Connect with us

Geral

Emoção e conquistas marcam o encerramento da Campanha Outubro Rosa

Published

on

Os participantes concordaram: foi difícil conter a emoção e as lágrimas no encerramento da campanha Outubro Rosa deste ano. O final teve uma sensação que foi além daquela do dever cumprido, já que a campanha foi abraçada por muitos que contribuíram para a causa, com apoio, com trabalho, com ações voluntárias.
Todos os envolvidos prestigiaram o movimento até o último dia. Eles estiveram juntos mais uma vez nesta quinta-feira, 31 de outubro, para reafirmar o compromisso com a prevenção do câncer de mama. Nesta quinta-feira, às 19h, como parte do encerramento da campanha, será realizada a palestra gratuita “Câncer de Mama”, no anfiteatro da Enf Lar Saúde, em Campinas.
O local escolhido para o fechamento da campanha, na manhã desta quinta-feira, foi decorado com capricho e ganhou um visual que remetia à marca do movimento: a área de convívio do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism), na Unicamp, foi coberta com guarda-chuvas rosa. Ali, pacientes, funcionários, alunos, profissionais e convidados prestigiaram apresentações musicais, oferecidas por músicos voluntários da Orquestra Sinfônica de Campinas e do grupo de Música da FACAMP. O desfile das mulheres que enfrentaram o câncer de mama foi outro destaque e, ao final, os organizadores apresentaram a prestação de contas para as entidades beneficiadas com a campanha.
A primeira-dama, Sandra Ciocci, ressaltou que o Outubro Rosa não é uma campanha exclusiva da Prefeitura de Campinas. “Trata-se de uma ação muito maior. Primeiro, na realização da parte acadêmica, a cargo do Caism. Da importância do mundo acadêmico saindo pra fora das portas da universidade e atingindo a comunidade com o conhecimento que eles produzem, transformando isso em benefício para a população. Segundo, que é a união de pessoas que, antes, faziam atividades separadas do Outubro Rosa, e que agora estão se unindo para que cada vez o evento tenha maior visibilidade e mais pessoas sejam atingidas”, disse.
Sandra Ciocci, acompanhada pelo grupo Música da FACAMP, participou da apresentação. Também as mulheres que foram modelos para a exposição Outubro Rosa deste ano desfilaram para o público presente. Elas ainda receberam as fotos feitas pelos seis fotógrafos voluntários, alunos da FACAMP, que participaram da exposição “O que te move”.
As modelos foram recrutadas entre as pacientes do hospital Caism e aquelas assistidas pelo Grupo Rosa e Amor. As duas entidades receberam a renda obtida com a venda das camisetas da campanha. “Antes mesmo da Caminhada do Outubro Rosa deste ano já havíamos vendido todas as camisetas confeccionadas: 2.124 que, comercializadas por R$ 15 cada, totalizaram R$ 31.860,00. Desse valor, 50% foram revertidos para o Caism e outros 50% para o Grupo Rosa e Amor”, explicou Luciene Carneiro Carvalho, do Salão de Beleza Symetria, parceiro na realização da campanha.
O Symetria também é um posto de arrecadação de doação de cabelos, que se transformam em perucas para mulheres em tratamento de câncer de mama. O salão realizou 213 cortes solidários este ano, uma ampliação se comparados aos 170 cortes do ano passado.
A palestra “Câncer de Mama”, no anfiteatro da Enf Lar Saúde, em Campinas, será aberta ao público e não há necessidade de inscrição. O palestrante será o professor e oncologista Paulo Pizão. O endereço da Enf é avenida Dr. Carlos de Campos, nº 128/132, Vila Industrial.

Geral

Prefeito e FNP propõem discussões para agilizar procedimentos de saúde

Published

on

By

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, participou na manhã desta quarta-feira, 23 de junho, de uma reunião virtual da Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Vice-presidente de Saúde da FNP, Dário discutiu com os demais prefeitos, vice-presidentes de áreas temáticas de saúde, propostas para restabelecer a normalização de exames, consultas e cirurgias, represados durante a pandemia de Covid-19.

 

Segundo o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), o Brasil tem cerca de 1 bilhão desses procedimentos travados. “Queremos discutir com o Conasems e com o Ministério da Saúde um programa nacional para agilizar os procedimentos que foram represados na pandemia”, afirmou o prefeito, Dário Saadi. 

 

A ideia é que a questão seja apresentada, em breve, em reunião da FNP com o Conasems e o Ministério da Saúde. Em Campinas, está em estudo o destravamento desses procedimentos.

Continue Reading

Geral

Saúde reabre cadastro de doses sobrantes para pessoas de 35 a 42 anos

Published

on

By

O cadastro para recebimento de doses sobrantes da vacina contra a Covid-19 será reaberto nesta quarta-feira, dia 23 de junho, a partir de 10h30, para pessoas de 35 a 42 anos, moradoras de Campinas. A medida pretende evitar a perda de doses e ocorre perto do horário do fim dos atendimentos apenas quando há frasco (multidoses) de imunizante já aberto com sobra de vacina. O cadastro pode ser feito pelo link https://vacina.campinas.sp.gov.br/gestao-doses-sobrantes.

 

 

 

É necessário informar um telefone válido para a convocação.

 

 

 

Ao ser chamada, a pessoa precisa chegar ao local escolhido no ato do cadastro em, no máximo, 20 minutos após o contato. Para ser vacinado, é preciso apresentar documento com foto e comprovante de endereço em Campinas em nome do interessado. Se convocado, terá que assinar o Termo de Ciência e Aceite de que está recebendo dose que sobrou.

 

 

 

Os interessados que já fizeram cadastro e ainda não foram contemplados em grupos prioritários para vacinação permanecem na lista de espera por ordem de inscrição.

 

 

 

A Pasta esclarece que são poucos os dias em que há sobras. Quando isso ocorre, podem ser frascos com apenas uma dose ou um pouco mais.

 

 

 

Vale ressaltar que o cadastro não é um agendamento com garantia de que será convocado.

Continue Reading

Geral

Município VerdeAzul: Campinas está em 1º lugar no ranking ambiental

Published

on

By

Com 91,02 pontos, Campinas ocupa o primeiro lugar entres as cidades do estado de São Paulo com mais de um milhão de habitantes no ranking do Programa Município VerdeAzul 2020. A correção da classificação (a anterior era 85, 55 pontos) ocorreu após recurso da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS) e foi publicada nesta terça-feira (22) na plataforma do programa estadual. 

 

A pontuação também posiciona Campinas na liderança entre os municípios da RMC e em segundo lugar no ranking entre as cidades com mais de 500 mil habitantes, ficando atrás apenas de Ribeirão Preto, que obteve 93,01 pontos. 

 

Desde 2015, Campinas fica acima dos 90 pontos e, desde 2013, acima dos 80, exigidos para a certificação do Programa Município VerdeAzul. 

 

De acordo com o secretário do Verde, Rogério Menezes, a corrida da sustentabilidade tem por objetivo fazer com que todos se certifiquem e consigam evoluir ao longo do tempo, pois o programa instiga os governos a manterem-se atentos e a evoluir. 

 

“Agora, com o Programa de Metas do Governo Dário Saadi, que é pautado em três pilares – Qualidade de Vida, Desenvolvimento econômico e Sustentabilidade Ambiental – que fortalecem o comprometimento de todos com a pauta ambiental, vamos trabalhar ainda mais para que até 2024 possamos estar entre os primeiros colocados”, disse o secretário do Verde. 

 

As diretivas definidas pelo Município VerdeAzul são: Município Sustentável, Estrutura e Educação Ambiental, Conselho do Meio Ambiente, Biodiversidade, Gestão da Água, Qualidade do Ar, Uso do Solo, Arborização Urbana, Esgoto Tratado e Resíduos Sólidos. 

 

“A ação conjunta dos diversos órgãos municipais que conquistou esta vitória, pois todos trabalharam para a melhoria da sustentabilidade nas ações e programas desenvolvidos”, conclui Menezes.

Continue Reading

Portal Hortolandia


Sumare





Recentes




Populares