Connect with us

Geral

Parque Luciano do Valle ganha academia para pessoa com deficiência

Publicado

em

O Parque Luciano do Valle, da Vila União, conta a partir de agora com uma academia híbrida e wi-fi gratuito. A inauguração foi realizada neste domingo, dia 3 de dezembro, pelo prefeito Jonas Donizette, no Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, data instituída pela ONU (Organização das Nações Unidas) para estimular a reflexão sobre os direitos da pessoa com deficiência. A academia ao ar livre pode ser usada por qualquer pessoa acima de 12 anos e é adaptada para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

 

 

 

O prefeito Jonas Donizette destacou que as pessoas com deficiência têm o direito a viver de forma igualitária e é isso que sua Administração tem buscado proporcionar. Ressaltando programas recentes voltados às pessoas com deficiência, o prefeito lembrou que com a academia híbrida será possível que as pessoas com deficiência também possam praticar suas atividades físicas. “É mais um equipamento inclusivo que nós estamos entregando”.

Publicidade

 

 

 

A secretária Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania, Eliane Jocelaine Pereira, destacou a importância dada pela atual gestão, desde 2013, às políticas públicas para pessoas com deficiência, que compõem 28% dos habitantes de Campinas: são mais de 305 mil pessoas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida. “O ano de 2017 foi muito profícuo e por meio de parcerias e de uma visão integradora pudemos realizar inúmeras ações como o lançamento do Emprega Bem para inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho, o Tecla Samu e o projeto Ouça Bem com a Secretaria de Saúde e instituições privadas”, afirmou.

 

Publicidade

 

 

 

Durante o evento, o prefeito também falou sobre o wi-fi gratuito que já está liberado no parque. Desenvolvido pela IMA – Informática Municípios Associados -, o projeto oferece acesso de internet banda larga grátis em vários pontos públicos. O Parque é o 24º ponto com acesso à internet de graça, assim como o Paço Municipal, Largo do Rosário e Largo da Catedral. Até janeiro deste ano, o Campinas Digital tinha 1 milhão de acessos, agora tem 2 milhões e 200 mil. “Temos feito isso por toda a cidade e o mesmo sistema que funciona no Parque da Vila União é usado na Lagoa do Taquaral. É a força da inovação e vamos continuar expandido esta rede em nossa cidade”, afirmou o prefeito.

 

Publicidade

 

Academia híbrida 

 

A academia possui cinco equipamentos adaptados: máquinas de bíceps, supino, torre bicicleta, roda de ombros e barras fixas de quatro alturas. A iniciativa é uma parceria entre as Secretarias Municipais dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania; Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e Serviços Públicos.

 

Publicidade

 

 

Serão beneficiadas mais de 80 mil pessoas que usam o parque. O investimento para a instalação, no valor de R$ 17.570, veio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado por empresas com a Secretaria do Verde. Como parte do TAC estão sendo instaladas, ainda este ano, outras academias adaptadas: uma na Vila Padre Anchieta e outra na Pedreira do Chapadão. No Chapadão também será criado o primeiro parquinho híbrido para crianças.

 

 

Publicidade

 

 

O secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Rogério Menezes, lembrou que a Prefeitura de Campinas foi a primeira a incluir, em 2014, em um decreto de licenciamento ambiental, a questão da acessibilidade. “Agora estamos associando as compensações ambientais para atender necessidades da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania”, afirmou.

 

 

Publicidade

 

 

A Prefeitura já inaugurou uma academia híbrida na Lagoa do Taquaral, em fevereiro de 2015, com dez equipamentos. No Bosque dos Jequitibás e no Parque Dom Bosco foram instaladas em julho de 2016.

 

 

Publicidade

 

Wi-fi

 

Para ter acesso gratuito ao programa Campinas Digital é preciso apenas preencher um cadastro com dados do usuário. O cadastro é feito uma só vez e o usuário pode se conectar em qualquer localidade coberta pela rede. O tempo de conexão é de 45 minutos, mas o usuário pode fazer o log-in sucessivas vezes, sem qualquer limitação. A velocidade da banda é de 1 Mega por segundo.

Publicidade

Geral

Prefeitura divulga resultados de recursos dos agentes de ação social

Publicado

em

Por

A Secretaria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas divulgou, nesta terça-feira, dia 28 de junho, o resultado dos recursos dos agentes de ação social em relação à última reunião de validação dos títulos. A consulta pode ser feita pelo Diário Oficial (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/).

 

O DO também traz a convocação de uma candidata que teve o recurso deferido e poderá escolher vaga na reunião desta quarta-feira, dia 29. Os demais candidatos, convocados no dia 15 de junho terão, inicialmente, os títulos analisados e, se a pontuação obtida no processo seletivo for validada pela comissão, conforme as regras do Edital 01/2020, poderão participar da reunião de preenchimento de vagas.

 

 

Publicidade

Para isso, é importante que o candidato apresente os comprovantes completos da experiência profissional cadastrada e a declaração do empregador, validando as informações prestadas no momento em que ele se inscreveu.

 

 

As respostas aos recursos também estão sendo encaminhadas por e-mail para os candidatos.

 

Publicidade

“A candidata que teve o recurso deferido poderá escolher a vaga já na reunião de amanhã. Os demais candidatos terão primeiro a análise dos títulos apresentados e só depois escolherão vagas de acordo com a pontuação adquirida, caso a pontuação seja validada”, explicou a coordenadora de Concursos, Recrutamento e Seleção, Juliana Miorin.

 

A seleção dos agentes de ação social foi feita a partir de processo simples, sem aplicação de provas.

 

Os profissionais vão atuar na Secretaria de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos.

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Feira traz inclusão de pessoas com deficiência à Estação Cultura no sábado

Publicado

em

Por

Neste sábado, dia 2 de julho, a Estação Cultura de Campinas receberá a Feira do Empreendedor PCD (Pessoa Com Deficiência) Eficiente, organizado pela empresa Libras Visual. O evento vai reunir 37 expositores, além de 13 palestras e 10 apresentações, como desfiles de PCDs, dança do ventre, ballet com crianças cegas, entre outros, tudo com total acessibilidade para o público cego e surdo. 

 

O evento será das 9h às 17h e conta com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.

 

Campinas tem, segundo estimativas do IBGE, cerca de 28% da população, ou 345 mil pessoas, com algum tipo de deficiência: são 13 mil com deficiência intelectual, 54 mil com deficiência auditiva, 72 mil com deficiência motora e 205 mil com deficiência visual.

Publicidade

 

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos oferece os seguintes serviços à população com deficiência: 

 

– Plataforma Emprega Bem: plataforma digital on-line que aproxima as empresas dos profissionais com deficiência. 

 

Publicidade

– Cartão Bem Acessível:  documento de identificação da pessoa com deficiência que facilita o acesso prioritário aos serviços públicos municipais

 

– Programa de Acessibilidade Inclusiva: o PAI-Serviço, de transporte coletivo oferecido pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e Secretaria de Transportes de Campinas. 

 

– Guia Digital Caminhos da Inclusão: o guia aponta uma lista contendo os endereços acessíveis de Campinas: https://caminhos.campinas.sp.gov.br/. 

Publicidade

 

– Coordenadoria de Acessibilidade Arquitetônica: a Coordenadoria de Acessibilidade Arquitetônica (CAA) realiza as vistorias nos imóveis públicos ou de uso público para verificação e orientação quanto as normas de acessibilidade.  

 

– Centro de Referência da Pessoa com Deficiência: realiza o atendimento psicossocial para as pessoas com deficiência e suas famílias dando orientações sobre direitos. 

 

Publicidade

– Central de Interpretação de Libras: atende o surdo ou com deficiência auditiva, intermediando a sua comunicação com os demais serviços públicos.

 

 

Agenda das apresentações

 

Publicidade

10h – Igreja FF: Pantomima

 

10h20 – Mãos que Cantam

 

10h30 – Coral encantar com as mãos

Publicidade

 

11h20 – Andrea Rosa: A capacidade do PCD 

 

11h40 – Dança do ventre

 

Publicidade

12h10 – Sebrae Empreendedorismo

 

12h30 – História da Associação Assucamp

 

12h50 – Inclusione: Mercado de Trabalho PCD

Publicidade

 

13h10 – Lucas Carvalho PCD

 

13h30 – Cris Mendes: PCD – Inclusão 360

 

Publicidade

13h40 – Cais: Conhecer para incluir

 

14h – Balé com o Grupo sementes do Futuro – Associação Fernanda Bianchini

 

14h20 – Palestra com o Centro Cultural Louis Braille 

Publicidade

 

14h40 – Aline: Acessibilidade na estética 

 

15h – Arte libras: Decifrando a Libras 

 

Publicidade

15h20 – Raquel Moreno: projeto surdo caminhoneiro 

 

15h40 – Gilceliano: Autonomia, uma busca do PCD 

 

16h – Mãos que Cantam: Palestra e música

Publicidade

 

Lista de expositores

 

1 – Centro Cultural Louis Braille 

 

Publicidade

2 – Arte libras

 

3 – Inclusione – temperos prontos

 

4 – Inclusão e libras 

Publicidade

 

5 – Maira Massei – artesanato 

 

6 – Katia surda – tapetes 

 

Publicidade

7 – Sebrae

 

8 –  Apae 

 

9 – Boldrini 

Publicidade

 

10 – Cais 

 

11 – Assucamp 

 

Publicidade

12 – Lídia Michelin – madeiras 

 

13 – Marcia surda – reciclável 

 

14 – Remi – alimentos 

Publicidade

 

15 – Candido Ferreira 

 

16 – Vera e Vagner – temperos prontos 

 

Publicidade

17 – Khatia Vieira – livros 

 

18 – Giseli – canecas, camisetas acessórios libras 

 

19 – Karen Fernandes – pijamas 

Publicidade

 

20-  Carol Bonfim – chaveiros 

 

21-  Itamar – barba e cabelo 

 

Publicidade

22- Janaina – bijuterias de libras 

 

23 – Nisfran – artesanato 

 

24 – Asadep – tiara, lacinho 

Publicidade

 

25 – Mãos que Cantam

 

26 – Raquel Moreno – projetos online 

 

Publicidade

27 – Wickbold – 

 

28 – Juliana Soares  

 

29 – M. Eliana – acessórios de costuras 

Publicidade

 

30 – Igreja FF – pinturas rosto, teatro, oficina

 

31 – Daniela – acessórios 

 

Publicidade

32 – UNIP 

 

33 – Irene – artesanato de caixinhas

 

34 – Giowander

Publicidade

 

35 – Lucas Carvalho 

 

36 – Cris Mendes – consultoria

 

Publicidade

37 – Selma – roupas

 

38 – Vanessa – bolo de pote 

Continue Lendo

Geral

Prefeitura cria 40 cargos efetivos de vice-diretor para a Educação

Publicado

em

Por

O prefeito Dário Saadi sancionou, nesta terça-feira, 28 de junho, a Lei Complementar 359/2022, que cria 40 cargos efetivos de vice-diretor para a Secretaria de Educação. O texto pode ser consultado no Diário Oficial (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial) ou no site da Biblioteca Jurídica (https://bibliotecajuridica.campinas.sp.gov.br/).

 

 

“Uma das prioridades da Secretaria de Educação é o investimento em recursos humanos. No último ano, foram contratados, por concurso público, 340 professores. Oferecer educação de qualidade implica em proporcionar aos alunos escolas com o quadro de funcionários completo, unidades com infraestrutura apropriada, alimentação escolar adequada, entre outras questões”, disse o diretor do Departamento Pedagógico, Luiz Roberto Marighetti.

 

Publicidade

 

Os cargos serão ocupados por servidores aprovados em concursos públicos de prova e títulos.  

Continue Lendo

Populares