Connect with us

Policial

Polícia Militar Ambiental de Campinas e região, comemorou o dia anual das árvore

Na manhã de hoje, dia 21 de setembro de 2020, no Bairro Reforma Agrária, Valinhos, a polícia militar ambiental de Campinas e região, comemorou o dia anual das árvores e o dia do Policial Militar Ambiental.

Tivemos a presença do Subcmt do 1º Batalhão de Polícia Ambiental de São Paulo, Major Rodrigo dos Santos, 27 viaturas ambientais e mais de 80 policiais ambientais. Além das referidas comemorações referentes às datas mencionadas, hoje iniciou foi o lançamento da Operação JEQUITIBÁ – Dia da Árvore e Policia Militar Ambiental, evento que se iniciou no bairro da Reforma Agrária de Valinhos/SP, tendo a participação de autoridades militares, civis e da imprensa local. Atividade encerrou-se com as autoridades presentes e os moradores realizando o plantio de mudas nativas, dentre elas, Pau Ferro, Jequitibá, Ipê Roxo e Jatobá.

Desde o ano de 1965, por meio do Decreto Nº 55.795, foi instituído em todo território nacional a “Festa Anual das Árvores”, em substituição ao chamado Dia da Árvore, o qual é atualmente comemorado no dia 21 de setembro.

A disposição normativa trouxe como objetivo “difundir ensinamentos sobre a conservação das florestas e estimular a prática de tais ensinamentos, bem como divulgar a importância das árvores no progresso da Pátria e no bem-estar dos cidadãos”. Acrescento sem titubeios que essa preciosidade natural determina o nível de saúde e de qualidade de vida das pessoas, sendo por isso uma verdadeira fonte de energia para uma mente, corpo e espírito saudáveis.


Importa promover uma reflexão a respeito das consequências do desmatamento numa correlação direta com a função ambiental e social das árvores, e nesse sentido, lembrar que são estes seres vivos que formam as florestas, produzem o ar respirável, sombreiam e refrescam ambientes, controlam as temperaturas climáticas, regulam a umidade do ar, preservam a qualidade da água dos mananciais, fornecem alimentos, produtos para medicamentos, fibras, madeira, látex, resinas, entre tantos outros, e ainda nos presenteiam com flores e perfumes.

Preservá-las significa, resumidamente, cuidar, proteger e perpetuar toda e qualquer espécie de vida neste planeta, alinhado ao propósito constitucional para a presente e futuras gerações.

Fonte Alerta Campinas









<





Populares