundial, provamos sabores e nos divertimos com atrações que ultrapassam as gerações, em um fim de semana de experiências”, afirma Henrique Okuda, fundador do Festival Carnivoria.

Serviço:
Festival Carnivoria no Parque D. Pedro Shopping
Data: 20 e 21 de novembro
Horário: Sábado, das 12h às 22h; domingo das 12h às 20h
Local: Estacionamento VIP da Entrada das Águas
Endereço: Av. Guilherme Campos, 500 – Jardim Santa Genebra – Campinas – SP
Entrada: Grátis, apenas consumo/valor médio: R$ 80 para 2 pessoas

Continue Lendo

Populares