Connect with us

Geral

Unicamp cria 18 leitos de isolamento para pacientes com coronavírus

O HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) criou um Plano Operativo para o enfrentamento de possíveis casos de infecção por coronavírus. Apenas na China, país de origem da doença, foram contabilizados 2,7 mil casos e 81 pessoas mortas até a publicação desta reportagem.

O HC da Unicamp informou que mantém uma equipe multidisciplinar especializada, inclusive na área de emergência, equipamentos específicos de vestiário, exames laboratoriais e 18 leitos especiais (isolamento), sendo dois pediátricos, de pressão negativa com filtro EPA para internação de pacientes com microorganismo de transmissão aérea.

A situação epidemiológica, ainda em evolução, está sendo monitorada continuamente pela Vigilância Epidemiológica e também pelo setor de Epidemiologia Hospitalar do HC. O setor informou que tanto o protocolo, quanto as orientações serão periodicamente atualizadas à população.

“A transmissão pessoa-pessoa se dá através da via respiratória, por secreções produzidas por exemplo, durante episódios de tosse, espirros e coriza, semelhante à transmissão do vírus da influenza”, afirmou Maria Luiza Moretti, professora de infectologia da FCM (Faculdade de Ciências Médicas) da Unicamp.


De acordo com a especialista, a transmissão pessoa-pessoa ocorre com outros coronavírus, como MERS-CoV e SARS-CoV, porém a transmissão, nestes casos, acontece quando existe um contato muito próximo entre as pessoas.

EM VIRACOPOS

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, adotou medidas de prevenção contra o coronavírus. A nova doença surgiu na cidade de Wuhan, na China, e é considerada uma pneumonia grave.

Entre as medidas, estão avisos sonoros orientando os passageiros da transmissão e ações de higiene a serem adotadas para conter a transmissão do vírus.









<





Populares