Geral

Bosque dos Jequitibás e Mata de Santa Genebra são destaques na proteção de animais selvagens

O Dia Mundial dos Animais é celebrado nesta quarta-feira, 4 de outubro. Além de oferecer diversos serviços para animais domésticos como cães e gatos (leia mais aqui), a Administração Municipal também promove o bem-estar de animais selvagens que habitam os diferentes parques e bosques da cidade. Entre os destaques estão os animais do Bosque dos Jequitibás e da Mata de Santa Genebra.

O emblemático Bosque dos Jequitibás é administrado pela Secretaria de Serviços Públicos. O Bosque foi fundado em 1884 e adquirido pela Prefeitura em 1915. São cerca de 200 animais que vivem no fragmento de Mata Atlântica. A maioria deles é formada por aves e répteis. Há papagaios, maritacas, periquitos, araras (como a arara-azul chamada de “Caio”), rapinantes, como as corujas e os carcarás, emas e avestruz. Os répteis são os jabutis, cágados (tartarugas de água doce) e jacarés. O parque também abriga o Aquário Municipal.

Famosas na paisagem do parque, as cotias são animais de vida livre, isto é, não precisam ficar no recinto. Elas divertem os visitantes, correndo para lá e pra cá e atraem a atenção de crianças e adultos. Os bichos-preguiça também são conhecidos no parque. Costumam ficar nas árvores, mas de vez em quando, descem para dar uma “voltinha”. Também livres são os ouriços, gambás, tatus, macacos saguis e muitas espécies de pássaros.

Segundo o veterinário do Bosque, Douglas Presotto, “um dos papéis do bosque é cuidar dos animais feridos que precisam de reabilitação. A maioria são aves que se chocam com janelas de vidro ou se machucam com linhas com cerol”, contou. Esse trabalho é realizado em apoio à Polícia Ambiental e aos Bombeiros. As aves são tratadas e, tendo condições, são devolvidas à vida livre na natureza, e caso não, são abrigadas nos recintos do Bosque. 

O endereço do Bosque dos Jequitibás é rua Coronel Quirino, 2, Bosque. Funciona de terça-feira a domingo, das 6h às 18h. A entrada é gratuita.

No último sábado de cada mês, o zoo promove o Bosque Interativo. O último foi neste sábado, 30 de setembro. É uma oportunidade para interagir com os animais silvestres do Bosque. A atividade é gratuita e ocorre das 9h às 16h.

Mata de Santa Genebra

Na lista vermelha da fauna ameaçada do estado de São Paulo, uma onça-parda da Mata de Santa Genebra já teve três ninhadas, com quatro filhotes no total, desde 2013. A floresta urbana administrada pela Fundação José Pedro de Oliveira (FJPO), ligada à Prefeitura, e com gestão compartilhada com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, também é a casa de outros animais ameaçados de extinção como a jaguatirica, o gato-do-mato-pequeno e o bugio-ruivo.

Refúgio para a fauna nativa da região, a Mata abriga 329 espécies de vertebrados, sendo 17 espécies de anfíbios, 38 de répteis, 220 de aves, 51 de mamíferos e três de peixes. Todos estas são espécies identificadas até o momento. Também há os invertebrados, dos quais mais de 700 espécies são de borboletas.

O presidente da FJPO, Cidão Santos, destacou que o Dia Mundial dos Animais é um momento de reflexão para os seres humanos sobre a importância do cuidado e do respeito com os animais. “Nós somos apenas mais uma espécie neste planeta maravilhoso. Temos que promover cada vez mais o respeito por cada espécie e dar condições para que os animais também possam viver com qualidade e plenitude”, afirmou.

A Mata pode ser visitada em visitas autoguiadas, monitoradas e por escolas e entidades filantrópicas. Trilhas e eventos para crianças e adultos são realizados periodicamente. Além dos pássaros e macacos, as borboletas são animais que podem ser vistos no borboletário. Mais informações sobre os próximos eventos e como participar das visitas podem ser obtidas no site: https://www.fjposantagenebra.sp.gov.br/.

A Mata fica na rua Mata Atlântica, 447, no Bosque de Barão Geraldo. 

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock