Connect with us

Geral

Prefeito assina ordem de serviço para obras do novo CS do Jardim Lisa

Publicado

em

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, assinou no sábado, 22 de dezembro, a ordem de serviço para o início das obras do novo Centro de Saúde do Jardim Lisa. O vice-prefeito, Henrique Magalhães Teixeira participou do evento.

 

 

Com a nova unidade, a área de atendimento será ampliada. Hoje, parte da população que mora na abrangência do Jardim Lisa tem que buscar assistência no Centro de Saúde Valença.

 

 

“O bom de construir novos centros de saúde é que, além de poder atender a quem mora no bairro também desafoga o atendimento de outros lugares”, ressaltou o prefeito.

 

 

O novo CS terá uma área construída de 609,7 metros quadrados em um terreno de 2,9 mil metros quadrados. Atualmente, a unidade funciona em um prédio pequeno, na rua Doutor Octávio César Borghi, número 29.

 

 

O espaço foi adaptado para ser unidade de saúde e não comporta mais a demanda da população. A microrregião do Lisa tem uma população estimada de 10 mil pessoas atuais podendo chegar a 16 mil nos próximos anos.

 

 

O prefeito disse que o novo CS terá investimento de R$ 2,1 milhões. A nova unidade contará com: consultórios, salas para coordenação, reunião, expurgo, agentes de saúde, espaço para atendimento de urgência e emergência, farmácia, estacionamento, entre outros.

 

 

O CS Lisa conta com 22 profissionais, sendo três médicos, e realiza, em média, 200 atendimentos por dia. Com a nova estrutura, haverá ampliação do quadro, aumentando e qualificando a assistência.

 

 

Sem precedentes

 

 

O prefeito destacou que “não há precedentes de outras cidades que estejam investindo na área de saúde como Campinas tem feito”.

 

 

O governo entrega no primeiro trimestre de 2019 o CS Florence, Caps Parque Itália, Satélite Íris 2 e DIC 6. Também está em construção o maior Ambulatório Médico de Especialidades (AME) do Estado, que funcionará no Parque Itália, que vai equilibrar o atendimento com o Mario Gatti.

 

 

Também foram reformadas 30 unidades de saúde, além de todo o setor de leitos do Hospital Mário Gatti. Outras 13 unidades estão passando por reformas: Caps Castelo Branco e CSS Ipaussurama, São Quirino, Costa e Silva, Castelo Branco, Parque Floresta, São José, Jardim Aeroporto, Jardim Conceição, Vila Ipê, Santo Antonio, Santa Odila e Rosália. No início de 2019 será retomada a obra de reforma do CS Capivari.

 

 

Além do prédio, acrescentou o prefeito, foi liberada também a contratação de pessoal por concurso público de 100 profissionais sendo 35 deles médicos que já estarão atuando em 2019. “Neste final de ano quero dizer da alegria de trabalho feito pela população”, disse.

 

 

“É mais uma demonstração absoluta de compromisso à política de fortalecimento da atenção básica no nosso município”, disse o secretário de Saúde, Carmino de Souza. Ele lembrou as realizações na área de saúde. “o governo vai entregar praticamente 25 centros de saúde novos e já reformamos 30”.

 

 

Desde 2013 foram entregues oito novos Centros de Saúde (San Martin, Centro, Parque Oziel, São Bernardo, San Diego, Santos Dumont, Satélite Íris 1 e Perseu Leite de Barros).

 

 

Outras quatro unidades de saúde deverão ser entregues no primeiro trimestre de 2019: CS Florence, Caps Parque Itália, Satélite Íris 2 e DIC 6.

 

 

Foi entregue o Hospital de Amor, unidade em Campinas do Hospital de Câncer de Barretos.

 

 

Em construção também o PS Metropolitano, na Vila Padre Anchieta.

 

 

Outras unidades estão sendo construídas: CSS Esmeraldina, Nova América, São Cristóvão, Boa Vista. Também será construído o CS Bassoli

 

 

 

 

 

 

Geral

Emdec reforça sinalização de velocidade máxima na Av. Washington Luiz

Publicado

em

Por

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) reforçará nesta quarta-feira, 14 de abril, a sinalização da variação da velocidade máxima permitida na Avenida Washington Luiz, no trecho sentido Centro após o cruzamento com a Rua Agnaldo Macedo, no Parque Prado.

A velocidade máxima já é reduzida de 60 km/h para 50 km/h no local, contando com as devidas placas de regulamentação, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A nova placa que será instalada amplia a comunicação com os motoristas, trazendo o texto “A partir deste ponto” ao lado da indicação de “50 km/h”.

A variação da velocidade é justificada pelo maior fluxo de pedestres e veículos no entorno do Shopping Prado Boulevard, da Estação de Transferência Parque Prado, Escola Estadual Professora Neli Helena Assis de Andrade e próximo aos condomínios residenciais e estabelecimentos comerciais. Também há a Ciclovia Washington Luiz no canteiro central da avenida.

A Washington Luiz recebeu, em 2020, uma média diária de até 31 mil veículos, considerando os dois sentidos de circulação.

A nova placa abre a segunda etapa do reforço da sinalização em vias que possuem variações de velocidade, por características técnicas específicas”, explica o presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva. “A instalação deverá aumentar a segurança viária. O principal objetivo é evitar acidentes e preservar vidas. O projeto também promove maior transparência na fiscalização de trânsito”.

Vias já sinalizadas
A Washington Luiz é o oitavo eixo viário que tem a sinalização reforçada.
Outros trechos viários já foram contemplados no município:
– Avenida Lix da Cunha (24/02);
– Túnel Joá Penteado e Avenida Dr. Ruy de Almeida Barbosa (03/03);
– Avenida Cônego Antônio Roccato / Rua Sylvia da Silva Braga (10/03);
– Avenida Comendador Aladino Selmi (17/03);
– Rodovia Dr. Heitor Penteado / Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros (24/03);
– Avenida Antônio Carlos de Salles Júnior (31/03);
– Avenida Theodureto de Almeida Camargo (07/04).

Todos estes locais possuem equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade (radares) e grande fluxo de veículos.

A segunda fase do projeto alcançará, ainda, o eixo composto pela Avenida Prefeito Magalhães Teixeira e Rua Dr. Celso da Silveira Rezende.

Continue Lendo

Geral

Saúde divulga alerta de alta incidência de dengue em diversos bairros em Campinas

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde de Campinas emitiu, nesta terça-feira, dia 13 de abril, um alerta para alta incidência de casos de dengue nas regiões Sudoeste (especialmente nos bairros Jardim Profilurb e Parque Universitário de Viracopos), Noroeste (Jardim Florence II e Jardim Satélite Iris I), Norte (Bosque das Palmeiras ,Vila Boa Vista e Jardim Campineiro) e Leste (Vila Costa e Silva).

Quem mora nesses bairros citados acima deve intensificar o controle dos criadouros em suas residências para evitar o ciclo de vida e reprodução do mosquito Aedes Aegypti, já que, segundo a Secretaria de Saúde, 80% dos focos estão nos quintais e dentro de casa.

Entre os cuidados, os moradores devem manter caixa d’água fechada ou telada; limpar as calhas e, caso necessário, desentupi-as; trocar a água de vasos de plantas e lavar o recipiente com bucha e sabão para remover os ovos do mosquito.

As pessoas que têm bromélia devem regar a planta com mangueira de pressão uma vez por semana e limpar a face interna de todas as folhas (onde a água fica acumulada, o que favorece a proliferação de ovos e larvas do mosquito).

Outra recomendação é evitar o acúmulo de entulho e recicláveis. Quem precisa descartar este material, deve levar até um dos 16 ecopontos da cidade. Os endereços podem ser consultados na página http://www.campinas.sp.gov.br/governo/servicos-publicos/ecopontos/index.php.

As equipes da Secretaria de Saúde realizam diariamente, de segunda a sábado, ações de nebulização para o controle do mosquito. No entanto, o combate à dengue depende também da colaboração da população.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura publica decreto de combate contra a corrupção na Administração

Publicado

em

Por

Continue Lendo







Populares