Connect with us

Geral

MIS apresenta ciclo de cinema com entrada gratuita e títulos selecionados

Publicado

em

Onde conferir clássicos de Glauber Rocha, Chaplin, Tati ou Godard em um único espaço? O Museu da Imagem e do Som de Campinas (MIS) apresenta uma programação caprichada e diversificada, em abril, com títulos que têm marcado a história da cinematografia. 
O público terá oportunidade, ainda, de assistir ao longa “Todas as Mulheres do Mundo”, do diretor Domingos Oliveira, que morreu no último dia 23.  O filme, sucesso de crítica e público, traz no elenco a irreverente e lendária atriz Leila Diniz (1945-1972). 
O ciclo de cinema tem entrada gratuita.
Confira a programação
CURTA MIS
Curadoria: Jean Goes e Ana Amon
Segunda-feira, 1 de abril, 19h
Arte Inconsciente
Direção: Mariana Pierozzi
Sinopse: Em um meio que já foi tão obscuro e violento quanto o dos tratamentos psiquiátricos, os movimentos de resistência da saúde falam cada vez mais sobre a influência da arte nos tratamentos. O espaço retratado no documentário é a Instituição Cândido Ferreira, que já foi um sanatório e hoje tem outro papel na vida das pessoas que sofrem de transtornos psiquiátricos, retratado no doc “Arte Inconsciente”. Duração: 8 Minutos. Ano: 2017
CICLO: PÉROLAS ESCONDIDAS DO CINEMA 
Curadoria Hamilton Rosa Junior
Segunda-feira, 1 de abril, 19h30
El Verdugo – O Carrasco
Direção: Luis Garcia Berlanga
Sinopse: É uma comédia de humor negro. Narra a história do senhor Amadeo, o carrasco da Audiência de Madrid. O filme desfere um ataque irônico ao governo de Franco que, àquela altura, instituíra a pena de morte aos assassinos e “inimigos da sociedade espanhola” e executa os condenados com um instrumento medieval, o garrote. Berlanga entra nesse universo, mostra os bastidores do mundo do carrasco e do sistema que cria um trabalhador assim e o ridiculariza. Em tempo: Luis Garcia Berlanga foi um dos grandes mestres do cinema espanhol. Cronista, poeta do mundano e da consciência de um país marcado pelos traumas da guerra. Infelizmente, brilhou nas décadas de 50 e 60 e hoje seu cinema de ironia mordaz e suas sátiras ácidas sobre diferentes situações sociais e políticas anda esquecido. Ganhou prêmios internacionais nos mais importantes festivais, tais como Cannes, Veneza, Montreal e Berlim. E El Verdugo, que apresentaremos no MIS, é sua incontestável obra-prima. Espanha, 1963,  Preto & Branco, 88 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CINECLUBE HISTÓRIA DO CINEMA
Curadoria: Claudia Amoroso Bortolato
Quarta-feira, 3 de abril, 19h
Scarface                                                                                                     
Direção: Howard Hawks
Sinopse: Na Chicago dos anos 20, um gângster (Paul Muni) mata um rival do seu chefe e rapidamente ganha destaque dentro da quadrilha. Ele espera o momento exato para assassinar seu chefe e se tornar o novo líder do bando, mas o fato de sua irmã (Ann Dvorak) estar envolvida com seu homem de confiança (George Raft) o deixa totalmente abalado. Este fato gerará trágicas consequências. EUA, 1932, Preto & Branco,  95 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CURTA MIS
Curadoria: Jean Goes e Ana Amon
Quinta-feira, 4 de abril, 19h
Arte Inconsciente
Direção: Mariana Pierozzi
Sinopse: Em um meio que já foi tão obscuro e violento quanto o dos tratamentos psiquiátricos, os movimentos de resistência da saúde falam cada vez mais sobre a influência da arte nos tratamentos. O espaço retratado no documentário é a Instituição Cândido Ferreira, que já foi um sanatório e hoje tem outro papel na vida das pessoas que sofrem de transtornos psiquiátricos, retratado no doc “Arte Inconsciente”. Duração: 8 minutos. Ano: 2017
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL
CINECLUBE CACHOEIRA
Quinta-feira, 4 de abril, 19h30
Deus e o Diabo na Terra do Sol
Direção: Glauber Rocha
Sinopse: No sertão nordestino, o vaqueiro Manuel (Geraldo Del Rey) mata seu patrão e foge com sua mulher, Rosa (Yoná Magalhães). Os dois tornam-se seguidores do líder messiânico “Santo” Sebastião (Lidio Silva), até que o jagunço Antônio das Mortes (Maurício do Valle), a mando dos coronéis e da Igreja, mata o velho beato e seus fiéis. Manuel e Rosa sobrevivem e encontram o cangaceiro Corisco, vivido por Othon Bastos, que converte Manuel ao cangaço, rebatizando-o como “Satanás”. Corisco é caçado e morto por Antônio das Mortes. Deus e o Diabo na Terra do Sol consagrou internacionalmente o estilo de Glauber Rocha, autor da frase “uma câmera na mão e uma idéia na cabeça”, lembrada sempre que o assunto é o Cinema Novo, um movimento cinematográfico brasileiro da década de 60. Brasil, 1963, Preto & Branco, 115 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CINECLUBE HISTÓRIA DO CINEMA
Curadoria: Claudia Amoroso Bortolato
Sexta-feira, 5 de abril, 15h
As Férias do Sr. Hulot  – “Les vacances de Mr. Hulot”
Direção: Jacques Tati 
Sinopse: Sr. Hulot sai de férias para um hotel na praia, mas sua chegada transtorna a vida dos veranistas, pois não há ninguém como ele para provocar catástrofes, e suas melhores intenções degeneram em desastres que só o seu otimismo permite suportar alegremente. Apesar das confusões, Hulot consegue despertar simpatia, admiração e amizade. No filme, Tati satiriza a burguesia francesa caricaturando seus personagens. O filme foi um grande sucesso de bilheteria com um público de 5.071.920 pessoas e tornou Tati conhecido internacionalmente. Devido ao filme ter poucos diálogos, lembrando os do cinema mudo, Tati ganhou a alcunha de “Charles Chaplin francês”. Este é o filme no qual o Sr. Hulot aparece pela primeira vez. França, 1953, Preto & Branco , 88 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CURTA MIS
Curadoria: Jean Goes e Ana Amon
Sexta-feira, 5 de abril, 19h
Arte Inconsciente
Direção: Mariana Pierozzi
Sinopse: Em um meio que já foi tão obscuro e violento quanto o dos tratamentos psiquiátricos, os movimentos de resistência da saúde falam cada vez mais sobre a influência da arte nesses tratamentos. O espaço retratado no documentário é a Instituição Cândido Ferreira, espaço esse que já foi um sanatório e hoje tem outro papel na vida das pessoas que sofrem de transtornos psiquiátricos, retratado no doc “Arte Inconsciente”.Duração: 8 Minutos. Ano: 2017
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL
Ciclo “CINEMA & LITERATURA”
Curadoria: Ricardo Pereira
Sexta-feira, 5 de abril, 19h30
A Casa dos Espíritos 
Direção: Bille August
A história do Chile da década de 20 aos anos 70 é contada através da saga da família Trueba, que começa com a união de um homem simples (Jeremy Irons), que fica rico, com uma jovem (Meryl Streep), de poderes paranormais. A saga se desenvolve até esta família ser atingida pela revolução, que no início da década de 70 derrubou o presidente Salvador Allende. Dinamarca/Alemanha/Portugal/EUA, 1994. Colorido, 140
min.
Ciclo ECCOS em Movimento: Consciência Política
Curadoria Associação ECCOS
Sábado, 6 de abril, 16h
Besouro
Direção: João Daniel Tikhomiroff
Sinopse: Besouro era o apelido do reconhecido capoeirista Manuel Henrique Pereira. O filme conta a história deste órfão que se transformou num dos grandes mestres da capoeira, disciplina criada por escravos africanos que eram proibidos de utilizar armas. Brasil, 2009, 95 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
PROGRAMAÇÃO CINE RESISTA
Documentários brasileiros
Curadoria: Fernanda Viana, Rodrigo ara e Tatiane MaltaIANE MALTA
Sábado, 6 de abril, 19h30
Temporada de Caça
Direção: Rodrigo Lara
Sinopse: Temporada de Caça: Ibiúna, 12 de outubro de 1968
Uma enorme operação das forças de repressão interrompe o XXX Congresso da UNE, realizado clandestinamente em um sitio na zona rural de Ibiúna. Mais de 1000 estudantes são presos e as lideranças estudantis encaminhadas ao DOPS. Os proprietários do sítio começam a ser caçados pelo regime.
Temporada de Caça” é a recuperação dessa memória e o reencontro com alguns dos “anônimos” protagonistas desses eventos. Brasil, 2015, 100 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
A Batalha da Maria Antônia
Direção: Renato Tapajós 
Sinopse: Em 1968, naquele ano em que quase tudo parecia acontecer, houve um confronto, na rua Maria Antônia, em São Paulo, entre estudantes da Faculdade de Filosofia da USP e estudantes da Faculdade Mackenzie. Além do incêndio e destruição do prédio da USP, um secundarista foi morto. Não foi uma simples briga de estudantes, mas quase uma reprodução em miniatura da guerra fria que então se travava entre esquerda e direita. Lembrar aquele momento não é um exercício de nostalgia, mas a tentativa de entender algo das forças que moldaram nosso presente. Brasil, 2014, 76 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL                                           
Curadoria: Ricardo Pereira
Segunda-feira, 8 de abril, 19h30
Todos os Homens do Presidente
Direção: Alan J. Pakula
Sinopse: Dois repórteres que trabalham para o Washington Post, Bob Woodward e Carl Bernstein, pesquisam sobre o roubo de 1972 da sede do Partido Democrático, no condomínio Watergate. Com a ajuda de uma fonte misteriosa, os dois repórteres fazem uma conexão entre os ladrões e um funcionário da Casa Branca. Apesar das advertências sobre sua segurança, a dupla segue o dinheiro por todo o caminho até o topo. Com Robert Redford e Dustin Hoffmann. EUA, 1976. Colorido, 138 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CINECLUBE HISTÓRIA DO CINEMA
Curadoria: Claudia Amoroso Bortolato
Quarta-feira, 10 de abril, 19h
Aconteceu Naquela Noite –  ”It Happened One Night” 
Direção: Frank Capra
Sinopse: Peter Warren (Clark Gable), um jornalista desempregado, encontra Ellie (Claudette Colbert), a filha de um milionário que fugiu do iate de Alexander Andrews (Walter Connolly), seu pai, pois este não aprova quem ela escolheu como marido. Peter vê a oportunidade de obter uma boa matéria, mas vários fatos criam uma forte aproximação entre eles. EUA, 1934, Preto & Branco, 105 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CURTA MIS
Curadoria: Jean Goes e Ana Amon
Quinta-feira, 11 de abril, 19h
Arte Inconsciente
Direção: Mariana Pierozzi
Sinopse: Em um meio que já foi tão obscuro e violento quanto o dos tratamentos psiquiátricos, os movimentos de resistência da saúde falam cada vez mais sobre a influência da arte nos tratamentos. O espaço retratado no documentário é a Instituição Cândido Ferreira, que já foi um sanatório e hoje tem outro papel na vida das pessoas que sofrem de transtornos psiquiátricos, retratado no doc “Arte Inconsciente”.Duração: 8 Minutos. Ano: 2017
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL
Ciclo Mulheres na Direção
Curadoria: Nayara Gomes Lopes
Quinta-feira, 11 de abril, 19h30
Precisamos Falar Sobre o Kevin
Direção: Lynne Ramsay
Sinopse: Eva (Tilda Swinton) mora sozinha e teve sua casa e carro pintados em vermelho. Maltratada nas ruas, ela tenta recomeçar a vida. O motivo disso vem de seu passado, quando vivia com seu marido Franklin (John C. Reilly) e seus dois filhos: Kevin e Celia. Seu relacionamento com o primogênito, Kevin, sempre foi complicado, mas Eva jamais imaginaria o que ele seria capaz de fazer. EUA, 2011. Colorido, 112 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CINECLUBE HISTÓRIA DO CINEMA
Curadoria: Claudia Amoroso Bortolato
Sexta-feira, 12 de abril, 15h
Mônica e o Desejo –  “Sommaren med Monika; Summer with Monika”  
Direção: Ingmar Bergman
Sinopse: Harry Lund tem 19 anos de idade e trabalha numa loja de porcelanas. Quase vizinha a ele, na loja de verduras, trabalha Monika, uma simpática e alegre garota de 17 anos. Assim que eles se conhecem, a paixão explode. Mas por causa da idade deles, os dois sofrem com a interferência dos mais velhos. Monika briga com os pais e decide sair de casa. Harry discute com o chefe e pede demissão. Sem mais nada que os prendam na cidade, os jovem decidem fugir de barco para uma ilha e passar algumas semanas juntos. Suécia, 1953, Preto & Branco, 97 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CINECLUBE OUTUBRO
Sexta-feira, 12 de abril, 19h
O Grande Ditador 
Direção: Charles Chaplin
Sinopse: Adenoid Hynkel (Charles Chaplin) assume o governo de Tomainia. Ele acredita em uma nação puramente ariana e passa a discriminar os judeus locais. Esta situação é desconhecida por um barbeiro judeu (Charles Chaplin), que está hospitalizado devido à participação em uma batalha na 1ª Guerra Mundial. Ele recebe alta, mesmo sofrendo de amnésia sobre o que aconteceu na guerra. Por ser judeu, passa a ser perseguido e precisa viver no gueto. Lá conhece a lavadora Hannah (Paulette Goddard), por quem se apaixona. A vida dos judeus é monitorada pela guarda de Hynkel, que tem planos de dominar o mundo. Seu próximo passo é invadir Osterlich, um país vizinho, e para tanto negocia um acordo com Benzino Napaloni (Jack Oakie), ditador da Bacteria. EUA, 1940, Preto & Branco, 126 min. Não recomendado para menores de 10 anos.
CINE INVERTE
Mostra  Liberdade e Cultura Latino-americana
Sábado, 13 de abril , 16h
Roma
Direção: Alfonso Cuarón
Sinopse: Cidade do México, 1970. A rotina de uma família de classe média é controlada de maneira silenciosa por uma mulher (Yalitza Aparicio), que trabalha como babá e empregada doméstica. Durante um ano, diversos acontecimentos inesperados começam a afetar a vida de todos os moradores da casa, dando origem a uma série de mudanças, coletivas e pessoais. . México/EUA, 2018, Preto & Branco , 135 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CICLO CLÁSSICOS NO MIS
Curadoria: Ricardo Pereira 
Sábado, 13 de abril, 19h35
Caçada Humana
Direção: Arthur Penn
O fugitivo Bubber Reeves (Robert Redford) volta à sua cidade natal causando apreensão entre os habitantes. O magnata do petróleo Val Rogers (E.G. Marshal) é um dos que querem acabar com ele, mas o xerife (Marlon Brando) quer entregá-lo vivo à justiça. EUA, 1966,135 min.
CURTA MIS
Curadoria: Jean Goes e Ana Amon
Segunda-feira, 15 de abril , 19h
Culpa
Direção: Jean Goes
Sinopse: Leandro decide confessar um crime terrível na delegacia de polícia. A delegada Rocha se responsabiliza pela investigação controversa do caso, onde as evidências nem sempre são o que parecem ser. Duração: 15 Minutos. Ano: 2018
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL
CICLO CINE MULHER
Curadoria: Promotoras Legais Populares
Segunda-feira, 15 de abril , 19h30
Encontro das Mulheres Xinguanas
Direção: Mari Corrêa
Sinopse: Com o intuito de fortalecer o protagonismo das mulheres da Terra Indígena do Xingu, a Associação Yamurikumã realizou o Encontro das Mulheres Xinguanas em outubro de 2013, em Canarana, no Mato Grosso. O encontro reuniu 250 mulheres de 16 etnias que discutiram o papel que a Associação Yamurikumã deve exercer para que as mulheres xinguanas tenham mais força e participação política nas instâncias de decisão dentro e fora do Xingu. O objetivo do vídeo é divulgar as ideias discutidas no encontro e mobilizar parceiros para dar apoio às ações das mulheres xinguanas. Brasil, 2014. 18:52. Não recomendado para menores de 14 anos.
CURTA MIS
Curadoria: Jean Goes e Ana Amon
Quinta-feira, 18 de abril , 19h
Culpa
Direção: Jean Goes
Sinopse: Leandro decide confessar um crime terrível na delegacia de polícia. A delegada Rocha se responsabiliza pela investigação controversa do caso, no qual as evidências nem sempre são o que parecem ser. Duração: 15 Minutos. Ano: 2018
CICLO: ALMODOVAR
Curadoria Roberta Klink
Quinta-feira, 18 de abril, 19h30
Ata-me!
Direção: Pedro Almodóvar
Sinopse: Ricky (Antonio Banderas) sai de um reformatório psiquiátrico e vai para um set de filmagens, onde Marina Osorio (Victoria Abril), uma ex-viciada em heroína e ex-atriz pornô que ele já conhecia de um bordel, está filmando um filme de terror “B”. O diretor do filme é por Maximo Espejo (Francisco Rabal), que tenta se recuperar de um um forte derrame. Após o término das filmagens, Ricky invade o apartamento de Marina e diz que quer ser seu marido e o pais dos seus filhos. Ele resolve deixá-la amarrada na cama até Marina aprender a amá-lo, mas diversas situações imprevistas dão um novo rumo aos acontecimentos. Espanha, 1990. Colorido, 100 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CURTA MIS
Curadoria: Jean Goes e Ana Amon
Sexta-feira, 19 de abril , 19h
Culpa
Direção: Jean Goes
Sinopse: Leandro decide confessar um crime terrível na delegacia de polícia. A delegada Rocha se responsabiliza pela investigação controversa do caso, na qual as evidências nem sempre são o que parecem ser. Duração: 15 Minutos. Ano: 2018
CICLO REVISÃO DO CINEMA BRASILEIRO ESPECIAL
Curadoria: Ricardo Pereira
Sexta-feira, 19 de abril, 19h40
Todas as Mulheres do Mundo
Direção: Domingos Oliveira
Sinopse: O romance com a professora Maria Alice (Leila Diniz) não sai da cabeça do bon vivant inveterado Paulo (Paulo Jose). Depois de conquistá-la, o
namoro passa por períodos de turbulências, que são compartilhados com o amigo Edu (Flavio Migliaccio). Brasil, 1966. Preto e Branco, 86 min.
CICLO DIVERSIDADE SEXUAL
Curadoria Cineclube Purpurina
Sábado, 20 de abril, 16h
Bohemian Rhapsody
Direção: Bryan Singer
Sinopse: Filmar uma biografia do Queen e traduzir a identidade exuberante do vocalista Freddie Mercury (Rami Malek) traz consigo alguns desafios. Bohemian Rhapsody, 2018, longa dirigido por Bryan Singer, tenta contar a trajetória do cantor e da banda britânica através de suas canções icônicas e explorando bem o visual que marcou época. EUA/Reino Unido, 2018, 132 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CICLO: TEATRO AMERICANO NO CINEMA                                  
Curadoria: Laerte Ziggiatti
Sábado, 20 de abril, 19h30
A Morte do Caixeiro Viajante
Direção: Volker Schlondorff   
Sinopse: Transposta para o cinema, a peça de Arthur Miller, um dos mais conceituados dramaturgos americanos do pós-guerra, narra os derradeiros momentos de um homem de vendas, vivido por Dustin Hoffman, numa extraordinária performance em que explora todo seu potencial interpretativo. Willy Loman, o caixeiro viajante, é demitido da firma onde trabalha, o que contribui para a crescente deterioração de seu estado mental. Ele passa a empreender uma viagem interior, vindo à tona antigas lembranças sobre os motivos que o levaram ao fracasso de seus sonhos de ascensão social em plena década de l940, época em que os EUA experimentavam um boom econômico e o fortalecimento do capitalismo. John Malkovich em início de carreira, no papel de um dos filhos de Loman, exibe todas as qualidades que o levaram a se tornar um dos grandes atores contemporâneos. Arthur Miller envolveu-se na produção do filme sob uma única condição: que não mexessem numa única vírgula do texto, no que foi atendido.  EUA, 1985, 135 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CICLO MENSAL CATAVENTO
Sessão de curtas que tematizam a cidade
Segunda-feira, 22 de abril, 19h30
Memória-Monumento 
Direção: Roberto Camargos
Sinopse: Na cidade, podemos encontrar rastros de muitas vivências. Nas brechas do autorizado, nas fissuras do estabelecido, estão os sinais de memórias subterrâneas, das sensibilidades silenciadas. Uberlândia, 2017, 8min.
Estacionamento 
Direção: Alexandre Wahrhaftig, Helena Ungaretti, Miguel Antunes Ramos 
Sinopse: Estacionamento. Es-ta-cio-na-men-to. Do latim, statio. Ficar de pé, ficar parado. São Paulo, 2014 , 18min.                                                                                                                            
Táxi de Escher                           
Direção: Aleksei Abib, Flavio Botelho 
Sinopse: No antigo Centro de São Paulo, Carlos pega um táxi para Buenos Aires. Como se cruzasse o espaço-tempo de Escher, ele acessa uma cidade mais profunda dentro de si mesmo. Talvez não seja possível escapar de quem se é realmente. São Paulo, Buenos Aires, 2014, 15min                        
La ciudad que huye 
Direção: Lucrecia Martel
Bueno Aires,2006, 5min                                     
CINECLUBE HISTÓRIA DO CINEMA
Curadoria: Claudia Amoroso Bortolato
Quarta-feira, 24 de abril, 19h
L’ Atalante  L’Atalente
Direção: Jean Vigo
Sinopse: Quando Juliette (Dita Parlo) se casa com o aventureiro Jean (Jean Dasté) ela vai viver em seu navio. À bordo dele está também o capitão Père Jules, um sujeito um tanto quanto bizarro. Juliette logo se entedia com a vida no mar, e escapa para conhecer a vida noturna de Paris, o que deixa Jean furioso. Ele então vai embora, deixando-a para trás. Só que logo Jean se entristece com a falta da esposa, e Père Jules vai tentar achar Juliette para trazê-la de volta. Esse foi o último filme do diretor Jean Vigo antes da sua morte por tuberculose aos 29 anos. França, 1934, Preto & Branco, 89 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CINECLUBE POEIRA
Ciclo ” ENCONTRANDO GOD-ART ”
Curadoria João Antonio Buhrer / Carlos Tavares
Quinta-feira, 25 de abril, 19h30
Uma Mulher Casada 
Direção: Jean-Luc Godard 
Sinopse: Um filme realizado a partir dos fragmentos de vida que vemos, numa sucessão de planos, seja do rosto das personagens, seja de partes do seu corpo. Tudo quase sempre emoldurado por um cenário branco, que parece demonstrar que este é mais do que um filme sobre uma mulher específica. Pelo contrário, é uma reflexão geral, marcada por uma depuração quase total, em contrataste com o simbolismo que emana dos planos fechados. França, 1964, Preto & Branco, 95 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CINECLUBE HISTÓRIA DO CINEMA
Curadoria: Claudia Amoroso Bortolato
Sexta-feira, 26 de abril, 15h
Era uma vez em Tóquio
Direção: Yasujiro Ozu
Sinopse: Um casal de idosos deixa sua filha no campo para visitar os outros filhos em Tóquio, cidade na qual eles nunca tinham ido. Porém, os filhos os recebem com indiferença, e estão sempre muito atarefados para terem tempo para os pais. Apenas a nora deles, que perdeu o marido na guerra, parece dar atenção aos dois. Japão, 1953, Preto & Branco, 136 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
CLÁSSICOS NO MIS
Curadoria: Ricardo Pereira 
Sexta-feira, 26 de abril, 19h40
A Sereia do Mississipi
Direção: François Truffaut
Um empresário rico (Jean Paul Belmondo), morador de uma ilha francesa, decide se casar com uma pretendente a esposa (Catherine Denneuve) que conheceu pelo correio. Mas a felicidade dura pouco para ele quando descobre que a mulher roubou todo seu dinheiro e fugiu com outro homem. França, 1969. Colorido, 123 min.
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL
Curadoria: Anderson Martins
Sábado, 27 de abril, 16h
Série Cosmos: Uma Viagem Pessoal
Episódio: Viagens no Tempo e no Espaço 
Direção: Adrian Malone, David F. Oyster, David Kennard, Geoffrey Hainess-Stiles, Richard J. Wells, Richard Wells, Rob McCain, Tom Weidlinger.
Sinopse: Neste episódio da série, Sagan vai à Itália de Leonardo da Vinci para explicar a teoria da relatividade proposta por Albert Einstein, explicando os efeitos decorrentes da velocidade da luz e suas implicações em teóricas viagens no tempo e viagens interestelares. Por diversas vezes, ilustrações feitas por Rick Sternbach são exibidas, em especial no caso de concepções artísticas de naves espaciais. Então, a evolução do universo e da vida são  apresentadas na segunda metade do episódio. EUA, 1980, 60 min. Não recomendado para menores de 12 anos.
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL
Cine Debate 
Curadoria Ativismo Campinas – Anistia Internacional Brasil 
Sábado, 27 de  abril, 19h30
Do Bugre ao Terena
Direção: Aline Espíndola e Cristiano Navarro
Sinopse: o filme “Do Bugre ao Terena” questiona o olhar preconceituoso do não-índio. Por meio do cotidiano e das trajetórias de alguns Terena, a produção revela diversas apropriações da cidade, assim como maneiras de lidar com o racismo e de afirmar sua identidade através da dança. Brasil, 2013, 25 min. Classificação Indicativa: Livre.
Tupinambá – O Retorno da Terra
Direção: Daniela Fernandes Alarcon 
Sinopse: Documentário sobre a luta dos Tupinambá da Serra do Padeiro (sul da Bahia, Brasil) com mostras do contexto de retomadas, cultura, conflitos pela recuperação de sua terra. Brasil, 2015, 25 min. Classificação indicativa: Livre.
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL
CINE DEBATE
Curadoria PES – Mídiativismo
Segunda-feira, 29 de abril, 19h30
O Comandante
Direção: Oliver Stone
Sinopse: Comandante é um documentário político feito por Oliver Stone. No filme, o diretor entrevista o líder cubano revolucionário Fidel Castro sobre diversos temas. Stone e sua equipe de filmagem visitaram Castro em Cuba por três dias em 2002. EUA, 2003, 96 min. Não recomendado para menores de 14 anos.
Serviço
Ciclo de Cinema 
Museu da Imagem e do Som – Campinas – Palácio dos Azulejos.
Rua: Regente Feijó, 859 – (19) 3733 8800.
Entrada gratuita (32 lugares).

Geral

Campinas entra na Fase de Transição do Plano São Paulo neste domingo, 19

Publicado

em

Por

A partir deste domingo, dia 19 de abril, Campinas entra na Fase de Transição do Plano São Paulo. O anúncio foi feito em coletiva do Governo do Estado e em transmissão ao vivo do prefeito Dário Saadi. O decreto municipal será publicado em edição extraordinária do Diário Oficial (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/).

“Precisamos manter a atenção especial e todos os cuidados possíveis, mesmo com essa flexibilização. Campinas, graças à adesão da população, está em uma situação mais controlada, mas não é hora de baixar a guarda”, disse Saadi.

A Fase de Transição, válida para todos os municípios, terá duração de duas semanas. Durante esse período, o atendimento presencial será retomado para algumas atividades com 25% da capacidade e entre 11h e 19h.

Na primeira semana – 19 a 23 de abril – estão autorizadas as atividades comerciais e religiosas.

Entre os dias 24 e 30, também os restaurantes e salões de belezas e barbearias poderão atender presencialmente. Nessa semana, estará autorizada a retomada das atividades culturais.

As academias e centros de treinamento também poderão funcionar entre 24 e 30 de abril; para este segmento, o horário permitido será das 7h às 11h e das 15h às 19h.

O Estado fará uma nova atualização da Fase São Paulo no dia 1º de maio.

Segundo o secretário de Justiça, Peter Panutto, Campinas seguirá integralmente as medidas anunciadas pelo Estado. “No nosso decreto, além do que determina o Estado, vamos manter as restrições da Fase Emergencial e da Fase Vermelha, entre elas o uso das áreas comuns dos condomínios e a de festas clandestinas e reuniões familiares com mais de 10 pessoas”, explicou. “Também manteremos a entrada de apenas uma pessoa por família em estabelecimentos comerciais”, completou.

No decreto municipal, a partir do dia 24 de abril, os parques públicos e os clubes sociais poderão reabrir, mantendo o limite de 25% de capacidade e o horário entre 11h e 19h.

Continue Lendo

Geral

Prefeitura de Campinas participa da Conexão Solidária neste sábado, 17

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Campinas participa da 3ª edição da Campanha Regional de Arrecadação do Conexão Solidária, da EPTV Campinas. A ação ocorre neste sábado, dia 17 de abril, das 8h às 17h.

arrecadação de alimentos não perecíveis será feita pelo sistema drive-thru, no Paço Municipal, em dois pontos de coleta na Rua Barreto Leme. Os donativos serão destinados às famílias em situação de vulnerabilidade social e nutricional.

Para respeitar os protocolos sanitários estabelecidos pelas autoridades locais e garantir segurança a todos os participantes, não será necessário descer do carro. Basta parar num dos pontos de coleta, os voluntários irão retirar os produtos e encaminhá-los para o Banco Municipal de Alimentos.

O primeiro posto para recolhimento das doações será instalado próximo à entrada do arruamento do Paço Municipal. O outro ficará na entrada do estacionamento externo

O Conexão Solidária é uma iniciativa da EPTV que conta com apoio das cidades que recebem o sinal da emissora. A ideia é mobilizar os 317 municípios da área de cobertura da emissora, em São Paulo e em Minas Gerais. Tudo que for arrecadado irá para o Banco de Alimentos, onde é feita a triagem, pesagem e armazenamento adequado.

As doações serão destinadas às organizações da sociedade civil, parceiras do poder público que atuam nas comunidades. A entrega para as mais de 38 mil famílias inscritas no aplicativo Viva Vida acontecerá com data e hora marcada, via agendamento pelo próprio aplicativo.

A ação tem o apoio das secretarias municipais, da Sanasa, Guarda Municipal, Ceasa, Emdec, Defesa Civil, Transurc e Higa Atacado. A Prefeitura irá disponibilizar álcool em gel, máscaras e luvas para os mais de 50 voluntários, inscritos na plataforma Transforma Campinas. Eles serão orientados por um profissional da área de saúde sobre os cuidados sanitários que devem ser observados.

O Exército também auxiliará na ação, disponibilizando duas equipes. Uma ficará no Paço Municipal e a outra na sede do Banco de Alimentos.

Campinas sem Fome

A Campanha Campinas Sem Fome, lançada pela Prefeitura no último dia 22 de março, arrecadou, até esta sexta-feira, dia 16 de abril, quase 300 toneladas de alimentos.

Desse total, o Banco de Alimentos já entregou 11.661 cestas básicas para as entidades parceiras que atuam nas comunidades e são responsáveis pela entrega direta às famílias. Mais de 46 mil pessoas foram beneficiadas até o momento.

Continue Lendo

Geral

Gripe: Saúde reforça importância da vacinação e pede adesão da população

Publicado

em

Por

A campanha de vacinação contra a gripe deste ano, que começou na última segunda-feira, 12 de abril, registrou baixa adesão nos primeiros dias em Campinas. Do público inicial, estimado em 145 mil pessoas, apenas 3.148 (2,17%) foram vacinadas até a tarde de quinta-feira, 15 de abril. A expectativa era vacinar, nesta primeira semana, 20% deste público. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, dia 16, pelo prefeito Dário Saadi, durante transmissão ao vivo na internet.
Nesta fase atual, devem ser vacinadas crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após dar à luz), trabalhadores da Saúde e povos indígenas. Idosos serão vacinados na segunda etapa, a partir de 11 de maio. A meta é vacinar 90% deste público.
Estamos preocupados com a adesão desses primeiros dias de vacinação. A influenza é uma síndrome respiratória que pode ser grave. Quando as pessoas procuram os centros de saúde, os quadros de covid e gripe são muito semelhantes e, por isso, fica difícil fazer o diagnóstico. Além disso, a influenza pode levar à necessidade de internação em um sistema hospitalar que já está muito comprometido”, afirmou o secretário de Saúde, Lair Zambon.
Ele ressaltou que a criança é o maior vetor da gripe. “Ela pode contaminar as pessoas por até 14 dias. É muito importante que os pais levem as crianças para receber a vacina. Dessa forma, elas serão menor vetor para os adultos e, com isso, haverá uma diminuição de casos de síndromes gripais, com redução nas internações, complicações e mortes das crianças. Se houver uma epidemia de síndromes gripais em crianças, teremos que achar um espaço infantil para fazer essas internações e isso será muito complicado, pois estamos usando quase toda a área física e recursos humanos para a Covid”, alertou.
Zambon garantiu que os Centros de Saúde do município estão abastecidos com as vacinas e preparados para receber os públicos-alvo da campanha de maneira segura. Também reforçou a importância de que a população esteja imunizada contra os vírus da gripe para reduzir a pressão no sistema de Saúde com novas internações.
O prefeito confirmou: “é muito importante que as pessoas se vacinem contra a gripe. Parece uma doença simples, sem complicações, mas não é. A gripe causa muitas mortes e internações todos os anos”.
Onde se vacinar
Para receber a vacina, as pessoas devem procurar o Centro de Saúde mais próximo de sua casa. É preciso levar documento com foto e, se tiver, a carteira de vacinação. Para saber o endereço, é só ligar no 156 ou acessar https://zoneamento.campinas.sp.gov.br/saude.php?nome_campanha=Campanha%20Influenza%202021. O site mostra a unidade mais próxima, os horários de aplicação de doses e a disponibilidade da vacina.
Os profissionais da Saúde dos hospitais públicos e privados, dos Centros de Saúde e da Rede Mário Gatti estão sendo vacinados em seus locais de trabalho. Outros profissionais da Saúde, como os que trabalham em clínicas e os autônomos, também serão vacinados nos Centros de Saúde e em postos volantes específicos, ainda em abril. Os locais serão divulgados em breve.
Neste ano, por conta da Campanha de Vacinação contra a Covid-19, que também está sendo realizada, idosos acima de 60 anos e professores serão vacinados na segunda etapa, prevista para começar em 11 de maio.
Já as pessoas com comorbidades (doenças crônicas e outras), com deficiência permanente, e outros públicos serão vacinados na terceira etapa, programada para a partir de 9 de junho.
Outras informações sobre a Campanha de Vacinação contra a gripe estão disponíveis em vacina.campinas.sp.gov.br .

Continue Lendo







Populares