Connect with us

Geral

Moradores do Jardim Bassoli concluem curso de empreendedorismo

Publicado

em

Os moradores do Residencial Jardim Bassoli, região Noroeste do município, concluíram nesta sexta-feira, 22 de fevereiro, o primeiro curso para o desenvolvimento de microempreendedores individuais.

 

 

 

 

O Programa Super Mei teve uma carga horária de 20 aulas e ofereceu informações detalhadas sobre Planejamento, Controle do Dinheiro, Formação de Preço, Inovação e Venda.

 

 

 

 

O curso de empreendedorismo foi coordenado pelo Trabalho Técnico Social(TTS) da Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas) e promovido sob a orientação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae).

 

 

 

 

As oficinas foram realizadas em duas turmas que começaram no dia 18 e terminaram na última sexta-feira, 22 de fevereiro, no salão de festas do Condomínio E e contou coma a participação de quase 30 pessoas.

 

 

 

 

Segundo o professor do Sebrae, Bruno Pereira dos Santos, a pessoa que vai iniciar ou se especializar em qualquer atividade, precisa se preparar para enfrentar a concorrência.

 

 

 

 

“Um dos itens primordiais dessa nova empreitada é analisar a concorrência. É preciso se aproximar do concorrente, checar a variedade de produtos ou serviços que ele oferece, verificar a qualidade, os preços que pratica, formas de pagamento, presença no mercado (campanhas publicitárias), enfim, analisar todos os pontos fortes e fracos do concorrente é de suma importância”, enfatizou.

 

 

 

 

No encerramento do curso, a moradora Juliana dos Santos Bezerra, proprietária da Lanchonete Dog-Bala, que já oferece aos clientes cachorro-quente, lanches e porções se mostrou mais confiante na conquista de novos clientes.

 

 

 

 

“A gente já atende em média uns 60, 70 clientes por semana e o curso serviu pra mostrar que eu posso ir muito mais longe. Preciso, de imediato, ampliar o cardápio, dar uma atualizada nos preços e caprichar ainda mais no atendimento”, destacou.

 

 

 

 

Vander Lúcio Ferreira Barbosa vai abrir um Food Truck e espera ter sucesso no empreendimento.

 

 

 

 

“Pra mim o curso foi excelente. Estou me preparando agora para iniciar minhas atividades já com um bom conhecimento de como funciona o mercado”, declarou.

 

 

 

 

De acordo com a assistente social da Cohab-Campinas, Graziela dos Santos Galdino de Souza, o curso abrirá muitas portas.

 

 

 

 

“Este curso foi muito importante para as pessoas que participaram, pois todos chegaram com muitos planos e puderam ampliar os horizontes. Terminaram o curso se sentindo seguros em investir no sonho de adquirir seu próprio negócio, além de impulsionar outras buscas e abrir novas oportunidades, sempre apontando para um futuro melhor”, disse.

 

 

 

 

O coordenador setorial de Habitação Sul, Hildebrando Alves de Oliveira e o assessor da Secretaria de Habitação, Luiz Antonio da Silva, acompanharam a atividade. O Residencial Jardim Bassoli é composto por 2.380 unidades e foi totalmente entregue em novembro de 2013.

 

 

 

Geral

Emdec reforça sinalização de velocidade máxima na Av. Washington Luiz

Publicado

em

Por

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) reforçará nesta quarta-feira, 14 de abril, a sinalização da variação da velocidade máxima permitida na Avenida Washington Luiz, no trecho sentido Centro após o cruzamento com a Rua Agnaldo Macedo, no Parque Prado.

A velocidade máxima já é reduzida de 60 km/h para 50 km/h no local, contando com as devidas placas de regulamentação, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A nova placa que será instalada amplia a comunicação com os motoristas, trazendo o texto “A partir deste ponto” ao lado da indicação de “50 km/h”.

A variação da velocidade é justificada pelo maior fluxo de pedestres e veículos no entorno do Shopping Prado Boulevard, da Estação de Transferência Parque Prado, Escola Estadual Professora Neli Helena Assis de Andrade e próximo aos condomínios residenciais e estabelecimentos comerciais. Também há a Ciclovia Washington Luiz no canteiro central da avenida.

A Washington Luiz recebeu, em 2020, uma média diária de até 31 mil veículos, considerando os dois sentidos de circulação.

A nova placa abre a segunda etapa do reforço da sinalização em vias que possuem variações de velocidade, por características técnicas específicas”, explica o presidente da Emdec, Ayrton Camargo e Silva. “A instalação deverá aumentar a segurança viária. O principal objetivo é evitar acidentes e preservar vidas. O projeto também promove maior transparência na fiscalização de trânsito”.

Vias já sinalizadas
A Washington Luiz é o oitavo eixo viário que tem a sinalização reforçada.
Outros trechos viários já foram contemplados no município:
– Avenida Lix da Cunha (24/02);
– Túnel Joá Penteado e Avenida Dr. Ruy de Almeida Barbosa (03/03);
– Avenida Cônego Antônio Roccato / Rua Sylvia da Silva Braga (10/03);
– Avenida Comendador Aladino Selmi (17/03);
– Rodovia Dr. Heitor Penteado / Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros (24/03);
– Avenida Antônio Carlos de Salles Júnior (31/03);
– Avenida Theodureto de Almeida Camargo (07/04).

Todos estes locais possuem equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade (radares) e grande fluxo de veículos.

A segunda fase do projeto alcançará, ainda, o eixo composto pela Avenida Prefeito Magalhães Teixeira e Rua Dr. Celso da Silveira Rezende.

Continue Lendo

Geral

Saúde divulga alerta de alta incidência de dengue em diversos bairros em Campinas

Publicado

em

Por

A Secretaria de Saúde de Campinas emitiu, nesta terça-feira, dia 13 de abril, um alerta para alta incidência de casos de dengue nas regiões Sudoeste (especialmente nos bairros Jardim Profilurb e Parque Universitário de Viracopos), Noroeste (Jardim Florence II e Jardim Satélite Iris I), Norte (Bosque das Palmeiras ,Vila Boa Vista e Jardim Campineiro) e Leste (Vila Costa e Silva).

Quem mora nesses bairros citados acima deve intensificar o controle dos criadouros em suas residências para evitar o ciclo de vida e reprodução do mosquito Aedes Aegypti, já que, segundo a Secretaria de Saúde, 80% dos focos estão nos quintais e dentro de casa.

Entre os cuidados, os moradores devem manter caixa d’água fechada ou telada; limpar as calhas e, caso necessário, desentupi-as; trocar a água de vasos de plantas e lavar o recipiente com bucha e sabão para remover os ovos do mosquito.

As pessoas que têm bromélia devem regar a planta com mangueira de pressão uma vez por semana e limpar a face interna de todas as folhas (onde a água fica acumulada, o que favorece a proliferação de ovos e larvas do mosquito).

Outra recomendação é evitar o acúmulo de entulho e recicláveis. Quem precisa descartar este material, deve levar até um dos 16 ecopontos da cidade. Os endereços podem ser consultados na página http://www.campinas.sp.gov.br/governo/servicos-publicos/ecopontos/index.php.

As equipes da Secretaria de Saúde realizam diariamente, de segunda a sábado, ações de nebulização para o controle do mosquito. No entanto, o combate à dengue depende também da colaboração da população.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura publica decreto de combate contra a corrupção na Administração

Publicado

em

Por

Continue Lendo







Populares