Connect with us

Geral

Última Audiência Pública sobre o Plano Diretor Estratégico conta com presença de um público de mais de 150 pessoas

Publicado

em

Na manhã deste sábado a Câmara de Campinas abrigou a última, de uma série de seis, audiências públicas que foram realizadas para discutir e garantir a participação popular no desenvolvimento do Plano Diretor Estratégico de Campinas. O encontro contou com a presença de cerca de 150 pessoas, sendo que ao menos 30 fizeram perguntas e deram sua opinião sobre o processo, além das dez perguntas enviadas pelo site da Câmara, daqueles que não puderam participar pessoalmente.
A temática deste último encontro foi: “Desenvolvimento Econômico, Rural e Social”, por isso a audiência foi conduzida pelo vereador Vinicius Gratti (PSB), que é presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara e contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e Turismo, André Von Zuben e de Guztavo Zuccato, assessor da secretaria de Finanças.
Von Zubem falou sobre a importância do PDE para destravar a cidade, principalmente do ponto vista da zona rural da cidade. Campinas possui 51% do seu território classificado como zona rural, sendo que nela vivem cerca de 20 mil pessoas de um total de 1 milhão e 200 mil habitantes. “Com o Plano Diretor vamos poder dar condição de desenvolvimento para essas regiões, possibilitando a industrialização da produção rural, desenvolver o potencial turístico, incluindo a gastronomia, além de ampliar a oferta para programas sociais para àqueles proprietários que não produzem, mas que querem desenvolver empreendimentos de interesse social, por exemplo”, explica.
Já Zuccato adiantou que o PDE é o início de um grande processo que a cidade vai passar em busca do desenvolvimento ordenado e de justiça social. Ele explica que plano diretor também apresenta um planejamento tributário, que ao longo dos anos trarão reflexos tributários para o munícipio. “A pasta de Finanças está fazendo toda a revisão da planta genérica da cidade com base no ordenamento proposto no Plano Diretor”, revela.
Para Rafa Zimbaldi (PP), presidente da Câmara e responsável pela convocação de todas as audiências públicas o projeto do Plano Diretor está pronto para ser votado, como deve acontecer na próxima segunda-feira (04/12). “A conclusão da votação do PDE vai desencadear o início de outro processo dentro do Legislativo que será a tramitação das leis complementares ao PDE, como por exemplo a Lei de Uso e Ocupação do Solo, Plano de Manejo etc. Todas essas propostas também serão amplamente discutidas e com acesso para que a população participe e colabore com o seu desenvolvimento”, garante Rafa.
Participaram também da audiência os vereadores Luiz Henrique Cirilo (PSDB), Luiz Rossini (PV), Professor Alberto (PR), Marcos Bernardelli (PSDB), Gilberto Vermelho (PSDB), Filipe Marchesi (PR) e Zé Carlos (PSB). Além do presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano (CMDU)
Presente de Natal
O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Carlos Augusto Santoro afirmou ao final da audiência que já ganhou seu presente de natal. “Fiquei muito contente em poder ouvir de muitos munícipes elogios, principalmente com relação a forma como conduzimos o desenvolvimento do PDE, até mesmo os que possuem divergências de alguns conceitos apresentados, concordam que todos puderam participar”.
A pasta é a principal responsável pelo desenvolvimento do texto do PDE, portanto, mesmo com as audiências temáticas promovidas pela Câmara, o secretário Santoro esteve presente em todas as seis Audiências Pública do Legislativo e também nas promovidas pelo Executivo, além das diversas reuniões no seu gabinete. Tudo isso, para segundo ele, dar total transparência e acesso a participação popular. Para garantir isso, o secretário chegou a passar seu celular pessoal, ao vivo, durante a transmissão da audiência para que um munícipe pudesse encaminhar, posteriormente, uma dúvida que tinha. “Eu atendo a todos, as pessoas precisam desmistificar essa suposta distância que existe entra a população e gestor público”, garante Santoro.
O PDE está na pauta de votação da Reunião Ordinária de segunda-feira (04/12), quando os vereadores analisam a legalidade da proposta. Porém o secretário adianta que a discussão do plano deve ser contínua. “O plano ser votado em si, não significa que todo esse processo se encerra, com o passar dos anos, ele deve ser revisto e continuar sendo discutido, é isso, inclusive que deveria ter acontecido nos outros planos”, finaliza Santoro.
Texto e foto: Central de Comunicação Institucional da CMC
 

Geral

Bosque dos Jequitibás recebe exposição de obra com 40 bichos metálicos

Publicado

em

Por

O Bosque dos Jequitibás recebe, a partir desta sexta-feira, 1º de julho, a exposição Vivarium, do artista visual Genivaldo Amorim, no Centro de Educação Ambiental “Professora Egle Carneiro de Oliveira Passadore”. A obra exposta é uma instalação composta por 40 peças que retratam bichos vermelhos, estranhos e indefinidos, repousando em ninhos metálicos flutuantes. A exposição ficará aberta até o dia 24 de julho, de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, com entrada gratuita.
Para o artista Genivaldo Amorim, a obra dialoga com o contexto onde está instalada. “Para mim é muito importante que a obra faça sentido em estar em um determinado lugar, que o espaço não seja apenas um receptáculo, um abrigo, mas que seja capaz de se fundirem, obra e espaço, de tal forma que nos dê a impressão de um não existir sem o outro, ou mesmo, por mais estranho que pareça, daquilo parecer sempre ter estado ali”, diz o artista.
Essa instalação é derivada de uma exposição realizada em 2017 em um museu de Santa Catarina. Depois da temporada no Bosque dos Jequitibás, as peças serão reutilizadas para outra instalação. Essa prática, de reaproveitar o material e transformar em outra obra, é recorrente na produção do artista.
Genivaldo Amorim nasceu em Umuarama (PR), em 1973, mas vive e trabalha em Valinhos desde 1991. Atua com instalações, pintura, desenho, objetos e outras mídias. Premiado em diversos salões, editais e programas de exposições, tendo exposto em museus como Macc (Campinas SP), Casa das Onze Janelas (Belém, PA), Marco (Campo Grande, MS), MuBE (São Paulo, SP), entre outros.
Suas obras também já estiveram em exposições individuais e coletivas em museus e galerias de países como Alemanha, Camboja, Namíbia, Uruguai e Moçambique.
Serviço
Exposição “Vivarium”
Data: de 1º a 24 de julho
Horário: das 9h às 17h
Endereço: Centro de Educação Ambiental do Bosque dos Jequitibás, Rua Coronel Quirino, 2, Bosque.
Entrada gratuita

Continue Lendo

Geral

Teatro do Bosque apresenta Os Três Porquinhos em todo o mês de julho

Publicado

em

Por

O que fazer com a criançada nas férias? Ir ao Teatro Infantil “Carlito Maia”, no Bosque dos Jequitibás, que está com uma programação especial a partir deste sábado, dia 2 de julho, até 31 de julho, com a apresentação de Os Três Porquinhos. O Teatro do Bosque, como é conhecido, terá sessões de terça a sábado, às 15h30, e domingos, às 11h e 16h.
A realização é do Teatro Sotac, que está com os ingressos à venda no http://teatrosotac.com.br/. O valor é de R$ 20,00 mediante a entrega de um cupom que está no site e deve ser apresentado na bilheteria do teatro. Sem o cupom, o valor é de R$ 40,00.
Os Três Porquinhos é um dos mais famosos clássicos infantis e conta a história dos irmãos Prático, Cícero e Heitor, que decidem construir, cada qual à sua maneira, uma casinha para morar. A confusão é armada quando o Lobo Mau, com seus memoráveis e ridículos disfarces, começa a rondar a floresta. E cada porquinho passa a perceber a consequência do resultado de suas escolhas.
Serviço
Os Três Porquinhos
Dia: 2 de julho a 31 de julho
Horário:de terça a sábado às 15h30, e aos domingos às 11h e 16h.
Local: Teatro Infantil “Carlito Maia”, no Bosque dos Jequitibás – Rua Coronel Quirino, 2 – Bosque, Campinas.

Continue Lendo

Geral

Sanasa capacita 280 servidores brigadistas e cipeiros da Prefeitura

Publicado

em

Por

O Setor de Segurança do Trabalho da Sanasa iniciou o treinamento prático de 280 funcionários que integram a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) e a Brigada de Combate e Prevenção a Incêndios da Prefeitura de Campinas. A capacitação foi dividida em várias turmas mistas de Reciclagem dos Brigadistas e Formação dos Cipeiros.

 

 

A primeira, de reciclagem, contou com 39 participantes treinados no dia 22 de junho. A segunda, com 27 integrantes, foi capacitada nesta quinta-feira, dia 30 de junho. Para os meses de julho e agosto estão previstas novas turmas.

 

Publicidade

 

Além da aula prática, ministrada no campo de treinamento da Segurança do Trabalho, localizado nas Estações de Tratamento de Água (ETAs) 1 e 2, os participantes assistiram às aulas teóricas na Prefeitura. Eles receberam os conceitos sobre primeiros socorros, com tratamento imediato e provisório dado em caso de acidente ou enfermidade imprevista, até que o paciente receba os cuidados de um médico.

 

 

A segunda fase tratou da prevenção e do combate a incêndios. De acordo com o instrutor do treinamento na Sanasa, Francisco Gomes de Lima Junior, o conteúdo oferecido pela Segurança do Trabalho é importante também para ser aplicado fora do ambiente de trabalho. “Estando numa situação de risco, esses conhecimentos podem fazer a diferença”, reforçou.

Publicidade
Continue Lendo

Populares