Connect with us

Geral

Sinfônica tem participação do violinista Freddy Montero no fim de semana

Published

on

Um repertório vigoroso, expressivo, carregado de nuances sonoras, está na pauta dos próximos concertos da Orquestra Sinfônica de Campinas que acontecem no sábado, 30 de junho, às 20h, e no domingo, 1º de julho, às 11h, no Teatro Castro Mendes. Sob a batuta do maestro Victor Hugo Toro, os músicos recebem o violinista convidado Freddy Varela Montero. O solista irá interpretar o Concerto para Violino em Ré menor, de Aram Khachaturian (1903-1978).

 

 

O programa reúne, ainda, a famosa abertura do Festival Acadêmico, de Johannes Brahms (1833-1897), e obras emblemáticas do maior compositor finlandês da história, Jean Sibelius (1865-1957), com quatro poemas sinfônicos que remetem à história e à mitologia daquele país.

 

 

O solista

 

Spalla da Orquestra Estável do Teatro Colón de Buenos Aires, o violinista Freddy Varela Montero iniciou seus estudos aos sete anos em sua cidade natal, Concepcion, no Chile. Aos 12 recebeu uma bolsa de estudos da fundação de amigos do Teatro Municipal de Santiago do Chile para ter aulas com o professor Ruben Sierra na Universidade Católica do Chile. Recebeu premiações ainda quando jovem além de bolsa de estudos para continuar seus estudos com Danel Heifetz, em Pittsburg, nos Estados Unidos.

 

Como solista, apresentou-se com orquestras no Chile, Brasil, Argentina, Uruguai, Peru e Estados Unidos. Desde de 2011 é diretor da Camerata Bariloche que se apresenta em todo o continente americano, além de receber prêmios do Grammy Latino de seus discos gravados. É membro do Opus Trio, grupo de música de câmara com apresentações em toda a Argentina.

 

 

 

Obras

(considerações do pesquisador Leonardo de Oliveira)

 

 

Johannes Brahms (1833-1897)

Abertura Festival Acadêmico

No auge de sua carreira, Brahms passou a ser reconhecido não apenas pelo público, mas também por instituições ocidentais. Entre elas, a Universidade da Breslávia, que hoje encontra-se em território Polonês que o homenageia conferindo-lhe o título de doutor honorário em música. Em agradecimento, o compositor escreve a abertura hoje apresentada. Como é exposto pelo título da obra, seu caráter é festivo, enérgico em que o mote são temas populares das canções dos estudantes.

 

 

 

 

Aram Khachaturian (1903-1978)

Concerto para Violino em Ré menor

Dentre os concertos para violino do século 20, esse certamente é um dos mais conhecidos do repertório e sua fama também sobrevive em nosso século. Em 1941, a obra recebeu o prêmio Stalin para artes e foi reconhecida também em outros países nas décadas seguintes. Sua música é repleta de representações imagéticas e cheia de movimento, energia e expressividade dramática. Notamos uma grande variedade e riqueza de melodias, ritmos que o proporcionou grande reconhecimento.

 

 

Jean Sibelius (1865-1957)

Karelia, Abertura, Op. 10

Valse Triste, Op. 44, nº 1

O Cisne de Tuonela

Finlândia, Op. 26

 

 

A Finlândia, não diferente de outros países nórdicos, possui índices de medições de desenvolvimento elevados. Assim como a sua economia forte, o país tem um espaço em nosso imaginário coletivo como sendo um dos melhores lugares do mundo para se morar: escolas de qualidade, acesso à saúde para todos, transporte de qualidade. O país foi construído a partir da luta e buscou a independência do império russo que o submetia ao seu domínio. Declarou, assim, sua independência em 6 de dezembro de 1917 e foi reconhecida pelo Tratado de Brest-Litovski, assinado em 3 de março de 1918. Para comemoração dos 100 anos de independência do país, a OSMC dedica a segunda parte do programa exclusivamente a Jean Sibelius, significativo compositor e ícone musical do país.

 

 

Sibelius foi um compositor conhecido não apenas em seu país natal, mas também pelo mundo. Suas composições são diretamente influenciadas pelos contextos históricos e culturais no país em que foi criado, mesmo não se identificando completamente com os movimentos musicais da época. Por isso, saber que o território que hoje é a Finlândia já foi um dia parte da Suécia e, por conta das guerras napoleônicas, passou a ser um grão-ducado do império russo, é significativo ter uma escuta atenta.

 

 

Programa

 

 

Johannes Brahms (1833-1897)

Abertura Festival Acadêmico – 10’

 

 

Aram Khachaturian (1903-1978)

Concerto para Violino em Ré menor – 35’

Allegro con fermezza

Andante sostenuto

Allegro vivace

 

 

Jean Sibelius (1865-1957)

Karelia, Abertura, Op. 10 – 9’

Valse Triste, Op. 44, N.º 1 – 6’

O Cisne de Tuonela – 10’

Finlândia, Op. 26 – 8’

 

 

 

 

Serviço

 

Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas

Regência: Victor Hugo Toro

Solista: Freddy Varela Montero, violino

Quando: sábado, 30 de junho, às 20h; domingo,1º de julho, às 11h.

Onde: Teatro Castro Mendes (Praça Corrêa de Lemos,s/n. Vila Industrial. Campinas). Telefone (19) 3272.9359.

Ingressos: sábado – R$30,00 (inteira), R$ 15,00 (estudantes, aposentados), R$ 10,00 (professores das escolas públicas e privadas de Campinas e das cidades da Região Metropolitana, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiências), R$ 5,00 (estudantes das redes municipal e estadual).

 

 

Valor promocional aos domingos: R$ 6,00 (inteira), R$ 3,00 (meia entrada); R$ 2,00 (professores das escolas públicas e privadas de Campinas e das cidades da Região Metropolitana, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiências); R$ 1,00 (estudantes das redes municipal e estadual).

Os ingressos serão vendidos de quinta a sábado, das 16h às 21h, e no domingo, a partir das 10h.

Geral

Lei amplia para 700 as vias que podem mesclar uso residencial e comercial

Published

on

By

 

 

A entrada em vigor da Lei Complementar 304/2021, em junho deste ano, ampliou a permissão para instalar novas atividades em vias coletoras de

Campinas. Como resultado, 2.375 comércios, serviços e entidades podem agora funcionar em ruas secundárias que levam o tráfego para as grandes avenidas de bairros.

 

 

Com a medida, mais de 700 vias passaram a ter potencial econômico reforçado em regiões como Campo Grande, Ouro Verde, Taquaral, Vila Brandina, entre outros, reforçando o acesso da população a núcleos locais comerciais. Consulta dos endereços pode ser feita pela internet no Portal do Zoneamento On-line da Prefeitura.

 

 

A permissão de usos antes possíveis apenas nas vias arteriais (as avenidas principais) também nas vias coletoras na Zona Mista 1 expandiu em cerca de cinco vezes a possibilidade de usos mais dinâmicos nessa nova área, segundo dados da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo (Seplurb). 

 

 

Antes da lei, essas atividades eram permitidas em cerca de 130 vias dos bairros beneficiados; agora, são mais de 700 ruas e avenidas secundárias com possibilidade de mesclas de usos – comercial e residencial – fator determinante para a dinamização dos bairros.

 

 

Novas possibilidades

 

 

A nova lei permite a instalação, em vias secundárias, atividades comerciais varejistas e atacadistas, serviços e entidades institucionais considerados de média incomodidade. Nessa condição incluem-se, entre outros, supermercados, padarias, clínicas e associações, que antes só eram permitidas em avenidas/vias arteriais. 

 

 

Para saber se em determinado endereço é possível abrir o negócio pretendido, qualquer pessoa pode consultar pela Internet o “Portal do Zoneamento On-line” da Prefeitura de Campinas. A ferramenta está acessível em https://zoneamento.campinas.sp.gov.br/.

 

 

A versão atual do Portal traz os decretos e leis complementares publicadas neste ano, relacionados ao uso do solo e à hierarquia viária, que permite analisar a classificação de vias arteriais e coletoras, referentes à Zona Mista 1 em Campinas. Assim, os empresários podem realizar, de forma rápida, consulta prévia de viabilidade para abertura de empresas nos endereços de interesse.

 

 

No Zoneamento On-line também é possível consultar a abertura de empresas diretamente no Via Rápida Empresarial, da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp).

 

 

O acesso ao portal é gratuito e funciona em celulares, computadores de mesa, laptops e tablets. Não é preciso cadastro, basta entrar na página e colocar os dados do endereço a ser pesquisado.

 

Lei amplia para 700 as vias que podem mesclar usos residenciais e comerciais

 

 

Permissão expande em cinco vezes dinamização das rua e contribui para desenvolvimento de redes de serviços nos bairros

 

 

 

A entrada em vigor da Lei Complementar 304/2021, em junho deste ano, ampliou a permissão para instalar novas atividades em vias coletoras de

Campinas. Como resultado, 2.375 comércios, serviços e entidades podem agora funcionar em ruas secundárias que levam o tráfego para as grandes avenidas de bairros.

 

 

Com a medida, mais de 700 vias passaram a ter potencial econômico reforçado em regiões como Campo Grande, Ouro Verde, Taquaral, Vila Brandina, entre outros, reforçando o acesso da população a núcleos locais comerciais. Consulta dos endereços pode ser feita pela internet no Portal do Zoneamento On-line da Prefeitura.

 

 

A permissão de usos antes possíveis apenas nas vias arteriais (as avenidas principais) também nas vias coletoras na Zona Mista 1 expandiu em cerca de cinco vezes a possibilidade de usos mais dinâmicos nessa nova área, segundo dados da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo (Seplurb). 

 

 

Antes da lei, essas atividades eram permitidas em cerca de 130 vias dos bairros beneficiados; agora, são mais de 700 ruas e avenidas secundárias com possibilidade de mesclas de usos – comercial e residencial – fator determinante para a dinamização dos bairros.

 

 

Novas possibilidades

 

 

A nova lei permite a instalação, em vias secundárias, atividades comerciais varejistas e atacadistas, serviços e entidades institucionais considerados de média incomodidade. Nessa condição incluem-se, entre outros, supermercados, padarias, clínicas e associações, que antes só eram permitidas em avenidas/vias arteriais. 

 

 

Para saber se em determinado endereço é possível abrir o negócio pretendido, qualquer pessoa pode consultar pela Internet o “Portal do Zoneamento On-line” da Prefeitura de Campinas. A ferramenta está acessível em https://zoneamento.campinas.sp.gov.br/.

 

 

A versão atual do Portal traz os decretos e leis complementares publicadas neste ano, relacionados ao uso do solo e à hierarquia viária, que permite analisar a classificação de vias arteriais e coletoras, referentes à Zona Mista 1 em Campinas. Assim, os empresários podem realizar, de forma rápida, consulta prévia de viabilidade para abertura de empresas nos endereços de interesse.

 

 

No Zoneamento On-line também é possível consultar a abertura de empresas diretamente no Via Rápida Empresarial, da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp).

 

 

 

O acesso ao portal é gratuito e funciona em celulares, computadores de mesa, laptops e tablets. Não é preciso cadastro, basta entrar na página e colocar os dados do endereço a ser pesquisado.

Continue Reading

Geral

Programa GestAÇÃO é apresentado durante reunião no Salão Vermelho

Published

on

By

A secretária de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, Eliane Jocelaine Pereira, apresentou, na tarde desta terça-feira, 3 de agosto, o Programa GestAÇÃO . A reunião, no Salão Vermelho, contou com a participação de diretores, coordenadores e chefes de setor da Pasta. 

 

“A partir do apoio da Comunitas e das reuniões que temos tido, em especial com as equipes da secretaria, surgiram ideias e propostas de caminhos que podemos trilhar para a concretização de políticas públicas voltadas para a qualificação do serviço público”, explicou a secretária. “É assim que nasce o GestAÇÃO, que tem seu princípio em gestar ideias que resultarão em uma maior qualificação dos servidores e dos serviços prestados ao cidadão”, completou.

 

O Programa se caracteriza pela composição e integração das metas que vão reger o trabalho da Pasta ao longo da gestão. 

 

O eixo central do programa vai ser a metodologia de linha de cuidados com o servidor, com políticas públicas materializadas em marcos regulatórios, programas, projetos, benefícios e pesquisas, interligados da entrada até a aposentadoria dos profissionais. 

 

O programa será desenvolvido em quatro eixos: melhoria dos processos de seleção; melhoria dos processos de desenvolvimento de carreira; melhoria dos processos de desenvolvimento humano; e melhoria do ambiente de trabalho. 

 

Ainda como parte do GestAÇÃO, a criação de um Laboratório de Inovação em Gestão e Desenvolvimento Humano também será uma ferramenta importante para o engajamento dos servidores na formulação e implementação de políticas públicas voltadas à qualificação, tanto do funcionalismo como dos serviços prestados à população. “Para que as ideias se concretizem e construamos uma cultura de inovação na Administração, queremos engajar o servidor neste processo. Queremos que eles tragam suas ideias e contribuições para o nosso Laboratório de Inovação, que será um ambiente orgânico vivo, dinâmico, permanente e aberto para propostas”, disse a secretária. 

 

Entre as ações para engajar o servidor estão a produção de manuais e pesquisas; de rádio e podcasts; revistas e boletins; e mídias sociais. Também será criado um acervo, com as memórias e experiências dos servidores, além da Labteca, uma plataforma interativa e concreta do laboratório de ideias.

 

Continue Reading

Geral

Setransp/Emdec ativam semáforos no cruzamento Bragança Paulista x Itatiba

Published

on

By

A Secretaria de Transportes (Setransp) e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) ativam novos conjuntos semafóricos no cruzamento da Rua Bragança Paulista com a Rua Itatiba, na região do Jardim Novo Campos Elíseos. Os equipamentos entram em operação a partir das 10h de 10 de agosto, próxima terça-feira. 

 

 

Os novos conjuntos semafóricos também possuem foco para a travessia de pedestres. A região recebeu nova sinalização viária, tanto vertical (placas), como também horizontal (pintura de solo). 

 

 

A instalação dos equipamentos e a nova sinalização buscam aumentar a segurança durante a circulação. A região está inserida no entroncamento do Corredor BRT Perimetral com o Corredor BRT Ouro Verde, ao lado do Terminal BRT Campos Elíseos, que está em fase de finalização das obras. 

 

 

Agentes da Mobilidade Urbana da Emdec irão monitorar o trânsito na região. Técnicos semafóricos acompanharão a operação dos novos equipamentos e realizarão ajustes na programação, caso necessário. 

 

 

 

 

 

Continue Reading

Populares