Connect with us

Geral

Polícia autua estelionatário que vendia terrenos em área pública

Publicado

em

policia

Numa operação conjunta realizada pela Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas) e Guarda Municipal, foram identificados nesta terça-feira, 5 de junho, dois homens que estariam vendendo parte de uma área verde de propriedade da Prefeitura Municipal de Campinas, localizada no Jardim Fernanda, região do Aeroporto Internacional de Viracopos.

O Comerciante Orlando Rosa Ribeiro e o empresário Roberto Borges Leite, moradores no Jardim Campo Belo I, foram levados até a 2ª Delegacia Seccional de Polícia, onde foi registrado boletim de ocorrência por parcelamento ilegal de solo e estelionato.

Uma das pessoas lesadas foi o ajudante geral Eliseu Elias Barbosa. Ele contou aos policiais que comprou um terreno de 125 m2 em dezembro do ano passado mediante uma entrada de R$ 5 mil e mais 60 parcelas de R$ 500, que o negócio ilegal foi feito dentro de um escritório de advocacia e que agora esperava reaver o dinheiro.

De acordo com o coordenador do Grupo de Contenção a Ocupações Irregulares, Edison Cunha, o trabalho de fiscalização continua sendo realizado em todas as regiões do município.

“Estamos trabalhando afinados com a Guarda Municipal e o monitoramento acontece 24 horas por dia. Não vamos permitir construções irregulares e nem adensamentos. Nossas equipes estão nas ruas para impedir e combater todo tipo de irregularidade”, afirmou.

Publicidade

Segundo o secretário de Habitação e presidente da Cohab-Campinas, Samuel Rossilho, o poder público está atento. “O nosso alerta é para que, quando uma pessoa for comprar uma propriedade, ela deve procurar a Sehab ou a Cohab para obter informações. Agindo dessa forma ela não será enganada e nem vai perder dinheiro. E nós também contamos com denúncias da população”, completou.

Os telefones para informações ou denúncias são (19) 3119-9575 (Cohab) ou (19) 3119-9613 (Sehab).

Geral

Bosque dos Jequitibás recebe exposição de obra com 40 bichos metálicos

Publicado

em

Por

O Bosque dos Jequitibás recebe, a partir desta sexta-feira, 1º de julho, a exposição Vivarium, do artista visual Genivaldo Amorim, no Centro de Educação Ambiental “Professora Egle Carneiro de Oliveira Passadore”. A obra exposta é uma instalação composta por 40 peças que retratam bichos vermelhos, estranhos e indefinidos, repousando em ninhos metálicos flutuantes. A exposição ficará aberta até o dia 24 de julho, de terça a sexta-feira, das 9h às 17h, com entrada gratuita.
Para o artista Genivaldo Amorim, a obra dialoga com o contexto onde está instalada. “Para mim é muito importante que a obra faça sentido em estar em um determinado lugar, que o espaço não seja apenas um receptáculo, um abrigo, mas que seja capaz de se fundirem, obra e espaço, de tal forma que nos dê a impressão de um não existir sem o outro, ou mesmo, por mais estranho que pareça, daquilo parecer sempre ter estado ali”, diz o artista.
Essa instalação é derivada de uma exposição realizada em 2017 em um museu de Santa Catarina. Depois da temporada no Bosque dos Jequitibás, as peças serão reutilizadas para outra instalação. Essa prática, de reaproveitar o material e transformar em outra obra, é recorrente na produção do artista.
Genivaldo Amorim nasceu em Umuarama (PR), em 1973, mas vive e trabalha em Valinhos desde 1991. Atua com instalações, pintura, desenho, objetos e outras mídias. Premiado em diversos salões, editais e programas de exposições, tendo exposto em museus como Macc (Campinas SP), Casa das Onze Janelas (Belém, PA), Marco (Campo Grande, MS), MuBE (São Paulo, SP), entre outros.
Suas obras também já estiveram em exposições individuais e coletivas em museus e galerias de países como Alemanha, Camboja, Namíbia, Uruguai e Moçambique.
Serviço
Exposição “Vivarium”
Data: de 1º a 24 de julho
Horário: das 9h às 17h
Endereço: Centro de Educação Ambiental do Bosque dos Jequitibás, Rua Coronel Quirino, 2, Bosque.
Entrada gratuita

Continue Lendo

Geral

Teatro do Bosque apresenta Os Três Porquinhos em todo o mês de julho

Publicado

em

Por

O que fazer com a criançada nas férias? Ir ao Teatro Infantil “Carlito Maia”, no Bosque dos Jequitibás, que está com uma programação especial a partir deste sábado, dia 2 de julho, até 31 de julho, com a apresentação de Os Três Porquinhos. O Teatro do Bosque, como é conhecido, terá sessões de terça a sábado, às 15h30, e domingos, às 11h e 16h.
A realização é do Teatro Sotac, que está com os ingressos à venda no http://teatrosotac.com.br/. O valor é de R$ 20,00 mediante a entrega de um cupom que está no site e deve ser apresentado na bilheteria do teatro. Sem o cupom, o valor é de R$ 40,00.
Os Três Porquinhos é um dos mais famosos clássicos infantis e conta a história dos irmãos Prático, Cícero e Heitor, que decidem construir, cada qual à sua maneira, uma casinha para morar. A confusão é armada quando o Lobo Mau, com seus memoráveis e ridículos disfarces, começa a rondar a floresta. E cada porquinho passa a perceber a consequência do resultado de suas escolhas.
Serviço
Os Três Porquinhos
Dia: 2 de julho a 31 de julho
Horário:de terça a sábado às 15h30, e aos domingos às 11h e 16h.
Local: Teatro Infantil “Carlito Maia”, no Bosque dos Jequitibás – Rua Coronel Quirino, 2 – Bosque, Campinas.

Continue Lendo

Geral

Sanasa capacita 280 servidores brigadistas e cipeiros da Prefeitura

Publicado

em

Por

O Setor de Segurança do Trabalho da Sanasa iniciou o treinamento prático de 280 funcionários que integram a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) e a Brigada de Combate e Prevenção a Incêndios da Prefeitura de Campinas. A capacitação foi dividida em várias turmas mistas de Reciclagem dos Brigadistas e Formação dos Cipeiros.

 

 

A primeira, de reciclagem, contou com 39 participantes treinados no dia 22 de junho. A segunda, com 27 integrantes, foi capacitada nesta quinta-feira, dia 30 de junho. Para os meses de julho e agosto estão previstas novas turmas.

 

Publicidade

 

Além da aula prática, ministrada no campo de treinamento da Segurança do Trabalho, localizado nas Estações de Tratamento de Água (ETAs) 1 e 2, os participantes assistiram às aulas teóricas na Prefeitura. Eles receberam os conceitos sobre primeiros socorros, com tratamento imediato e provisório dado em caso de acidente ou enfermidade imprevista, até que o paciente receba os cuidados de um médico.

 

 

A segunda fase tratou da prevenção e do combate a incêndios. De acordo com o instrutor do treinamento na Sanasa, Francisco Gomes de Lima Junior, o conteúdo oferecido pela Segurança do Trabalho é importante também para ser aplicado fora do ambiente de trabalho. “Estando numa situação de risco, esses conhecimentos podem fazer a diferença”, reforçou.

Publicidade
Continue Lendo

Populares