Connect with us

Indaiatuba

Projeto Vida Feliz faz homenagens para mães da 3ª idade

Publicado

em

Foto: Deuzeni Ceppolini PMI

O Fundo Social de Solidariedade (Funssol) da Prefeitura de Indaiatuba está apresentando no mês de maio, uma Homenagem Especial às mães dos 17 grupos atendidos pelo Fundo. Durante a visita mensal aos grupos, a equipe do Projeto Vida Feliz apresenta aos idosos histórias, curiosidades sobre mulheres que superaram obstáculos se tornaram mães. Também são apresentadas músicas para as mães com interpretação de cantores famosos e que também emociona os presentes.

A coordenadora do Projeto Vida Feliz do Funssol, Maria das Graças Araujo Mássimo explicou que todos os meses a equipe prepara cuidadosamente a atividade que irá ser desenvolvida e sempre procura levar cultura, conhecimento de forma lúdica e alegre para os integrantes. “No mês de maio, não está diferente, pois além de tudo há muita emoção”.

Entre as curiosidades apresentadas pela equipe, esta a maneira como as mães são chamadas mundo afora, por exemplo: Mater (Latin) Mutter (alemão), Mama (italiano), Madre (espanhol) Matb (russo), Mitera (grego), Mère (Francês) e Mother (Inglês) entre outros exemplos.

Também são apresentadas músicas brasileiras eternizadas e um teste (Quis) com fotos dos cantores quando eram crianças, como exemplo; o cantor e compositor Tom Jobim com a música “Eu sei que vou te amar”; “Se eu não te amasse tanto assim” música de Hebert Viana com interpretação de Ivete Sangalo e a canção “Como é grande o meu amor por você” com Roberto Carlos e na maioria das vezes os integrantes acertam as perguntas.

Os integrantes do projeto Vida Feliz, Maria das Graças Araújo Mássimo, Graziela Baz e Victor Tegério também gravaram um vídeo com uma mensagem especial para todas as mães.

No final de cada apresentação, os integrantes Graziela Baz e Victor Tegério dançam uma valsa ao som da música “Mamãe” de Agnaldo Tímoteo, que também é intérprete juntamente com Ângela Maria.

No final de cada apresentação todas as mães recebem um brinde e a mãe mais idosa é homenageada pela equipe.

Indaiatuba

Indaiatuba adere ao consórcio público para aquisição de imunizantes contra a Covid-19

Publicado

em

Por

Foto: Arquivo- Eliandro Figueira RIC/PMI

O prefeito de Indaiatuba, Nilson Gaspar (MDB) assinou na sexta-feira (5) a manifestação preliminar de interesse na participação de consórcio público para a aquisição de imunizantes contra a Covid-19, além de medicamentos equipamentos e outros insumos relacionados ao enfrentamento da Pandemia. O consórcio público será regulamentado pela Lei Federal nº 11.107 de 06 de abril de 2005 e Decreto Federal nº 6.017 de 17 de janeiro de 2007. O projeto de lei será encaminhado para câmara legislativa.

Mais de 1,7 mil municípios brasileiros já manifestaram interesse em aderir ao consórcio público para compra de vacinas contra a Covid-19. Até o fim da manhã de sexta-feira, 5, o número chegava a 1.703 municípios, incluindo 24 capitais. Essa conta abrange mais de 125 milhões de pessoas a instituição do consórcio público, batizado de CONECTAR – Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras, é liderada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e dará suporte aos municípios caso o Programa Nacional de Imunização (PNI) não consiga suprir a demanda nacional.

Diante da extrema urgência de imunizar a população, condição indispensável para o retorno à rotina, a retomada da economia, da geração de emprego e renda e também da segurança jurídica oferecida pelo STF e pelos desdobramentos de projetos no Congresso Nacional, abre-se um caminho para negociações diretas.

A FNP (Frente Nacional de Prefeitos) é uma associação de direito privado, portanto não pode adquirir vacinas em nome de Entes públicos. Além disso, pulverizar compras pelos municípios brasileiros tornará caótico e inviável processo tão urgente. Diante disso, a possibilidade que se apresenta mais promissora é a compra de imunizantes por meio de consórcio público.

Continue Lendo

Indaiatuba

Prefeitura promove reformulação de trânsito no Jardim Esplanada I

Publicado

em

Por

Foto: Eliando Figueira RIC/PMI

O Departamento de Trânsito da Secretaria de Obras e Vias Públicas iniciou nesta segunda-feira (08) uma reformulação viária no Jardim Esplanada I. A principal mudança será a instalação de uma rotatória na rua Manuel Iglesias Pila, na confluência com as ruas Antônio Tavares de Campos e alameda José Amstalden. O acesso à avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé – Marginal Direita será fechado para abrigar um estacionamento de veículos. A proposta é ordenar o trânsito no local e deixar o cruzamento mais seguro.

Segundo o prefeito Nilson Gaspar, as mudanças são necessárias para ordenar o fluxo de veículos. “Como esse é o principal acesso ao bairro e condomínios daquela região, acaba concentrando um volume de veículos grande, e isso aumenta o risco de acidentes nos cruzamentos. Com esse projeto vamos resolver o problema, deixando o trecho mais seguro para condutores de veículos e também para pedestres”, justificou o prefeito.

O secretário de Obras, Robenilton Oliveira Lima, o Dothe, informou que além da rotatória e do estacionamento, as mudanças viárias no local ainda incluem a direção de trânsito na rua Manuel Iglesias Pila, que ficou de mão única sentido centro-bairro, e na rua Antônio Tavares de Campos, que ficou de mão única sentido bairro-centro.

Outra novidade do projeto em execução é que será aberto um acesso para a rua Carlos Eduardo Cardoso da Silva, no início da alameda José Amstalden, sentido rodovia João Ceccon. O acesso direto da Marginal Direita para a rua Agide Scachetti deixa de existir, mas a via continua de mão dupla, assim como a rua Dr. Edmundo de Lima Pontes.

Continue Lendo

Indaiatuba

NOTA À IMPRENSA – Comunicado Educação

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

Seguindo o protocolo de orientação do Governo do Estado de São Paulo para prevenção de surtos em escolas, a Secretaria de Saúde em conjunto com a Secretaria de Educação, decidiram fechar a partir desta terça-feira, 09 de março, por 14 dias, a Creche Profº Oswaldo Antonio Tuon.

A medida tem como objetivo evitar a propagação do vírus, pois a unidade escolar apresentou três resultados positivos para Covid-19 em monitoras que atendem mais de uma sala em ambos os períodos.

Continue Lendo









<





Populares