Geral

Força-tarefa fiscaliza comércios irregulares de recicláveis em Campinas

A Guarda Municipal, as Polícia Civil e Militar e a Secretaria Municipal de Urbanismo, em operação conjunta, na tarde desta quinta-feira, 19 de março, fiscalizaram comércios irregulares de recicláveis, como parte da operação Fio da Meada. A ação foi feita em oito estabelecimentos, em sete bairros, e resultou em quatro estabelecimentos lacrados; dois relacrados (quando em algum momento foram retomadas as atividades sem autorização); e apreensão de 47 quilos de fio de cobre.

A operação foi nos bairros Vila Nogueira, Parque São Quirino, Jardim Santana; Residencial Gênesis; Jardim Flamboyant e Vila Guararapes. Todas as lacrações foram por realização de atividade fora do permitido para o local.

“O combate à receptação de fios de cobre é importante porque inibe o furto deste material. Sem os receptadores, diminui a ação das pessoas que furtam este material, porque elas não têm para quem vender o produto ilícito”, disse o secretário de Segurança Pública de Campinas, Christiano Biggi.

A secretária municipal de Urbanismo, Carolina Baracat, destaca a importância da ação conjunta entre as forças de segurança e a equipe de Urbanismo porque “por meio desta força-tarefa é feito o combate das atividades e estabelecimentos irregulares e identifica a origem de materiais ilícitos.”, disse Carolina.

As multas variam de 1000 Ufics ($ 4.665,59) a 5 mil Ufics (R$ 23.331,57), no caso de estabelecimentos que descumprem as regras e lacrações.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock