Connect with us

Geral

Lenda do Boi Falô movimenta Barão Geraldo nesta Sexta-feira Santa

Publicado

em

A tradicional festa do Boi Falô movimenta o distrito de Barão Geraldo, em Campinas, nesta sexta-feira, 30 de março, com uma série de atividades. A programação começa às 9h, na Escola Estadual Barão Geraldo de Rezende, localizada na Rua Jerônimo Pátaro s/nº. A comemoração, realizada há 23 anos, é organizada por moradores, empresários e comerciantes da localidade, com o apoio  da Subprefeitura de Barão Geraldo e da Secretaria Municipal de Cultura.  A expectativa é de reunir 3 mil visitantes.

Além das homenagens ao boi, o ponto alto da festa é a distribuição gratuita da macarronada com molho de tomate. Neste ano, serão utilizados 500 quilos de macarrão. O alimento é abençoado por um padre antes de ser servido.  Na programação musical, o público poderá conferir o grupo de Violas Campinas e o grupo de Teatro Savuru.

 

A lenda

A lenda do Boi Falô nasceu em 1888, na fazenda Santa Genebra, de propriedade do Barão Geraldo de Rezende. Um dos escravos que trabalhava nas plantações de cana de açúcar e café foi obrigado pelo capataz a ir ao pasto e atrelar um boi para arar a terra, em uma Sexta-feira Santa.

Esse escravo, chamado Toninho, um rapaz franzino e muito obediente, foi então colocar a canga no animal, que estava deitado sob uma frondosa árvore. Por mais que o escravo insistisse, o boi não saia do lugar. Neste momento o animal olhou para o escravo, deu um mugido alto e disse: “Hoje é dia santo, é dia do Senhor, não é dia de trabalho”. O escravo saiu correndo para sede da fazenda, gritando: “o boi falô, o boi falô!”

Segundo a lenda, o capataz ainda teria tentado castigar Toninho pela insubordinação, mas ele correu para a Casa Grande à procura do Barão Rezende que, ao ouvir seu relato, teria lhe dado razão e ordenado que ninguém trabalhasse naquele dia.

O escravo passou a trabalhar dentro da casa por muitos anos, até sua morte, e, em consideração aos seus bons serviços, acabou sendo enterrado junto ao túmulo do Barão, no Cemitério da Saudade, em Campinas.

A lenda faz parte do folclore do Distrito de Barão Geraldo. O túmulo do escravo Toninho é um dos mais visitados no dia de Finados, principalmente por aquelas pessoas que querem alcançar uma graça.

 

Serviço

Festa do Boi Falô

Quando: sexta, 30 de março, a partir das 9h.

Onde: Escola Estadual Barão Geraldo de Rezende (Rua Jerônimo Pátaro, s/nº, Centro de Barão Geraldo, Campinas).

Entrada gratuita.

Geral

No Dia do Médico, prefeito agradece à equipe do Mário Gatti pela dedicação

Publicado

em

Por

O prefeito Dário Saadi agradeceu nesta segunda-feira, 18 de outubro, o trabalho da equipe médica do Hospital Municipal Mário Gatti pela dedicação com que atua no atendimento à população e, especialmente, pela forma como enfrentou a sobrecarga de trabalho durante os piores momentos da pandemia. A gratidão à equipe foi manifestada durante um café da tarde no hospital, em homenagem aos profissionais, no Dia do Médico, comemorado nesta segunda-feira.
Começamos o ano com a expectativa da pandemia de certa forma controlada. Mas aí veio a segunda onda, que foi avassaladora. Chegamos a ter 238 pacientes com Covid esperando leitos de UTI e enfermaria. Eu vinha no Mário Gatti e no Ouro Verde e via a situação agoniante que os médicos e os profissionais de saúde estavam enfrentando. Tomamos algumas medidas duras de enfrentamento”, afirmou.
Entre as medidas, disse, uma teve impacto importante, que foi a requisição administrativa do Hospital Metropolitano. “Não foi fácil fazer isso, mas naquele momento não havia outra solução. Mas o mais importante foi o trabalho dos profissionais de saúde, que enfrentavam a sala vermelha lotada com macas, à espera de leitos para internar pacientes, e graças a Deus e a cada um dos profissionais, estamos superando essa situação jamais vista no sistema de saúde”, afirmou.
Para o prefeito, se hoje é possível ver um futuro melhor com o controle da pandemia, muito se deve ao trabalho incansável dos profissionais da área médica. Dário disse que tem orgulho de ser médico do Mário Gatti, hospital no qual ingressou recém-formado.
O presidente da Rede Mário Gatti, Sérgio Bisogni, definiu este 18 de outubro como “um dia de cumprimento e de agradecimento”, lembrando que a data é comemorada todo ano, mas que “este ano adquire um significado especial, lembrando que a equipe enfrentou dois anos de pandemia”.
Ele disse que “os médicos, enfermagem, toda a equipe de saúde suplantou a pandemia de forma gloriosa”, e ainda lembrou que muitos profissionais faleceram, perderam entes queridos ou ficaram com doenças crônicas depois de pegar Covid. “Por tudo isso, este ano o nosso agradecimento tem que ser ainda mais intenso”, completou.
Diretores e funcionários do hospital também participaram do encontro. Os vereadores Nélson Hossri e Paulo Haddad representaram o Legislativo na ocasião.

Continue Lendo

Geral

Fim de semana com teatro e esporte encerra programação do Mês das Crianças

Publicado

em

Por

A programação do Mês das Crianças termina neste final de semana com show de trapezistas, show dog, apresentação da minicidade da Emdec e uma série de oficinas de esporte. Todas as atividades são gratuitas e agendadas para o sábado e o domingo, das 8h às 12h, na Praça de Esportes Tancredo Neves e no Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim. A realização é conjunta das secretarias de Cultura e Turismo e de Esportes e Lazer de Campinas.
A criançada vai poder ver o Show Dog da Guarda Municipal, a Minicidade da Emdec e participar das oficinas de futsal, basquete e jiu-jitsu. Os irmãos Sabatino, artistas e trapezistas, apresentam nos dois dias o espetáculo “O Maior Artista da Terra” e “O Carteiro e a Bicicleta Acrobática”.
O Maior Artista da Terra é o primeiro espetáculo autoral dos irmãos Sabatino. Grande sucesso de público, este espetáculo surpreende pela simpatia, carisma, precisão e destreza. Com esquetes, cascatas, improvisos, personagens inusitados, a narrativa é cheia de reviravoltas e palhaçadas, um hub de criatividade e ação, trazendo o que o circo tem de melhor.
O Carteiro e a Bicicleta Acrobática é o mais novo espetáculo da companhia. Uma peça que resgata a moda antiga dos carteiros e do envio de cartas. Com uma bicicleta, muitas encomendas, tons poéticos apoiados pela trilha sonora, a obra surpreende o público quando manobras, equilíbrios e acrobacias na bicicleta revelam a intimidade e a conexão entre personagem e bike.
Confira a programação
23/10
Praça de esportes Tancredo Neves
Avenida das Amoreiras 4445 – Jd. Novo Campos Elíseos
8h-12h
Oficina de futsal
Oficina de basquete
Aula aberta de Jiu-jítsu
Atividades Braille
Minicidade – Emdec
Apresentações
9h – Show Dog- GM
10h – Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática
11h – Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas – com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática
24/10
Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim
R. Raul Teixeira Penteado, 2 – Vila Brandina.
8h-12h – Minicidade – Emdec
10h – Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas – com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática
11h – Irmãos Sabatino – artistas e trapezistas – com o espetáculo O carteiro e a Bicicleta Acrobática

Continue Lendo

Geral

Sancionada lei que desburocratiza análise de habitação de interesse social

Publicado

em

Por

O projeto de lei complementar 44/20, que disciplina a implantação do Empreendimento Habitacional de Interesse Social (EHIS), foi sancionado pelo prefeito Dário Saadi, conforme publicação no Diário Oficial do Município (DOM), desta segunda-feira, 18 de outubro. O texto da lei, elaborado com a participação da Companhia Habitação Popular de Campinas (Cohab), entra em vigor a partir de hoje, mas ainda passará por regulamentação.
O PL foi encaminhado pelo Executivo e tem como foco impulsionar novos projetos de empreendimentos de interesse social. Dessa forma, as novas regras têm potencial para aumentar a oferta de unidades habitacionais destinadas à população de baixa renda.
A nova lei tem regras urbanísticas/construtivas mais simples, com o objetivo de agilizar os processos e ampliar a atração do setor privado para investir em empreendimentos de interesse social, fortalecendo a política habitacional da cidade. A publicação no DOM detalha os benefícios previstos com as alterações.
A intenção é que as novas medidas possam reduzir o valor de imóveis e aumentar as oportunidades de aquisição para quem sonha com a casa própria. E, ao estimular a construção civil, também impulsionar a geração de empregos no setor.
As regras da nova lei valem para requerimentos com entrada a partir desta publicação no Diário Oficial, em 18 de outubro. No entanto, as empresas que estiverem com processos em andamento podem solicitar que a análise seja feita sob a nova legislação. O pedido para a mudança deve ser feito em até 180 dias a partir da publicação da lei.
O EHIS é direcionado a famílias com renda de até dez salários-mínimos. Para até seis salários, há benefícios fiscais, como isenção de ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis) e ISS (Imposto Sobre Serviços).

Continue Lendo

Populares