Geral

Em um ano, Campinas conseguiu reduzir em 13,2% as mortes no trânsito

A redução de 13,2% das mortes no trânsito em Campinas, se comparado o primeiro semestre de 2022 e 2023, é um grande alento a todos os moradores da cidade. Foram 33 óbitos registrados em 2023 e 38 em 2022. Entre as 33 mortes, estavam 13 pedestres (39,4%), 11 motociclistas ou garupas (33,3%), seis ocupantes de demais veículos (18,2%) e três ciclistas (9,1%).  

Os números integram o boletim de vidas perdidas em acidentes, divulgado pela Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) durante a Semana da Mobilidade Urbana (Semob) 2023. Entre as recentes medidas adotadas, destacam-se as operações de fiscalização com foco em motociclistas; abordagens educativas e obras de geometria em pontos críticos para acidentes; intervenções de urbanismo tático; e ampliação da malha cicloviária, que ultrapassou os 100 km.

Mais números referentes às mortes no trânsito  

Quando se considera a soma de óbitos registrada em vias urbanas e rodovias, foram 70 vidas perdidas no primeiro semestre de 2023 e 74 no mesmo período de 2022 – uma redução de 5,41%. Nas rodovias, foram 36 óbitos em 2022 e 37 em 2023 – aumento de 2,8%.  

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock