Connect with us

Geral

Trabalho da Secretaria do Verde de Campinas é destaque em site alemão

Publicado

em

O trabalho realizado pela Prefeitura de Campinas e Secretaria Municipal do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável sobre como algumas cidades do mundo protegem e fazem uso de seus recursos naturais ganhou repercussão internacional após ser destaque no site alemão International Climate Initiative (IKI). O IKI é um dos instrumentos mais importantes do Ministério Federal Alemão sobre o Meio Ambiente, Conservação da Natureza e Segurança Nuclear (BMU) para o financiamento internacional da mitigação das mudanças climáticas e da biodiversidade.

 

 

Cidades e regiões em todo o mundo estão percebendo o valor da natureza na vida urbana. Esta série de estudos de caso sobre natureza urbana produzida por “INTERACT-Bio Integrated regional action for Biodiversity” mostra como cidades no Brasil, Índia e Tanzânia estão integrando a natureza em seus processos de planejamento e política, e como as cidades estão protegendo e fazendo uso de seus recursos naturais.

 

 

“É muito importante porque o Ministério do Meio Ambiente da Alemanha participa desta iniciativa internacional pelo clima, em que estão principalmente os governos de países europeus, e este reconhecimento mostra como Campinas está sendo bem-vista e como, hoje, o que estamos fazendo aqui tem repercussão internacional”, afirma o secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Rogério Menezes.

 

 

Do planejamento regional integrado de Campinas aos benefícios ambientais da gestão de resíduos em Moshi, na Tanzânia, e ao planejamento participativo da biodiversidade em Kochi, Índia, esses estudos de caso mostram porque os governos locais e regionais são tão importantes para enfrentar a crise da biodiversidade. O INTERACT-Bio é implementado pelo ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade e apoiado pela International Climate Initiative (IKI).

 

 

Reconecta RMC

 

O programa Reconecta RMC surgiu de uma iniciativa da Prefeitura de Campinas (Plano Municipal do Verde) e tem como enfoque a Proteção Animal (promover condições para manutenção da fauna local e conservação da diversidade genética); a Recuperação de Áreas de Preservação Permanente (recuperação de matas ciliares, proteção, recuperação de nascentes e formação de corredores ecológicos.

 

 

Prevê também o fortalecimento de áreas protegidas existentes e a criação de novas áreas protegidas, mantendo e aprimorando a gestão das unidades de conservação existentes, incentivando a criação de novas áreas de preservação e conservando os remanescentes estratégicos.

 

 

Em 2018, os 20 municípios da Região Metropolitana de Campinas assinaram um termo de cooperação técnica com o objetivo de estabelecer a mútua colaboração para ações de interesse recíproco no âmbito de recuperação e conservação de fauna e flora, especialmente no que se refere à troca de conhecimento técnico e à realização de ações voltadas para este fim.

 

Interact-Bio

 

 

O programa Reconecta RMC tem como parceiro o Projeto Interact-Bio, coordenado e implementado pelo ICLEI e financiado pelo Ministério Federal Alemão do Meio Ambiente, de Proteção da Natureza, da Construção e da Segurança Nuclear (BMUB) por meio da Iniciativa Internacional de Proteção ao Clima (IKI).

 

 

O Interact-Bio tem como objetivo principal promover a integração de ações regionais pela biodiversidade. Essa iniciativa apoia as regiões metropolitanas de três países (Brasil, Índia e Tanzânia), incentivando-as a compreender o potencial da natureza, principalmente em relação ao fornecimento de serviços essenciais para o dia a dia das cidades e, ao mesmo tempo, a melhorarem a conservação da biodiversidade e dos ecossistemas, gerando novas ou melhores oportunidades regionais.

Geral

Oficina pedagógica discute conteúdos de mobilidade urbana com professores

Publicado

em

Por

A Semana Municipal do Trânsito (Semutran 2021) terá nesta terça-feira, dia 28 de setembro, às 9h, uma oficina pedagógica em que educadores da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) trabalharão conteúdos de educação para a mobilidade com profissionais das redes municipal, estadual e particular de ensino de Campinas. 
A oficina “Educação para Mobilidade na Primeira Infância – Intersetorialidade e Garantia de Direitos no Projeto Político-Pedagógico”, a terceira deste ano, é voltada a escolas da Educação Infantil ao Ensino Médio. Apesar do nome primeira infância, as discussões abrangem todas as faixas etárias de crianças e adolescentes. 
O evento será on-line, pelo Microsoft Teams. Os educadores devem se inscrever até as 23h59 desta segunda-feira, 27 de setembro, pelo formulário eletrônico bit.ly/educacao_mobilidade_pic. O link de acesso é enviado na confirmação da inscrição. 
Programação
Após a abertura, os profissionais da Emdec abordarão o tema “mobilidade e infância”, com estudos e diagnósticos das dificuldades encontradas por crianças, adolescentes e cuidadores no trânsito. 
Entrará em pauta o papel das escolas neste cenário: o que pode ser feito para melhorar a circulação, dentro e fora do espaço escolar?
A mobilidade urbana estaria presente na própria construção do projeto pedagógico da escola, pois envolve questões de acesso, de onde e como vêm os estudantes, aspectos de segurança (viária e pública) e de formação histórica dos bairros.  
Mais informações 
A Secretaria Municipal de Transportes (Setransp) e a Emdec realizam o encontro em parceria com o Comitê Intersetorial pela Primeira Infância Campineira (PIC). 
Se precisarem de orientações, os educadores podem entrar em contato pelo e-mail [email protected]​​ ou telefone (19) 3772-7123​. 
Acesse a programação completa da Semutran em www.emdec.com.br/semutran2021. 

Continue Lendo

Geral

Campinas ganha destaque na União Internacional de Transporte Público

Publicado

em

Por

 

O presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Ayrton Camargo e Silva, que agora integra o Comitê de Autoridades Internacionais da União Internacional de Transporte Público / Divisão da América Latina (UITP), foi convidado para ser o anfitrião virtual da 49ª Reunião do Comitê, que contou com 20 autoridades mundiais, nesta última semana. 

 

 

A UITP é a única rede mundial que reúne todas as partes interessadas no transporte público e todos os modos de transporte sustentáveis. São mais de 1,8 mil membros no mundo, distribuídos em 16 escritórios, incluindo o da América Latina, que se encontra em São Paulo.  

 

 

Durante o encontro com autoridades dos Estados Unidos, Canadá, Rússia, China, Portugal, Singapura, França, Alemanha, Inglaterra, Suécia, Argentina, entre outros, Camargo apresentou um panorama geral do transporte público na América Latina e destacou a cidade de Campinas e o seu potencial econômico, turístico e social. Também apresentou dados da Região Metropolitana (RMC-Campinas).  

 

 

Os integrantes do Comitê Internacional puderam conhecer a estrutura organizacional da Emdec, suas ações, responsabilidades e diretrizes para a mobilidade urbana nos próximos anos. 

 

 

Camargo ressaltou o papel pioneiro da cidade em temas da mobilidade no Brasil, lembrando a adoção da fiscalização eletrônica digital e da tecnologia de pagamento por cartão nos ônibus do transporte público. A infraestrutura e a operação do transporte foram destacados. Camargo trouxe os dados de passageiros transportados, linhas, táxis, aplicativos, terminais e informações referentes ao BRT. 

 

 

Os participantes fizeram perguntas sobre o Sistema Bus Rapid Transit (BRT) – que vem sendo implantado, a integração entre os transportes, os dados de movimentação e Origem-Destino dos passageiros, e ainda sobre as ciclovias. 

 

 

Os participantes discutiram, ainda, a elaboração de dois documentos: um para orientar as autoridades sobre “Como ajudar na Sustentabilidade das Cidades”; e outro sobre “Como trazer passageiros que foram perdidos de volta ao sistema de transporte público”. 

 

 

A UITP tem o seu escritório central localizado em Bruxelas (Bélgica) e mais de 135 anos de história (foi fundada em 1885). 

 

Continue Lendo

Geral

Expresso Solidário inaugura roteiro do trem turístico pelo Vale das Frutas

Publicado

em

Por

Um grupo de 115 jovens, adultos e idosos embarcou no Expresso Solidário, passeio turístico de trem que partiu na tarde desta sexta-feira, dia 24 de setembro, da Estação Cultura de Campinas rumo a Valinhos. Foi a estreia do futuro roteiro do trem turístico pelo Vale das Frutas. A viagem foi uma realização das Secretarias Municipais de Cultura e Turismo e de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.

 

 

O Expresso Solidário contou com a participação de 20 jovens do Programa Juventude Conectada, 35 da Associação Beneficente Boa Amizade, entidade localizada no Jardim Eulina, e 60 da Guardinha Campinas. O grupo estreou o passeio de trem turístico pelo Vale das Frutas.

 

 

O Expresso Solidário é um projeto idealizado pelo Vale das Frutas Convention & Visitors Bureau e pela Associação de Preservação Histórica de Valinhos (APHV). A operação fica a cargo da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), organização sem fins lucrativos com expertise na operação de trens turísticos e tem apoio da Rumo Logística, concessionária do trecho entre Jundiaí e Campinas.

 

Juventude Conectada

 

O Juventude Conectada de Campinas prevê a formação e atuação de jovens de 15 a 29 anos com oferta de bolsas pedagógicas e uma grade de formação em cidadania e desenvolvimento pessoal, cultura digital e gestão de telecentros, preparando esse jovem para atender o público do telecentro com a realização de oficinas e acesso livre à internet bem como, para o exercício da cidadania e o mercado de trabalho.

Continue Lendo

Populares