Connect with us

Geral

Prefeito em exercício acompanha mutirão de limpeza e obras na AR 13

Published

on

O conjunto de serviços que estão sendo executados em sistema de mutirão na região do Jardim Florence foram vistoriados pelo prefeito em exercício, Henrique Magalhães Teixeira, na manhã desta sexta feira, dia 29 de junho. Aproveitando a mobilização de homens e maquinário, a Secretaria de Serviços Públicos, responsável pelas obras, também realiza uma série de melhorias para beneficiar os moradores daquela área da cidade.
Entre os serviços, está a construção de cinco passagens de nível para pedestres, sobre a linha férrea que separa o Residencial Sirius do Jardim Florence. O projeto de engenharia é da Secretaria de Serviços Públicos e a mão de obra é dos reeducandos do projeto “Portas para a Liberdade”. As cinco passagens estão empregando 20 reeducandos.
As ligações entre o Sírius e o Florence sobre a linha férrea proporcionarão facilidade e segurança para a população local, como destacou o prefeito em exercício: “tem crianças que moram em um bairro e precisam ir pra escola no outro. A passagem vai permitir que os estudantes façam a travessia de uma forma mais segura, sem risco de atropelamento”. Henrique também lembrou que o perigo de atravessar a via é grande porque trens de carga ainda usam o trecho da linha férrea.
O secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella, informou que, das passagens projetadas, três já estão prontas. A quarta se encontra em construção e mais uma deve ser concluída em breve. As passagens contam com corrimão e são adaptadas para portadores de necessidades especiais.
A construção das passarelas é a contrapartida da Prefeitura para com a empresa Rumo (antiga América Latina Logística – ALL, que administra as linhas férreas no país). A Rumo duplicou a ponte da Avenida John Boyd Dunlop e o acordo com a empresa prevê que a Prefeitura construa 13 passagens de nível sobre trajetos utilizados pelos trens em toda a cidade. Cinco delas ficarão na região do Jardim Florence.
Escoamento
Ainda na mesma região, o prefeito em exercício visitou a obra de extensão de uma galeria de água pluvial que foi construída sob a linha férrea e está, atualmente, em fase de aterramento. A água coletada por esta galeria vai ser direcionada para o córrego Piçarrão.
A nova galeria tem 1.200 metros de extensão, com tubos dimensionados para o escoamento da água recebida pelo espaço. A obra é importante para a população porque vai evitar que a água inunde as casas na parte mais baixa do bairro.
Henrique, Paulella e a equipe da Secretaria de Serviços Públicos também passaram pelo aterro sanitário Delta 1, onde está em execução a obra para o transbordo de chorume. A instalação vai evitar que a substância tóxica, proveniente da decomposição do lixo, seja lançada no meio ambiente.
Mutirão da AR 13
A Prefeitura de Campinas começou nesta quinta-feira, 28 de junho, um mutirão de serviços na área de abrangência da Administração Regional 13, que compreende 72 bairros, entre eles Jardim Satélite Iris e Jardim Florence. Os trabalhos compreendem tapa-buracos, limpeza de entulho em áreas públicas e roçagem e pintura de guias.
O mutirão continua nesta sexta, 29 de junho, e prosseguem nos dias 5 e 6 de julho. Só o tapa buraco chegará a nove ruas no Satélite Iris I e II e mais 11 vias no Jardim Florence I.
Um conjunto de 13 caminhões, pás carregadeiras, retro escavadeiras, e 258 homens, entre funcionários e reeducandos, estão mobilizados para o trabalho concentrado.
As áreas contempladas com o mutirão são as que se encontram em situação mais crítica, com acúmulo de entulho, mato e buracos. Ao final da operação, serão contabilizadas as quantidades de lixo retirado e buracos tapados.

Geral

Lei amplia para 700 as vias que podem mesclar uso residencial e comercial

Published

on

By

 

 

A entrada em vigor da Lei Complementar 304/2021, em junho deste ano, ampliou a permissão para instalar novas atividades em vias coletoras de

Campinas. Como resultado, 2.375 comércios, serviços e entidades podem agora funcionar em ruas secundárias que levam o tráfego para as grandes avenidas de bairros.

 

 

Com a medida, mais de 700 vias passaram a ter potencial econômico reforçado em regiões como Campo Grande, Ouro Verde, Taquaral, Vila Brandina, entre outros, reforçando o acesso da população a núcleos locais comerciais. Consulta dos endereços pode ser feita pela internet no Portal do Zoneamento On-line da Prefeitura.

 

 

A permissão de usos antes possíveis apenas nas vias arteriais (as avenidas principais) também nas vias coletoras na Zona Mista 1 expandiu em cerca de cinco vezes a possibilidade de usos mais dinâmicos nessa nova área, segundo dados da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo (Seplurb). 

 

 

Antes da lei, essas atividades eram permitidas em cerca de 130 vias dos bairros beneficiados; agora, são mais de 700 ruas e avenidas secundárias com possibilidade de mesclas de usos – comercial e residencial – fator determinante para a dinamização dos bairros.

 

 

Novas possibilidades

 

 

A nova lei permite a instalação, em vias secundárias, atividades comerciais varejistas e atacadistas, serviços e entidades institucionais considerados de média incomodidade. Nessa condição incluem-se, entre outros, supermercados, padarias, clínicas e associações, que antes só eram permitidas em avenidas/vias arteriais. 

 

 

Para saber se em determinado endereço é possível abrir o negócio pretendido, qualquer pessoa pode consultar pela Internet o “Portal do Zoneamento On-line” da Prefeitura de Campinas. A ferramenta está acessível em https://zoneamento.campinas.sp.gov.br/.

 

 

A versão atual do Portal traz os decretos e leis complementares publicadas neste ano, relacionados ao uso do solo e à hierarquia viária, que permite analisar a classificação de vias arteriais e coletoras, referentes à Zona Mista 1 em Campinas. Assim, os empresários podem realizar, de forma rápida, consulta prévia de viabilidade para abertura de empresas nos endereços de interesse.

 

 

No Zoneamento On-line também é possível consultar a abertura de empresas diretamente no Via Rápida Empresarial, da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp).

 

 

O acesso ao portal é gratuito e funciona em celulares, computadores de mesa, laptops e tablets. Não é preciso cadastro, basta entrar na página e colocar os dados do endereço a ser pesquisado.

 

Lei amplia para 700 as vias que podem mesclar usos residenciais e comerciais

 

 

Permissão expande em cinco vezes dinamização das rua e contribui para desenvolvimento de redes de serviços nos bairros

 

 

 

A entrada em vigor da Lei Complementar 304/2021, em junho deste ano, ampliou a permissão para instalar novas atividades em vias coletoras de

Campinas. Como resultado, 2.375 comércios, serviços e entidades podem agora funcionar em ruas secundárias que levam o tráfego para as grandes avenidas de bairros.

 

 

Com a medida, mais de 700 vias passaram a ter potencial econômico reforçado em regiões como Campo Grande, Ouro Verde, Taquaral, Vila Brandina, entre outros, reforçando o acesso da população a núcleos locais comerciais. Consulta dos endereços pode ser feita pela internet no Portal do Zoneamento On-line da Prefeitura.

 

 

A permissão de usos antes possíveis apenas nas vias arteriais (as avenidas principais) também nas vias coletoras na Zona Mista 1 expandiu em cerca de cinco vezes a possibilidade de usos mais dinâmicos nessa nova área, segundo dados da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo (Seplurb). 

 

 

Antes da lei, essas atividades eram permitidas em cerca de 130 vias dos bairros beneficiados; agora, são mais de 700 ruas e avenidas secundárias com possibilidade de mesclas de usos – comercial e residencial – fator determinante para a dinamização dos bairros.

 

 

Novas possibilidades

 

 

A nova lei permite a instalação, em vias secundárias, atividades comerciais varejistas e atacadistas, serviços e entidades institucionais considerados de média incomodidade. Nessa condição incluem-se, entre outros, supermercados, padarias, clínicas e associações, que antes só eram permitidas em avenidas/vias arteriais. 

 

 

Para saber se em determinado endereço é possível abrir o negócio pretendido, qualquer pessoa pode consultar pela Internet o “Portal do Zoneamento On-line” da Prefeitura de Campinas. A ferramenta está acessível em https://zoneamento.campinas.sp.gov.br/.

 

 

A versão atual do Portal traz os decretos e leis complementares publicadas neste ano, relacionados ao uso do solo e à hierarquia viária, que permite analisar a classificação de vias arteriais e coletoras, referentes à Zona Mista 1 em Campinas. Assim, os empresários podem realizar, de forma rápida, consulta prévia de viabilidade para abertura de empresas nos endereços de interesse.

 

 

No Zoneamento On-line também é possível consultar a abertura de empresas diretamente no Via Rápida Empresarial, da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp).

 

 

 

O acesso ao portal é gratuito e funciona em celulares, computadores de mesa, laptops e tablets. Não é preciso cadastro, basta entrar na página e colocar os dados do endereço a ser pesquisado.

Continue Reading

Geral

Programa GestAÇÃO é apresentado durante reunião no Salão Vermelho

Published

on

By

A secretária de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, Eliane Jocelaine Pereira, apresentou, na tarde desta terça-feira, 3 de agosto, o Programa GestAÇÃO . A reunião, no Salão Vermelho, contou com a participação de diretores, coordenadores e chefes de setor da Pasta. 

 

“A partir do apoio da Comunitas e das reuniões que temos tido, em especial com as equipes da secretaria, surgiram ideias e propostas de caminhos que podemos trilhar para a concretização de políticas públicas voltadas para a qualificação do serviço público”, explicou a secretária. “É assim que nasce o GestAÇÃO, que tem seu princípio em gestar ideias que resultarão em uma maior qualificação dos servidores e dos serviços prestados ao cidadão”, completou.

 

O Programa se caracteriza pela composição e integração das metas que vão reger o trabalho da Pasta ao longo da gestão. 

 

O eixo central do programa vai ser a metodologia de linha de cuidados com o servidor, com políticas públicas materializadas em marcos regulatórios, programas, projetos, benefícios e pesquisas, interligados da entrada até a aposentadoria dos profissionais. 

 

O programa será desenvolvido em quatro eixos: melhoria dos processos de seleção; melhoria dos processos de desenvolvimento de carreira; melhoria dos processos de desenvolvimento humano; e melhoria do ambiente de trabalho. 

 

Ainda como parte do GestAÇÃO, a criação de um Laboratório de Inovação em Gestão e Desenvolvimento Humano também será uma ferramenta importante para o engajamento dos servidores na formulação e implementação de políticas públicas voltadas à qualificação, tanto do funcionalismo como dos serviços prestados à população. “Para que as ideias se concretizem e construamos uma cultura de inovação na Administração, queremos engajar o servidor neste processo. Queremos que eles tragam suas ideias e contribuições para o nosso Laboratório de Inovação, que será um ambiente orgânico vivo, dinâmico, permanente e aberto para propostas”, disse a secretária. 

 

Entre as ações para engajar o servidor estão a produção de manuais e pesquisas; de rádio e podcasts; revistas e boletins; e mídias sociais. Também será criado um acervo, com as memórias e experiências dos servidores, além da Labteca, uma plataforma interativa e concreta do laboratório de ideias.

 

Continue Reading

Geral

Setransp/Emdec ativam semáforos no cruzamento Bragança Paulista x Itatiba

Published

on

By

A Secretaria de Transportes (Setransp) e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) ativam novos conjuntos semafóricos no cruzamento da Rua Bragança Paulista com a Rua Itatiba, na região do Jardim Novo Campos Elíseos. Os equipamentos entram em operação a partir das 10h de 10 de agosto, próxima terça-feira. 

 

 

Os novos conjuntos semafóricos também possuem foco para a travessia de pedestres. A região recebeu nova sinalização viária, tanto vertical (placas), como também horizontal (pintura de solo). 

 

 

A instalação dos equipamentos e a nova sinalização buscam aumentar a segurança durante a circulação. A região está inserida no entroncamento do Corredor BRT Perimetral com o Corredor BRT Ouro Verde, ao lado do Terminal BRT Campos Elíseos, que está em fase de finalização das obras. 

 

 

Agentes da Mobilidade Urbana da Emdec irão monitorar o trânsito na região. Técnicos semafóricos acompanharão a operação dos novos equipamentos e realizarão ajustes na programação, caso necessário. 

 

 

 

 

 

Continue Reading

Populares