Connect with us

Geral

Maternidade de Campinas renova equipamentos com doações do Rotary Club

Publicado

em

Graças às ações de diferentes clubes do Rotary, a Maternidade de Campinas tem conseguido renovar importantes equipamentos que auxiliam no cuidado e tratamento dos recém-nascidos. O Rotary Club Campinas Norte em parceria com o Distrito Rotary 4590 e clubes do Rotary dos Estados Unidos, México e Índia acaba de doar oito ventiladores mecânicos para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do hospital, essenciais para auxiliar na respiração de bebês prematuros.

Os equipamentos, adquiridos pela Fundação Rotária, estão orçados em cerca de R$ 405 mil. Embora já estejam em funcionamento há alguns dias, aentrega simbólica será amanhã, quarta-feira, 13 de setembro, às 15h, no Anfiteatro da Maternidade de Campinas. A equipe do Rotary, representada pelo coordenador do Projeto Sopro de Vida, José Eduardo Mattar, será recepcionada pelo presidente da Maternidade Campinas, Dr. Carlos Eduardo Martins Ferraz Costa e pelos demais diretores da Maternidade.

Responsável pela realização de aproximadamente 1.000 partos por mês e que correspondem a 60% dos nascimentos na cidade, a Maternidade de Campinas conta com equipe altamente especializada para o atendimento de grávidas que são internadas com a saúde comprometida, ou seja, que possuem algum tipo de problema de saúde que pode provocar a antecipação do parto, como hipertensão, diabetes, asma, lúpus e gestações múltiplas, situações nas quais existe maior chance de o bebê nascer prematuro.

“Fazer um pulmão de uma criança prematura funcionar nessas condições é um desafio e, por esse motivo, precisamos de equipamentos adequados e modernos, como esses novos”, explica o presidente da Maternidade, Dr. Carlos Ferraz Costa.

Publicidade

UTI Neonatal
A UTI Neonatal da Maternidade de Campinas conta com 40 leitos, dos quais 22 são exclusivos para pacientes do SUS – Sistema Único de Saúde – e que representam 44% de todos os leitos disponíveis para prematuros na cidade. A taxa média de ocupação é de 90%. Entre janeiro e agosto de 2017, por exemplo, foram realizados na Maternidade de Campinas 6.850 nascimentos, dos quais 493 (7,12%) os bebês necessitaram utilizar a UTI Neonatal.

“Graças a atualização e modernização dos equipamentos e treinamentos constantes da equipe, o nosso trabalho tem forte influência na construção dos indicadores de saúde de primeiro mundo que Campinas possui hoje”, destaca o presidente.

Durante toda a semana 27 médicos, 28 enfermeiros e 112 técnicos de enfermagem participaram de treinamentos para aprender a utilizar os novos equipamentos. Até então a UTI Neonatal atendia com parte dos equipamentos alugados. “Estes equipamentos são críticos para o atendimento aos prematuros e alguns deles estavam ficando obsoletos e necessitavam ser atualizados. Por isso optamos por ajudar com essas doações”, explica o tesoureiro do Rotary Campinas Norte e gerente do Projeto Sopro de Vida, José Eduardo Cyrino Mattar.

“A relação estreita entre o Rotary e a Maternidade de Campinas vem de longa data”, conta o médico anestesista e diretor Tesoureiro do hospital, Dr. Luiz Fernando Carlin Mutterle, que fez o contato com a instituição para solicitar a doação. “Expusemos as nossas necessidades e tivemos o acolhimento da rotariana Priscilla M. Thomann que abraçou a nossa causa e criou um projeto nos moldes preconizados pelo Rotary chamado Breath of Life (Sopro de Vida), o que permitiu a doação desses equipamentos essenciais para a nossa UTI Neonatal”.

Publicidade

Banco de Leite também foi beneficiado
Em maio de 2016 o Rotary Club de Campinas Andorinhas também doou três bombas elétricas e equipamentos auxiliares para o Centro de Lactação do Banco de Leite Humano da Maternidade de Campinas. Os aparelhos doados ajudam na extração e processamento de leite humano e custaram R$ 25 mil.

“A bomba elétrica auxilia na extração do leite humano, possibilitando mais conforto e estímulo para produção. Os equipamentos de extração são individuais e esterilizados após uso. Temos em torno de 20 kits de extração e as três bombas. Todos doados pelo Rotary”, conta Juliana de Almeida Coco, coordenadora do Centro de Lactação do Banco de Leite Humano.

Essa doação foi coordenada por outra rotariana, Lucia Scorza, presidente da Comissão da Fundação Rotária no Rotary Club de Campinas Andorinhas.  “Procuramos desenvolver os mais diversos projetos na área de saúde, tanto na melhora da infraestrutura através da aquisição de equipamentos, como está ocorrendo na Maternidade, como também no treinamento de profissionais ou em cuidados básicos. Hoje a área de Saúde é onde aplicamos a maior parte dos recursos da Fundação Rotária, “explica.

Sobre a Maternidade de Campinas
A Maternidade de Campinas é uma Instituição filantrópica, reconhecida de utilidade pública Federal, Estadual e Municipal. Trata-se de uma institucional centenária, reconhecida nacionalmente pela excelência dos serviços prestados à saúde materna e neonatal.

Fundado em 1913, o hospital ocupa a atual sede, na Avenida Orosimbo Maia, desde 1965. A instituição possui 232 leitos e a maior UTI Neonatal da região, com capacidade para 40 bebês. Realiza, em média, 1.000 partos por mês, além de 1.100 cirurgias de outras especialidades (pediátrica, ginecológica, plástica, oncológica, urológica, reconstrutiva entre outras) e 6.500 atendimentos no pronto socorro.

Publicidade

Geral

Evento marca a recepção de 94 jovens aprendizes que vão atuar na PMC

Publicado

em

Por

Com nome de craque, Cristiano Ronaldo Rodrigues, de 16 anos, é um dos 94 jovens aprendizes recepcionados na Prefeitura, na manhã desta terça-feira, 28 de junho. Assim como os demais, os sentimentos eram uma mistura de medo e de alegria. “Estou com uma expectativa muito alta. Tenho certeza que vou trabalhar com pessoas ótimas, que vou crescer e adquirir muita experiência”. 

 

Os jovens vão fazer parte do Vibe (Vivências, Integração, Bem-Estar e Educação Profissional), um programa criado em 2021 pela Secretaria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas que visa promover ações que estimulem o desenvolvimento humano e contribuam na formação efetiva profissional e no acesso ao mercado de trabalho.

 

Eduardo Felipe, 16, também está cheio de expectativas com a nova experiência e já tem uma área favorita para atuar. “Tenho tido muita afinidade e gostado muito da área de administração. Sobre o futuro, espero me efetivar aqui, porque a Prefeitura é um bom lugar para trabalhar”, completou. 

Publicidade

 

Aprendizagem, troca de experiência, crescimento profissional e pessoal, trabalho em equipe e transformação foram algumas das palavras citadas durante o evento. 

 

A secretária de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, Eliane Jocelaine Pereira, contou um pouco da sua história e deu vários conselhos para os jovens que estão chegando. “É uma alegria imensa recebê-los aqui hoje. Iniciar a semana com carinhas novas, cheias de medo e também de muita coragem, é muito gratificante”, disse. “Esforcem-se bastante, aproveitem as oportunidades, não tenham medo de errar e, principalmente, tenha em nós amigos, companheiros de jornada”, completou. 

 

Publicidade

O presidente dos Patrulheiros ( Centro de Aprendizagem e Mobilização pela Cidadania “Patrulheiros de Campinas), Adailton Santos, relembrou como as vagas para o programa são disputadas e que, por terem sido selecionados, esses jovens já podem se considerar vencedores. “Que vocês possam contribuir, colaborar, aprender e ensinar neste período que estarão aqui na Prefeitura”, completou. 

 

Outro membro da mesa, Cleber Rodrigues, coordenador do programa, já foi um Jovem Aprendiz e isso o deixou à vontade para falar com uma plateia formada, em sua maioria, por jovens de 16 anos. “Eu tinha os mesmos pontos de interrogação que vocês têm hoje, a diferença é que agora existe um Vibe, um programa muito importante, onde vocês terão muitas oportunidades de aprender, se aprimorar, crescer e uma equipe para apoiá-los”, disse. 

 

Na sequência das falas de abertura, o psicólogo do Patrulheiros, Aslan Panicaci, conversou com os jovens sobre os desafios que vêm pela frente e principalmente a rede de apoio que eles terão. Oscar Fonsechi Neto, da equipe do Vibe, encerrou o evento com uma explicação detalhada sobre o programa e informações sobre as atribuições dos jovens durante a permanência na Prefeitura. 

Publicidade

 

Vibe

O programa Vibe está sendo desenvolvido em quatro pilares: – Direitos Humanos e Respeito às Diferenças; – Valorização da integração interpessoal no trabalho; – valorização das atribuições e tarefas que serão exercidas; e – Busca pelo aprendizado e qualificação.

 

Participam jovens aprendizes com idade a partir de 16 anos, que permanecem no programa por 1 ano e 5 meses. 

Publicidade

 

Para os jovens, o Vibe visa promover a valorização das aptidões e interesses; maior integração; capacitações, cursos e palestras; serviço de acolhimento e escuta qualificada; e o selo “Vibe Aprendizado”, certificando a passagem do jovem pelo programa.

 

O Vibe também tem ações voltadas para os orientadores e para as empresas, que receberão o selo “Vibe Parceiros” quando promoverem algum tipo de incentivo aos jovens – como concessão de bolsas de estudos – e também para as que os contratarem depois que saírem do programa.

 

Publicidade

 

Continue Lendo

Geral

Menezes é eleito presidente da Associação de Municípios e Meio Ambiente

Publicado

em

Por

O secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS) de Campinas, Rogério Menezes, foi eleito presidente da Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente (Anamma) de São Paulo, nesta segunda-feira, 27 de junho, para o biênio 2022-2023. A eleição ocorreu de maneira online. A diretora do Departamento de Licenciamento Ambiental da Secretaria do Verde, Andréa Struchel, ocupava o cargo de vice-presidente e foi eleita diretora jurídica da Anamma. O novo vice-presidente é Cláudio Scalli, secretário-executivo do Consórcio Público Agência Ambiental do Vale do Paraíba. Também foram eleitos os diretores de Bacias Hidrográficas do Estado e as diretorias temáticas. 

 

Rogério Menezes agradeceu a confiança dos gestores de meio ambiente do Estado de São Paulo pela escolha. “Com muito senso de responsabilidade me comprometo a prosseguir com conquistas no governo do Estado, bem como representar os secretários e demais gestores ambientais municipais no Conselho Estadual de Meio Ambiente”, afirmou.

 

Ao assumir a presidência da Anamma, o secretário do Verde lembrou que os resultados da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP-26), realizada em novembro de 2021, e dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), “reforçam a responsabilidade de todos os entes para atingir o novo modelo de desenvolvimento com sustentabilidade e a importância do esforço compartilhado entre os governos federal, estadual e municipal, entidades da sociedade civil e o setor privado”, ressaltou.

Publicidade

 

Anamma 

 

A Anamma é uma entidade do terceiro setor, fundada em 1988, que presta relevante serviço de interesse coletivo ao agregar gestores municipais em prol de uma gestão ambiental local sustentável.

 

Publicidade

Conheça a nova composição da diretoria da Anamma SP:

 

▪️ Rogério Menezes, Secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Campinas – Presidente 

▪️ Cláudio Scalli, Consórcio Ambiental do Vale do Paraíba – Vice-presidente

▪️ Andréa Struchel, Diretora de Licenciamento Ambiental da Secretaria do Verde de Campinas – Diretora Jurídica

Publicidade

▪️ Flávio Lamas, AAAC Campinas, Diretor de Proteção e Bem Estar Animal

▪️ Marcelo Marcondes, Aparecida – Diretor de Educação Ambiental, Ciência e Tecnologia

▪️ Moacir Arruda, São Paulo – Diretor de Unidades de Conservação

▪️ Jean Marcicano, Ibiúna – Diretoria de Articulação Institucional

 

Publicidade

Diretoria de Bacias Hidrográficas:

 

▪️ PCJ: Geraldo Luiz Nalon, Pedreira; Tamires Artuzi, Artur Nogueira

▪️ Alto Tietê: Solange Franco, Suzano; Claudete Bezerra, Poá

▪️ Paraíba do Sul: Marcelo Manara, São José dos Campos; Maria Eduarda, Pindamonhangaba

Publicidade

▪️ Ribeira do Iguape: Raul, Itaperaí; Daniela Batista, Registro

▪️ Mogi-Guaçu: Júlio Galdino, Conchal; Tiago Sartori, Socorro

▪️ Médio Tietê-Sorocaba: Mauricio Mota, Salto de Pirapora; Ricardo, Votorantim

▪️ Alto Paranapanema: Luiz Godinho, Itaberá. 

 

Publicidade
Continue Lendo

Geral

Alunos do Primeira Nota realizam a 6ª edição do Festival de Inverno

Publicado

em

Por

Os alunos do Projeto Primeira Nota sobem aos palcos para a 6ª edição do Festival de Inverno. Durante dois dias desta semana, os estudantes prometem encantar o público com apresentações de instrumentos e vozes, nos mais variados ritmos musicais.  Os concertos são abertos ao público e a entrada é gratuita.

 

A abertura do evento será nesta quarta-feira (29/06), no Teatro José de Castro Mendes, na Vila Industrial. A partir das 19h30, o público poderá prestigiar os grupos de cordas, sopro, percussão e coral. No repertório músicas clássicas, regionais, MPB e canções que foram temas de filmes.

 

A quinta-feira (30/06), segundo dia de apresentações, será marcada por músicas folclóricas e internacionais, às 19h15, no Teatro da IMA Cultural, no bairro Ponte Preta. 

Publicidade

 

Ao todo, 129 estudantes do Projeto vão tocar e cantar durante o Festival de Inverno, que pretende receber um público de mil pessoas durante os dois dias. O Primeira Nota fez uma pausa em suas apresentações em virtude da pandemia. 

 

Tradicionalmente, o Projeto Primeira Nota realiza dois festivais (inverno e verão) ao longo do ano. Os concertos são uma das formas de apresentar e divulgar o desenvolvimento que os alunos tiveram durante o semestre letivo. A pretensão também é formar públicos que apreciem uma boa música instrumental e vocal. 

 

Publicidade

O Primeira Nota foi criado em 2014 e é fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o Instituto de Artes da Unicamp. Ele funciona no Cemmaneco (Centro Escolar Municipal de Música Manoel José Gomes), na Vila Marieta. 

 

Alunos das redes públicas e particular de ensino, com idade entre 7 a 14 anos, podem se matricular para as aulas gratuitas de musicalização, coral infantil, coral jovem, instrumentos de cordas, sopro, percussão, teoria musical e prática de conjunto.  

 

Serviço:

Publicidade

 

Data: 29/06/2022 (Quarta-feira)

 

Horário: 19h30

 

Publicidade

Local: Teatro José de Castro Mendes (Rua Conselheiro Gomide, 62, Vila Industrial).

 

 

 

Data: 30/06/2022 (Quinta-Feira)

Publicidade

 

Horário: 19h15

 

Local: Teatro Ima Cultural (Rua Padre João Garcia, 101, Ponte Preta)

 

Publicidade
Continue Lendo

Populares