Connect with us

Indaiatuba

Secretaria de Segurança Pública de Indaiatuba lança programa “Cidade Mais Segura”

Publicado

em

Foto: Eliandro Figueira – RIC/PMI

A Secretaria de Segurança Pública de Indaiatuba deu início este mês a um plano de ação denominado “Cidade Mais Segura”. Com as Operações Folha de pagamento, Via Estreita, Sossego nas Ruas, Viver e Cerol a população conta com a intensificação da presença da Guarda Civil no município. As ações foram planejadas para aproximar a relação da Corporação com a comunidade e trazer mais segurança e tranquilidades para os moradores de Indaiatuba. O programa foi apresentado em Coletiva de Imprensa na tarde de segunda-feira (17).

“Avaliação do Ipea colocou Indaiatuba, no último ano, entre as 10 cidades mais seguras do país e isso não é resultado somente da aplicação da tecnologia, mas do empenho dos nosso guardas que estão diariamente nas ruas cuidado da população. Nossos índices estão entre os melhores da região e do estado de São Paulo, como é o caso dos furtos e roubos de veículos em que temos o melhor resultado da RMC na taxa por 100 mil habitantes. Contamos com 310 guardas, 56 viaturas e mais de 800 horas em cursos de qualificação. A corporação realizou no último ano 6.000 operações e atendeu mais de 74 mil ligações no 153. Temos trabalhado em conjunto com as demais forças de Segurança e nos últimos 10 anos o resultado tem sido muito positivo. Nossa proposta agora é traçar o Plano de Segurança para a próxima década e, assim, valorizar o guarda e garantir ainda mais a segurança do cidadão”, destaca o prefeito Nilson Gaspar.

“Promover a segurança da população é nossa missão. Vamos reforçar o patrulhamento das ruas, avenidas e porta de escolas. O trabalho conjunto com as Forças Policiais e outras secretarias é fator determinante para garantir a eficácia das operações. Desta maneira conseguiremos proteger o cidadão de bem da ação dos criminosos”, reforça o secretário interino de Segurança Pública, Sandro de Bezerra Lima.

Operação Folha de Pagamento

A Operação Folha de Pagamento foi elaborada pela Guarda Civil e pelo Comando da 4ªCia do 47º BPMI, para prevenir o furto e o roubo nas áreas comerciais e bancárias. Será realizada constantemente no período em que os trabalhadores e aposentados recebem seus salários. A ação prevê reforço no patrulhamento policial nas regiões de maior movimento de Indaiatuba. A atuação em conjunto das duas instituições evita que as viaturas da Guarda Civil e Polícia Militar transitem pelo mesmo setor.

Operação Via Estreita

A Operação Via Estreita é realizada em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública e Secretaria de Obras e Vias Públicas, através do departamento de trânsito. O guarda civil e o agente de trânsito irão promover com mais frequência o estreitamento de vias para fiscalização de trânsito. A ação visa diminuir acidentes e segurança do tráfego de carros, motos e pedestres. Nesta operação serão fiscalizados os veículos e seus condutores, a fim de identificar os itens de segurança, conservação e combate às drogas.

Operação Sossego nas Ruas

A Operação Sossego nas Ruas acontece em parceria com a Secretaria de Segurança Pública e Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente. A Guarda Civil realizará ações semanais para coibir a perturbação do sossego. O Setor de Meio Ambiente fará a fiscalização e providências nos casos de constatação de irregularidades.

Operação Viver

A Operação Viver vai ampliar o patrulhamento nas entradas de alunos nas escolas estaduais e municipais. A operação visa reforçar a segurança dos alunos e combater o tráfico de drogas.

Operação Cerol

A Operação Cerol é uma campanha permanente e inclui ações de conscientização e de fiscalização. O objetivo é promover a conscientização do risco que o uso de linhas cortantes traz para quem utiliza e para outras pessoas, além de ser crime. Durante o ano a Defesa Civil ministra palestras em escolas e empresas. No período de férias a fiscalização é intensificada nas regiões onde tem maior concentração da prática do lazer.

Indaiatuba

NOTA 311 / COVID-19 / quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba informa hoje, 25 de fevereiro, o registro de mais quatro óbitos com diagnóstico positivo para Covid-19. Nesta data foram registradas 729 notificações suspeitas (entre hospitais, laboratórios particulares e unidades de saúde), foram confirmados mais 108 casos positivos e outros 553 tiveram resultado negativo.

Três óbitos ocorreram no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), sendo um masculino, 35 anos, internado desde o dia 16 de fevereiro, faleceu ontem (24), possuía obesidade grau III; outro homem de 83 anos, internado desde o dia 21 de fevereiro, faleceu ontem (24), possuía hipertensão; mais um homem de 83 anos também internado desde o dia 21 e foi a óbito ontem (24) possuía fibrilação arterial. No hospital em Artur Nogueira, faleceu no dia 23 uma mulher de 85 anos, internada desde o dia 1º deste mês, possuía diabetes e hipertensão. A administração municipal lamenta as mortes e presta condolência aos familiares e amigos.

Desde o início da pandemia, 14.933 pessoas contraíram a doença no município. Dessas, 14.430 são consideradas curadas ou estão em recuperação domiciliar; 355 evoluíram a óbito e 1.657 casos suspeitos aguardam resultados.

Na data de hoje há 73 internados, dos quais 48 estão confirmados para Covid-19. Do total, 38 estão em leitos clínicos e 35 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação dos leitos é a seguinte:

Leitos Clínicos

Haoc: 60%

Santa Ignês: 60%

UTI

Haoc: 92%

Santa Ignês: 100%

*Externa: 75%

MINHA SAÚDE

Ao apresentar sintomas, o cidadão pode realizar o seu atendimento online, pelo MINHA SAÚDE COVID-19. O paciente responde questionário prévio e com a suspeita, encaminhado para médico de plantão, que realiza o atendimento por vídeo, sem sair da plataforma digital e encaminha para exame em uma Unidade de Saúde.

O link do serviço está no site da Prefeitura www.indaiatuba.sp.gov.br. Para outras dúvidas basta chamar no WhatsApp da Saúde (19) 9 9779-3856.

CUIDADOS

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a necessidade de se manter os cuidados diariamente. Ao sair de casa use máscara e álcool em gel. Mantenha distanciamento social e evite aglomerações.

*Leitos externos contratados pelo município para atendimento SUS.

Continue Lendo

Indaiatuba

Prefeito Nilson Gaspar sanciona Lei para impedir fura fila da vacinação contra a Covid-19

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

O prefeito Nilson Gaspar (MDB) sancionou na tarde desta quinta-feira (25) a Lei Nº 7.555, de iniciativa dos vereadores da base. A Lei prevê punição para quem não respeitar as regras da imunização contra o Coronavírus.

O texto permite aplicação de multa no valor de 1700 Ufesp’s, que equivale a R$ 49.453,00, caso comprovada a infração da pessoa imunizada. Já para quem aplicou a vacina, se confirmado o dolo, a multa é de 850 Ufesp’s, ou seja, R$ 24.726,50.

Quando a pessoa envolvida for funcionário ou agente público, a multa será o dobro do valor previsto, além de abertura de sindicância conforme artigo 153 da Lei Complementar Municipal n° 45/2018.

Estão passíveis de penalizações, a pessoa imunizada indevidamente ou seu representante legal, aqueles que aplicarem a vacina irregularmente, e o superior imediato de quem aplicou a vacina de forma irregular. Em todos os casos o dolo tem que ser comprovado.

As penalidades previstas nesta Lei não se aplicam em casos devidamente justificados nos quais a ordem de prioridade da vacinação não foi observada para evitar o desperdício de doses da vacina. As sanções impostas pelo município não traduzem qualquer prejuízo a outras ações penais que possam surgir do ato cometido.

O Projeto de Lei foi apresentado pelos vereadores Arthur Machado Spíndola, Alexandre Carlos Peres, Décio Rocha da Silva, Jorge Luís Lepinsk, Leandro José Pinto, Luiz Carlos Chiaparine, Luiz Carlos da Silva, Othniel Harfuch, Silene Silvana Carvalini e Wilson José dos Santos), e aprovado por unanimidade na sessão realizada na Câmara Municipal de Indaiatuba em 22 de fevereiro.

Continue Lendo

Indaiatuba

Saae inicia obra de nova adutora que interligará a captação do Cupini à Eta I

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação SAAE

O Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) deu início, as obras de uma nova adutora que irá interligar a captação do Cupini, localizado no Museu da Água, com a Estação de Tratamento da Vila Avaí (ETAI).

Serão usados tubos de 450mm de diâmetro em ferro fundido para a execução da adutora, que terá a extensão de 4,2 quilômetros. O tempo previsto para sua execução é entre quatro e cinco meses, caso não haja nenhum fator imprevisto.

Esta obra irá garantir maior captação de água bruta do manancial, um reforço para o fornecimento de água tratada para toda a Zona Norte (atendida pelos mananciais: Cupini/Morungaba e pela represa do Mirim). “Essa melhoria será de grande importância nos períodos de estiagem e mostra o planejamento e comprometimento da autarquia com o munícipe”, comenta o superintendente da Autarquia, engº Sandro de Almeida Lopes Coral.

Represa do Cupini

A Represa do Cupini é a primeira captação de água do município, que abastece a cidade desde 1937. Com vazão de 21 litros por segundo na época, um motor de 25 HP movimentava as bombas, cada uma com capacidade de recalque de 12 litros por segundo, levando água ao reservatório de 400 metros cúbicos, suspenso sobre colunas a 22 metros de altura na Avenida Presidente Vargas.

Atualmente as represas do Cupini e Morungaba possuem 846m³/h de disponibilidade hídrica.

No local, encontra-se o Museu da Água, espaço referência em educação ambiental em todo o Estado de São Paulo.

Continue Lendo









<





Populares