Connect with us

Geral

Prefeitura entrega matrículas de imóveis para mais três bairros

O prefeito Jonas Donizette realizou, na manhã desta terça-feira, 4 de agosto, na Sala Azul, mais uma entrega de matrículas para três bairros dentro do Programa de Regularização Fundiária, que está sendo desenvolvido no município.

 

 

 

Em razão da pandemia do novo coronavírus, a entrega foi feita simbolicamente para três moradores dos Núcleos Residenciais Jardim Novo Ipaussurama, Parque São Quirino e Parque São Paulo.

 

 

 

Ainda nesta semana, serão entregues as outras matrículas para todas as famílias desses núcleos, num total de 130 documentos.

 

 

 

A matrícula do lote, um documento oficial emitido pelo Cartório de Registro de Imóveis em nome das famílias, é o título de propriedade, e formaliza que a pessoa é proprietária de um bem. Com o documento as pessoas têm segurança jurídica e podem contrair financiamento junto a bancos, como Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal para fazer melhorias nos imóveis, ampliar e deixar como herança para os filhos. O documento também valoriza o imóvel na hora de uma possível venda.


 

 

 

Amelina Ferreira de Souza representou os moradores e disse que estava muito feliz. “Eu estava com medo que esse dia nunca fosse chegar, mas o senhor está cumprindo com sua promessa e, em nome de todos os moradores, eu só posso agradecer e pedir que Deus o abençoe”, ressaltou.

 

 

 

O secretário de Habitação e presidente da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas), Vinicius Riverete, agradeceu o empenho da equipe.“Agradeço a todos os funcionários da Cohab-Campinas e da Secretaria de Habitação; Campinas é o município do Brasil que mais entrega matrículas”, destacou. 

 

 

 

O prefeito Jonas Donizette disse que entende a alegria das pessoas porque também veio de uma família humilde. “Sei o que representa este documento, sei que com ele vocês podem agora investir no imóvel ou deixar para os seus filhos ou netos. Ainda tenho muitos documentos como esse para entregar antes do final do meu mandato”.

 

 

 

Sobre os bairros

 

Em 1987, de Campinas aprovou, para fins de regularização fundiária, o plano de arruamento e loteamento do Núcleo Residencial Jardim Novo Ipaussurama que foi registrado em cartório com 80 lotes.

 

 

O bairro dispõe de rede de abastecimento de água potável, sistema de coleta e esgotamento sanitário, rede de energia elétrica domiciliar e de iluminação pública. Além disso, o núcleo conta ainda com serviços públicos de coleta de lixo, transporte coletivo e entrega de correspondências.

 

Em 2006, Campinas aprovou, para fins de regularização fundiária, o plano de arruamento e loteamento do Núcleo Residencial Parque São Quirino, que foi registrado em cartório com 45 lotes.

 

O bairro conta com rede de abastecimento de água potável, sistema de coleta e esgotamento sanitário, rede de energia elétrica domiciliar e de iluminação pública. O núcleo é atendido também por serviços públicos como coleta de lixo, transporte coletivo e entrega de correspondências.

 

Já o Núcleo Residencial Parque São Paulo teve início no final da década de 1980, com as primeiras moradias sendo construídas em madeira. No final da década de 1990 as moradias já eram construídas em alvenaria.

 

 

Atualmente, o bairro conta com rede de abastecimento e água executada e em condições de abastecer os lotes, sistema de coleta de esgoto, rede de energia elétrica domiciliar e de iluminação pública e também é atendido por serviços públicos como coleta e remoção de lixo. O acesso ao núcleo é pavimentado e conta com rede de drenagem pluvial.









<





Populares