Connect with us

Indaiatuba

Secretaria de Obras inicia reformulação de trânsito na avenida Manoel Ruz Peres

Publicado

em

Foto: divulgação

A Secretaria de Obras e Vias Públicas iniciou nesta semana a obra de reformulação de trânsito envolvendo o entorno da avenida Manoel Ruz Peres. A via receberá semáforos nas confluências com a Avenida dos Artífices e com a rua Benedito Estevam, na região do Jardim João Pioli. A reformulação também inclui mudanças de direção do trânsito e interligação de vias. O prefeito Nilson Gaspar solicitou a reorganização viária para melhorar o fluxo de veículos nessa região da cidade. As mudanças devem ser concluídas no prazo de 15 dias.

Além da desativação de rotatória e instalação dos novos semáforos, as intervenções no local ainda incluem a mudança na direção de trânsito da Avenida dos Artífices, que passará a ser de sentido único na direção da avenida Manoel Ruz Peres (sentido bairro-centro). Na semana passada a rua Benedito Estevam, que é paralela à Avenida dos Artífices, passou a ter direção única no sentido inverso (sentido centro-bairro) e ficou como via preferencial.

Outra alteração importante será a abertura de um trecho de via prolongando a rua Benedito Estevam, para a interligação com a avenida Artes e Ofícios. “Já transformamos a rua Benedito Estevam em mão única, e nesta semana nossa equipe está trabalhando no final da rua, para a abertura do trecho que possibilitará o acesso à avenida Artes e Ofícios”, explicou o secretário de Obras e Vias Públicas, Robenilton Oliveira Lima, o Dothe.

O prefeito acrescentou que a obra é necessária para dar maior fluidez ao trânsito dessa região da cidade que vem se desenvolvendo bastante nos últimos anos, com a abertura de novos bairros. “Queremos fazer o trânsito fluir melhor nesse trecho, de forma mais ordenada, para propiciar mais segurança aos condutores de veículos que trafegam pelo local”, concluiu.

Indaiatuba

NOTA 318 / COVID-19 / quinta-feira, 04 de março de 2021

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba informa hoje, 04 de março, o registro de mais 21 casos positivos de Covid-19. Além disso, foram contabilizadas 347 notificações suspeitas (entre hospitais, laboratórios particulares e unidades de saúde) e outros 91 casos descartados. Não ocorreu óbitos pela doença nas últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, 15.242 pessoas contraíram a doença no município. Desses, 14.817 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar; 361 evoluíram a óbito e 2.019 casos suspeitos aguardam resultados.

Na data de hoje há 83 internados, dos quais 64 estão confirmados para Covid-19. Do total, 45 estão em leitos clínicos e 38 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação dos leitos é a seguinte:

Leitos Clínicos

Haoc: 67%

Santa Ignês: 93%

UTI

Haoc: 100%

Santa Ignês: 100%

*Externa: 100%

MINHA SAÚDE

Ao apresentar sintomas, o cidadão pode realizar o seu atendimento online, pelo MINHA SAÚDE COVID-19. O paciente responde questionário prévio e com a suspeita, encaminhado para médico de plantão, que realiza o atendimento por vídeo, sem sair da plataforma digital e encaminha para exame em uma Unidade de Saúde.

O link do serviço está no site da Prefeitura www.indaiatuba.sp.gov.br. Para outras dúvidas basta chamar no WhatsApp da Saúde (19) 9 9779-3856.

CUIDADOS

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a necessidade de se manter os cuidados diariamente. Ao sair de casa use máscara e álcool em gel. Mantenha distanciamento social e evite aglomerações.

*Leitos externos contratados pelo município para atendimento SUS.

Continue Lendo

Indaiatuba

CPFL Energia investe R$ 20 milhões e cria Laboratório de Mobilidade Elétrica com substituição de frota operacional

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

Nos últimos anos, a CPFL Energia tem investido em projetos e pesquisas para levar inovações ao setor de mobilidade, cada vez mais sustentável e com baixa emissão de poluentes. Isso porque veículos mais eficientes e combustíveis limpos farão parte da maioria das ruas das cidades em um futuro próximo.

Entre as iniciativas da CPFL Energia, está a criação do Laboratório de Mobilidade Elétrica em Indaiatuba — cidade atendida pela CPFL Piratininga. Iniciado em 2020 para a substituição de 100% da frota convencional por veículos elétricos, o projeto piloto prevê aporte de mais de R$ 20 milhões e conta com parceria da GESEL, SENAI CIMATEC, SIEMENS, VW Caminhões e

Onibus, BYD e JAC MOTORS para fomentar os estudos e a criação da infraestrutura desse laboratório.

Serão sete fases de entregas e implementações de veículos. Em sua terceira fase, agora em março, a frota da CPFL Piratininga em Indaiatuba passará a contar com 11 veículos elétricos e 8 eletropostos. Ainda em 2021, a companhia deve somar 19 veículos 100% elétricos nas ruas. A ação e inédita no Brasil por se tratar de carros operacionais com implementos, totalmente adaptados para a operação de campo com Furgão e Picape com armários para serviços técnico-comerciais, Caminhão com Escada Central e Caminhão com Cesto Aéreo. A companhia também fará a implementação de novos eletropostos, totalizando 16 sistemas instalados para atender a demanda de recarga na região.

Hoje, a CPFL Energia conta com uma frota de aproximadamente 4.500 veículos e, com o início das substituições, a companhia já tem 15 veículos elétricos distribuídos em cidades da sua área de concessão como Indaiatuba, Campinas, São Leopoldo, Sorocaba, Ribeirão Preto e Santos.

“O projeto em Indaiatuba engloba uma série de ações estruturantes da área de inovação da CPFL no âmbito da mobilidade elétrica. Estamos trabalhando com visão de longo prazo, a fim de identificar tendências e caminhos para novos negócios em um cenário de mudanças do mercado”, afirma Renato Povia, diretor de Estratégia e Inovação da CPFL.

A ação faz parte do plano de sustentabilidade da companhia que contempla investimentos, por meio de todas as empresas do grupo, para viabilizar a transformação do setor de energia no Brasil e reduzir os impactos gerados pela natureza do seu negócio. Até 2024, o grupo tem previsão de aplicar mais de R$ 1,8 bilhão para impulsionar a transição para uma forma mais sustentável e inteligente de produzir e consumir energia, maximizando impactos positivos na comunidade e na cadeia de valor. O plano contempla, para o mesmo período, mais de R$ 45 milhões em projetos para fomentar a mobilidade elétrica no Brasil, por meio de projetos de Pesquisa e Desenvolvimento.

“Somos líderes em geração de energia renovável no Brasil e assumimos o compromisso de, até 2024, manter esse patamar de fontes renováveis e reduzir em 10% o indicador de intensidade de carbono. Indaiatuba será apenas o começo de uma grande transformação”, reforça Povia.

Mais de 90 mil clientes serão beneficiados em Indaiatuba, direta ou indiretamente, com a redução de emissão de gases poluentes e poluição sonora, após a substituição da frota da operação de campo que atende o dia a dia da população, realiza serviços técnicos comerciais e atendimentos emergenciais.

“Nosso objetivo e, em primeiro lugar, entregar um serviço de qualidade e com segurança aos clientes, mas, além disso, queremos incentivar o uso sustentável e consciente da energia. Levar esse projeto piloto para Indaiatuba reforça o nosso compromisso com a comunidade, o meio ambiente e o planeta”, afirma Carlos Zamboni Neto, presidente da CPFL Piratininga.

A iniciativa faz parte do trabalho da CPFL Energia em projetos de pesquisa e desenvolvimento, no âmbito do Programa de P&D da ANEEL.

O projeto também conta com a participação de empresas responsáveis pelo desenvolvimento e aplicação de sistemas que suportem a operação da CPFL:

● SIEMENS: desenvolvimento e aplicação de carregadores para os veículos

● SENAI CIMATEC: desenvolvimento e aplicação de carrocerias considerando os implementos 100% elétricos para os veículos, como cesto aéreo para manutenção da rede elétrica

● Volkswagen: desenvolvimento de 2 caminhões elétricos que receberão as carrocerias em desenvolvimento pelo CIMATEC

● GESEL: braço acadêmico do projeto, que irá realizar estudos sobre impactos ambientais, regulação e incentivos e experiência do usuário.

Continue Lendo

Indaiatuba

Cadastro do Minha Vacina é reaberto para idosos com mais de 60 anos

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Indaiatuba informa que o cadastro do Minha Vacina para idosos com mais de 60 anos, está reaberto no site da Prefeitura. A Secretaria de Saúde ressalta que neste momento não está aberto para profissionais de saúde, somente para os idosos. A vacinação pessoas com mais de 80 anos será no sábado (6) das 9h às 16h no CET (Centro Esportivo do Trabalhador). As pessoas nessa faixa etária serão convocadas pelo e-mail de cadastro no Minha Vacina, ou podem entrar no sistema e conferir o status. É importante respeitar o horário de convocação no sistema Minha Vacina para não formar longa fila de espera.

Para ser imunizado a pessoa deve levar o QRcode do cadastro, um documento com foto e o comprovante de endereço (IPTU, conta de água ou luz) no nome da pessoa a ser vacinada ou se for parente levar um comprovante de parentesco.

Continue Lendo









<





Populares