Connect with us

Geral

RH convoca 25 agentes de ação social aprovados em processo seletivo

O Diário Oficial do Município traz na edição desta sexta-feira, 3 de julho, a convocação de 25 agentes de ação social aprovados no processo seletivo simplificado. A convocação é para a reunião de escolha de vagas, que acontecerá no dia 9 de julho, no Salão o Vermelho do Paço Municipal.

 

Dos candidatos convocados, 19 são da lista de ampla concorrência, cinco da lista especial de pessoas pretas e pardas e uma da lista especial de pessoas com deficiência.

 

Por conta da conferência dos títulos, os atendimentos serão individualizados, por isso, o candidato deve ficar atento ao horário da sua reunião.

 

Durante a reunião, os candidatos deverão apresentar, além dos documentos pessoais, a documentação referente aos títulos informados no formulário de inscrição, pelos quais receberam pontuação na classificação final do processo de seleção.

 

“Os títulos deverão comprovar a experiência que foi informada, pelo candidato, no formulário de inscrição. O candidato deverá nos apresentar o documento original – para conferência – e uma cópia simples, que ficará retida, sendo aceitos somente os comprovantes conforme consta no edital”, explicou Juliana Miorin, coordenadora de Concursos, Recrutamento e Seleção.

 

Ainda segundo Juliana, comprovada a informação cadastrada na inscrição e a experiência em atividades compatíveis com as da função de agente de ação social, a pontuação será confirmada e o candidato seguirá para a reunião de preenchimento de vagas. “Se não houver comprovação, a pontuação atribuída será retirada e o candidato será excluído do processo seletivo”, completou.

 

Os convocados que não puderem comparecer têm o direito de indicar um representante legal, que deve apresentar uma procuração simples, além da sua documentação pessoal e do candidato. O não comparecimento implica na perda dos direitos referentes ao processo seletivo.

 

Após a reunião de escolha de vagas, os candidatos serão encaminhados para exame médico. A previsão é que comecem a atuar ainda no mês de julho.

 

“Esses profissionais comporão a equipe de referência de vários serviços sociosssistenciais, e neste momento de pandemia serão fundamentais para as ações emergenciais em execução na Secretaria”, disse Eliane Jocelaine Pereira, secretária de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos.

 

A relação com os nomes e os horários das reuniões está disponível na versão online do Diário Oficial, no endereço www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/ .

 

Seleção

 

Esse é o primeiro processo de seletivo realizado com a aplicação da Lei Complementar nº 250 de dezembro de 2019, que estabeleceu cotas raciais para negros nos concursos e processos seletivos da Prefeitura.

 

Mais de 2,8 mil candidatos disputaram as 25 vagas que estão sendo oferecidas. Deste total, 952 disputaram vagas da cota racial e cinco para pessoas com deficiência.

 

Os agentes serão contratados pelo prazo de até 12 meses, sem possibilidade de prorrogação. O salário desses profissionais será de R$ 2.690,79, além do auxílio alimentação de R$ 1.041,51 e vale transporte nos mesmos moldes do pago aos servidores municipais.

Populares