Connect with us

Geral

Sistema de concessão já implantou 42 novos abrigos de ônibus este ano

Publicado

em

A concessão pública que promove a renovação de abrigos de ônibus resultou em 42 novos equipamentos instalados, entre os meses de janeiro e setembro deste ano, beneficiando quinze bairros da cidade com equipamentos mais modernos, acessíveis e confortáveis.  
Com o mesmo padrão visual dos abrigos implantados na Avenida Francisco Glicério, esse mobiliário possui quatro assentos individuais, cobertura de material leve e resistente a impactos, iluminação LED e tomada USB para recarga de celulares. O modelo adotado favorece ainda o acesso das pessoas com mobilidade reduzida ao transporte público, já que conta com espaço para cadeirantes e piso podotátil no entorno.            
A renovação tem foco nos principais corredores do transporte público coletivo e no raio de 5 km a partir do Centro, onde há maior demanda de embarque de passageiros. Somente neste ano, os novos abrigos beneficiaram os usuários das seguintes regiões: Centro, Bomfim, Nova Campinas, Jardim Conceição, Jardim Dom Bosco, Jardim dos Oliveiras, Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, Jardim São Vicente, Vila Andrade Neves, Vila Industrial, Vila Itapura, Vila Joaquim Inácio, Vila Nova, Arruamento Maria Pompeu da Costa Carvalho e Vila Paraíso. Além de elevar a qualidade do serviço prestado aos usuários do transporte, a implantação dos abrigos requalifica a paisagem urbana nas regiões favorecidas.   
A concessão que promove a renovação dos abrigos foi firmada em 2018 e já soma 298 novos equipamentos implantados. Ao final do contrato, serão 894 novos abrigos instalados pela empresa Verssat Indústria e Construção. A renovação do mobiliário e sua manutenção é proveniente da exploração publicitária, com exclusividade, dos pontos de parada concedidos, através dos chamados MUPIs (Mobiliários Urbanos Para Informação). 
Os novos mobiliários se somam à série de ações realizadas pela Secretaria de Transportes (Setransp) e pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) para qualificar o transporte público coletivo, que está sendo priorizado pela atual gestão.  
O secretário de Transportes, Vinicius Riverete, lembra que “o programa de abrigos adotado pelo município está sendo ampliado neste ano. Garantir que o transporte público preste um serviço de excelência é nossa prioridade e isso inclui dar mais dignidade ao usuário na espera pelo ônibus”.  
As ações de qualificação do transporte público que estamos realizando abrangem desde a porta de entrada dos usuários (pontos de parada e terminais) até a eficiência das viagens diárias. Além dos novos abrigos, estamos investindo na revitalização de terminais urbanos e na ampliação das faixas exclusivas de ônibus”, detalha o presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva. 
Ao lado da implantação pela concessionária, o município também recebe novos abrigos por meio de contrapartidas relacionadas à instalação de novos empreendimentos. Em 2021, foram 42 abrigos implantados por polos geradores de tráfego.   
Nove regiões receberão cem abrigos “andorinha” 
Em setembro, a Setransp e a Emdec lançaram um novo modelo de abrigo. Chamado de “andorinha”, será implantado em nove áreas descentralizadas, substituindo pontos de embarque sem cobertura nas regiões do Amarais, Anhumas, Barão Geraldo, Campo Grande, Nova Aparecida, Ouro Verde, Sousas, Região Sudeste e Viracopos. A implantação também se dá por meio de contrapartida pela instalação de empreendimento no município.  
Adotado por ser um mobiliário de fácil implantação e manutenção, o equipamento possui estrutura metálica, bancos de concreto e identificação visual das linhas que atendem ao ponto. A acessibilidade é garantida pela sinalização tátil, piso direcional e espaço delimitado para cadeirantes.  
O programa de abrigos, que está sendo expandido pela Setransp e pela Emdec em 2021, busca solucionar, gradativamente e com as diferentes iniciativas, a demanda atual de pontos sem cobertura. São 1,5 mil pontos de embarque, que apresentam maior demanda de usuários, sem abrigos. Desse total, cerca de 1,1 mil estão localizados em vias pavimentadas e terão a implantação de abrigos priorizada.  

Geral

Centro da cidade ganha mural em prédio para exaltar a figura feminina

Publicado

em

Por

O artista Fabiano Carriero Eiras, de Campinas, realiza sua primeira pintura em uma empena – a lateral livre de um prédio – no centro da cidade. A obra pode ser vista no edifício Dona Othilia, cruzamento das avenidas Dr. Moraes Sales com Júlio de Mesquita. Trata-se do projeto “Carne de Caju – Fabiano Carriero Eiras”, premiado pelo edital ProAc Expresso da Lei Aldir Blanc n° 51/2020. A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo apoia a iniciativa. O artista terminou a pintura neste sábado, 16 de outubro, e agora está na fase de retirar os andaimes. 
A pintura tem 30m x 6.5m e a concepção poética da obra, intitulada “Carne de Caju”, tem inspiração na música “Morena Tropicana”, composta por Alceu Valença e Vicente Barreto, presente no disco Cavalo de Pau (1982). “Assim como nesta composição, a obra tem a intenção de exaltar a força, a beleza e a importância da figura feminina, sem deixar de lado a necessidade de reiterar o respeito devido a todas as mulheres, em um sentido amplo, rompendo com padrões de beleza e uniformizações estéticas”, explica o artista.
Neste projeto, premiado pelo histórico de realização em artes visuais, Carriero deu um passo à frente em sua carreira de muralista, por meio da realização de seu primeiro trabalho em uma empena. O resultado foi uma obra original com grandes proporções, que terá destaque e impacto visual na paisagem urbana. Valendo-se de técnicas de pintura com pincel, com rolo de pintura e, eventualmente, com o stencil, o artista utillizou tintas próprias para pintura de paredes externas, conferindo maior durabilidade à obra.
De maneira geral, o projeto ‘Carne de Caju’ busca ampliar o acesso à cultura, construindo com a população o entendimento de que a pintura de empena e o muralismo ressignificam a urbanização, transformando a paisagem formada pelos prédios em uma exposição a céu aberto que reúne uma arte viva e genuinamente pública”, disse o artista.
Sobre o artista
Fabiano Carriero nasceu em Campinas em 1981 e passou parte da infância e adolescência em em Araruama-RJ, onde aprendeu muito com a vivência de moleque descalço. De volta à cidade em 2003, fez cursos de HQ e caricatura na Escola Pandora, com os cartunistas Bira Dantas e Paulo Branco.
A partir de 2007, Carriero manteve assiduamente o seu “cantinho” na Praça Imprensa Fluminense, o Centro de Convivência de Campinas, onde todo fim de semana é realizada a Feira Hippie. Até pouco antes da pandemia, o artista expunha seus trabalhos no local, divulgando a produção para um enorme número de pessoas interessadas em artes, artesanato, quitutes e antiguidades. Começou nesta feira como caricaturista, mas nos últimos tempos focou mais na venda de quadros e gravuras, conquistando, assim, não só um viver da arte, mas também a possibilidade de espalhar a reflexão de uma obra.
Em 2011, Carriero inaugurou seu primeiro ateliê, localizado na Av. Barão de Itapura, espaço em que realizou inúmeros debates artísticos, nove exposições, muitos encontros e feiras, e onde ficou até meados de 2014. Um ano antes, em 2013, havia ingressado na PUC-Campinas, graduando-se em Artes Visuais após alguns semestres aperfeiçoando sua técnica em gravuras, sob influência do artista e mestre Paulo Cheida Sans. Adquiriu, então, intimidade com as diferentes linguagens das artes plásticas.
Em 2016, após se formar, Carriero continuou dedicando seu tempo à pintura, à gravura e às diferentes vertentes das artes urbanas – ou públicas, como gosta de chamar – tais como “lambe-lambe”, stickers e o próprio muralismo. No mesmo ano, inaugurou um novo espaço criativo, o Ateliê Folha, localizado na Vila Industrial, local em que continuou realizando encontros, exposições e feiras até o início de 2020. 

Continue Lendo

Geral

Cruzamento da Vila Formosa será interditado totalmente nestas 3ª e 4ª

Publicado

em

Por

O bloqueio ocorre nestas terça e quarta-feiras, 19 e 20 de outubro, das 8h às 16h. Após as 16h de terça-feira, a via será liberada ao tráfego de veículos, voltando a ser interditada no dia seguinte, às 8h.    
Para desviar, os motoristas deverão utilizar as vias Antônio Guilherme da Costa e João Brasil, retornando ao trecho liberado da Rua Padre José Gaspar. O desvio também será cumprido pela linha 349 (Vila Formosa), que circula no trecho. 
Iniciada no dia 14 de outubro, a obra comandada pela Sanasa deverá se estender até o dia 31 de outubro, inclusive aos finais de semana. Neste período, os bloqueios viários serão parciais.
Agentes da Mobilidade Urbana vão sinalizar o local e orientar usuários do transporte público coletivo. Para informações de trânsito e sugestões, acesse os canais do Fale Conosco Emdec, pelo telefone 118, site (portal.emdec.com.br/faleconosco); ou baixe o aplicativo “Emdec”, disponível para download no Google Play (sistema operacional Android) e App Store (sistemas operacionais iOS). Para chamadas realizadas a partir de outra cidade ou DDD, o telefone é (19) 3731-2910. 

Continue Lendo

Geral

Rede Mário Gatti participa de audiência na Câmara Municipal

Publicado

em

Por

A direção da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar participou nesta segunda-feira, 18 de outubro, de audiência na Comissão de Saúde da Câmara Municipal para detalhar o chamamento público para seleção de entidade sem fins lucrativos para atuação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campo Grande. 

 

 

 

Cinco entidades apresentaram propostas para o desenvolvimento da área de ensino e de assistência médica na unidade, informou o presidente da Rede, Sérgio Bisogni. A documentação está em análise e vencerá a que oferecer o maior desconto percentual sobre o valor teto de R$ 16,5 milhões anuais. A contratação será pelo período de dois anos. 

 

 

 

Uma das exigências do edital é que a entidade tenha certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social em Saúde (CEBAS), ou seja, que seja reconhecida como entidade beneficente de assistência social com a finalidade de prestação de serviços nas áreas de assistência social, saúde ou educação. 

 

 

 

Bisogni explicou aos vereadores que a decisão pelo chamamento público ocorre após várias medidas, como convocação aprovados em concurso, cessão de servidores e contratação de temporários, não terem sido suficientes para enfrentar o cenário de déficit no quadro clínico . “Fizemos tudo o que foi possível dentro da legalidade, mas, mesmo assim, continuamos com falta de médicos para atender a população”, afirmou.

 

 

 

A entidade vencedora do chamamento público terá que garantir quadros para o atendimento total da demanda de pacientes (média diária de 450) e desenvolver atividades educacionais de preceptoria junto a programas de residência, pós-graduação e graduação conveniados com a Rede Mário Gatti. A contratada também desenvolverá atividades de ensino e pesquisa para a formação e qualificação de profissionais para atuação junto ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

 

O edital prevê o número mínimo de médicos que atuarão na UPA: cinco clínicos gerais de segunda a sexta, cinco clínicos no período diurno e três no noturno e, aos sábados e domingos, sejam quatro no período diurno e três no noturno. 

 

 

Pediatras serão o mínimo de três de segunda a sexta no período diurno e dois no noturno e sábados e domingos, dois no diurno e dois no noturno. Haverá o mínimo de quatro enfermeiros no período diurno e três no noturno de segunda a domingo, e 12 técnicos de enfermagem de segunda a domingo nos dois períodos, além de uma assistente social de segunda a sexta no período diurno.

 

 

 

Na audiência, os diretores explicaram que está sendo retomada a elaboração de projeto a ser encaminhado à Câmara para a criação de cargos para a Rede e também o plano de cargos e salários, ações que foram interrompidas pela pandemia.

 

 

 

Participaram da audiência na comissão, presidida pelo vereador Paulo Haddad, além do presidente da Rede, o diretor de Urgência e Emergência Steno Pieri e a diretora jurídica Daniela Fonseca Calado Nunes.

Continue Lendo

Populares