Connect with us

Geral

Nove atletas do Projeto ‘Natação Fase 2’ da APC participam da 3ª Etapa do Circuito Loterias Caixa neste final de semana

Publicado

em

O final de semana será movimentado em São Paulo: a principal competição brasileira voltada para atletas com deficiência, oCircuito Brasil Loterias Caixa, entra na fase final. A Associação Paraolímpica de Campinas (APC) participa das provas representada por nove atletas da natação. O evento acontece no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, a partir das 8h.

Nesta fase final, em cada prova e classe, competem somente os oito melhores atletas do ranking nacional. No entanto, todos os atletas da APC têm participação garantida; eles compõem a equipe do Centro de Treinamento Paraolímpico – Natação Fase II, projeto realizado pela entidade campineira através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, com o patrocínio das empresas Cateno, Grupo Bauminas e Perfetti van Melle, e apoio do SESI e da Prefeitura Municipal de Campinas.

O objetivo do projeto é dar continuidade às ações do programa anterior – Natação Fase I – com a manutenção do Centro de Treinamento Paraolímpico, cujas atividades são desenvolvidas nas dependências do Centro Esportivo de Alto Rendimento – CEAR e do SESI Campinas (unidade Santos Dumont). Na Fase II, que tem como embaixador o multicampeão Clodoaldo Silva, são contemplados dez atletas de nível internacional, nacional e regional. Eles recebem todas as condições de treinamento com ótima infraestrutura esportiva, equipe multidisciplinar, participação em competições regionais e nacionais, além do pagamento de bolsa auxílio.

Destaques

Devido o alto nível técnico, a competição do final de semana será referência para os ajustes preparatórios de dois atletas da APC que vão para o Mundial de Natação: Ítalo Gomes e Edênia Garcia. Com o adiamento do evento no fim de setembro por conta dos terremotos no México, o planejamento final de treinamento foi também alterado. O Mundial agora acontece entre 2 e 7 de dezembro.

Ítalo Gomes nasceu com mobilidade reduzida devido a uma rubéola congênita. Descobriu a natação aos 13 anos de idade e sua primeira participação paralímpica foi em Londres, em 2012. A primeira medalha – um bronze nos 100m costas na classe S7 –, no entanto, aconteceu quatro anos depois, nos Jogos da Rio 2016.

Primeira mulher brasileira a conquistar o título de tricampeã mundial paraolímpica ao vencer os 50m costas em Eindhoven, na Holanda, em 2010, a atleta Edênia Garcia acumula ainda três medalhas em edições consecutivas dos Jogos Paraolímpicos: prata nos 50m costas (Atenas-2004), bronze nos 50m livre (Pequim-2008) e prata nos 50m costas (Londres-2012), todas pela classe S4. Edênia nasceu com polineuropatia sensitiva motora, uma doença progressiva que trouxe dificuldades de movimento nas pernas e nos braços.

Circuito Caixa Loterias – Esse circuito é a primeira competição nacional voltada exclusivamente para atletas com deficiência. Organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e patrocinado pelas Loterias Caixa, esse é o mais importante evento nacional de atletismo, natação e halterofilismo, e conta com a participação dos melhores atletas brasileiros. O objetivo principal do circuito é desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios brasileiros, além de aumentar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paraolímpico do país, composto por quatro fases regionais e três nacionais.

Sobre a APC

A Associação Paraolímpica de Campinas (APC) é uma entidade não governamental sem fins lucrativos com sede no município de Campinas (SP), que busca através do fomento e desenvolvimento de atividades esportivas, contribuir para a formação global de pessoas com deficiência na perspectiva da inclusão social. Fundada em maio de 2007, a APC congrega pessoas com diferentes graus e tipos de deficiência, sendo os atendimentos realizados por profissionais com vasta experiência no desenvolvimento de atividades voltadas para este segmento.

Serviço

3ª Etapa Nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa

Datas: De 27 a 29 de Outubro de 2017

Horários: Sexta – das 9h às 12h e 15h30 às 18h (somente halterofilismo) / Sábado: das 8h às 12h e 14h às 18h / Domingo: das 8h às 12h

Local: Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro – Rodovia dos Imigrantes KM 11,5, s/n, Vila Guarani/SP

Geral

Prefeito acompanha situação das UTIs para casos de Covid em Campinas

Publicado

em

Por

Continue Lendo

Geral

Segundo a Secretaria de Saúde de Monte Mor, foram realizados 66 novos exames

Publicado

em

Por

corona

A Secretaria de Saúde de Monte Mor informa que hoje (22) foram confirmados 5 novos casos de Covid-19 no município. Também foram realizados 66 novos exames.

A soma de exames realizados até o momento é de 7333 (sete mil trezentos e trinta e três), sendo 5183 (cinco mil cento e oitenta e três) casos negativos, e 2058 (dois mil e cinquenta e oito) casos positivos. São 72 (setenta e duas) pessoas esperando o resultado.

O número de pessoas curadas é de 1999 (mil novecentos e noventa e nove). Os casos de óbitos são de 50 (cinquenta) pessoas, outras 9 (nove) pessoas estão hospitalizadas, e 127 (cento e vinte e sete) estão em isolamento domiciliar.

A secretaria de saúde lembra a todos a importância do uso de máscara, a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel e o distanciamento social.

Continue Lendo

Geral

Campinas prevê vacinar mais de 2 mil nos 2 primeiros dias de imunização

Publicado

em

Por

Setecentos profissionais que trabalham na assistência direta a pacientes com Covid-19 foram vacinados contra a doença na quinta-feira, 21 de janeiro, no primeiro dia de imunização na Rede Municipal de Saúde de Campinas. Nesta sexta-feira, dia 22, a previsão é vacinar mais 1.440 pessoas nas unidades da Rede Mário Gatti, o que vai resultar em 2.140 vacinados em dois dias. A informação foi divulgada pelo prefeito Dário Saadi em transmissão ao vivo na internet na tarde desta sexta .

A vacinação ocorre até 22h para que os funcionários não precisem se deslocar fora do seu horário de trabalho para tomar a dose.

Em toda a rede serão 4.140 pessoas vacinadas no total. Estão incluídos nesse contingente os dois hospitais municipais – Mario Gatti e Ouro Verde, o Samu e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Campo Grande, Carlos Lourenço, São José e Anchieta Metropolitana.

“Como todo mundo sabe, nós recebemos 24,9 mil doses da vacina CoronaVac, do Butantan. Os critérios de distribuição foram os definidos pelos Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde, priorizando os profissionais que atuam na linha de frente”, disse o prefeito.

Todas essas vacinas estão sendo aplicadas como primeira dose. A segunda já está provisionada pelo governo do Estado. A distribuição aos hospitais privados também está sendo realizada.
Até o presente momento estamos indo bem. Espero que Campinas continue fazendo essa vacinação com critério e com justiça. Isso é muito importante”, afirmou o prefeito.

Agendamento
Não há previsão da data em que será iniciado o agendamento para os outros grupos da primeira fase. A definição depende das vacinas que a cidade receberá. A prioridade é a imunização de quem atua no atendimento a pacientes com o novo coronavírus.
Quando a cidade receber novas doses, a prefeitura vai divulgar as ferramentas para facilitar o agendamento.

Centros de Imunização
As vacinas serão aplicadas em cinco centros de imunização (há possibilidade de ampliação), um por região:
– Casa da Criança Paralítica – Rua Pedro Domingos Vitali, 160 – Parque Itália (região sul)
– Naed Noroeste – Avenida Ibirapuera, s/nº, Jardim Londres (região noroeste);
– Centro de Vivência do Idoso – Lagoa do Taquaral – portão 5 (região leste);
– Círculo Militar – Avenida Getúlio Vargas, 200. Jardim Chapadão (região norte);
– Caic Sudoeste – Rua José Augusto de Mattos, s/nº, Vila União (região sudoeste

Continue Lendo









<





Populares