Geral

Polícia Federal prende morador de Campinas supostamente envolvido em atos golpistas

Um empresário de Campinas envolvido nos atos golpistas ocorridos em 8 de janeiro de 2023 na Praça dos Três Poderes, em Brasília, foi preso preventivamente pela Polícia Federal (PF) nesta quinta-feira (29). O indivíduo, de 36 anos, foi detido no bairro Cambuí, em Campinas, durante mais uma etapa da operação Lesa Pátria.

Além de Campinas, a PF também tinha um mandado de busca planejado para Hortolândia, porém não confirmou se a diligência foi executada. No total, 34 mandados foram expedidos em todo o Brasil durante esta nova fase da operação, que foi iniciada há mais de um ano com o objetivo de identificar e investigar os envolvidos nos ataques ocorridos durante os atos golpistas.

Estima-se que os danos aos cofres públicos tenham ultrapassado os R$ 40 milhões devido à destruição causada pelos manifestantes.

O empresário campineiro identificado como D. A. G. trabalha em uma empresa familiar do setor de madeiras. Segundo as investigações, ele aparece em vídeos convocando para os atos golpistas e transmitiu ao vivo a manifestação violenta na capital federal. Além disso, ele teria compartilhado fotos do interior de prédios invadidos e danificados.

O suspeito já havia sido alvo de investigações da Polícia Federal no ano anterior. Após a prisão, ele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para realização de exame de corpo de delito.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock