Geral

Campineiros gravam seus nomes na campanha histórica do Pan-Americano

A campanha histórica no Brasil nos Jogos Pan-Americanos de 2023, encerrados domingo dia 5 de novembro, em Santiago, no Chile, teve significativa contribuição de atletas, técnicos e dirigentes de Campinas, nas modalidades de Atletismo Feminino, Basquete Feminino e Vôlei Masculino, todas com medalhas de ouro e prata.

O país ficou na vice-liderança do Pan, com boa vantagem sobre o México e o Canadá, apontados como concorrentes diretos para serem a segunda força esportiva do continente, depois dos Estados Unidos que seguem imbatíveis.

Os números alcançados no Chile, 66 medalhas de ouro, 73 medalhas de prata e 66 medalhas de bronze, demonstram que o trabalho realizado nos grandes centros tem proporcionado a evolução técnica dos atletas e a consolidação do trabalho sério executado em vários esportes:

“É a constatação de que bons projetos estão em andamento, beneficiando o Brasil em diversas modalidades. Um modelo que deve sempre ser aperfeiçoado a fim de potencializar o esporte no município, no estado e no país, já com a óptica olímpica visando os Jogos de Paris, no ano que vem”, avalia o secretário de Esportes e Lazer Fernando Vanin.

Medalhas no atletismo

A equipe Orcampi de atletismo, com Marlene dos Santos e Tiffani Marinho, confirmou novamente a ótima qualidade do trabalho executado na pista do Centro Esportivo de Alto Rendimento (CEAR) sob a orientação do técnico Evandro Lázari, nome permanente na seleção brasileira em disputas internacionais.

Marlene dos Santos conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos em Santiago, na prova dos 400 metros com barreiras. O tempo de 57 segundos e 18 centésimos, foi o terceiro melhor da temporada. “É a concretização de um trabalho que está dando certo e que tem muita coisa pela frente ainda”, projeta Marlene, de 24 anos.

A atleta olímpica velocista Tiffani Marinho competiu em duas provas de revezamento e ajudou a equipe brasileira a confirmar a prata no revezamento 4 x 400 misto e a medalha de bronze nos 4 x 400 feminino.

O técnico Evandro Lázari fez questão de ressaltar a importância do bom desempenho das atletas da Orcampi: “Foi o primeiro Pan da Marlene e da Tiffani, com conquistas de medalhas importantes. Agora é seguir o trabalho e dar continuidade na temporada de 2024, focado na classificação para os Jogos Olímpicos de Paris”, explica.

Basquete feminino é ouro

A seleção brasileira de basquete feminino ganhou a 5ª medalha de ouro em Jogos Pan-Americanos e três atletas da Unimed Campinas, a armadora Ana Beatriz Oliveira, a ala Carina dos Santos e a pivô Licinara Bispo, integraram a delegação nacional comandada pelo técnico João Camargo, do Sesi Araraquara.

Com 100% de aproveitamento a seleção, na final, bateu a Colômbia por 50 a 40. Até chegar a decisão, superou o México, a Venezuela e a Colômbia na fase de classificação, sendo que na semifinal, eliminou a Argentina com o placar de 77 a 57.

No mês de fevereiro de 2024, o basquete feminino do Brasil vai disputar o pré-olímpico, em Belém do Pará, contra Austrália, Sérvia e Alemanha. Deste torneio, três equipes se classificam para a os Jogos Olímpicos de Paris.

Vôlei masculino é ouro

A fase de preparação em Campinas, uma semana antes de estrear nos Jogos Pan-Americanos, foi importante para o Brasil ter um ótimo desempenho em Santiago. Comandada pelo técnico Giuliano Ribas, o Juba, integrante da comissão técnica do Vôlei Renata e também com a presença do ponteiro Adriano, em quadra, os resultados foram altamente satisfatórios. 

O país garantiu vitórias sobre a Colômbia, o México e Cuba, na fase de classificação, sendo que os cubanos criaram mais dificuldades, com a definição ocorrendo no tie-break. Na final, a vitória indiscutível do Brasil frente a Argentina com um clássico 3 a 0, parciais de 25/23, 25/13 e 25/22. Além de Juba e Adriano, também formaram a seleção Felipe Ori (estatístico), Kleevans Albuquerque (massagista) e o chefe da delegação Fernando Maroni, superintendente  do Vôlei Renata.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock