Connect with us

Geral

MACC recebe a mostra coletiva “Las Meninas” nesta quinta-feira

Publicado

em

 

O Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC) recebe a mostra coletiva “Las Meninas”, com obras de 11 alunas formadas no Instituto de Artes da Unicamp. O vernissage acontece nesta quinta-feira, 22, às 19h. A visitação poderá ser feita até 13 de maio.

 

 

Com curadoria do professor Sergio Niculitcheff, a exposição reúne as artistas Amanda Moa, Caroline Gaspar, Diana Lanças, Érica Burini, Isabelle Ferrão, Júlia Stradiotto, Lilian Walker, Ludmila Porto, Maysa Signoli, Melissa Gouveia e Paula Chimanovitch. “Esta exposição busca ainda enfatizar que o Museu é um componente de lugar público para o uso e usufruto da comunidade, também no sentido de abrigar e difundir a pesquisa e produção cultural e artística realizada na universidade”, destaca o curador.

 

 

As obras contemplam uma ampla gama de estilos artísticos, e também foram feitas com uma variedade de procedimentos, como desenho, pintura, escultura, fotografia, recorte, colagem, costura, entre outros.

 

 

“O grupo se apresenta bastante heterogêneo e diversificado”, afirma Niculitcheff. “Entretanto, podem ser levantados alguns pontos em comum fazendo algumas relações por afinidades de procedimentos. Com exceção das obras de Ludmila Porto e Diana Lanças, a figura humana é uma recorrência em todo o coletivo; apesar de a seu modo e de maneira mais indireta e dissimulada Lilian Walker também recorre à figura”, analisa.

 

 

Para ele, “a expressividade é mais visível em Maysa Signoli e Paula Chimanovitch, e até mesmo, de uma forma não tão exacerbada, em Isabelle Ferrão. O traço e o desenho aparecem com força e elegância com Amanda Moa e Caroline Gaspar. A construção e geometria podem ser vistas nas obras de Diana Lanças e Ludmila Porto. O espaço em uma abordagem que se aproxima da pintura metafísica está presente em Diana Lanças e, de certa forma, em Erica Burini. Delicadeza permeia as obras de Julia Stradiotto e Melissa Gouveia”, conclui.

 

 

Serviço

Exposição: Las Meninas

Curadoria: Sergio Niculitcheff.

Abertura: 22 de março, das 19h às 22h.

Visitação: 22 de março a 13 de maio/ 2018.

Onde: Museu de Arte Contemporânea de Campinas (Av. Benjamin Constant 1633. Centro. Campinas). Telefones: (19) 21160346 e (19) 32364716.

Horário de funcionamento:

De terça a sábado, das 10h as 18h (quinta, das 10 às 22h);

Domingos e feriados – das 9h às 12h / segunda-feira é fechado.

 

 

 

 

Geral

Ruas de Barão Geraldo terão bloqueios sábado para Caminhada Outubro Rosa

Publicado

em

Por

O distrito de Barão Geraldo receberá neste sábado, dia 23 de outubro, das 8h30 às 10h30, a 2ª Caminhada Outubro Rosa, organizada pelo Centro de Oncologia Campinas. Os participantes caminharão por ruas entre o Centro de Oncologia e a rotatória de acesso à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com impactos na circulação de veículos. 
 
Para garantir a segurança e fluidez do trânsito, agentes da mobilidade urbana da Secretaria Municipal de Transportes (Setransp)/Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) prestarão apoio operacional, fazendo interdições de trânsito temporárias, à medida em que os manifestantes passarem pelas vias. 
Em alguns trechos, os quatro agentes envolvidos no evento poderão fazer a canalização, ou seja, separar uma faixa de rolamento para os ciclistas e motoristas, enquanto os participantes da caminhada utilizam a outra faixa. 
A concentração da passeata será às 7h30, no estacionamento do Centro de Oncologia, na Rua Alberto de Salvo, 311. A partir das 8h30, os inscritos – no máximo 150 pessoas – seguirão pelas ruas Cecília Feres Zogbi, Salomão Mussi, Antônio Zaine e Dr. Eurico Wanderley Moraes Carvalho, retornando pela Rua Dr. Ruberlei Boaretto da Silva. Na sequência, passarão pelas ruas Dr. Tácito Monteiro de Carvalho e Silva, Catharina Signori Vicentin, Antônio Zaine, Edele Próspero Píccoli, Salomão Mussi e Leonina Marinelli Leonardi, retornando ao Centro de Oncologia. 
O transporte público coletivo municipal não será afetado. Não há pontos de ônibus nos 3 km do percurso. 
Fale Conosco 
Para acionar os agentes da mobilidade urbana da Setransp/Emdec, a população pode ligar no 118, na opção 1. Ligações de outra cidade ou DDD devem ser feitas no (19) 3731-2910.
Outubro Rosa 
O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama. A 2ª Caminhada Outubro Rosa tem o apoio da Prefeitura Municipal de Campinas por meio das Secretarias Municipais de Esportes e Lazer e de Saúde. Para mais informações, acesse bit.ly/2_Caminhada_Outubro_Rosa. 

Continue Lendo

Geral

Centro da cidade ganha mural em prédio para exaltar a figura feminina

Publicado

em

Por

O artista Fabiano Carriero Eiras, de Campinas, realiza sua primeira pintura em uma empena – a lateral livre de um prédio – no centro da cidade. A obra pode ser vista no edifício Dona Othilia, cruzamento das avenidas Dr. Moraes Sales com Júlio de Mesquita. Trata-se do projeto “Carne de Caju – Fabiano Carriero Eiras”, premiado pelo edital ProAc Expresso da Lei Aldir Blanc n° 51/2020. A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo apoia a iniciativa. O artista terminou a pintura neste sábado, 16 de outubro, e agora está na fase de retirar os andaimes. 
A pintura tem 30m x 6.5m e a concepção poética da obra, intitulada “Carne de Caju”, tem inspiração na música “Morena Tropicana”, composta por Alceu Valença e Vicente Barreto, presente no disco Cavalo de Pau (1982). “Assim como nesta composição, a obra tem a intenção de exaltar a força, a beleza e a importância da figura feminina, sem deixar de lado a necessidade de reiterar o respeito devido a todas as mulheres, em um sentido amplo, rompendo com padrões de beleza e uniformizações estéticas”, explica o artista.
Neste projeto, premiado pelo histórico de realização em artes visuais, Carriero deu um passo à frente em sua carreira de muralista, por meio da realização de seu primeiro trabalho em uma empena. O resultado foi uma obra original com grandes proporções, que terá destaque e impacto visual na paisagem urbana. Valendo-se de técnicas de pintura com pincel, com rolo de pintura e, eventualmente, com o stencil, o artista utillizou tintas próprias para pintura de paredes externas, conferindo maior durabilidade à obra.
De maneira geral, o projeto ‘Carne de Caju’ busca ampliar o acesso à cultura, construindo com a população o entendimento de que a pintura de empena e o muralismo ressignificam a urbanização, transformando a paisagem formada pelos prédios em uma exposição a céu aberto que reúne uma arte viva e genuinamente pública”, disse o artista.
Sobre o artista
Fabiano Carriero nasceu em Campinas em 1981 e passou parte da infância e adolescência em em Araruama-RJ, onde aprendeu muito com a vivência de moleque descalço. De volta à cidade em 2003, fez cursos de HQ e caricatura na Escola Pandora, com os cartunistas Bira Dantas e Paulo Branco.
A partir de 2007, Carriero manteve assiduamente o seu “cantinho” na Praça Imprensa Fluminense, o Centro de Convivência de Campinas, onde todo fim de semana é realizada a Feira Hippie. Até pouco antes da pandemia, o artista expunha seus trabalhos no local, divulgando a produção para um enorme número de pessoas interessadas em artes, artesanato, quitutes e antiguidades. Começou nesta feira como caricaturista, mas nos últimos tempos focou mais na venda de quadros e gravuras, conquistando, assim, não só um viver da arte, mas também a possibilidade de espalhar a reflexão de uma obra.
Em 2011, Carriero inaugurou seu primeiro ateliê, localizado na Av. Barão de Itapura, espaço em que realizou inúmeros debates artísticos, nove exposições, muitos encontros e feiras, e onde ficou até meados de 2014. Um ano antes, em 2013, havia ingressado na PUC-Campinas, graduando-se em Artes Visuais após alguns semestres aperfeiçoando sua técnica em gravuras, sob influência do artista e mestre Paulo Cheida Sans. Adquiriu, então, intimidade com as diferentes linguagens das artes plásticas.
Em 2016, após se formar, Carriero continuou dedicando seu tempo à pintura, à gravura e às diferentes vertentes das artes urbanas – ou públicas, como gosta de chamar – tais como “lambe-lambe”, stickers e o próprio muralismo. No mesmo ano, inaugurou um novo espaço criativo, o Ateliê Folha, localizado na Vila Industrial, local em que continuou realizando encontros, exposições e feiras até o início de 2020. 

Continue Lendo

Geral

Cruzamento da Vila Formosa será interditado totalmente nestas 3ª e 4ª

Publicado

em

Por

O bloqueio ocorre nestas terça e quarta-feiras, 19 e 20 de outubro, das 8h às 16h. Após as 16h de terça-feira, a via será liberada ao tráfego de veículos, voltando a ser interditada no dia seguinte, às 8h.    
Para desviar, os motoristas deverão utilizar as vias Antônio Guilherme da Costa e João Brasil, retornando ao trecho liberado da Rua Padre José Gaspar. O desvio também será cumprido pela linha 349 (Vila Formosa), que circula no trecho. 
Iniciada no dia 14 de outubro, a obra comandada pela Sanasa deverá se estender até o dia 31 de outubro, inclusive aos finais de semana. Neste período, os bloqueios viários serão parciais.
Agentes da Mobilidade Urbana vão sinalizar o local e orientar usuários do transporte público coletivo. Para informações de trânsito e sugestões, acesse os canais do Fale Conosco Emdec, pelo telefone 118, site (portal.emdec.com.br/faleconosco); ou baixe o aplicativo “Emdec”, disponível para download no Google Play (sistema operacional Android) e App Store (sistemas operacionais iOS). Para chamadas realizadas a partir de outra cidade ou DDD, o telefone é (19) 3731-2910. 

Continue Lendo

Populares