Connect with us

Geral

Outubro Rosa: Prevenção do câncer de mama terá campanha de conscientização com flores na Maternidade de Campinas

Publicado

em

Ação acontece na próxima segunda-feira, dia 2, para pacientes, funcionárias e colaboradoras do hospital. Médicos e enfermeiras darão orientações sobre o autoexame e a mamografia enquanto holandesinhas distribuirão 600 vasos de kalanchoes cor-de-rosa. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no último ano foram detectados precocemente aproximadamente 58 mil novos casos de câncer de mama

Aproveitando a grande demanda de mulheres que usufruem de seus serviços, a Maternidade de Campinas engajou-se ao Outubro Rosa, campanha internacional direcionada à conscientização da importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Na próxima segunda-feira, 2 de outubro, além da intensificação das orientações oferecidas por médicos e enfermeiros, às mulheres ali internadas, visitantes e às funcionárias e colaboradoras, a Maternidade de Campinas distribuirá delicados vasos de kalanchoes cor-de-rosa com tags iguais aos cartazes que serão colocados em todos os andares do hospital. O objetivo é alertar sobre o diagnóstico precoce por meio do autoexame e da mamografia, dois dos exames que ajudam no controle e na cura da doença.

Durante todo o dia as orientações sobre o diagnóstico precoce serão fornecidas por médicos e pela equipe de enfermagem não apenas às mulheres ali internadas e para às visitantes, mas também às funcionárias e colaboradoras do hospital. Dos quase 1.500 funcionários da Maternidade de Campinas, cerca de 80% são mulheres, o que reforça a importância da campanha interna. O Hospital Maternidade de Campinas fica na Av. Orosimbo Maia, 165, na Vila Itapura.

A campanha contra o câncer de mama tem como parceiro o Grupo Swart, de Holambra, produtor de rosas e kalanchoes, que cedeu os cartazes e as flores e colocará duas holandesinhas para distribuir as flores às pacientes. “Para muitas mulheres o assunto é ainda delicado e, muitas vezes, por medo ou desconhecimento, elas deixam de realizar os exames tão importantes para a detecção precoce da doença, o que permitiria o rápido tratamento e a cura. Por isso decidimos usar a delicadeza de nossas flores para ajudar médicos e enfermeiros na conscientização das mulheres sobre a doença”, explica a produtora Patrícia Swart.

“O câncer de mama é curável, mas a cura depende, principalmente, do empenho das mulheres no controle de sua saúde com atitudes relativamente simples. O Outubro Rosa é fundamental para conscientizar toda a população sobre a importância dos exames de controle do câncer de mama, que vão desde a consulta médica de rotina e do autoexame até a realização da mamografia e da ecografia mamária. O engajamento da sociedade civil nessa campanha é muito importante para ampliarmos a divulgação, atingindo públicos cada vez maiores”, diz o presidente do Hospital Maternidade de Campinas, Dr. Carlos Ferraz. De acordo com o Inca, somente no último ano, foram detectados precocemente aproximadamente 58 mil novos casos de câncer de mama.

Delicadeza com o tema
Os cartazes criados pelo Grupo Swart para a campanha são muito delicados e trazem um peito feminino nu, protegido por uma rosa, à frente de uma parede de pequeninos kalanchoes. Tudo em vários tons de rosa. Eles serão colocados nas recepções e nos cinco andares da Maternidade de Campinas.

Tags com a mesma arte dos cartazes foram fixadas nos 600 vasinhos de kalanchoes, também na cor rosa, que serão distribuídos às pacientes, funcionárias e colaboradoras do hospital durante todo o dia. “Partimos do princípio de que a campanha deve atingir a todos indistintamente, pois cada pessoa conscientizada transforma-se em um agente multiplicador das informações referentes à prevenção do câncer e da necessidade dos exames”, complementa o Dr. Ferraz.

Sobre o Outubro Rosa
O movimento Outubro Rosa, que objetiva a conscientização da prevenção do câncer de mama pelo diagnóstico precoce, é realizado em todo o mundo. Começou nos Estados Unidos com ações isoladas, como a da Fundação Susan G. Komen for the Cure, que distribuiu laços cor-de-rosa – posteriormente adotados como símbolo da campanha.

A partir de 1997, as ações foram se intensificando e passaram a ser a realizadas na maior parte dos países, com a iluminação de monumentos públicos, turísticos e privados com luzes cor-de-rosa, a utilização de laços fixados nas roupas e acessórios e, principalmente, no engajamento da área da saúde na orientação sobre as formas de prevenção.

A cor rosa – usada nas campanhas de prevenção – tornou-se uma leitura visual compreendida em qualquer lugar no mundo, dando popularidade, de forma bonita, elegante e feminina ao Outubro Rosa e motivando e unindo diversos povos em torno dessa nobre causa.

Sobre a Maternidade de Campinas
A Maternidade de Campinas é uma Instituição filantrópica, reconhecida de utilidade pública Federal, Estadual e Municipal. Trata-se de uma instituição centenária, reconhecida nacionalmente pela excelência dos serviços prestados à saúde materna e neonatal.

Fundado em 1913, o hospital ocupa a atual sede, na Avenida Orosimbo Maia, desde 1965. A instituição possui 232 leitos e a maior UTI Neonatal da região, com capacidade para 40 bebês. Realiza, em média, mil partos por mês, além de 1.100 cirurgias de outras especialidades (pediátrica, ginecológica, plástica, oncológica, urológica, reconstrutiva entre outras) e 6.500 atendimentos no pronto socorro.

Sobre o Grupo Swart
O Grupo Swart é referência nacional no cultivo de rosas de corte e de kalanchoes, sendo considerado um dos principais produtores de flores de alta qualidade do Brasil. Em suas quatro unidades produtivas (duas de kalanchoes em Holambra, em São Paulo, uma de rosas em Andradas (MG) e outra, em Ubajara (CE), o Grupo produz cerca de 16,1 milhões de rosas, 5,8 milhões de vasos e 38.400 maços de kalanchoes por ano, comercializados para todo o Brasil por meio da Cooperativa Veiling de Holambra.

Todos os cultivos são feitos em estufas climatizadas, adequadas às necessidades de cada cultura. O sucesso da marca Swart deve-se a três importantes fatores: decisão de produzir somente flores de alta qualidade; escolha correta das áreas de produção; e a realização de parcerias com importantes breeders (melhoristas) europeus. Essas parcerias permitem a manutenção da qualidade das flores e o lançamento recorrente de novidades em variedades.

Geral

Formatura de GMs para atuar na fiscalização do trânsito será nesta terça

Publicado

em

Por

 

  

 

 

 

A formatura da primeira turma/2021 de Guardas Municipais para atuar como agentes de trânsito, em Campinas, acontecerá nesta terça, dia 21 de setembro, a partir das 16h, na Academia da Guarda Municipal, na Lagoa do Taquaral. O evento integra as atividades da Semana Municipal do Trânsito, que vai de 21 de setembro até 1º de outubro.  

  

 

Participarão do evento o presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Ayrton Camargo e Silva; Silvio Marcio Lavorato, representando a Secretaria Municipal de Cooperação em Assuntos de Segurança Pública; o subcomandante, Jaderson Gama, representando o Comando da GM; o diretor da Academia da GM, Vanderlei Trabuco; o diretor de Operações da Emdec, Luiz Carlos Sardinha; além dos 13 instrutores que ministraram os módulos do curso 

 

 

Foram capacitados 30 GMs para atuarem de forma específica na mobilidade no município, exercendo atividades de fiscalização e autuação de trânsito, relacionadas à circulação, estacionamento e paradas. O curso de formação teve duração de dois meses, totalizando carga horária de 200 horas, conforme determina a Portaria do Denatran nº 94, de 31/05/2017. 

 

 

A formação é resultado de um convênio entre a Secretaria de Transportes (Setransp), a Emdec e a Secretaria Municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, por meio da Guarda Municipal.  

 

  

Esta é a primeira turma de três que serão formadas neste ano. Os GMs participantes do curso manifestaram interesse na capacitação.  

 

  

Os conteúdos da formação abordaram módulos de Legislação de Trânsito; Noções de Engenharia de Tráfego e Sinalização; Legislação de Trânsito Aplicada; Papel Educador do Agente; Psicologia Aplicada; Ética e Cidadania; Língua Portuguesa; Operação e Fiscalização de Trânsito; e Prática Operacional 

  

 

Todos os formandos registraram frequência mínima de 75% e tiveram aproveitamento de 70% nas avaliações finais de cada módulo. Os formandos receberão a certificação para atuar nesta nova modalidade.  

 

  

Histórico  

 

 

Em 2015, Emdec, Setransp e GM, por meio de cooperação, iniciaram essa capacitação. Naquela ocasião, 90 GMs foram capacitados e tiveram formação que envolveu temas como Mobilidade Urbana, Sistema Nacional de Trânsito, Sinalização Viária,  Operação de trânsito,  Fiscalização de Trânsito e Identificação da Infração, Preenchimento de Auto de Infração de Trânsito (AIT), Desenvolvimento Comportamental.  

 

  

Os participantes, naquela ocasião, foram avaliados, e só aqueles com nota mínima na prova final foram credenciados para realizar autuações.  

 

  

Em janeiro de 2020, foram feitas mais duas capacitações, a fim de atualizar os guardas municipais formados em 2015 no módulo Talonário Eletrônico, devido à mudança do talão de autuações que antes era em papel e foi transformado em um aplicativo. Foram reciclados 24 GMs.  

  

Continue Lendo

Geral

Campinas sedia Convenção da Abras e vice-prefeito destaca o Paes

Publicado

em

Por

 

 

 

O vice-prefeito de Campinas, Wanderley de Almeida, representou o prefeito Dário Saadi na abertura da 55ª edição da Convenção da Abras 2021 – Associação Brasileira de Supermercados, nesta segunda-feira, dia 20 de setembro. Estavam presentes os Ministros do Trabalho, Onyx Lorenzoni, e da Cidadania, João Roma, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, além de outras autoridades.

 

 

Após cumprimentar os participantes e destacar “a alegria do município em receber a convenção de um segmento tão importante”, o vice-prefeito falou sobre as medidas que a administração municipal está implementando para aquecer a economia campineira. Destacou o Paes – Programa de Ativação Econômica e Social -, do qual “várias iniciativas dialogam com o setor de supermercados”. E lembrou que estão sendo destinados para as várias linhas do programa recursos da ordem de R$ 4 bilhões, com a previsão da geração de 20 mil empregos.

 

 

O evento tem como tema a “Coopetição = Coolaboração + Competição” e visa discutir estratégia setorial, conteúdo, experiência, relacionamento e negócios. O presidente da Associação, João Galassi, salientou os números do setor, que emprega cerca de três milhões de pessoas e representa 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

 

 

A importância do trabalho dos supermercadistas para que o Brasil não passasse por desabastecimento foi ressaltada pelo Ministro do Trabalho, Onix Lorenzoni. Já o Ministro da Cidadania, João Roma, abordou em sua fala os programas de transferência de renda, citando o projeto Auxílio Brasil, enviado para aprovação do Congresso Nacional.

 

 

Participaram do evento ainda, a Secretária Nacional do Senacon (Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor), Juliana Domingues, e o presidente do Conselho de Administração da Península Participações e membro dos Conselhos de Administração do grupo Carrefour e do Carrefour Brasil, Abílio Diniz, além de empresários e executivos do setor supermercadista, da indústria e da cadeia de abastecimento. A secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico de Campinas, Adriana Flosi, também esteve presente.

Continue Lendo

Geral

Campinas Sem Fome recebe doação em promoção do supermercado Savegnago

Publicado

em

Por

O projeto Campinas Sem Fome recebeu sexta-feira, dia 17, uma doação de R$ 5 mil de uma promoção do Supermercado Savegnago. A escolha do beneficiário foi feita pelo cliente do supermercado.
O povo de Campinas é muito generoso. Agradeço em nome do povo de Campinas por esse gesto solidário”, afirmou Vandecleya Moro, secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.
Auxílio às famílias
Em função da pandemia, a Administração Municipal promove a Campanha Campinas Sem Fome, que foi lançada com o intuito de arrecadar alimentos e produtos de higiene; 145 entidades são responsáveis pela distribuição de toda a arrecadação. A lista dos postos de coleta pode ser consultada em https://smpdccampinas.wixsite.com/campinassemfome.
O programa arrecadou até o momento 681 toneladas de comida, que resultaram em 40.796 mil cestas básicas. A Campanha Campinas sem fome foi lançada no dia 22 de março e tem como objetivo auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade social durante a pandemia.
As famílias que estejam precisando de alimentos devem se cadastrar pelo aplicativo viva vida. Basta baixar o app no celular e se inscrever. Quem tiver dificuldade com o aplicativo pode entrar em contato pelo telefone (19) 3734-2010. 

Continue Lendo

Populares