Geral

Operação Meu Bairro Seguro no Centro recolhe motos e lavra 71 autos de infração

Mais uma etapa da Operação Meu Bairro Seguro no Centro foi deflagrada na manhã desta terça-feira, dia 22 de agosto, com a participação dos 123 alunos que estão em formação da Academia da Guarda Municipal como um estágio para experiência como agente de segurança na atuação nas ruas. A operação resultou na abordagem de 240 pessoas e de 209 veículos. 

Um total de 15 motocicletas foram recolhidas ao pátio por irregularidades e feitos 71 autos de infração. Três pessoas foram conduzidas ao 1º Distrito Policial: duas por posse de entorpecentes e um procurado capturado. Em bancas do Terminal Central foram localizadas porções de maconha, crack, balança de precisão e embalagem para drogas. A GM também recolheu objetos que estavam escondidos em vários pontos pela extensão da linha férrea, como facas, tesouras, canudos de metal e isqueiros.

As equipes se concentraram na Base Centro, na Moraes Salles, e se dividiram em várias frentes. A atuação foi simultânea em diversos pontos da região Central: na linha férrea, atrás da Estação Cultura, nas bancas do Terminal Central, Ceasinha e Praça Felipe Selhi. 

Atrás do terminal de ônibus, nos dois sentidos da Rua José Maseli, foi deflagrada uma blitz, em conjunto com a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec). Nos dois sentidos da Rua José Maseli, próximo ao Terminal Central, o objetivo foi verificar motos, veículos e documentação. Toda a ação foi realizada entre 10h e 13h30.

“Essa operação já vem somar aos esforços que a Guarda Municipal efetua ao longo dos últimos dias para reduzir os índices criminais. A GM tem ações diuturnas no Centro e hoje o patrulhamento foi ampliado, com a participação dos alunos que estão em formação na Academia e que, em breve, serão mais uma força de trabalho. Este reforço vai contribuir com a redução das taxas de criminalidade, principalmente na área central”, salientou o secretário municipal de Segurança Pública, Christiano Biggi.

Mais segurança para a população

A Comandante da GM, Maria de Lourdes Soares, reforçou a importância desta operação para levar segurança à população. “São ações que a Guarda Municipal realiza diariamente no Centro. Para atender demandas da população, trouxemos um plano de emprego operacional diferenciado para o Centro e já observamos um resultado positivo e os números tendem a cair”, reforçou a Comandante.

A operação contou com efetivo das superintendências Centro, Leste e Sul, do Grupo de Ações Especiais, Canil, Grupo de Patrulhamento com Motos e com os 123 alunos em formação na Academia. 

Academia

Os futuros guardas municipais são de Campinas e de outras nove cidades. Eles terminam a academia no final de setembro após seis meses de treinamento.

A operação de hoje foi uma oportunidade de eles aprenderem na prática o dia a dia de um agente de segurança atuando na rua. Os alunos também foram divididos em equipes e supervisionados por integrantes do comando da GM, instrutores da Academia e também por guardas municipais que já atuam no Centro. 

“Para eles, a prática é uma experiência muito importante. Em menos de dois meses eles já estarão nas ruas. Para a corporação, a atuação dos alunos aumenta o efetivo de agentes na rua”, ressaltou a Comandante Maria de Lourdes Soares.

A aluna Aline Bailo, que será guarda municipal em Campinas, estava ansiosa com a experiência. “Isso vai me ajudar muito porque vamos poder colocar em prática tudo que estamos aprendendo na Academia. É uma forma de se auto-avaliar, de como a gente aprendeu as matérias. A Academia, nossos instrutores, preparou um curso excelente para nós. E daqui a pouco vamos poder proporcionar segurança pública para os moradores de Campinas”, ressaltou Bailo.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock