Geral

Situação crítica: com estoques baixos, Mário Gatti apela por doação de sangue

O Hospital Municipal Dr. Mário Gatti alerta para a possibilidade de adiar cirurgias eletivas na próxima semana, em função da queda nos estoques de sangue, e apela à população para que faça doação. Os estoques do Hemocentro da Unicamp, responsável pelo fornecimento de sangue aos serviços que atendem o Sistema Único de Saúde (SUS), estão críticos.

O diretor técnico Carlos Arca informa que cirurgias de grande porte, que podem precisar de transfusão, como oncológicas e ortopédicas, poderão ser adiadas. “Ainda não precisamos reagendar procedimentos e estamos administrando o dia a dia para garantir sangue para as cirurgias de urgência. As doações são essenciais”, afirma.

O sangue tipo O+, por exemplo, tem disponibilidade para menos de um dia, quando o ideal seria acima de cinco, informa o analista executivo no Hemocentro da Unicamp, Eduardo Baungartner.

Mesmo com ações deflagradas em agosto para ampliar as doações, como mala direta, e-mail marketing, WhatsApp, banners, faixas, painéis digitais, TV, rádio, as doações permanecem baixas. Para um estoque estável, segundo o Baungartner, seria necessária a coleta de 300 bolsas diárias, mas a média tem sido de 80.

Apenas os tipos B+ e AB+ estão com disponibilidade acima de cinco dias, o que é ideal. Os demais têm estoque para menos de dois dias.

Onde doar em Campinas  (não é necessário agendar)

Hemocentro

Endereço: Rua Carlos Chagas, 480, Cidade Universitária

Quando: de segunda a sábado, das 7h30 às 15h (inclusive feriados)

Hospital Mário Gatti

Endereço: Avenida Prefeito Faria Lima, 340, Parque Itália

Quando: de segunda a sábado, das 7h30 às 15h (inclusive feriados)

Regras para doar

 – Podem doar pessoas que tenham entre 18 e 69 anos. Quem tem 16 ou 17 anos deve apresentar consentimento formal e presencial dos pais.

– Pessoas com mais de 60 anos que nunca doaram não podem fazer pela primeira vez.

 – Doadores devem pesar mais de 50 quilos, não estarem em jejum, mas evitar alimentos gordurosos e, se for doar depois do almoço, esperar três horas após a refeição.

 – Doador não pode fumar duas horas antes ou depois da colheita do sangue.

 – Alcoolistas crônicos, portadores de sífilis, malária ou doenças de chagas, pessoas com sintomas respiratórios, grávidas, puérperas ou mulheres amamentando não podem doar.

 -Também não podem doar pessoas que tenham se exposto a situações de risco de doenças sexualmente transmissíveis, tenham histórico de consumo de drogas injetáveis, tenham realizado exame de endoscopia há menos de seis meses ou tenham contraído hepatite após os 11 anos de idade.

Mais informações: www.hemocentro.unicamp.br

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock