Connect with us

Geral

Parte das ações do Hospital Vera Cruz é vendida para holding

Publicado

em

O Hospital Vera Cruz, referência em serviço médico hospitalar em Campinas, anuncia a parceria com a Hospital Care, que passa a deter 65% das ações do Vera Cruz. Os outros 35% se mantém com 115 médicos acionistas. O objetivo da parceria é manter a competividade entre os melhores centros de saúde do País e garantir um crescimento sustentável da marca, consagrada por sua história de 74 anos de atuação. A holding é integrada pela Bozano Investimentos, Família Horn e Cia Bozano e tem à frente o empresário Rogério Melzi, ex-presidente do grupo de educação Estácio, do Rio de Janeiro.

A iniciativa vem acompanhada de expansão no atendimento do hospital. Dois novos prédios serão erguidos na frente e ao lado, totalizando 17 mil mde áreas construídas a mais em curto e médio prazos. As obras permitirão aumentar o número de leitos de 154 oferecidos atualmente para 200 neste complexo, além de novas instalações administrativas, ambulatoriais e de emergência, bem como uma maior oferta de exames e de outros serviços médicos.  A expectativa de investimentos em aquisições e expansão é de R$ 300 milhões.

Day hospital

“Para acompanhar o atual cenário e as perspectivas do segmento da saúde, além de toda a infraestrutura renovada e setorização de áreas refeita, disponibilizaremos um day hospital, ampliaremos as especialidades que mais têm demanda – a exemplo da oncologia, cardiologia e urologia – e incorporaremos novos beneficiários ao Plano de Saúde Vera Cruz”, adianta o presidente do hospital, Dr. Gustavo Carvalho.

Os serviços do Vera Cruz dispostos ao longo da avenida Jesuíno Marcondes Machado, no bairro Nova Campinas, também entram no pacote de melhorias. Os serviços de oncologia, laboratoriais e de fisioterapia daquele “corredor” podem, de acordo com o presidente, ser ampliados.

A expansão do Hospital não se restringe aos endereços que o Vera Cruz têm hoje. Parcerias com outros hospitais de Campinas e da região, distantes até 150 quilômetros da sede campineira, não estão descartadas. O objetivo é atingir de 300 a 400 leitos na região com a marca Vera Cruz em medio prazo. De acordo com Carvalho, a partir de 2018 a diretoria lançará seu olhar para essas oportunidades.

Representação na RMC

A incorporação do Vera Cruz pela Hospital Care faz parte da estratégia do grupo em investir em hospitais de alta complexidade e com marca reconhecida em cidades do interior paulista, bem como a de erguer hospitais de baixa complexidade, além de clínicas e laboratórios. No caso dos hospitais de baixa complexidade, a Hospital Care firmou parceria com investidores locais para construir esse empreendimento.

A Hospital Care também está em fase final para concluir investimento no complexo formado pelos hospitais São Lucas e Ribeirania, de alta complexidade e que oferece 150 leitos, localizados em Ribeirão Preto.

Unidade campineira é modelo para crescimento

Conforme Carvalho, as adaptações e o processo de consolidação das novas diretrizes do Vera Cruz serão conduzidas em sistema de crescimento orgânico e servirão de modelo para os complexos que forem agrupados a seguir.

Ainda de acordo com o presidente, está em implantação uma cultura corporativa, com uma central comum de atendimento e orçamento base zero. “A Central de Serviços Compartilhados (CSC) regulará tudo o que for comum aos hospitais, a exemplo de compra de materiais, treinamento de equipes e Recursos Humanos, garantindo maior eficiência, padrão de serviços e de atendimento”, explica Carvalho.

A estratégia de aquisições e expansão foi desenhada pela turma da Bozano há cinco anos, mas o projeto ganhou fôlego após a aprovação da legislação que permite capital estrangeiro em hospitais nacionais, em janeiro de 2015.

“O Vera Cruz, com o apoio irrestrito dos seus novos sócios, reforça os princípios de qualidade, segurança do paciente, humanização, inovação e valorização dos colaboradores e médicos. O objetivo da diretoria é ter no hospital campineiro o polo principal para a construção de uma extensa rede nacional de assistência em saúde de qualidade”, frisa Carvalho.

Geral

Emdec reforça sinalização de velocidade máxima na Av. Washington Luiz

Publicado

em

Por

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) reforçará nesta quarta-feira, 14 de abril, a sinalização da variação da velocidade máxima permitida na Avenida Washington Luiz, no trecho sentido Centro após o cruzamento com a Rua Agnaldo Macedo, no Parque Prado.

A velocidade máxima já é reduzida de 60 km/h para 50 km/h no local, contando com as devidas placas de regulamentação, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A nova placa que será instalada amplia a comunicação com os motoristas, trazendo o texto “A partir deste ponto” ao lado da indicação de “50 km/h”.

A variação da velocidade é justificada pelo maior fluxo de pedestres e veículos no entorno do Shopping Prado Boulevard, da Estação de Transferência Parque Prado, Escola Estadual Professora Neli Helena Assis de Andrade e próximo aos condomínios residenciais e estabelecimentos comerciais. Também há a Ciclovia Washington Luiz no canteiro central da avenida.

A Washington Luiz recebeu, em 2020, uma média diária de até 31 mil veículos, considerando os dois sentidos de circulação.

A nova placa abre a segunda etapa do reforço da sinalização em vias que possuem variações de velocidade, por características técnicas específicas”, explica o presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva. “A instalação deverá aumentar a segurança viária. O principal objetivo é evitar acidentes e preservar vidas. O projeto também promove maior transparência na fiscalização de trânsito”.

Vias já sinalizadas
A Washington Luiz é o oitavo eixo viário que tem a sinalização reforçada.
Outros trechos viários já foram contemplados no município:
– Avenida Lix da Cunha (24/02);
– Túnel Joá Penteado e Avenida Dr. Ruy de Almeida Barbosa (03/03);
– Avenida Cônego Antônio Roccato / Rua Sylvia da Silva Braga (10/03);
– Avenida Comendador Aladino Selmi (17/03);
– Rodovia Dr. Heitor Penteado / Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros (24/03);
– Avenida Antônio Carlos de Salles Júnior (31/03);
– Avenida Theodureto de Almeida Camargo (07/04).

Todos estes locais possuem equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade (radares) e grande fluxo de veículos.

A segunda fase do projeto alcançará, ainda, o eixo composto pela Avenida Prefeito Magalhães Teixeira e Rua Dr. Celso da Silveira Rezende.

Continue Lendo

Geral

Saúde divulga alerta de alta incidência de dengue em diversos bairros em Campinas

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde de Campinas emitiu, nesta terça-feira, dia 13 de abril, um alerta para alta incidência de casos de dengue nas regiões Sudoeste (especialmente nos bairros Jardim Profilurb e Parque Universitário de Viracopos), Noroeste (Jardim Florence II e Jardim Satélite Iris I), Norte (Bosque das Palmeiras ,Vila Boa Vista e Jardim Campineiro) e Leste (Vila Costa e Silva).

Quem mora nesses bairros citados acima deve intensificar o controle dos criadouros em suas residências para evitar o ciclo de vida e reprodução do mosquito Aedes Aegypti, já que, segundo a Secretaria de Saúde, 80% dos focos estão nos quintais e dentro de casa.

Entre os cuidados, os moradores devem manter caixa d’água fechada ou telada; limpar as calhas e, caso necessário, desentupi-as; trocar a água de vasos de plantas e lavar o recipiente com bucha e sabão para remover os ovos do mosquito.

As pessoas que têm bromélia devem regar a planta com mangueira de pressão uma vez por semana e limpar a face interna de todas as folhas (onde a água fica acumulada, o que favorece a proliferação de ovos e larvas do mosquito).

Outra recomendação é evitar o acúmulo de entulho e recicláveis. Quem precisa descartar este material, deve levar até um dos 16 ecopontos da cidade. Os endereços podem ser consultados na página http://www.campinas.sp.gov.br/governo/servicos-publicos/ecopontos/index.php.

As equipes da Secretaria de Saúde realizam diariamente, de segunda a sábado, ações de nebulização para o controle do mosquito. No entanto, o combate à dengue depende também da colaboração da população.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura publica decreto de combate contra a corrupção na Administração

Publicado

em

Por

Continue Lendo







Populares