Connect with us

Geral

Sinfônica e Zeca Baleiro em concerto especial no aniversário de Campinas

Publicado

em

Em comemoração aos 245 anos, que Campinas completa no próximo dia 14 de julho, a Orquestra Sinfônica Municipal fará um concerto especial de aniversário com a participação do músico Zeca Baleiro. A apresentação, gratuita, está marcada para 18h, na Concha Acústica da Lagoa do Taquaral, mantendo uma tradição que tem tornado a data um presente para os campineiros.

Os arranjos dos títulos escolhidos para o repertório foram elaborados especialmente para o concerto, que será regido pelo maestro Victor Hugo Toro. A expectativa da Secretaria de Cultura, responsável pelo evento, é de que a parceria de um maestro premiado, ladeado pelos músicos da Sinfônica, com um artista dotado de talento e carisma como o cantor e compositor maranhense resulte em um espetáculo à altura do aniversário.

A organização acredita que o comparecimento deste ano supere o do ano passado, quando dez mil pessoas prestigiaram a apresentação. Embora não seja uma exigência, está sendo sugerido que o público leve um quilo de alimento não perecível. O total arrecadado será doado para o Banco de Alimentos de Campinas.

Entre outras, estarão no programa músicas conhecidas como Telegrama, Lenha, Proibida pra Mim, Mamãe Oxum, Vapor Barato/Flor da Pele, Disritmia. “Será um encontro inesquecível”, acreditam os organizadores.

Victor Hugo Toro (regente)
Nascido em Santiago do Chile, o maestro realizou estudos de regência orquestral e graduou-se pela Faculdade de Artes da Universidade do Chile.

Foi vencedor do II Concurso Internacional de Regência Orquestral -Prêmio OSESP. Tem sido convidado a reger as mais importantes orquestras de seu país, além da OSESP, na qual foi regente assistente e apresentou importantes peças do repertório universal.
Junto ao seu importante trabalho com orquestras jovens de seu país, Victor Hugo Toro é também compositor. Suas obras têm sido interpretadas por diversos grupos sinfônicos e de câmara.

Recentemente, foi laureado pela Sociedade Brasileira de Artes, Cultura e Ensino com a Ordem do Mérito Cultural “Carlos Gomes” no grau de comendador. Também recebeu da Câmara Municipal de Campinas a medalha “Carlos Gomes”, pelos relevantes serviços prestados à cidade. Atualmente, é diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas.

Zeca Baleiro
Com melodias certeiras, arranjos elaborados e poesia em alta voltagem, Baleiro apresenta sua espirituosa visão de mundo em canções originais. Também tem se revelado sagaz intérprete de outros compositores e se envolvido em novas áreas, como a literatura e o teatro.

O maranhense Zeca Baleiro começou a carreira participando de festivais e compondo música para teatro infantil nos anos 80. Com sua mistura de ritmos e referências musicais diversas, canções líricas e a verve afiada de humor e ironia, o cantor e compositor foi recebido com entusiasmo pelo público e imprensa quando lançou seu primeiro disco, “Por Onde Andará Stephen Fry?”, em 1997, mesmo ano em ficou conhecido com a música “Flor da Pele” . A partir daí, sua carreira deslanchou.

Ao longo destes mais de vinte anos, o artista lançou onze discos de estúdio, cinco CDs ao vivo, nove DVDs e vários projetos especiais, entre os quais se destacam o disco em parceria com a poeta Hilda Hilst, Ode descontínua e remota para flauta e oboé – de Ariana para Dionísio; Café no Bule, CD em parceria com Paulo Lepetit e Naná Vasconcelos; e Zoró Zureta, projeto para crianças que inclui os CDs Zoró [bichos equisitos] Vol.1 e Zureta Vol.2 e ainda um aplicativo e o DVD de animações A Viagem da Família Zoró. Também comandou o programa de tv Baile do Baleiro, que estreou em 2016 no Canal Brasil.

Como produtor, realizou outros 21 álbuns de artistas diversos, como Sérgio Sampaio (Cruel), Antonio Vieira (O Samba é Bom), Vanusa (Vanusa Santos Flores), Odair José (Praça Tiradentes), Wado (O Ano da Serpente) e o angolano Filipe Mukenga (Nós Somos Nós). Desde 2006 mantém o selo Saravá Discos, pelo qual tem lançado projetos de perfil alternativo e seus próprios álbuns.

Artista multifacetado, Zeca Baleiro vem se dedicando também à literatura e ao teatro: tem quatro livros lançados e é autor de duas peças. Compôs trilhas para dança (Mãe Gentil, Bicho Solto Buriti Bravo, Cubo e Geraldas e Avencas), teatro (Lampião e Lancelote e Roque Santeiro) e cinema (Carmo, Oração do Amor Selvagem e 2).

Excursionou por vários países da Europa (Bélgica, Alemanha, França, Itália, Portugal, Espanha e Suíça), África (Cabo Verde e Angola) e América do Sul (Argentina e Uruguai). Tem álbuns editados em Portugal, Espanha, Argentina e França.

Participação especial
1997 – CD Acústico MTV de Gal Costa – Música “Flor da Pele”
Brésil
Calor do Brasil
Metamophoses
MPBZ by Marco Mazzola
Novo Canto
O Melhor do Acústico MTV
Palco MPB
Reggae Around the World
2003 – CD A peste negra do Nordeste, da banda Clã Nordestino – Música “Coração feito de África”
2005 – Tributo a Odair José – Vou Tirar Você Desse Lugar – Música “Eu, Você e a Praça”
2008 – CD Segundo Ato da banda O teatro Mágico – Música Xanéu N. 05
2008 – DVD “Zoombido Para Se Fazer Uma Canção – V.1” – Canções “Cigarro”, “Flores No Asfalto” e “Você só Pensa em Grana” (com Moska )
2008 – DVD Intimidade de Oswaldo Montenegro- Música Léo e Bia
2009 – DVD “Tributo a Elpídio dos Santos” – Músicas: Fogo no Rancho e Fantasia Cigana
2009 – CD “Balaio do Sampaio” – Canção “Tem Que Acontecer”
2010 – CD “Mr. Lennon” – Canção “Mother”
2012 – CD Música Popular Caiçara (Ao Vivo) do Charlie Brown Jr do – Música Proibida pra Mim (Grazon)
2019 – CD “TUDA”, de Bárbara Eugenia – Participação na música “Bagunça”

Livros
Bala na Agulha: Reflexões de boteco, pastéis de memória e outras frituras (ed. Ponto de bala, 2010)
Vida é um souvenir made in Hong Kong (ed. Ponto de bala, 2011)
A Rede Idiota e outros textos (ed. Reformatório, 2014)
Quem Tem Medo de Curupira? (cia das letrinhas, 2015)

Serviço
Orquestra Sinfônica de Campinas – Apresentação especial de aniversário da cidade
Dia: 14 de julho
Horário: 18h
Local: Concha Acústica, Parque Taquaral.
Entrada gratuita
Doação não obrigatória de um quilo de alimento não perecível para o Banco de Alimentos de Campinas

Geral

Chuva forte da sexta-feira deve prosseguir durante o final de semana

Publicado

em

Por

A chuva do fim da tarde desta sexta-feira, dia 26 de fevereiro, marcou o maior índice pluviométrico da semana em Campinas. Em cerca de 1h20 de duração da chuva, a Defesa Civil de Campinas registrou maior índice de chuvas na Avenida Orosimbo Maia, com 59,2 mm até as 19h30 desta sexta-feira. Na região central da cidade, em média, foram 36,4 mm de chuva. No Centro e do Cambuí houve granizo.

 

 

Até 19h30, a Defesa Civil foi acionada em 12 ocorrências:

 

_ na região Sul da cidade, uma de alagamento de imóvel no Parque Jambeiro e uma queda de árvore no Jardim Santa Eudóxia;

 

 

_ na área Leste, alagamentos em duas vias públicas, rua Manoella Candida de Paula no Núcleo Residencial Getúlio Vargas, e na Rodovia Engenheiro Miguel Noel Nascentes Burnier, no Parque São Quirino, alagamento de um imóvel e queda de muro no Jardim Madalena, inundação de uma residência também no Parque São Quirino, e a queda de árvore na Chácara Primavera;

 

 

_ na região Norte, alagamentos em imóvel (rua Aristides Lobo) e em uma via pública (rua Heitor Nascimento), queda de uma árvore na Cidade Universitária e também queda de um galho de árvore na Vila Aurocan.

 

 

Até o momento não há registro de feridos e desabrigados.

 

 

Alerta de tempestades

 

 

A Defesa Civil do Estado informa que, entre o sábado (27/02) e segunda-feira (1º/03), um corredor de umidade avançará pelo Estado, havendo condições para chuvas fortes e volumosas, com momentos de tempestades severas, seguidas por raios e ventos, nas Regiões de Campinas, Sorocaba e Bauru.

 

 

De acordo com boletim estadual, há previsão para elevados acumulados de 72h (80 mm) e o volume de chuva dos três últimos dias está alto (94 mm), a Defesa Civil do Estado reforça a importância de atenção especial às áreas mais vulneráveis, pois há risco de deslizamentos, desabamentos, alagamentos, enchentes e ocorrências relacionadas a raios e ventos.

 

 

A população pode se cadastrar para receber de avisos da Defesa Civil sobre alertas de risco de desastres naturais direto no celular, gratuitamente, por mensagem de texto. Basta enviar uma mensagem de texto para o número 40199 colocando o CEP no assunto. Vale ressaltar que a pessoa deverá mandar um SMS para cada CEP que deseja cadastrar, que pode ser mais de um.

 

 

Em Campinas, a Defesa Civil prossegue com o monitoramento e solicita à população que acione o serviço pelo telefone 199 em casos de ocorrências.

Continue Lendo

Geral

Região de Campinas é reclassificada e volta para fase laranja do Plano SP

Publicado

em

Por

O Governo do Estado reclassificou, nesta sexta-feira, dia 26 de fevereiro, a região de Campinas no Plano São Paulo. Com isso, a cidade volta para a Fase Laranja, em que shoppings, galerias, comércio e serviços em geral podem funcionar 8 horas por dia, entre 6h e 20h, com capacidade de 40%. A reclassificação vale a partir da próxima segunda-feira, 1º de março.

 

Nesta fase, os restaurantes e similares poderão funcionar das 6h às 20h, com 40% de ocupação. Neste momento, não haverá as 2 horas de tolerância. Já os bares não podem ter atendimento presencial, sendo permitida apenas retirada ou serviços de delivery. Demais atividades que gerem aglomeração continuam proibidas

 

A reclassificação também altera o funcionamento das escolas da rede privada. Na Fase Amarela, a capacidade em salas de aula era de 70%; na Laranja, cai para 35%. As atividades presenciais no ensino superior estão proibidas, com exceção dos cursos da área de saúde, que podem funcionar com capacidade de 100%.

 

O secretário de Justiça, Petter Panutto, explicou que na próxima segunda-feira, dia 1º, será publicado um decreto revogando a Fase Vermelha noturna na cidade. “Nós vamos revogar o decreto, porque na Fase Laranja os estabelecimentos só podem funcionar até as 20h”, disse.

 

Os serviços essenciais continuam autorizados a funcionar normalmente, entre eles farmácias, mercados, padarias, açougues, postos de combustíveis, lavanderias, meios de transporte coletivo; transportadoras, oficinas de veículos, hotéis, pousadas e outros serviços de hotelaria e pet shops.

 

Confira como ficam os serviços na Fase Laranja do Plano São Paulo:

SHOPPINGS E GALERIAS

Horário reduzido (8h) – entre 6h e 20h

Capacidade: 40%

Praças de alimentação – funcionamento de acordo com a categoria do estabelecimento.

 

COMÉRCIO

Horário reduzido (8h) – entre 6h e 20h

Capacidade: 40%

 

COMÉRCIO VAREJISTA DE MERCADORIAS: LOJAS DE CONVENIÊNCIA

VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS

Entre 6h e 20h

 

SERVIÇOS

Horário reduzido (8h) – entre 6h e 20h

Capacidade: 40%

 

CONSUMO LOCAL: RESTAURANTES E SIMILARES

Horário reduzido (8h) – entre 6h e 20h

Capacidade: 40%

 

CONSUMO LOCAL: BARES

Atividade não permitida

 

CLUBES

Horário reduzido (8h) – entre 6h e 20h

Capacidade: 40%, sem atividades coletivas

Piscinas: fechadas para recreação; abertas apenas para treinos em raias individuais.

 

PARQUES PÚBLICOS

Horário reduzido (8h) – entre 6h e 20h

Capacidade: 40%

 

SALÕES DE BELEZA E BARBEARIAS

Horário reduzido (8h) – entre 6h e 20h

Capacidade: 40%

 

ACADEMIAS DE ESPORTES DE TODAS AS MODALIDADES E CENTROS DE GINÁSTICA

Horário reduzido (8h) – entre 6h e 20h

Capacidade: 40%

 

EVENTOS, CONVENÇÕES E ATIVIDADES CULTURAIS

Horário reduzido (8h) – entre 6h e 20h

Capacidade: 40%

 

DEMAIS ATIVIDADES QUE GERAM AGLOMERAÇÃO

Não são permitidas

Continue Lendo

Geral

Sanasa faz reparo na Avenida Norte-Sul2

Publicado

em

Por

A Sanasa informa que nesta sexta-feira, 26 de fevereiro, os técnicos estão executando um reparo emergencial na Avenida José de Souza Campos (Norte-Sul), na altura do número 1.000, sentido Cambuí-Taquaral, devido ao rompimento da Subadutora Zona Sul Taquaral.
Por este motivo, o fornecimento de água foi suspenso para os seguintes bairros: Nova Campinas, Chácara da Barra, Alto da Barra, Cambuí, Novo Cambuí, Flamboyant, Jardim Carlos Gomes, Jardim Planalto, Jardim Columbia, Jardim Lúmen Christ, Vila Stanislau e Jardim Bom Retiro.
Os registros foram fechados às 11h10 e a previsão é que o fornecimento seja normalizado a partir das 22h.

Continue Lendo









<





Populares