Connect with us

Geral

Suplente Cidão Santos tomará posse após oficialização da renúncia de Tico Costa, que ocorrerá na sessão desta segunda (2); ato convocando novo vereador tem de ser publicado no Diário Oficial

Publicado

em

A renúncia do vereador Tico Costa (PP) será oficializada a partir da sessão ordinária na noite de 2 de outubro e o suplente de vereador Cidão Santos (PROS) deverá tomar posse após ato da presidência a ser publicado no Diário Oficial do Município. Este procedimento foi informado oficialmente pela Procuradoria da Câmara à presidência da Casa, uma vez que, em virtude do ineditismo da renúncia – é a primeira vez em quase 220 anos de história do Legislativo que isso ocorre –  o presidente Rafa Zimbaldi (PP) achou melhor oficializar as normas  que regerão tanto a renúncia de um parlamentar quanto a posse do outro.
Segundo levantamento da procuradoria, a renúncia é regida pelo artigo oitavo do decreto-lei 201 de 1967, que entre outras ações determina como deve ser realizada a extinção do mandato de um vereador. Desta forma, seguindo ao decreto, a Câmara precisará primeiro fazer a comunicação da renúncia recebida na última sexta-feira (29) ao Plenário durante a reunião ordinária desta noite. Na sequência, a renúncia também será inclusa na ata da sessão.
Isso feito, seguindo o  Regimento interno do Legislativo, será convocado o suplente por meio de Ato da Mesa da Presidência, que deverá ser publicado no Diário Oficial do Município.  A partir da publicação, seguindo a determinação da Leo Orgânica de Campinas, Cidão Santos terá até dez dias para ser empossado. E, independentemente da publicação do ato, o novo vereador também será convocado a tomar posse por ofício do Legislativo.
Cidão Santos
Aparecido Souza Santos, mais conhecido como Cidão Santos, já cumpriu três mandatos como vereador em Campinas (2005-2008; 2009-2012 e 2013-2016). Filiado ao Partido Republicano da Ordem Social – PROS , na última eleição o vereador concorreu em coligação com o PP e foi eleito suplente. No biênio 2015-2016, Cidão faz foi presidente da de Economia e Defesa dos Direitos do Consumidor, e integrante da CP de Assuntos da Região Metropolitana e Legislação Participativa.  Natural da cidade paranaense de Porecatu, chegou a Campinas com 18 anos de idade e se estabeleceu na Região Sudeste da cidade – na qual trabalhou como engraxate e metalúrgico. Além disso, foi corretor de seguros, área em que atuou por muitos anos como sócio de uma corretora em Valinhos.
Texto e foto: Central de Comunicação Institucional da CMC

Geral

Campinas tem 81,39% dos leitos de UTI-Covid ocupados

Publicado

em

Por

Campinas conta nesta sexta-feira, 15 de janeiro, com 231 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 188 estão ocupados, o que corresponde a 81,39%. Há 43 leitos livres somando as redes pública e particular.

Os leitos estão divididos da seguinte forma:
 
SUS Municipal: 84 leitos, dos quais 73 estão ocupados, o que equivale a 86,90%. Há 11 leitos livres.

SUS Estadual: 17 leitos, dos quais 15 estão ocupados, o que corresponde a 88,23%. Há dois leitos livres.

Particular: 130 leitos, dos quais 100 estão ocupados, o que equivale a 76,92%. Há 30 leitos livres.

Continue Lendo

Geral

Defesa Civil alerta pra risco de saturação do solo entre hoje e domingo

Publicado

em

Por

A Defesa Civil alerta para o risco de saturação do solo entre hoje, dia 15 de janeiro, e domingo, dia 17, em cidades que estão em estado de atenção devido ao volume de chuvas acumulado nos últimos dias.

Conforme o último balanço da Operação Verão desta manhã, são 23 cidades da região que estão em estado de atenção e uma em estado de alerta (Socorro).  Campinas permanece em estado de alerta com 127,4 mm de chuvas acumuladas nas últimas 72 horas.  

Segundo a Defesa Civil, o solo encharcado de água pelo alto índice pluviométrico pode causar deslizamentos de encostas – principalmente em cidades de montanha e litorâneas – e também provocar, em centros urbanos como Campinas, ocorrências como queda de árvores e de muros. “Não há uma região da cidade com maior ou menor risco, o alerta vale para o município como um todo”, salientou o diretor Sidnei Furtado.  

Caso ocorra uma situação de risco, a recomendação da Defesa Civil é nunca ignorar uma ordem de evacuação, nunca atravessar uma via com água ou lama de deslizamento e ficar alerta para outras ocorrências e, imediatamente, acionar a Defesa Civil pelo telefone 199. Evitar também ficar embaixo de árvores e próximo a muros. 

SMS Como medida de prevenção, o cidadão pode se cadastrar no Sistema de Alerta da Defesa Civil, que envia mensagens de texto com recomendações e avisos sobre chuva, raios e temporais. O serviço é gratuito.  Para se cadastrar, basta enviar um SMS para o número 40199 colocando o CEP da residência no assunto da mensagem.  Em Campinas, cerca de 100 mil pessoas são cadastradas neste sistema.

Continue Lendo

Geral

Cruzamento da Av. Francisco Glicério terá bloqueio total no domingo, 24/01

Publicado

em

Por

No dia 24 de janeiro, domingo da próxima semana, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) interditará totalmente o tráfego de veículos no cruzamento da Avenida Francisco Glicério com a Rua José Paulino, na região da Vila Itapura. A ação, programada, é necessária para a ligação de rede de esgoto, sob responsabilidade da Sanasa, no período das 8h30 até as 16h. 

 

 

A Emdec indica, como possibilidade de rota de desvio, as vias Dr. Alberto Sales, Barão Geraldo de Rezende, Barão de Itapura, Barata Ribeiro e Álvaro Muller. Agentes da Mobilidade Urbana estarão monitorando o trânsito e orientando os motoristas. 

 

 

A Emdec solicita que, caso possível, os motoristas evitem a circulação pela região, no período de obras. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”. 

Continue Lendo









<





Populares