Connect with us

Indaiatuba

NOTA 303 / COVID-19 / quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Publicado

em

Foto: Divulgação/RIC-PMI

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba informa hoje, 18 de fevereiro, o registro de mais um óbito com diagnóstico para Covid-19. Nesta data foram registradas 229 notificações suspeitas (entre hospitais, laboratórios particulares e unidades de saúde), mais 32 casos positivos da doença e outros 249 exames tiveram resultados negativos.

O óbito aconteceu no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), uma mulher, 82 anos, internada desde o dia 13 de fevereiro, morreu hoje (18), tinha antecedência de câncer gástrico. A administração municipal lamenta profundamente essas perdas e presta condolência aos familiares e amigos.

Desde o início da pandemia, 14.402 pessoas contraíram a doença no município. Desses, 14.104 são considerados curados ou estão em recuperação domiciliar; 342 evoluíram a óbito e 1.571 casos suspeitos aguardam resultados.

Na data de hoje há 63 internados, dos quais 47 estão confirmados para Covid-19. Do total, 28 estão em leitos clínicos e 35 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação dos leitos é a seguinte:

Leitos Clínicos

Haoc: 38%

Santa Ignês: 67%

UTI

Haoc: 92%

Santa Ignês: 90%

*Externa: 100%

MINHA SAÚDE

Ao apresentar sintomas, o cidadão pode realizar o seu atendimento online, pelo MINHA SAÚDE COVID-19. O paciente responde questionário prévio e com a suspeita, encaminhado para médico de plantão, que realiza o atendimento por vídeo, sem sair da plataforma digital e encaminha para exame em uma Unidade de Saúde.

O link do serviço está no site da Prefeitura www.indaiatuba.sp.gov.br. Para outras dúvidas basta chamar no WhatsApp da Saúde (19) 9 9779-3856.

CUIDADOS

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a necessidade de se manter os cuidados diariamente. Ao sair de casa use máscara e álcool em gel. Mantenha distanciamento social e evite aglomerações.

*Leitos externos contratados pelo município para atendimento SUS.

Indaiatuba

Em live prefeito aborda novas restrições visando reduzir contaminação por coronavírus

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

Em transmissão ao vivo realizada nesta sexta-feira (26) por meio das redes sociais da Prefeitura de Indaiatuba, o prefeito Nilson Gaspar (MDB) abordou as novas restrições determinadas pelo Governo Estadual dentro do Plano São Paulo visando reduzir a contaminação pelo coronavírus. No dia de hoje a Direção Regional de Saúde de Campinas, da qual Indaiatuba faz parte, regrediu para a fase 2, denominada laranja, do Plano São Paulo. Além disso começa a vigorar também nesta sexta-feira a restrição de mobilidade para todo o Estado, das 23h às 5h. A medida valerá até o dia 14 de março e visa reduzir aglomerações e festas.

Para o gestor municipal, a manutenção do sistema de saúde é uma preocupação e um desafio para todos os prefeitos da região. “Em Indaiatuba temos estrutura e equipamentos, inclusive para a criação de novos leitos, no entanto, já começa a faltar mão de obra qualificada, como médicos e enfermeiros com qualificação e experiência para atuar nos leitos de UTI, isso sem contar aqueles que se precisam se afastar por testarem positivo para a Covid-19. O nosso maior temor é que o sistema de saúde entre em colapso, em Indaiatuba, na região e no país. Por isso mais uma vez venho pedir a colaboração e a parceria de todos para que possamos vencer o desafio de preservar a vida da nossa população, tomando todos os cuidados recomendados pelas autoridades de saúde”, solicitou.

Gaspar também mencionou a preocupação com relação ao aumento exponencial da utilização de alguns tipos de medicamentos utilizados para a intubação, especialmente sedativos e relaxantes musculares. O diretor financeiro do Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), Ronaldo José Garcia, que também participou da transmissão, informou que normalmente eram utilizados cerda de 2.900 ampolas desse tipo de medicamento, mas no último mês esse número saltou para 31.000.

“Estamos falando de números de apenas um hospital da nossa cidade, sem contar todos os outros hospitais de Indaiatuba, da região e do país que também fazem uso dessas medicações. Tememos que a produção desses insumos não seja suficiente para todo o Brasil, estamos num momento realmente de alerta”, afirmou o prefeito.

Segundo a secretária de saúde, Graziela Garcia, Indaiatuba soma 14.916 casos da doença, com sendo 3.641 casos registrados de somente no mês de fevereiro (acréscimo de 32,5%) e 355 óbitos, 67 deles ocorridos neste mês (aumento de 23,2%). “Estamos de fato no pico da pandemia, mas em duas semanas podemos melhorar um pouco esses números se tomarmos todas as medidas sanitária indicadas, especialmente evitando as aglomerações e nos protegendo”, reforçou.

Também presente na live, o secretário de segurança pública, Sandro Bezerra Lima, explicou que a Polícia Militar será reforçada e a Guarda Civil Municipal irá atuar em apoio às operações em alguns o pontos onde tradicionalmente há aglomeração de pessoas, como a Concha Acústica, a Praça das Cerejeiras, o Barco e toda a extensão do Parque Ecológico. Segundo ele o objetivo é orientar os frequentadores desses locais e também os proprietários de bares e restaurantes para que fechem as portas nos horários corretos.

Plano SP

Com as novas restrições anunciadas nesta sexta-feira (26) os serviços essenciais e transporte coletivo continuarão funcionando normalmente. Os serviços de delivery e drive/walk thru poderão funcionar até às 23h. O consumo local em bares e demais atividades de geram aglomeração fica proibido.

Na fase laranja todos os setores de comércio e serviços, incluindo academias, salões de beleza e restaurantes, parques públicos e atividades culturais, como cinemas e teatros são permitidos com capacidade de ocupação de até 40% do público máximo do estabelecimento. O funcionamento é autorizado por até oito horas diárias com atendimento presencial entre às 6h e às 20h. Confira abaixo o horário de funcionamento dos shoppings:

Polo Shopping: 12h às 20h

Parque Mall: 10h às 18h

Shopping Jaraguá: das 11h às 19h de segunda a sábado e das 12h às 20h aos domingos. Praça de alimentação diariamente das 12h às 20h.

Continue Lendo

Indaiatuba

Atendimento de Especialidades Médicas migra do Bem Viver para prédio da Unimax

Publicado

em

Por

Foto: Eliandro Figueira RIC/PMI

A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Secretaria de Saúde começa na segunda-feira (1º) o atendimento do Centro Escola de Especialidades Médicas da Unimax, no endereço Rua Eurico Primo Venturine, 379. O atendimento de especialidades do SUS que ficava no Hospital Dia e Mini Hospital, estava provisoriamente no Espaço Bem Viver em virtude da pandemia, para respeitar as diretrizes sanitárias, agora o atendimento passa para o novo prédio de forma definitiva. As especialidades no novo espaço são: endocrinologia, nefrologia, reumatologia, cardiologia, gastrenterologia, psiquiatria, neurologia, pneumologia, cirurgia geral e dermatologia. A equipe de saúde já entrou em contato com os pacientes agendados para serem atendidos no novo endereço.

O local é equipado com oito consultórios médicos e inicia com uma capacidade de mil pacientes por semana, podendo ampliar conforme as normas de segurança diante da pandemia. A secretária de Saúde, Graziela Garcia detalha sobre essa novidade na Rede Municipal de Saúde. “Com a necessidade do distanciamento social tanto em sala de recepção, quanto nas áreas comuns dos serviços de saúde, em setembro de 2020, algumas especialidades foram transferidas do Hospital Dia e Mini Hospital para o Espaço Bem Viver que foi adaptado para essa demanda, agora nós estamos felizes em poder transferir essas especialidades para um local adequado para o atendimento médico de forma definitiva, devidamente equipado e com segurança para nossos pacientes do SUS”, comenta Graziela.

A mudança faz parte do acordo de cooperação entre a Prefeitura e a Unimax. A integração Ensino Serviço visa apoiar as ações de educação em saúde e, toda a rede pública do município de Indaiatuba, aproximando precocemente estudantes das diversas disciplinas de saúde da realidade do SUS, da comunidade do território e dos profissionais de saúde. O fluxo de encaminhamento e agendamento de consultas continuará o mesmo, o paciente passa pelo Clínico Geral nas Unidades de Saúde e havendo a necessidade de um especialista, o mesmo é encaminhado.

Continue Lendo

Indaiatuba

NOTA 312 / COVID-19 / sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Publicado

em

Por

Foto: Laís Fernandes

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba informa hoje, 26 de fevereiro, o registro de mais 83 casos positivos para Covid-19. Nesta data foram registradas 482 notificações suspeitas (entre hospitais, laboratórios particulares e unidades de saúde) e outros 351 tiveram resultado negativo. Não ocorreu óbito nas últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, 14.916 pessoas contraíram a doença no município. Dessas, 14.517 são consideradas curadas ou estão em recuperação domiciliar; 355 evoluíram a óbito e 1.705 casos suspeitos aguardam resultados.

Na data de hoje há 75 internados, dos quais 44 estão confirmados para Covid-19. Do total, 39 estão em leitos clínicos e 36 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A taxa de ocupação dos leitos é a seguinte:

Leitos Clínicos

Haoc: 65%

Santa Ignês: 53%

UTI

Haoc: 96%

Santa Ignês: 100%

*Externa: 75%

MINHA SAÚDE

Ao apresentar sintomas, o cidadão pode realizar o seu atendimento online, pelo MINHA SAÚDE COVID-19. O paciente responde questionário prévio e com a suspeita, encaminhado para médico de plantão, que realiza o atendimento por vídeo, sem sair da plataforma digital e encaminha para exame em uma Unidade de Saúde.

O link do serviço está no site da Prefeitura www.indaiatuba.sp.gov.br. Para outras dúvidas basta chamar no WhatsApp da Saúde (19) 9 9779-3856.

CUIDADOS

A Secretaria Municipal de Saúde reforça a necessidade de se manter os cuidados diariamente. Ao sair de casa use máscara e álcool em gel. Mantenha distanciamento social e evite aglomerações.

*Leitos externos contratados pelo município para atendimento SUS.

Continue Lendo









<





Populares