Connect with us

Geral

Pode faltar cerveja nos supermercados brasileiros em dezembro

Publicado

em

O aumento do consumo de bebidas alcóolicas em 2020 alinhado às dificuldades comerciais impostas pela pandemia da Covid-19 pode fazer da cerveja um produto escasso nas festas de finais de ano.

Segundo o Sincovaga-SP (sindicato do comércio varejista de São Paulo), em levantamento realizado pela consultoria Neogrid – especializada em cadeias de suprimentos – mostra que a ruptura, índice que demonstra a falta de produtos nos supermercados brasileiros, o índice de falta de cerveja nos mercados chegou a 18,92% – número recorde – em outubro e esse número pode aumentar.

Segundo o executivo da Neogrid, Robson Munhoz, o problema está na cadeia produtiva, que enfrenta problemas no fornecimento de vidro e lata para a confecção das embalagens.

“Se falta embalagem não tem como produzir e vender cerveja no mercado. É importante que a indústria e o varejo estejam compartilhando informações para que os desafios não sejam ainda maiores na cadeia de abastecimento”.

Um dos principais motivos para a falta de garrafas e a mudança nos hábitos do consumidor, as fabricantes de bebidas colocaram o pé no freio em abril e optaram por não ousar nas encomendas de garrafas e latas para o segundo semestre. As produtoras de garrafas de vidro diminuíram a extração em seus fornos e as de latas de alumínio também resolveram sentir o ânimo do mercado.

O que elas não esperavam é que o consumo aumentasse e com características diferentes das que eram percebidas antes do novo coronavírus. As pessoas pararam de beber em bares e restaurantes e passaram a comprar cervejas em supermercados e, em vez de pedir a famosa garrafa retornável de cerveja na mesa do bar, a escolha passou a ser por latinhas e garrafas one way (descartáveis). As produtoras de embalagens se viram saturadas pela demanda.

Geral

Região de Campinas regride de fase no Plano SP contra Covid-19

Publicado

em

Por

O governo do estado anunciou nesta sexta-feira(22) que o Departamento Regional de Saúde (DRS-7) de Campinas, vai regredir à fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo, aos finais de semana e feriados, e das 20h às 6h em dias úteis, passando a valer a partir de segunda-feira (25).

Aos sábados, domingos, e todos os dias úteis após às 20h apenas serviços essenciais como padarias, mercados e farmácias podem funcionar. Bares, restaurantes e comércio não poderão abrir.

Fora destes períodos, os municípios da região de Campinas também regrediram da fase amarela para a fase laranja, que não pode, por exemplo, ter a abertura de bares.

De acordo com o governo do estado a taxa de ocupação dos leitos de UTI atingiu 70,4% no Departamento Regional de Saúde (DRS-7), que tem sede em Campinas. O índice indicou que a região deveria mesmo ser reclassificada para a fase laranja.

CONFIRA COMO FICA NA FASE LARANJA

COMÉRCIO:

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

SHOPPINGS E GALERIAS:

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Praças de alimentação: funcionamento de acordo com a categoria do estabelecimento
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

SALÕES DE BELEZA E BARBEARIAS:

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

RESTAURANTES E SIMILARES – CONSUMO LOCAL

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Consumo local e atendimento exclusivo para clientes sentados
  • Venda de bebidas alcóolicas até as 20h
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico

BARES – CONSUMO LOCAL

  • Atividade não permitida

ACADEMIAS E CENTROS DE GINÁSTICA

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Agendamento prévio e hora marcada
  • Permissão apenas de aulas e práticas individuais, suspensas as aulas e práticas em grupo
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específicos

EVENTOS, CONVENÇÕES E ATIVIDADES CULTURAIS

  • Capacidade 40% limitada
  • Horário reduzido (8 horas): Após as 6h e antes das 20h
  • Obrigação de controle de acesso, hora marcada e assentos marcados
  • Assentos e filas respeitando distanciamento mínimo
  • Proibição de atividades com público em pé
  • Adoção dos protocolos geral e setorial específico

OUTRAS ATIVIDADES QUE GEREM AGLOMERAÇÃO

  • Não Permitido

Continue Lendo

Geral

Sanasa fará obra de melhoria na região do Jardim Ouro Verde

Publicado

em

Por

A Sanasa informa que, em continuidade aos trabalhos de melhoria na oferta e distribuição de água da cidade, fará o serviço de interligação de redes.

Para isso, será necessário interromper o fornecimento de água na terça-feira, dia 26 de janeiro, das 8h às 17h, para os bairros Jardim Ouro Verde e Vila Aeroporto. 

A Sanasa recomenda aos moradores que façam a reserva antecipada ao período, para que não falte água. 

Continue Lendo

Geral

Trecho da Eduardo Lane será interditado de 28 até 30 de janeiro

Publicado

em

Por

Entre os dias 28 e 30 de janeiro, quinta-feira a sábado da próxima semana, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) interditará totalmente o tráfego de veículos em trecho da Rua Eduardo Lane, no Bairro Vila Nova. Nos dias 28 e 29, o fechamento será no período das 8h até as 13h. Já no dia 30, o bloqueio começa às 8h e se estende até as 18h.  

 

 

 

A interdição da Rua Eduardo Lane será no trecho entre as vias Gonçalves Cézar e Dr. Pelágio Lobo. O local recebe trabalhos de poda e extração de árvores de grande porte, sob responsabilidade da empresa Plana Reflorestamento. 

 

 

 

A Emdec programou desvio pelas vias Gonçalves Cézar, Clóvis Bevilácqua e Dr. Pelágio Lobo. Agentes da Mobilidade Urbana monitoram o local da interdição, visando preservar a segurança viária.  

 

 

 

Para informações de trânsito e sugestões, acesse os canais do Fale Conosco Emdec, pelo telefone 118, site (portal.emdec.com.br/faleconosco) ou baixe o aplicativo “Emdec”, disponível para download no Google Play (sistema operacional Android) e App Store (sistemas operacionais iOS).  

Continue Lendo









<





Populares