Geral

Alerta de onda de calor e baixa umidade em destaque esta semana em diversas regiões do País

Uma semana de clima desafiador está prevista para grande parte do país, com uma onda de calor combinada com baixa umidade atmosférica. Essa combinação é resultado de uma massa de ar quente e seco que está se estabelecendo sobre a região, o que levará a um período de tempo estável e sem chuvas.

A onda de calor, caracterizada por temperaturas mais altas do que a média sazonal, pode criar desconforto para muitos, exigindo precauções extras para evitar problemas de saúde relacionados ao calor excessivo. É recomendado que as pessoas fiquem hidratadas, preparem lancheira saudável, usem roupas leves e evitem exposição direta ao sol durante os momentos mais quentes do dia.

A baixa umidade atmosférica, por sua vez, pode agravar a sensação de calor, uma vez que a transpiração do corpo não evapora tão rapidamente. Isso pode aumentar o risco de desidratação e exacerbar problemas respiratórios em indivíduos sensíveis. Aconselha-se cuidados especiais para idosos, crianças e pessoas com condições médicas preexistentes. O filme para a família é uma boa opção neste período.

Chuvas

A previsão do tempo do Inmet aponta também que os maiores acumulados de chuvas cairão no noroeste do país, além de áreas do leste da Região Sudeste.

Ainda esta semana, podem ocorrer baixos acumulados de chuva no litoral sul da Bahia. E em áreas do Rio de Janeiro, Espírito Santo e leste de Minas Gerais, no início desta semana, podem ocorrer volumes de chuva maiores que 30 mm/dia, devido a um sistema de baixa pressão.

Na Região Norte, podem ocorrer chuvas com volume maior do que 30 mm/dia no noroeste do Amazonas, devido ao calor e alta umidade. Nas demais áreas, como no Pará, Amapá e Tocantins, haverá predomínio de tempo seco e sem chuvas.

Frio no oceano

Na Região Sul, acumulados de chuva podem ultrapassar 10 mm/dia no Rio Grande do Sul e leste de Santa Catarina, devido a uma frente fria sobre o oceano, no início da semana, que intensificará áreas de instabilidade, mas não deve avançar sobre o continente.

É aconselhável ficar atento às informações meteorológicas e seguir as orientações das autoridades de saúde e de proteção civil durante esse período de onda de calor e baixa umidade. Tomar medidas para se proteger e se adaptar às condições climáticas é essencial para garantir a segurança e o bem-estar de todos.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock