Connect with us

Geral

Prefeitura e EPTV anunciam Mutirão Regional de Combate ao Aedes Aegypti

Publicado

em

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, participou na manhã desta quarta-feira, 17 de janeiro, na Sala Azul da Prefeitura, do anúncio do 3º Mutirão Regional de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti, transmissor dos vírus da dengue, zika e chikungunya. É um projeto da EPTV, afiliada da Rede Globo nas regiões de Campinas, São Carlos, Ribeirão Preto e Sul de Minas Gerais, em parceria com as prefeituras das cidades dessas quatro regiões.

 

 

 

 

“Nós temos de ter a preocupação e a dedicação no combate às arborviroses. Cada um tem que fazer sua parte, a responsabilidade é de todos. A propagação do mosquito é conhecida e, por isso, temos de ter esse envolvimento da comunidade. Esse assunto demanda todos nossos esforços. Precisamos dessa chamada coletiva, para que todos participem”, disse o prefeito Jonas Donizette

 

 

 

 

O mutirão será no dia 27 de janeiro e acontecerá simultaneamente nas 317 cidades da área de cobertura da EPTV, que representam uma população de 11 milhões de pessoas. A EPTV Campinas é responsável pela cobertura de 49 cidades, que juntas têm uma população de 4,4 milhões de pessoas.

 

 

 

 

O diretor de Relações Institucionais da EPTV, Paulo Brasileiro, disse que o objetivo é dar visibilidade ao assunto e potencializar o trabalho que já é feito pelos municípios. “Queremos dar mais relevância ao tema, colocar em pauta toda a mobilização das administrações públicas”, disse. 

 

 

 

 

Cada prefeitura decidirá como serão as ações e os pontos do mutirão em sua cidade. As atividades podem contar com mutirões de remoção de criadouros, ações educativas, entre outros. O objetivo é realizar uma mobilização contra a transmissão do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

 

 

 

 

“É um desafio todo ano, a dinâmica e os vírus têm sido diferentes. Sempre digo que um dos maiores desafios nas arboviroses é a comunicação, para que cada um entenda sua parte. Em relação às arboviroses, 80% das transmissões são domésticas. Então é essencial o cuidado com a calha, com a caixa d´água, com o vaso, entre outros”, disse o secretário municipal de Saúde, Carmino de Souza.

 

 

 

 

O secretário ressaltou que a Secretaria de Saúde não para o trabalho de combate às arboviroses durante o ano todo. Além dos indicadores de risco, por meio do qual a Secretaria planeja com inteligência as ações de combate, são feitos diversos mutirões com envolvimento de outras Secretarias. “Na área da saúde, o mais importante é verificar antes, trabalhar a prevenção, e as arboviroses têm ensinado isso”, completou Carmino. 

 

 

 

 

Também participaram a secretária municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania, Eliane Jocelaine Pereira; secretária de Educação, Solange Pelicer; o diretor da Defesa Civil, Sidnei Furtado; a diretora regional de Vigilância Epidemiológica do Estado, Márcia Pacola; a diretora do Departamento Regional de Saúde, Maria Malta; diretora da Superintedência de Controle de Endemias (Sucen), Renata Caporalle Mayo prefeitos e representantes de Prefeituras de diversas cidades, vereadores e funcionários da Prefeitura.

 

 

 

 

Mutirão em Campinas

 

Em Campinas, o Comitê de Prevenção e Controle das Arboviroses definiu o Jardim Ouro Verde, no distrito do Ouro Verde, como o local para a realização do mutirão de 27 de janeiro. A ação contará com limpeza de áreas, busca ativa de criadouros e distribuição de folhetos educativos. Haverá participação de servidores e voluntários. 

 

 

 

Trabalho contínuo

 

A Prefeitura de Campinas realiza diariamente ações de combate ao aedes aegypti. Durante 2017, as equipes visitaram 567.003 imóveis. Deste total, foram trabalhados (as equipes entraram) 311.643. No ano passado, foram teladas caixas d’água de 2.505 imóveis. Em 2017, a Secretaria de Serviços Públicos retirou 380.904 toneladas de entulhos, descartados de forma irregular, em toda a cidade. 

 

 

 

Arboviroses em Campinas

 

O balanço fechado em 9 de janeiro deste ano aponta que Campinas teve 127 casos confirmados de dengue durante todo o ano passado. O número é 96,4% menor do que o registrado em 2016, quando a cidade contabilizou 3.542 casos. 

 

 

 

Em 2017 foram registrados 49 casos de zika. No ano anterior, 2016, foram 524 casos confirmados da doença. A redução foi de 90,6%.

 

 

 

Em relação à chikungunya, Campinas teve 21 confirmações da doença. Em 2016, foram 13. 

Geral

Pedreira do Chapadão terá Feira de Orquídeas e Suculentas

Publicado

em

Por

A Feira de Orquídeas e Suculentas terá mais uma edição no sábado, dia 6 de novembro, e domingo, 7 de novembro, das 9h às 17h, na Pedreira do Chapadão. A entrada será gratuita, com uso obrigatório de máscara de proteção. Não será permitida a entrada de animais.
O evento é uma realização da Sumaré Festivais com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campinas. Os visitantes encontrarão espécies e mudas de orquídeas da época como cattleyas, oncidium, cymbidium, laelia purpurata, sapatinho e também poderão adquirir plantas raras muito apreciadas por colecionadores. Outro destaque serão as plantas suculentas em vasos e terrários, que valorizam qualquer ambiente.
Profissionais estarão de plantão para dar dicas e tirar dúvidas sobre cultivo dessas plantas. O local possui um amplo estacionamento gratuito, área de alimentação e ampla área verde e de lazer.
Doações
No local, também haverá um ponto de arrecadação de alimento não perecível para doações. Os mantimentos serão encaminhados ao Banco de Alimentos do Ceasa Campinas e distribuídos às entidades assistenciaise famílias carentes do município.
Serviço
Feira de Orquídeas e Suculentas em Campinas
Local: Pedreira do Chapadão.
Endereço: R. Dr. Alcides Carvalho, s/n – Jardim Chapadão, Campinas – SP
Datas e horários: sábado, 6/11 e domingo, 7/11, das 9h às 17h.
Entrada: gratuita
Mais informações: telefone / whatsapp : (19) 99822-1001
Facebook: @festivaldeorauideas Instagram: /festival de orquideas

Continue Lendo

Geral

Servidores concluem curso sobre captação de recursos estaduais e federais

Publicado

em

Por

A Escola de Governo e Desenvolvimento do Servidor (EGDS) encerrou nesta quarta-feira, 27 de outubro, o curso Captação de Recursos e Planejamento Estratégico. Em sua 8ª edição, a capacitação, realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Gestão e Controle, foi voltada para servidores da administração direta e indireta que trabalham com a área de convênios e captação de recursos.
Foram três aulas on-line ministradas no mês de outubro pelo diretor de Convênios da Secretaria de Gestão e Controle, Flávio Emílio Rabetti. Na área de captação de recursos, a capacitação abordou temas importantes, como políticas públicas, elaboração de propostas e acompanhamento de resultados. Já na parte de planejamento estratégico, as aulas se aprofundaram em assuntos como mapeamento organizacional, diagnóstico estratégico, janelas de oportunidade, análise dos riscos, plano de ação e análise dos resultados.
Contando com a participação de 45 servidores nesta edição, o curso é considerado essencial para a obtenção de melhores resultados. “Mais uma vez os servidores se mostraram interessados e focados na capacitação, o que se reflete nos procedimentos necessários à execução de políticas efetivas”, avaliou Flávio Rabetti. O diretor de Convênios também destacou a importância da parceria, neste projeto, com a Escola de Governo e Desenvolvimento do Servidor, órgão ligado à Secretaria Municipal de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas.

Continue Lendo

Geral

Teletrabalho foi discutido em reunião do eixo temático nesta terça, 26/10

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas de Campinas realizou  nesta terça-feira, dia 26 de outubro, reunião para discutir o teletrabalho na Prefeitura. O debate reuniu os servidores que fazem parte do Eixo Temático “Melhoria e qualidade do ambiente de trabalho” e contou também com a presença de alguns integrantes do Grupo Intersetorial de Estudos de Teletrabalho.

 

“A reunião dos eixos internos da Secretaria, assim como a participação dos representantes do Grupo Intersetorial de Estudo, é um momento importante para os estudos e discussões sobre o teletrabalho, em especial no que diz respeito a sua aplicabilidade, sua efetividade, a economicidade e também a aferição da realização dessa modalidade de trabalho”, disse a secretária da Pasta, Eliane Jocelaine Pereira.

 

Os servidores que fazem parte deste grupo iniciaram os estudos e discussões sobre a possibilidade da implantação do teletrabalho na Administração Municipal, além de outros temas como sistema de transferência/permuta; horários de trabalho; comunicação integral; trabalho em equipe; e equidade nas relações de trabalho.

 

“Além do eixo discutido, temos outros três em andamento. Esses debates são muito importantes, porque vão subsidiar o planejamento estratégico da Prefeitura, a partir do qual serão definidas as ações voltadas para o funcionalismo nos próximos anos”, explicou Milena Ranzini, coordenadora de Apoio à Gestão e Projetos Integrados.

 

 

Os outros três eixos temáticos são: Eixo 2 – Melhoria dos processos de recrutamento e seleção; Eixo 3 – Melhoria dos processos de desenvolvimento humano; e Eixo 4 – Melhoria dos processos de desenvolvimento de carreira.

 

Com base em estudos técnico temáticos, os Grupos de Estudos Intersetoriais vão contribuir para a elaboração da Nova Política Municipal de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas; no debate sobre a implementação do regime de teletrabalho permanente; e implantação das Políticas Afirmativas, que visam a inclusão, proteção, reconhecimento e estímulo dos servidores negros, indígenas, mulheres e pessoas com deficiência e LGBTQI.

 

EIXO 01. MELHORIA DA QUALIDADE DO AMBIENTE DE TRABALHO

Debater experiências que melhorem o ambiente de trabalho dos servidores públicos, proporcionando satisfação com a atividade laboral e atendendo às necessidades individuais e organizacionais.

 

EIXO 02. MELHORIA DOS PROCESSOS DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

Neste eixo, o foco é identificar possibilidades de melhoria nos processos de ingresso no serviço público, de maneira geral, e para cargos de liderança.

 

EIXO 03. MELHORIA DOS PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO HUMANO

Debate focado no tema de formação, desenvolvimento e capacitação de servidores públicos.

 

EIXO 04. MELHORIA DOS PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO DE CARREIRA

Debater como melhorar os processos de desenvolvimento de carreira e evolução funcional dos servidores para aumentar o desempenho do setor público municipal e gerar eficácia na prestação de serviços, avaliando a possibilidade de adoção de processo de avaliação de competências que contribua para a formação do banco de talentos e formação de “banco de gestores”.

Continue Lendo

Populares