Connect with us

Policial

Polícia autua estelionatário que vendia terrenos em área pública

Publicado

em

policia

Numa operação conjunta realizada pela Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas) e Guarda Municipal, foram identificados nesta terça-feira, 5 de junho, dois homens que estariam vendendo parte de uma área verde de propriedade da Prefeitura Municipal de Campinas, localizada no Jardim Fernanda, região do Aeroporto Internacional de Viracopos.

O Comerciante Orlando Rosa Ribeiro e o empresário Roberto Borges Leite, moradores no Jardim Campo Belo I, foram levados até a 2ª Delegacia Seccional de Polícia, onde foi registrado boletim de ocorrência por parcelamento ilegal de solo e estelionato.

Uma das pessoas lesadas foi o ajudante geral Eliseu Elias Barbosa. Ele contou aos policiais que comprou um terreno de 125 m2 em dezembro do ano passado mediante uma entrada de R$ 5 mil e mais 60 parcelas de R$ 500, que o negócio ilegal foi feito dentro de um escritório de advocacia e que agora esperava reaver o dinheiro.

De acordo com o coordenador do Grupo de Contenção a Ocupações Irregulares, Edison Cunha, o trabalho de fiscalização continua sendo realizado em todas as regiões do município.

“Estamos trabalhando afinados com a Guarda Municipal e o monitoramento acontece 24 horas por dia. Não vamos permitir construções irregulares e nem adensamentos. Nossas equipes estão nas ruas para impedir e combater todo tipo de irregularidade”, afirmou.

Segundo o secretário de Habitação e presidente da Cohab-Campinas, Samuel Rossilho, o poder público está atento. “O nosso alerta é para que, quando uma pessoa for comprar uma propriedade, ela deve procurar a Sehab ou a Cohab para obter informações. Agindo dessa forma ela não será enganada e nem vai perder dinheiro. E nós também contamos com denúncias da população”, completou.

Os telefones para informações ou denúncias são (19) 3119-9575 (Cohab) ou (19) 3119-9613 (Sehab).

Policial

Policia realiza operação na região

Publicado

em

Por

A Polícia Militar do Estado de São Paulo vem realizando ações especiais de prevenção e de repressão imediata à prática de infrações penais na circunscrição de Polícia Ostensiva do Comando de Policiamento do Interior-2 e de Polícia Judiciária do DEINTER-2, por meio dos Batalhões de Polícia Militar de Campinas e Região, nos 38 municípios que compõem a Região, por meio da OPERAÇÃO “CONJUNTA PM/PC”.

O objetivo da operação é intensificar o combate das ações delituosas, especialmente as relacionadas aos crimes de homicídio, latrocínio, roubo (inclusive o de veículos) e tráfico de drogas ilícitas, de forma conjunta entre as Forças de Segurança Estaduais (PM/PC), bem como contando com a integração de outros órgãos do Poder Público. Nesta data, como vem ocorrendo em outras cidades da região, a concentração para revista e conferência dos efetivos e distribuição das missões que serão desencadeadas durante todo dia, está ocorrendo no Largo do Rosário, em Campinas.

A prática dos crimes de homicídio, latrocínio, roubo (inclusive o de veículos) e tráfico de drogas merecem especial e constante atenção da sociedade paulista e das Instituições Policiais, em vista do impacto na preservação da vida e da integridade física das pessoas e, por conseguinte, na sensação de segurança da comunidade.

Nesse contexto, há necessidade de novas ações para captura de criminosos procurados pela justiça, intensificando ações preventivas para a apreensão de armas de fogo e de entorpecentes, bem como a saturação de espaço por meio da presença ostensiva em áreas específicas das principais cidades da região, onde a Polícia Militar empregará, de forma maciça e especial, os recursos humanos e materiais de Ações Especiais de Polícia, Força Tática, ROCAM (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas), Policiamento a Cavalo, Policiamento com Cães e indicadores criminais.

Continue Lendo

Policial

Guarda Municipal reforça segurança no entorno do estádio para dérbi

Publicado

em

Por

A Guarda Municipal de Campinas estará com um efetivo reforçado nas ruas próximas ao estádio Moisés Lucarelli, a partir do início da tarde desta quarta-feira, 5 de maio, para ações visando garantir a segurança e evitar aglomeração de pessoas no dérbi entre Ponte Preta e Guarani. A partida está marcada para as 21h, com portões fechados ao público como medida preventiva para contenção da pandemia do coronavírus (Covid-19).

Segundo o secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Christiano Biggi Dias, por causa das medidas restritivas do Plano São Paulo, a GM atuará em conjunto com a Setec (Serviços Técnicos Gerais) e a Secretaria de Planejamento e Urbanismo (Seplurb) para evitar aglomeração de torcedores nas ruas e praças próximas ao estádio.

A medida visa também inibir a presença de ambulantes no local e, ainda, notificar o comércio do entorno a fechar as portas às 20h. Serão montados bloqueios na região dos estádios para monitorar o trânsito de veículos e pessoas.
Além da GM, a Polícia Militar dará apoio à operação.

Trânsito

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) fará uma operação de trânsito no entorno do estádio para evitar a circulação de veículos. Serão oito pontos de bloqueios totais. As interdições começam a partir das 18h.

Os fechamentos ocorrem nos acessos para a Rua Casper Líbero, pelas vias Afonso Pena, Frei José de Monte Carmelo, Salvador Caruso e Fernando Costa. Também no cruzamento da Rua Capitão Pedro de Alcântara com a Rua Luzitana; e Rua Fernando Costa com a Rua Thomaz Ortale.  

A expectativa da Emdec é de encerrar os bloqueios viários por volta das 23h30. Serão sete agentes da Mobilidade Urbana em atuação, em campo. Dúvidas sobre circulação podem ser esclarecidas pelo telefone 118, o “Fale Conosco Emdec”.

Continue Lendo

Policial

Caminhoneiro morre apos acidente na Bandeirantes

Publicado

em

Por

Na madrugada dessa quinta (08), um caminhoneiro morreu após um acidente na Bandeirantes (SP-348), na altura do quilometro 92, em Campinas (SP).

De acordo com a Policia Rodoviária , ambos caminhões seguiam mesmo sentido pela rodovia. O caminhão Mercedez bens Amarelo, não se sabendo os motivos bateu na traseira da carreta.

O Corpo de Bombeiros, juntamente com a equipe de resgate da concessionária que administra a rodovia, fizeram a retirada do motorista, que ficou preso às ferragens. Porém, devido aos graves ferimentos que sofreu, morreu no local. Já o outro motorista não ficou ferido.

Policiais rodoviários preservaram o local até a chegada da Perícia Técnica, para apurar o que realmente aconteceu.

Fonte: Alerta Campinas

Continue Lendo

Populares