Connect with us

Passeios & Viagens

Por que Curitiba está entre os destinos mais procurados para 2021?

Publicado

em

Pesquisa do Ministério do Turismo aponta a capital paranaense como uma das tendências de destinos no pós-pandemia; curitibanos também tem aproveitado roteiros dentro da própria cidade

O Ministério do Turismo, em conjunto com os principais sites de viagens do país, realizou uma pesquisa sobre as tendências e comportamentos de viagem dos turistas para 2021. No levantamento, foram listados 21 destinos que estão como preferências dos turistas pós-pandemia da Covid-19.

Dentre as cidades, duas paranaenses estão na lista de destinos mais procurados: Foz do Iguaçu e a capital Curitiba, ambas reconhecidas pelos seus atrativos ambientais e variedades culturais. O site Booking ainda apurou que 73% dos entrevistados pretendem fazer viagens mais curtas em 2021, o que distingue as localidades como excelentes opções para viagens rápidas.

A capital do Paraná é conhecida por ser uma cidade inteligente, sustentável e responsável. Conta com mais de 30 parques e bosques que oferecem diferentes atividades, além de uma variedade de museus, teatros e locais históricos como Museu Oscar Niemeyer, Ópera de Arame, Teatro Guaíra e o Parque Jardim Botânico, lugar mais visitado da cidade. A variedade também encontra-se na gastronomia com opções que vão desde feiras de comidas típicas aos restaurantes italianos tradicionais.

Entretanto, um dos grandes motivos dos turistas escolherem Curitiba como destino para suas viagens em 2021 está na rigorosa segurança dos protocolos contra a Covid-19 e no cumprimento das normas sanitárias que os estabelecimentos, rede hoteleira e pontos turísticos vêm adotando na cidade para garantir a proteção dos turistas e incentivar a retomada do setor.

Protocolos na rede hoteleira

Os hotéis de Curitiba também passaram por rigorosos processos de sanitização para retomarem suas atividades em julho de 2020. O Lizon Curitiba Hotel, por exemplo, implementou um túnel de desinfecção para que todos os hóspedes passem por ele antes de entrarem nas dependências do hotel.

Segundo a gerente geral do Lizon Curitiba, Denise França, o índice de hóspedes da própria cidade tem aumentado, revelando que as redes hoteleiras entraram para as opções de entretenimento local. “As pessoas têm buscado alternativas para sair de casa e fazer uma programação diferente com segurança, principalmente casais, e confiam nos protocolos de desinfecção adotados”, conta.

Além dos protocolos de biossegurança, outros fatores também estão sendo levados em consideração pelos turistas na hora de reservarem o hotel em meio à pandemia, conta a gerente. “A localização próxima aos principais pontos turísticos, o estacionamento próprio do hotel e a segurança das refeições são os três pontos que os turistas do ‘novo normal’ têm avaliado na hora da reserva, além dos protocolos de higienização”.

De acordo com ela, a localização próxima aos pontos turísticos ou região central da cidade facilitam a mobilidade dos turistas, uma vez que não precisam depender tanto de táxi ou aplicativo para transporte, além de otimizarem tempo.

“O Lizon está próximo aos principais pontos turísticos da cidade como o Parque Jardim Botânico, o Mercado Municipal, o Passeio Público, o Teatro Guaíra. Os que estão mais longe, são de fácil acesso, justamente por estarmos localizados no centro da capital. Além disso, o Lizon oferece estacionamento aos hóspedes, facilitando a mobilidade daqueles que estão viajando com carro próprio ou alugado”, completa.

Passeios & Viagens

São José da Lapa será a sede do maior parque aquático de Minas Gerais

Publicado

em

Por

Cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte, distante apenas 28 km da capital mineira, foi escolhida para receber o Aquabeat, que deve ser inaugurado no final de 2022, com piscina de ondas dupla, rio lento, toboáguas e várias outras atrações

Conhecida pela mineração de calcário, a cidade de São José da Lapa começa a ser projetada nacionalmente como um destino turístico concorrido na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O município, que fica a apenas 28 Km da capital mineira e 10 minutos do Aeroporto Internacional de Confins, foi o local escolhido para sediar o Aquabeat, que será o maior parque aquático do estado, com piscina de ondas dupla, rio lento, toboáguas de adrenalina, áreas infantis, quiosques, restaurantes, choperias e várias outras atrações.

O empreendimento, criado pelos mesmos construtores do parque aquático Minas Beach, em Raul Soares, interior de Minas Gerais, ocupará um terreno de 87 mil m² e, ainda na fase de construção, deve gerar mais de 400 empregos diretos e indiretos. As obras serão iniciadas ainda no mês de março em uma área às margens do Km 18 da rodovia MG-424, o que facilitará o acesso de visitantes oriundos de Belo Horizonte ou do Aeroporto Internacional de Confins.

De acordo com Tassar Neto, sócio do empreendimento, o local escolhido para a construção do parque não foi por acaso. “É uma localidade rica em água, ao lado de um parque ecológico e possui posição geográfica privilegiada, além da proximidade do aeroporto. A região possui clima tropical com temperaturas altas a maior parte do ano, dispondo também de belezas naturais únicas na região. São José da Lapa ainda conta com infraestrutura de excelentes rodovias pavimentadas e sem problemas de tráfego”, explica.

Prefeito comemora

Os sócios da iniciativa afirmam que a prioridade para o preenchimento das vagas para trabalhar no estabelecimento é para os habitantes de São José da Lapa, o que é motivo de comemoração para o prefeito Diego Álvaro dos Santos (Avante). “A cidade
fica muito satisfeita por receber um empreendimento como o Aquabeat, que envolve turismo, lazer, desenvolvimento econômico e, acima de tudo, criação de emprego e renda para o nosso município”, conta o chefe do executivo.

De acordo com o prefeito de São José da Lapa, a instalação do empreendimento, que tem a expectativa de receber quase 500 mil pessoas por ano, ajudará a desenvolver um setor até então não explorado pela cidade. “O nosso município está dentro da região calcária, que desenvolve atividades relacionadas aos segmentos cimenteiro e de calcinação e, junto a isso, aos serviços relacionados. Agora, passaremos a ser um polo turístico, a partir do indutor econômico que vai ser o Aquabeat, que não ficará restrito ao parque, mas impactará também na rede hoteleira, restaurantes e outros negócios que se beneficiem do turismo. E isso ajuda no crescimento da economia da cidade como um todo”, destaca Diego Álvaro do Santos (Avante).

Oportunidade

O empreendimento disponibilizou três mil títulos para os chamados sócios fundadores, que são os primeiros clientes adquirir o direito de usufruir da estrutura do parque aquático. Posteriormente, o documento poderá ser vendido para qualquer outra pessoa, o que pode se tornar uma oportunidade para investidores.

Mais informações, imagens aéreas do terreno e vídeos com a projeção de como será o empreendimento podem ser acessados pelo site www.aquabeat.com.br.

Continue Lendo

Passeios & Viagens

O que fazer em Ilhéus na Bahia?

Publicado

em

Por

Você sabe o que fazer em Ilhéus/BA quando for visitar esta cidade incrível? Assim como fizemos no texto sobre Itacaré, daremos dicas de praias, quiosques e locais interessantes para conhecer.

São pouco mais de duas horas de voo caso saia do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Importante se programar e comprar a passagem com, pelo menos, um mês de antecedência. Após isso, os valores vão aumentando gradativamente.

  • PRAIAS, QUIOSQUES E VENDEDORES AMBULANTES

A Praia dos Milionários é parada obrigatória para quem quer aproveitar o mar – que tem a temperatura ideal! É bem verdade que nos dias em que estive por lá, as ondas estavam agitadas e precisava de cuidado redobrado. Há uma grande quantidade de salva-vidas.

Quiosques como a Cabana Gabriela e a Narigas são mais conhecidas e, por consequência, mais movimentadas. Há uma grande variedade de porções, pratos para almoço, drinks e bebidas não alcoólicas.

Mas se sua ideia é menos agitação, a Cabana do Papai pode ser boa pedida, já que também conta com cardápio variado e menos aglomeração. Aliás, há certos pontos em que não há este tipo de comércio e diversos banhistas colocam seus guarda-sóis e passam o dia desta forma.

E quanto aos vendedores ambulantes, prepare-se para encontrar todo tipo de abordagem e produto. Mas até isso se transforma num charme da região e a maioria são educados e pouco evasivos.

  • OPÇÕES PARA ALIMENTAÇÃO

Fizemos um roteiro bem variado no que diz respeito ao cardápio fora dos quiosques.

  • Cabana da Empada: com opções de sucos, empadas, almoço e doces. O valor é justo e o ambiente agradável e super arejado.
  • Pizzaria Pinocchio: tem um dos melhores custos benefícios da região. O cliente pode escolher entre rodízio de massas (R$ 33,00 por pessoa) ou a la carte.
  • Kintal Pub Burger Artesanal: boa música ao vivo e um local menos badalado – para quem procura sossego. Ótimas opções de drinks e porções. Apenas o hambúrguer estava mais salgado do que deveria.
  • BurguerStock: este foi no Delivery e nos deliciamos! Com um combo que vale a pena, minha sugestão é que se deliciem com o Woodstock e o Yellow Submarine!

Se tiver tempo, passe pelo centro histórico e pela Casa de Cultura Jorge Amado e ponte Jorge Amado, só para citar alguns!

E agora, ficou mais fácil de saber o que fazer em Ilhéus? Comente com a gente!

Continue Lendo

Passeios & Viagens

O que fazer em Itacaré na Bahia?

Publicado

em

Por

Você conhece ou sabe o que fazer em Itacaré/BA? Se a resposta for não, fique tranquilo! Daremos algumas dicas a respeito desta cidade!

Desci no Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, alugamos um carro por lá e rumamos para nosso destino.

Saímos por volta das 8 da manhã e, logo no início, paramos na Fábrica Chocolate Caseiro Ilhéus e fizemos umas compras (R$ 23,00 cada 100g de chocolate). Em períodos fora da pandemia, pode-se visitar alguns pontos da fábrica e acompanhar o processo de feitura dos produtos.

A estrada é relativamente boa, com muitas paisagens e um mirante no meio do caminho.

No mirante, você estaciona o carro por R$ 10,00 e fica a vontade para tirar quantas fotos quiser – além de haver um estabelecimento onde paga-se R$ 20,00 e o valor se transforma em consumação.

Foram cerca de uma hora e meia até a Pousada Vira Canoa. Um espaço bem cuidado e cheio de vida, com valores acessíveis (pensando no grau de conforto e beleza). Além de um quarto ótimo, bar, piscina e hidromassagem, nosso pacote ainda incluía café da manhã.

O centro conta com uma infinidade de restaurantes e outros estabelecimentos – com uma vida noturna agitada, pelo menos ao que parece.

Dentre os restaurantes, conhecemos o Manga Rosa e o Núúh!! Bistrô. Dois estilos completamente diferentes de cardápio, mas que provam o cuidado e o carinho deles para com os clientes.

Mas você deve estar se perguntando… E as praias, hein?!

  • PRAIA DA CONCHA

Talvez a mais conhecida e centralizada, conta com algumas opções de Cabanas para se estabelecer enquanto curte um sol e, porque não, pede porções e faz refeições completas.

O visual tem um farol que deixa a experiência ainda mais incrível. Há quem se aventura para chegar até esta construção, mas prepare-se, pois precisará passar por diversas pedras e um caminho um tanto tortuoso.

  • PRAIA DO RESENDE

Do centro até este “Caminho das Praias” pode-se ir andando. A entrada da Praia do Resende te dá às boas vindas e prepara para toda a beleza da região. A faixa de areia não é muito grande e algumas piscinas naturais se formam, devido a grande quantidade de pedras que há no local e a força da maré.

Alugue guarda sol e cadeiras para o dia todo por R$ 20,00. Preço muito interessante e justo.

  • PRAIA DA TIRIRICA

Praia com maior faixa de areia e, também, mais frequentada que a do Resende, a Tiririca, além de exuberante, te dá a opção de caminhar pelas pedras, passar por outra pequenina praia e para chegar a nossa última parada.

  • PRAIA DO RESENDE

Água deliciosa para banho e mar agitado (por isso, cuidado), boa estrutura do quiosque e visual de encher os olhos. Para os mais radicais, pode-se fazer tirolesa e passar por cima de toda extensão de areia.

Os valores de aperitivos, refrigerantes e outros produtos, variam pouco de um local para outro. Portanto, o ideal é encontrar a praia que mais te agrade e se fixar para passar um dia inesquecível.

E você, já foi para lá? Quais outras dicas você daria para: o que fazer em Itacaré/BA

Continue Lendo

Populares