Connect with us

Geral

Moradores do Núcleo Santa Marta terão água individualizada e asfalto

Publicado

em

O secretário de habitação e presidente da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas), Samuel Rossilho, e o secretário de Relações Institucionais, Wanderley de Almeida, levaram duas excelentes notícias aos moradores do Núcleo Residencial Santa Marta, localizado na Região Sul, na manhã desta segunda-feira, 9 de abril. Diante dos moradores, eles anunciaram a ligação individual da rede de água e a pavimentação das ruas do núcleo.

 

 

A possibilidade real de ver, num futuro não muito distante, o núcleo habitacional regularizado animou a população local.

 

“Eu moro aqui há décadas e sempre duvidei de que esse dia fosse chegar mas, estamos vendo o esforço desta administração em cumprir o que promete. É a realização de um sonho”, afirmou Vanessa Biffe, presidente da Associação de Moradores.

 

 

Segundo o secretário Wanderley de Almeida, não existe solução fácil para problemas difíceis, mas o que foi dito lá atrás está se cumprindo agora.

 

 

“Eu pedi pra vocês confiarem e estamos dando a resposta à confiança na administração do prefeito Jonas Donizette. Sempre estivemos trabalhando, nós, a comunidade, o vereador Permínio Monteiro, e agora que o terreno foi transferido da União para o município, estamos caminhando para o processo de regularização fundiária que é exatamente quando vocês receberão a escritura do terreno”, destacou.

 

 

De acordo com o secretário Rossilho, é de suma importância que a comunidade trabalhe em parceria com a administração.

 

 

“Vocês estão vendo que o nosso trabalho é sério e que não oferecemos aquilo que não temos condições de entregar. Contudo, naquilo que cabe a nós, estamos fazendo todos os esforços para regularizar o Núcleo Santa Marta e, no final do processo, entregar esse presente que será a escritura definitiva do terreno, herança que vocês deixarão para os seus filhos. Só peço que não deixem que outras pessoas promovam o adensamento da área porque esta é uma exigência, inclusive, do Ministério Público para que o processo não seja prejudicado”, concluiu.

 

 

Participaram do anúncio o diretor comercial administrativo e financeiro da Cohab-Campinas, Valter Greve, o diretor da Secretaria de Habitação(Sehab), Edison Cunha, além de técnicos, coordenadores e funcionários da Cohab, Sehab e Sanasa.

 

Geral

Cruzamento da Vila Formosa será interditado totalmente nestas 3ª e 4ª

Publicado

em

Por

O bloqueio ocorre nestas terça e quarta-feiras, 19 e 20 de outubro, das 8h às 16h. Após as 16h de terça-feira, a via será liberada ao tráfego de veículos, voltando a ser interditada no dia seguinte, às 8h.    
Para desviar, os motoristas deverão utilizar as vias Antônio Guilherme da Costa e João Brasil, retornando ao trecho liberado da Rua Padre José Gaspar. O desvio também será cumprido pela linha 349 (Vila Formosa), que circula no trecho. 
Iniciada no dia 14 de outubro, a obra comandada pela Sanasa deverá se estender até o dia 31 de outubro, inclusive aos finais de semana. Neste período, os bloqueios viários serão parciais.
Agentes da Mobilidade Urbana vão sinalizar o local e orientar usuários do transporte público coletivo. Para informações de trânsito e sugestões, acesse os canais do Fale Conosco Emdec, pelo telefone 118, site (portal.emdec.com.br/faleconosco); ou baixe o aplicativo “Emdec”, disponível para download no Google Play (sistema operacional Android) e App Store (sistemas operacionais iOS). Para chamadas realizadas a partir de outra cidade ou DDD, o telefone é (19) 3731-2910. 

Continue Lendo

Geral

Rede Mário Gatti participa de audiência na Câmara Municipal

Publicado

em

Por

A direção da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar participou nesta segunda-feira, 18 de outubro, de audiência na Comissão de Saúde da Câmara Municipal para detalhar o chamamento público para seleção de entidade sem fins lucrativos para atuação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campo Grande. 

 

 

 

Cinco entidades apresentaram propostas para o desenvolvimento da área de ensino e de assistência médica na unidade, informou o presidente da Rede, Sérgio Bisogni. A documentação está em análise e vencerá a que oferecer o maior desconto percentual sobre o valor teto de R$ 16,5 milhões anuais. A contratação será pelo período de dois anos. 

 

 

 

Uma das exigências do edital é que a entidade tenha certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social em Saúde (CEBAS), ou seja, que seja reconhecida como entidade beneficente de assistência social com a finalidade de prestação de serviços nas áreas de assistência social, saúde ou educação. 

 

 

 

Bisogni explicou aos vereadores que a decisão pelo chamamento público ocorre após várias medidas, como convocação aprovados em concurso, cessão de servidores e contratação de temporários, não terem sido suficientes para enfrentar o cenário de déficit no quadro clínico . “Fizemos tudo o que foi possível dentro da legalidade, mas, mesmo assim, continuamos com falta de médicos para atender a população”, afirmou.

 

 

 

A entidade vencedora do chamamento público terá que garantir quadros para o atendimento total da demanda de pacientes (média diária de 450) e desenvolver atividades educacionais de preceptoria junto a programas de residência, pós-graduação e graduação conveniados com a Rede Mário Gatti. A contratada também desenvolverá atividades de ensino e pesquisa para a formação e qualificação de profissionais para atuação junto ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

 

O edital prevê o número mínimo de médicos que atuarão na UPA: cinco clínicos gerais de segunda a sexta, cinco clínicos no período diurno e três no noturno e, aos sábados e domingos, sejam quatro no período diurno e três no noturno. 

 

 

Pediatras serão o mínimo de três de segunda a sexta no período diurno e dois no noturno e sábados e domingos, dois no diurno e dois no noturno. Haverá o mínimo de quatro enfermeiros no período diurno e três no noturno de segunda a domingo, e 12 técnicos de enfermagem de segunda a domingo nos dois períodos, além de uma assistente social de segunda a sexta no período diurno.

 

 

 

Na audiência, os diretores explicaram que está sendo retomada a elaboração de projeto a ser encaminhado à Câmara para a criação de cargos para a Rede e também o plano de cargos e salários, ações que foram interrompidas pela pandemia.

 

 

 

Participaram da audiência na comissão, presidida pelo vereador Paulo Haddad, além do presidente da Rede, o diretor de Urgência e Emergência Steno Pieri e a diretora jurídica Daniela Fonseca Calado Nunes.

Continue Lendo

Geral

Campinas sedia reunião do Conselho de Desenvolvimento da RMC

Publicado

em

Por

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, participou da 227ª reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (RMC), organizado pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (Agemcamp), nesta segunda-feira, 18 de outubro, no auditório da CDRS (Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável), antiga Cati, no Jardim Chapadão. A reunião foi conduzida pelo presidente do Conselho da RMC, o prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis; e pelo diretor-executivo da Agemcamp, Odair Dias, com a participação de prefeitos.

 

 

“É uma honra receber a reunião do Conselho Metropolitano aqui em Campinas. É muito importante esta união das cidades da RMC para discutir ações coordenadas. Isso foi fundamental para o enfrentamento da pandemia. O caminho é este, que as cidades trabalhem unidas, além dos limites dos municípios”, disse o prefeito, Dário Saadi.

 

Entre as pautas, foi destacado o programa Município Verdeazul. O coordenador do programa, José Walter Figueiredo Silva, da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, fez uma apresentação com os detalhes sobre a importância do selo Verdeazul, as regras, os prazos, e como as cidades devem trabalhar para conquistar o título. “É um referencial importante para as cidades. A função é impulsionar políticas públicas nessa área nos municípios. Quando há melhora no ranking de sustentabilidade, isso pode ser utilizado para os negócios e atrair mais recursos para a cidade”, disse o coordenador do programa.

 

 

O presidente da Associação Promo Brasile Italia, Giacomo Garnera, fez uma apresentação sobre as propostas de relações entre Brasil e Itália e se colocou à disposição para que as demais cidades da RMC também tenham possibilidades de parcerias com as cidades italianas. “Os laços culturais existentes entre Brasil e Itália podem ser potencializados. Temos interesses em trabalhar com entidades públicas e privadas”, afirmou o presidente da Associação. “A parceria com Campinas é consolidada e poderá ser ampliada às cidades da RMC, gerar mais oportunidades”, completou o prefeito Dário Saadi.

 

 

 Os prefeitos aproveitaram a reunião para atualizar sobre o controle da pandemia e da volta às aulas em cada cidade. Também foram aprovados projetos para a RMC, como “Re-virada cultural 2022” e “Cultura ativa”.

Continue Lendo

Populares