Connect with us

Geral

Unicamp cria 18 leitos de isolamento para pacientes com coronavírus

Publicado

em

O HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) criou um Plano Operativo para o enfrentamento de possíveis casos de infecção por coronavírus. Apenas na China, país de origem da doença, foram contabilizados 2,7 mil casos e 81 pessoas mortas até a publicação desta reportagem.

O HC da Unicamp informou que mantém uma equipe multidisciplinar especializada, inclusive na área de emergência, equipamentos específicos de vestiário, exames laboratoriais e 18 leitos especiais (isolamento), sendo dois pediátricos, de pressão negativa com filtro EPA para internação de pacientes com microorganismo de transmissão aérea.


A situação epidemiológica, ainda em evolução, está sendo monitorada continuamente pela Vigilância Epidemiológica e também pelo setor de Epidemiologia Hospitalar do HC. O setor informou que tanto o protocolo, quanto as orientações serão periodicamente atualizadas à população.

“A transmissão pessoa-pessoa se dá através da via respiratória, por secreções produzidas por exemplo, durante episódios de tosse, espirros e coriza, semelhante à transmissão do vírus da influenza”, afirmou Maria Luiza Moretti, professora de infectologia da FCM (Faculdade de Ciências Médicas) da Unicamp.

De acordo com a especialista, a transmissão pessoa-pessoa ocorre com outros coronavírus, como MERS-CoV e SARS-CoV, porém a transmissão, nestes casos, acontece quando existe um contato muito próximo entre as pessoas.


EM VIRACOPOS

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, adotou medidas de prevenção contra o coronavírus. A nova doença surgiu na cidade de Wuhan, na China, e é considerada uma pneumonia grave.

Entre as medidas, estão avisos sonoros orientando os passageiros da transmissão e ações de higiene a serem adotadas para conter a transmissão do vírus.

Geral

Bibliotecas da rede recebem 1,2 mil audiolivros para educação especial

Publicado

em

Por

Já estão chegando às bibliotecas das escolas da rede municipal de ensino, os audiolivros que serão usados pelos 1,2 mil alunos da educação especial. Além deste material pedagógico, as unidades também estão recebendo parquinho inclusivo. “Atendemos 90% das crianças da educação especial da cidade. E procuramos oferecer a melhor educação”, disse o prefeito Jonas Donizette.  

 


Na manhã desta quinta-feira, o chefe do executivo esteve visitando a Escola de Educação Integral Zeferino Vaz, na Vila União. “Poucas cidades têm a estrutura que Campinas oferece na área da educação e no serviço público como um todo. Temos problemas, mas tenho feito todo o esforço para melhorar a cada dia”, afirmou o prefeito. A rede municipal de ensino tem 62 mil alunos matriculados na educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens e adultos (EJA).

 

Nestas duas ultimas semanas, o prefeito visitou dez escolas da rede municipal. Em todas elas foram entregues kits de material escolar e uniformes, além de Chromebooks para os professores e computadores para a equipe gestora.  


 

 

 

A Secretaria de Educação investiu R$ 72 milhões na compra de material escolar e didáticos, uniforme, além de equipamentos tecnológicos. “Estamos investindo em tecnologia educacional, uma ferramenta para auxiliar alunos e professores no desenvolvimento escolar”, explicou a secretária de Educação, Solange Pelicer.

Continue Lendo

Geral

Uma aposta de Paulínia acertou a Quina da Mega-Sena

Publicado

em

Por

Uma aposta de Paulínia ganhou Quina da Mega-Sena no sorteio realizado na quarta-feira (19). O prêmio principal acumulou em R$ 190 milhões para o próximo concurso do sábado (22).

Os números sorteados foram 14, 18, 30, 35, 55 e 57 e quem acertou a quinta levou R$ 69.161,57


As apostas para o próximo concurso da Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio e vai pagar mais 190 milhões para quem acertar as 6 dezenas.

Continue Lendo

Geral

Heinz faz recall de milho verde da marca Quero por risco de bactérias

Publicado

em

Por

A empresa de alimentos Heinz Brasil anunciou um recall de 244 caixas dos produtos “milho verde tetra recart 200g” , da marca Quero.

De acordo com a fabricante, o alimento citado tem forte risco de conter bactérias que podem causar náuseas, vômitos e/ou infecção intestinal, sobretudo em pessoas com baixa imunidade.


A convocação envolve os produtos fabricados em 8/01/2020 entre 06:30 e 23:00 e válidos até 31/07/2021, integrantes do lote L08 Val 07/2021. Os indicadores podem ser lidos na parte de cima da caixa do milho. A Heinz recomenda que as pessoas não consumam o produto.

Para substituição gratuita do produto, o consumidor deve entrar em contato imediatamente com o SAC pelo 0800 16 5858, de segunda a sexta, das 8:00 às 18:00h, ou  através do site da marca Quero.

Fonte: IG ECONOMIA

Continue Lendo

error: Content is protected !!