Empregos

13ª Mostra Curta Audiovisual exibe filmes para público infantil no Sesc Campinas

Como parte da programação de sua 13ª edição, a Mostra Curta Audiovisual exibe no dia 26 de agosto, sábado, uma sessão de curtas-metragens voltados ao público infantil de maneira gratuita no Sesc Campinas. Neste dia as crianças vão poder conferir uma série de filmes selecionados pela curadoria do evento que trazem pluralidade de linguagens, grafismos e talentos personalizados de várias realizadoras e realizadores de diversas regiões brasileiras. 

Estão representados nesta seleção os estados do Ceará, Goiás, São Paulo, Espírito Santo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Bahia e Minas Gerais. Os trabalhos abordam temáticas indígenas, ambientais, históricas, LGBTQIAP+, cordel, racismo e leitura, com traços de três diretores e quatro diretoras, sendo uma delas indígena, além de alunos de escolas públicas. “Acredito que o nosso público terá uma boa noção da animação infantil brasileira que está sendo produzida nesse momento”, pontua Maurício Squarisi, curador desta seção.

Além da Mostrinha no Sesc Campinas, que acontece no último dia da Mostra em 2023, a equipe organizou diversas outras atividades voltadas para públicos variados. A programação completa pode ser conferida em https://www.mostracurta.art.br/programação

Sobre a Mostra

Sediada em Campinas e organizada por produtores culturais do município que dedicam esforços para sua manutenção no calendário anual, a Mostra Curta Audiovisual é um festival focado em curtas-metragens que acontece desde 2006 e se mantém ao longo dos anos como uma mostra independente. Possui doze edições empenhadas na exibição, capacitação, formação de público e no estímulo à troca de experiências entre diferentes formas de pensar e fazer audiovisual.

Criada com o propósito de reunir a classe cinematográfica através de uma rede de exibição, que promove um local de fruição da sétima arte, ao mesmo tempo em que favorece bate-papos para conscientização dos contextos envolvidos nesta produção, a Mostra Curta Audiovisual abre uma janela de exibição para a produção de curtas metragens regionais e nacionais, se destacando como um dos principais eventos dedicados ao formato no interior do estado de São Paulo.

A Mostra oferece também capacitação e qualificação aos interessados por conteúdos teórico-práticos, que podem conferir as tendências e inovações do segmento com profissionais em destaque no mercado. Nas doze edições já realizadas, a mostra se consolidou como um dos mais expressivos festivais no segmento e no circuito cultural da cidade.

Serviço: ‘Mostrinha’ na 13ª Mostra Curta Audiovisual

Local: SESC Campinas (Rua Dom José I, 270/333 – Bonfim)

10h30 [Livre]

– ERA UMA VEZ EM ICAPUÍ, Alunos da rede municipal de ensino fundamental de Icapuí (CE)

Icapuí/CE e Vitória/ES I 2021 I 10’ I Animação I Livre

Num luau em volta da fogueira, um pescador narra a aventura vivida em Icapuí em busca do tesouro guardado há muitas gerações.

– A MENINA ATRÁS DO ESPELHO, Iuri Moreno  

Goiânia/GO I 2022 I 12’ I Animação I Livre I Libras

Trancada em seu próprio quarto, uma menina transgênero encontra atrás do espelho uma nova realidade onde ela é livre para ser quem é ou quiser ser.

– OPOSIÇÕES, Rafaela Repasch

Campinas/SP I 2021 I 03’ I Animação I Livre

A história começa com o filho contando ao seu pai que é gay. O pai recebe muito mal e começa uma discussão que cresce exponencialmente. Os sentimentos aflorados estão em constante mudança, assim como os corpos.

– ASSUM PRETO, Bako Machado

Arcoverde/PE I 2020 I 03’ I Animação I Livre

A  animação  Assum  Preto  foi  inspirada  na  música  de  Luiz  Gonzaga  e  Humberto Teixeira,  entrelaça  as  reflexões  e  sonhos  de  uma  criança  que  estuda  em  Educação  Remota  Emergencial  (ERE)  e  suas  dificuldades  diante  a  pandemia  do COVID-19, Com a trilha sonora da Banda de Pífano São Sebastião de Arcoverde.

– MEU NOME É MAALUM, Luísa Copetti

Rio de Janeiro/RJ I 2021 I 08’ I Animação I Livre I Libras

Maalum é uma menina negra brasileira que nasce e cresce em um lar rodeado de amor e de referências afrocentradas. Logo que Maalum sai do seio de sua casa, ela se depara com os desafios impostos pelos discursos e práticas de uma sociedade racista. Assim que ela chega na escola, todos riem do seu nome. Ela não entende o porquê e, com ajuda da sua família, Maalum vai descobrir o significado e a tristeza se transforma em orgulho através da sua ancestralidade.

– JUSSARA, Camila Ribeiro

Salvador/BA I 2023 I 09’ I Animação I Livre

Jussara é a própria memória da vila onde mora, conhecida como conselheira e contadora de histórias, encanta e envolve a todos em sua volta. Um dia se percebe cansada de guardar tanta informação e decide se livrar de tudo que tem escrito para viver a sua própria história.

– MÃTÃNÃG, A ENCANTADA, Shawara Maxakali e Charles Bicalho

Belo Horizonte e Ladainha/MG I 2019 I 14’ I Animação I Livre

A índia Mãtãnãg segue o espírito de seu marido, morto picado por uma cobra, até a aldeia dos mortos. Juntos eles superam os obstáculos que separam o mundo terreno do mundo espiritual. Falado em língua Maxakali e legendado, Mãtãnãg se baseia em uma história tradicional do povo Maxakali.

Observação: Dependendo do dia que estiver vendo está postagem a vaga poderá não estar mais disponível.

Para conferir mais vagas de emprego clique aqui

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desabilite o AdBlock